website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

Me Descobrindo

Publicado em maio 4, 2022 por Paulo Henrique do Nascimento

Sou um jovem meu nome Marcio tenho apenas 16 anos   sou  branco olhos pretos  magro estudo em uma escola perto de casa  de manhã uns 4 kl perto de casa   depois faço  minhas obrigação em casa  moro  no interior em um sitio com meus pais sou filho único estou preste a completar meus 17 anos sou muito time do   perto de nosso sitio tem outros sitiantes  aonde tem milhares de pessoas e entre elas tem uma jovem Elisabete 17anos irmã  gemeá de Roberto  que são meus amigos  de escola após a chegada da escola almoço e vou fazer deveres escolar  e vou  atrás dos afazeres limpar o sitio varrer folhas catar frutas que cai dos pés alimentar as criação  depois disto estou livre para  sempre dou uma escapadinha para eu andar pelo sítios vizinhos  e também nadar em um açude que tem aqui  água cristalina sempre gosto de nadar sozinho pois fico mais a vontade  depois que canso de nadar eu deito em uma grande pedra  aproveito para secar e se esquentar

Semana passada aconteceu algo que mexeu comigo  estou confuso eu não tenho namorada  por mais que as meninas são belas bonitas mas não me atraiu ainda  eu estava nadando no açude  quando eu me assustei com um pulo  no açude era meu amigo Roberto  ele chegou de surpresa que eu nem vi sua irmã estava junto  também era normal nós nadarmos juntos mas na quele dia eu comecei a ver meu amigo com outros olhos  ele era bem mais forte que eu    tinha uma estatura grande um corpo bem definido nestes mergulho de Roberto ele passou por trás de mim dentro da água eu pude sentir seu pau relando em minha bunda senti algo estranho senti que meu pau também começou a endurecer e fiquei estranho  sai correndo de dentro do açude   Elisabete observou eu com o pau duro peguei minha roupa dei uma desculpa e fui em bora  com aquilo na cabeça não podia falar com meus pais ai eles iriam proibir eu de nadar com meus amigos no açude também eu imaginava meu pai me batendo  .No outro dia tive a visita de Elisabete que ficou preocupada comigo e me disse que era normal que aconteceu  comigo ela mesmo disse que ela não sente nado por meninos mas sempre que suas amigas esta perto dela ela fica muito mais feliz e com um calor imenso em seu corpo  estranho no começo mas tirou as duvidas com sua mãe sobre este acontecimento com ela  ficou confusa  ela tentou me ajudar  mas mesmo assim eu estava me sentindo muito estranho  com o acontecimentos

Passei  vários dias sem ir nadar no açude  mas aquela cena não saia da minha cabeça de Roberto se emergindo do fundo da água esfregando seu pau volumoso em minha bunda aquilo estava acabando comigo  esperei alguns dias e voltei ir no açude  nadei bastante  ai quando eu cansei deitei na pedra para me secar estava deitado de olhos fechado quando alguém se aproximou  e pegou em mim mão  foi quando eu abri o olhos era Roberto dizendo que queria pedir desculpa por acontecido  outro dia  e que não estava  com aquilo na cabeça também  e ele também não tinha namorada só pequenas paquera  nada mais disto  mas quando ele esfregou seu corpo no meu mexeu muito com ele  eu também me abri com ele que também não tinha namorada não conseguia sentir nada por meninas e quando ele esfregou seu corpo no dele ele também ficou muito mexido  foi ai que eu notei que o short de Roberto começou a se mexer  fora do normal  numa fração de segundo ele levou sua mão até minha perna  e dizendo que minha pele era muito linda e lisa macia  foi ai que o inesperado aconteceu eu também coloquei minha mão sobre  seu pau alisando   fazendo carinho ele fez um olhar como quem queria me dizer quer sentir em sua boca

Roberto então me pegou pelo braço e a segurou minha cabeça e foi levando lentamente até sua boca fechei os olhos e beijei com muito gosto sentia sua linguá dentro de minha boca traladando na minha meu corpo estava muito quente ferves sendo um calor que eu nunca tive  fui me curvando deslisando pelo seu corpo até sentir meu rosto relar no seu pau  tomei a liberdade de retirar seu shorts  e comecei afazer carinho quando dei conta estava chupando seu enorme pau que deveria ter uns 19 centímetros   bem grosso  eu só pensava em chupar estava muito feliz  então Roberto me fez eu  ir subindo beijando sua barriga e me beijou  muito e meu pescoço  foi ai que ele diz que era natural tudo aquilo e ele seria muito compreensivo se eu quisesse parar ele iria compreensivo também  mas eu queria ir cada vez mais a diante então ele foi retirando meu shorts e revelando para ele  minha bunda branca  pequena  e meu pequeno pau que estava latejando de duro ele me retribuiu abaixando  fazendo carinho nele e levou até sua boca chupando lentamente até eu ficar com as pernas moles de tesão então ele se levantou e me beijou louca mente  me colocou  de lado e começou a esfregar seu pau em minha bunda eu sentia cada vez mais tesão foi ai que ele começou a passar cuspe  em minha bunda bem na porta de meu cu esfregou a cabeça de seu pau  e começou a empurrar devagarinho senti no começo uma dor comecei a gemer de dor mas estava muito prazeroso  ele foi muito gentio começo ir mais devagar quando dei conta estava entrando a metade foi ai que eu mandei ele parar estava doendo muito

Ele  foi muito compreensivo  e tirou aquela tora de meu cu estava mais aliviado  mas dentro de mim falava coloque mais  mas a dor me venceu  foi ai que ele mostrou ser um grande cavalheiro somente ficou esfregando seu pau em minha bunda   enquanto isto eu batia uma punheta senti minhas veias  se puncionar e logo eu gozava loucamente e Roberto sendo compreensivo comigo então ele me colocou de joelho e batendo loucamente uma punheta  gozou em minha cara  fazendo eu ir ao delírio depois desta transa eu pulei no açude para me lavar ele também  para fechar com chave de ouro   ele me colocou de joelho e fez eu chupar loucamente seu pau  até gozar novamente me fazendo engolir sua porra toda  amei  depois de tudo isto eu me troquei de roupa e fui em bora  até minha casa

Continua

Leia outros Contos eróticos gay bem excitantes abaixo:

MINHA PRIMEIRA VEZ

De Noite Meu Primo se Aproveitou de Mim

15696 views

Contos Eróticos relacionados

Minha 1a vez com meu amante Manolo

MINHA 1a VEZ COM MEU AMANTE MANOLO Vou contar a vocês como foi minha primeira transa com meu amante manolo (seu nome verdadeiro é Genivaldo), aconteceu em 14/03/2011 eu estava com 56 anos na...

LER CONTO

DEI O CU FALANDO NO CELULAR

Esta história que passo a contar agora aconteceu no mês de julho de 2021 e quem me comeu foi o Léo, um homem negro, de 38 anos, 1,78m, 80kg, com cabelo cortado baixo na máquina, que conheci...

LER CONTO

Primeiro contato com outro homem

Olá, me chamo Carlos, sou de SC e hoje vou contar para vocês como foi meu primeiro contato com outro homem. Tenho 25 anos, porém na época em que se passa esse conto, eu tinha 17 anos. ...

LER CONTO

O primo leiteiro

Fui criado muito próximo da família, sempre estava visitando as tias e convivia em especial com um primo, Maicon ( nome fantasia ) que era quase 2 anos mais velho. Crescemos juntos e vi ele...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Mato Grosso 7 23/09/2022 17:06

    Meu ficou muito bom Adorei super excitante

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2023 - Contos adultos