Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de incesto » Transei com a filha da minha cunhada

Transei com a filha da minha cunhada

Publicado em janeiro 16, 2020 por Erick José Silva

Erick, moreno, 1.73, casado! Célia 17 anos, morena tipo mestiça, seio e bunda avantajada.
No mês de dezembro do ano de 2018, Celia foi passar férias em minha casa, ela e sobrinha da minha esposa. Eu estava no trabalho e quando cheguei em casa encontrei aquela linda morena mestiça deitada no sofá da sala assistindo televisão com uma mini saia.

Quando aproximei dela, ela levantou e gritou aí tio que saudade de você! Eu perguntei que horas você chegou, e ela me respondeu logo que você saiu para trabalhar.

Perguntei e sua mãe também veio, ela respondeu não, somente eu. Ela já foi me dizendo a tia foi no mercado e só esta eu e você.

Célia, como sempre muito agitada, foi aproximando e me abraçou e me beijou e disse eu vim para matar minha saudade desse pau gostoso que você tem. Eu disse a ela calma pois sua tia pode voltar logo! Ela disse eu nan tô nem aí, eu quero é chupar essa rola sua, e foi pegando e tirando ele fora da cueca, e caiu de boca fazendo aquele lindo e delicioso boquete.

Não demorou muito para eu encher a boca dela de leitinho, ela engoliu toda minha porra e disse como eu estava com vontade de chupar seu oau e tomar toda sua porra.

Como eu gozei rápido, já fui abraçando ela e dizendo eu também estava com saudade desse boquete e desse lindo corpinho, mas infelizmente logo sua tia vai chegar e ela pode nos pegar em flagrante, então vamos nós contentar por hoje e amanhã nos vamos curtir um motel.

Ela me disse eu te wuero hoje ainda, eu quero gozar nesse pau gostoso, como ela estava de uma mini saía afastei um pouco a calcinha dela e comecei a brincar com o grelinho dela, então ela disse me chupa um pouco pois eu quero gozar na tua boca. Fui de boca naquela deliciosa bucetinha e chupei ela com gosto e rapidinho eu a fiz gozar. Ela afastou e foi em direção do banheiro para se lavar. Eu fui para o meu quarto e fiquei lá até minha esposa chegar do mercado! Ela me perguntou você viu a Célia? Eu disse a hora que eu entrei ela estava na sala. Minha esposa disse, CrliC vai ficar aqui em casa por 15 dias, pois ela esta de férias do serviço más já está quase terminando. Mudamos a conversa e eu disse vou tomar banho pois quase chegamos juntos, e, estou muito cansado.

Depois do banho voltei para a sala e encontrei minha esposa e Célia conversando, celia já estava com outra roupa e toda comportada. Quando aproximei ela disse, tio o que você vai fazer amanhã cedo. Eu disse nada pois eu só vou trabalhar a tarde. Ela disse você junto com a tia poderia ir comigo no centro para eu comprar uma lembrancinha para minha mãe.

Minha esposa disse, Celia para eu nan vai dar para ir, pois tenho que fazer um bolo de aniversário para uma cliente e vou ter que entrar até às duas horas da tarde, mas o sus tio pode ir com você, eu olhei nos olhos dela e vi que estava brilhando de alegria.

Aproximadamente das 21 horas, tidto nós fomos deitar, e eu estava contando os minutos para amanhecer e ir com a Célia fazer as compras. Amanheceu, e por volta das oito horas eu e a Célia sairmos, eu disse para minha esposa vou deixar ela no centro e vou aproveitar para passar no banco para sacar uns cinquenta reais para pagar uns salgados que eu comi lá no serviço.

Então embarcamos no carro e sairmos, Célia toda comportada, nem parecia aquela menina do dia anterior. Assim que afastamosa de casa, Célia foi metendo a mam em meu pau e dizendo vamos logo para o motel, pois estou louca para ser sua mulher e sentir todo seu amor dentro de minha bucetinha.

Não pensei duas vezes, e fui direto para o motel, entramos e fui pegando Celinha no colo e a levei direto para a cama deitei ela e fui tirando sua roupa, ela por sua vez também começou a retirar a minha calça e já foi de bova fazendo aquele gostoso boquete eu tive que pedir para ela parar pois eu queria gozar dentro da bucetinha dela. Comecei a mamar aquele lindo peitinho e fui descendo a boca até o grelinho dela chupando com vontade  sentindo ela se contorcer na cama e dizendo me foda eu quero te sentir tudo dentro de mim. Coloquei ela de quatro e comecei a esfregar a cabeça do pau na entrada da bucetinha dela, ela foi mexendo até sumir tudo dentro dela. Com  pouco tempo ela gozou e eu também gozei Junto com ela. Fomos tomar banho e lá ela fez novamente um boquetinho e eu gozei. A boca dela.

Como já estava proxipr das onze horas eu disse para ela liga no meu celular, pois a hora que chy em vasc eu vou mostrar para sua tia e vou falar a Célia tomou um chá de espera, pois eu fiquei enrolando lá no banco vê demorei para ser atendido.

Ao chegar em casa eu fui dizendo para minha esposa a Célia estava preocupada pois eu demorei para ir buscar ela.

Eu entrei e já fui para o banheiro tomar banho para almoçar e ir trabalhar.

Quando eu sair para o serviço escutei Célia dizendo eu já ir pegar um Táxi para vir para casa pois o tio estava demorando muito.

No período da noite após eu chegar do trabalho, Célia me disse eu quero repetir tudo de novo, eu quero sentir voce comendo minha bundinha.

Assim foi mas uma transa com a minha sobrinha Célia.

7134 views

Contos relacionados

Enrabando Minha Prima Novinha

Ola a todos venho compartilhar com voçês o que aconteceu comigo e minha prima. Me chamo M.... E minha prima chama S..... Eu tenho 30 anos e minha prima tem 15 anos, moro com meus pais minha prima...

LER CONTO

Meu tio me comeu de quatro no meu quarto

Olá minha gente, firmeza? Meu nome é Nicole, tenho 23 anos, moro em Porto Alegre e hoje vou contar todos os detalhes do dia em que meu tio me comeu de quatro na minha cama. Este meu tio não é...

LER CONTO

Priminha gostosa pediu para eu chupar sua buceta

Tudo bem pessoal? Meu nome é Pedro Henrique, tenho 21 anos e vou relatar neste conto o dia em que minha priminha gostosa pediu para eu chupar sua buceta. Tudo aconteceu na virada de 2017 para...

LER CONTO

Papai me comeu

Desde muito nova me sinto interessada por esses contos eroticos de incesto. Sou baixinha, magrinha, bundas e peitos medios, tenho 17 aninhos e me chamo luana. Eu estava dormindo e comecei a...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos