website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de incesto » Minha filha de 15 anos…

Minha filha de 15 anos…

Publicado em janeiro 18, 2024 por Felipe Monteiro Martins

O conto se passa quando minha filha tinha 15 anos…

Tamires é uma moreninha linda, olhos grandes, cabelos cacheados, corpo muito bem desenvolvido para a idade que tem, pernas grossas, seios médios e bem redondos e uma maravilhosa bundona, bem durinha e redondinha, realmente uma maravilha.

Me chamo Felipe, tenho 1,77, sou do tipo “falso magro”, moreno, cabelos cacheados também, enfim…

Desde os 13 anos de idade de Tamires, venho percebendo suas mudanças na maneira de se vestir e na maneira como ela usa o celular, passando a ficar bem mais tempo com ele do que antes, sempre conversando com seu namoradinho e com sorrisinhos na sua boquinha carnuda. Aqui em casa somos bem abertos um com o outro (somos só nós dois, sua mãe faleceu quando Tamires tinha 10 anos), falamos sobre tudo com bastante abertura, inclusive sobre sexo, Tamires já me contou até quando perdeu sua virgindade aos 14 anos, tentei ser o mais racional o possível e tentei não criar um climão, não quero ser o tipo de pai careta ou fazer ela ter essa impressão.

Em relação a roupa, Tamires passou a usar mais saias dessas soltinhas e uns blusões como se fossem vestidos, geralmente sem short por baixo, só blusão e calcinha, mas isso só dentro de casa. Às vezes, consigo ver metade da sua bundona e como nunca mais me relacionei com ninguém, isso acaba me excitando. Eu trabalho das 7:30 as 13:30, Tamires estuda pela parte da manhã, à tarde ficamos livres em casa. Comecei a sentir um certo desejo por ela, quando um dia cheguei em casa e ela dormindo no sofá, só de top e uma calcinha tão pequena que sumia quase que por completo em sua bunda, ela estava deitada de ladinho, com a bunda virada para a porta, foi a primeira coisa que vi assim que adentrei minha casa. Fiquei paralisado ali, olhando minha própria filha daquele jeito, ali percebi o mulherão que ela já era. Me aproximei e vi que seu celular estava desbloqueado e as notificações abaixadas, nesse momento eu vi uma notificação de mensagem de seu namorado dizendo “que delícia, eu quero mais disso.” Fiquei imaginando mil coisas, fiquei doido de vontade de ver a conversa, mas entrei só na galeria e vi 3 fotos e 1 vídeo rebolando, fiquei de pau duro na hora, ainda consegui enviar uma das fotos para mim.

Nessa hora, Tamires acordou e eu fingi que ainda estava chegando e indo falar com ela, tentando disfarçar a ereção que havia tido, depois de falar com ela e lhe dar um abraço bem colado, eu corri para tomar banho e óbvio que acabei batendo uma e gozei muito olhando aquela foto.

Ela ja com 15 anos, uma vez estávamos assistindo um filme no meu quarto, eu deitado, usando um short Tactel sem cueca e uma regata branca, Tamires usava apenas uma camisolinha de dormir, vermelha e meio transparente, com uma calcinha de renda que dava para ver pelas laterais da camisola. Tamires estava deitada com uma perna por cima da minha, bem colada e com uma das mãos em meus peitos, como ela se mexia bastante, dava para ver sua bunda, eu não conseguia prestar atenção no filme e comecei a ter uma ereção, e ela percebeu na hora.

– Eita pai, que animação é essa?

 

Ela disse isso sorrindo e me olhando nos olhos. Como nós temos conversas bem abertas, eu disse

– minha filha, eu estou a muito tempo sem nenhuma relação, e você se tornou um mulherão, sua bunda está aparecendo e isso tirou minha atenção, desculpe-me por isso, vamos focar no filme, mas acho melhor você sair de cima de mim.

Nesse momento, Tamires assumiu as rédeas da situação

– eu tiro sua atenção, papai? Com essa bunda?

Nisso, ela saiu de cima de mim, virando-se de costas para mim e subindo por completo sua camisolinha… “Pode pegar, pai. O senhor pode aliviar sua tensão comigo”, disse. Eu estava com muita vontade e tentei controlar isso, mas ela ficou meio que rebolando e aí eu perdi o controle e peguei naquela bunda e foi aí que ela veio de costas mais próximo de mim. Após isso, virou-se e me beijou, eu quis parar, achei que aquilo era muito absurdo, mas não consegui, estava muito excitado, meu pau babava de tesão.

Tamires me empurrou e fiquei de pau para cima, ela foi até ele e pôs meu short para o lado, segurou meu pau e o pôs na boca, minha filha chupava e ainda chupa muito bem, babou meu pau inteiro. Ela parou de chupar e pôs sua calcinha de ladinho e subiu no meu pau, montou como uma verdadeira putinha. Eu estava louco e ela disposta a me fazer gozar sentando em mim, e assim ela fez. Eu gozei feito louco, e ela gozou logo em seguida se tremendo toda, até que adormeceu em cima de mim.

No outro dia, quando acordei, ela já havia levantado e feito café, quando apareci, ela me deu um beijo na boca e disse que me amava e eu disse que a amava também, então falei que deveria tomar o remédio, pois ela poderia engravidar, foi aí que ela me disse que isso era um segredo que escondia de mim, mas ela tomava anticoncepcionais já. Fiquei um pouco chateado, pois não sabia disso e fiquei me perguntando o que mais eu poderia não saber, mas deixei isso de lado, desde então, sempre que podemos, nós dois transamos muito até hoje em dia.

Leia outros Contos de incesto bem excitantes abaixo:

Tiana encantada com a sodomia

Fiz menage com minha prima foi uma delícia História verídica

91273 views

Contos Eróticos relacionados

Visita ao meu sobrinho novamente , com muito sexo.

Dando continuidade ao conto que já foi relatado por mim , com nome fictício de Ana agora com 48 anos e meu sobrinho Pedro com 37, todos meus relatos são reais . Desde que visitei meu sobrinho em...

LER CONTO

DESCOBRINDO O QUE MEUS PAIS GOSTAM…

Sou a Milena, 16 anos na época dos acontecimentos. Meu pai era professor de educação física e minha mãe diretora de um conceituado colégio da nossa cidade. Meu pai tinha em um dos cômodos da...

LER CONTO

AS DUAS PUTINHAS DO VOVÔ

Já se passaram alguns anos, mas só agora tive coragem de postar este conto. Na época estava com 18 anos, com corpinho de 14, bundudinha, seios médios e coxas roliças. Meu pai que é engenheiro...

LER CONTO

Jennifer Sobrinha Pervertida

Jennifer Sobrinha Pervertida

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Filhinha no Surubão Familiar

Filhinha no Surubão Familiar

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Os Grools, Família Jurássica

Os Grools, Família Jurássica

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Sou amante da minha tia

Pessoal hoje trago uma história que acontece entre minha tia e eu. Por motivos de discrição usarei nomes fictícios, pois bem, meu nome é Jorge tenho 22 anos, e tudo começou a oito meses atrás. ...

LER CONTO

Meu sobrinho é diferente e transei com ele

É ferias escolares, época de descanso para maioria. Claro! Faz muito tempo que terminei meus estudos e hoje me dedico a minha família. Minha filha Violeta de 18 anos e meu marido Eduardo que...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 3 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos