website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos gay » Seu agenor o veio pirocudo me arrombou

Seu agenor o veio pirocudo me arrombou

Publicado em setembro 20, 2022 por Papitoo

No dia seguinte era umas 7 horas minha tia me acorda e  fala Pedrinho vc vai comigo pro trabalho que meio dia o Thiago te busca lá pois ele tem curso e vc não pode ficar sozinho.

Nisso falei tia posso ficar aqui não estou muito bem estou enjoado e com dor de cabeça e ela falou deve ser estômago ou fígado e ela falou mas sozinho não posso finde ficar e eu falei tem o senhor daqui do fundo ele não pode me reparar fico quieto olhando TV e ela falou bem pensado vou lá falar com ele .

Nisso ela me pega da mão e vamos lá no fundo e o veio acorda com uma cara feia e fala que iria né espiar de tempos e tempos e se não me sentisse bem eu Erã só gritar

Nisso ela agradeceu me fez um chá e bolachinhas e saiu ela e meu primo .

Nisso quando deu 8 horas aparece seu Agenor de bermuda dessas de correr e parecia sem cueca e falou vem meu anjinho vem me ajudar .

E trancou a porta e me levou pra sua casa .

Entramos na sua casa e ele falou fica a vontade vou lá trancar o portão da frente e já volto .

E eu fiquei conhecendo a casa .

Vi a  sala o quarto tinha uma cama de casal e em cima tinha camisinha creme de massagem e um tudo de vazilina e outro de anestésico.

Vi uma roupa que parecia de uma  filha ou neta em uma cadeira e quando me viro me assusto vejo o velho massageando a piroca por cima da bermuda parecia grande e ele riu e falou vi  ontem vc e o Thiago no maior rala e rola.

Vc gosta de pica e eu falei não era oque vc viu estávamos brincando e ele falou tá.bem meu anjinho vamos brincar um pouco também.

Vc vai tomar um banho primeiro e eu relutei  e falei tá loco tio já tomei banho hj e ele falou toma mais um e depois vou te dar um presentinho.

Concordei e fui pro banho me peleia e entrei no box de repente vejo a porta abrir e ele largou uma coisa em cima do vaso e saiu e falou veste essa roupa meu anjinho e depois espera o vovô lá no quarto.

Me sequei e sai quando vi era a roupa que tinha visto na cadeira uma calcinha se rendinha vermelha  uma sainha de bordado e uma camisetinha tipo top bem apertadinha vesti a calcinha e ela ficou enfiada no meu rabo que era bem grande e a sainha deixou metade das polpas a mostra e a camiseta me fez ficar com os baita peitoes pois era gordinho .

Tinha batom e  não passei pois não sabia oque era . Abri a porta e fui pro quarto .

Quando entro sento na cama e fico esperando de repente  ele entra e seu olhos brilharam e ele falou vc está linda minha bonequinha do vovô.

E eu falei oque vamos fazer e ele falou deixa o vovô te mostrar nisso ele me pega no colo e começa a chupar meus peitos .

E eu adorando e parava a mão nas minhas coxas e eu senti algo quente crescer no meio das pernas deles é ficar espantando minha bunda e já sabia que era o pinto e achei que seria que nem meu primo e ele falou vem chupar o vovô.

E nisso ajoelhei e ele puxou um pau grosso e cabeçudo que mole já era quase do tamanho do meu primo e bastante penteios .

E ele falou por na boca e comecei a chupar tinha couro e uma enorme cabeça tipo cogumelo .

E mal cabia na minha boca e eu chupando que nem tinha aprendido e ele delirava e empurrava minha cabeça e eu engasgava pois mal cabia na boca e não parava de crescer e ele gemendo alto e saia um líquido e ele dizia e isso meu bebê chupa o vovô.

Eu gemia e babava  e ele gemendo de prazer nisso ele me levanta e a pica do velho apontava pro teto e aquela coisa enorme cheia de veias e babava uma gosma.

Ele me levanta me pega no colo e me deita na cama de bruços e áreda a calcinha pro lado e começa a chupar meu cuzinho que eu delirava aquela coisa áspera entrando na portinha do meu cu e eu gemendo e ele enfia um dedo e eu parece que tomei um choque e ele riu e levantou e feito em uma espaço de 69 de lado e mandou eu mamar e ficou chupando meu cuzinho e de repente passou uma coisa gelada e me teu um dedo e depois senti outro e colocava e tirava de repente mete o terceiro o engraçado parecia que não doía acho que era o anestésico e meu pau duro mas ele não tocou .e eu mamando  e ele adorando de repende passou uma coisa que parecia lubrificar e socava os dedos e eu adorando pois nao sentia dor .

De repente ele falou pra deitar de bruços e colocou uma almofada embaixo da minha cintura e venho por cima tem um vi  que tava de camisinha e vi o pau dele brilhar de reluzente .

Ele começou a falar na minha orelha bebê agora você força como se estivesse fazendo cocô e se doer o vovô para .

Ele encostou aquela hora na entrada do meu cuzinho e começou a forçar mas era muito grande devia ter uns 20 cm e bem cabeçudo  o dobro de grossura do meu primo.

Sentia uma precao e ele forçando.  E gemendo de repente senti aquilo entrar e um estalo na minha bunda e uma dor muito forte e ele gemeu e falou calma a cabeça entrou e eu gemendo de dor e chorando tentei sair e ele falou calma que vai parar .

E foi empurrando de leve e eu gritava e ele empurrando e parou na metade e falou não se meche vc vai se acostumar e deu alguns segundos parou a dor acho que o anestésico foi fazendo efeito e ele falou esta melhor e falei sim e ele de golpe empurrou o resto que senti os penteios dele encostar na minha bunda.  Nesse instante vi estrelas.

E ele ria e disse vi muita Putinha chorar na vara do veio mas vc aguentou bem é  meu anjinho.

E começou a beijar meu pescoço e começou a me foder e eu gemendo e ele socando . E eu gemendo e tremendo e nesse meio tempo  o anestésico acho que foi passando e a dor e o tesão fora aparecendo e eu gemendo forte e o veio sabia foder e de repente ele me abraça e me suspende no ar fazendo ficar de 4 e socava e tirava e dava palmadas BA minha bunda e pichação a calcinha fazendo enterrar na abas da minha bunda e parava creme fazendo minhas poupas vibrarem e ele socando é eu gozando sem sequer tocar no meu pau.

De repente ele me vira e bora a minha perna no seu ombro mas girou sem tirar o pau do meu cuzinho e a outra perna acatou com a outra mão e socando com força e o veio suava e gemia  de repente senti meu cu que parecia que ia rasgar do pau dele inchando  mais e mais e ele tirou de golpe de fechando um vazio tão grande e tirou a camisinha e gozou em cima da calcinha e da blusinha.

Foi muita porra .

Ele gemia e gozava .

Aí ele viu que fiquei exausto e foi na cozinha e voltou com uma cenoura e deitou de novo no meia nove e mandou eu chupar e eu pagando aquela tora meia bomba mas mesmo assim enorme .

Aí socou a senhora no meu rabo e colocava e tirava  e eu mamando e a cada mamada ele socava como se meu cuzinho fosse minha boca e a cenoura o pau dele . E eu aumentei o título da mamada  e ele aumentou socando a cenoura e de repente sinto um jato de leite direto na garganta e ele entrou a cenoura no meu rabinho .

Eu estava no ápice e ele meteu a boca no meu Pinto e começou a mamar e eu comecei a gozar e ali tremendo e e gozando e o cu piscando com aquela cenoura interada no rabo .

Ficamos ali uns 10 ou 15 minutos imóvel.

E o pau do veio ali começou a murcar e eu ali com a cenoura confiada no rabo me levanto e a cenoura cai sozinha . E ele ri e diz vc é uma princesa nasceu pra dar o rabo.

Nisso olho pro relógio e era umas 11.30 e ele falou vamos pro banho que em seguida  seu primo chega . Em baixo da água dei mais uma mamada  . E me venti e fui  pra casa da minha tia me deitei e adormeci me acordei era 1 hora com meu primo chegando e falando que estava louco pra me comer . Falei que estava enjoado que se desse pra fazermos no outro dia e ele falou tá.bem e peguei no sono de novo .

Mãos a noitinha me acordo e minha tia me deu remédio pra vômito e falou que era rotaviuros e falou essa noite pra vc não posar sozinho o Thiago dorme aqui com vc .

De madrugada me acordo com a pica dele encostada Em mim e ele falou que eu podia dormir que ele ia só dar uma e já dormia .

Quando ele socou enchi os olhos de lágrima pois estava inchado e doía muito e ele estava adorando pois estava inchado e quente e ele socando é batendo uma pramim .

E eu depois deu um tempo começou a dar tesão  mas aí em seguida ele gozou lá no fundo e continuou batendo uma pramim até eu gozar e dormir com ele atolado em mim.

Acordei o outro dia com o rabo escorrendo leite e todo gozado parecia que tinha minado na cama.

Minha tia tinha ido trabalha e falou que era pra deixar eu dormir e só me reparar e dar algo pra eu comer .

Só que ele entendeu erado e me comeu todo dia . Em breve vem mais deixa o like que vem mais relatos . Abraço e desculpe os erros é  que fico muito excitado de lembrar

4049 views

Contos relacionados

Dando na festa da empresa

Dando na festa da empresa Teve uma vez que eu fui na festa de confraternização da empresa que meu pai trabalha, eu não gosto muito desse tipo de festa mas fui pois meus pais queriam que eu...

LER CONTO

Dias de verão

Passava férias com a minha esposa, quando se deu esta história. Não gosto muito de praia e quando posso escapar, prefiro. Ao contrário da minha esposa que adora praia. numa tarde de muito calor...

LER CONTO

Com um senhor maduro (Parte III)

Como contei, na parte anterior deste relato, eu estava tendo uma das mais ousadas, excitantes e prazeirosas experiências sexuais da minha vida. Como disse antes, eu era bem jovem e aproveitava meu...

LER CONTO

Fui pedir um orçamento e acabei cheio de porra – parte 2

Finalmente chegou o tão esperado dia, sábado! No dia anterior o Diego havia me mandado mensagem que chegaria as 9h e pediu para eu providenciar um café e confirmei que tudo bem. As 9h em...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Mato Grosso 7 21/09/2022 13:52

    Ficou muito bom ,eu queria estar no lugar desse velho ai.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos