website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de incesto » ADORO SER A PUTINHA DO MEU FILHO

ADORO SER A PUTINHA DO MEU FILHO

Publicado em dezembro 6, 2022 por ANGEL

Vou usa o nome de Laura ao escrever este conto. Devido herança recebida dos meus pais, sempre fui independente financeiramente do meu marido que era comerciante. Algum desconhecido, filmou pelo menos duas vezes e me enviou pro meu e-mail, uma funcionária novinha do meu marido entrando no carro dele e eles indo direto para um motel próximo. Muito puta, fiquei descontrolada e acabei mostrando o vídeo pro meu marido que admitiu sua traição… No mesmo dia ele juntou algumas roupas em uma mala e saiu de casa. Fiquei arrasada e acabei contando tudo pro meu filho Walmir (16 anos). Walmir vendo que eu andava muito chateada, fazia de tudo pra me agradar: me abraçava, me beijava e vivia trazendo presentinhos pra mim, que comprava com a mesada que seu pai continuava lhe dando. Dormindo muito mal, me foi receitado um remédio pra dormir. Tive que falar com meu filho dos efeitos do remédio, que me faria dormir direto por pelo menos 8 horas. Walmir, sempre antes dele ir dormir passou a ir até meu quarto pra saber se estava tudo bem comigo, sempre me dando um beijo de boa noite se me encontrasse ainda acordada. Sempre gostei de dormir com roupas bem leves: baby-doll, pijamas curtos de shortinhos ou apenas camisolas… Nunca me preocupei do meu filho me ver com roupas minúsculas, e modéstia à parte, mesmo com meus 38 anos tinha um corpo de chamar a atenção dos homens: Peitos médios pra grande, bumbum bastante volumoso e bem redondo, coxas grossas e cintura sem nenhum pneuzinho. Um dia, tomei meu remédio e estava deitada de bruços, com o remédio começando a querer fazer efeito me deixando apenas meio adormecida, quando tive a sensação da minha calcinha ser puxada um pouco pra baixo e de beijos molhados nas minhas nádegas. No dia seguinte acordei, e lembrando do que senti fiquei na dúvida se tinha sido apenas um sonho. Dias depois, novamente deitada com uma camisola bem curta, muito grogue fui sentindo minha calcinha sendo puxada, beijos na minha bunda e dedos na minha xoxota… Acho que cheguei até a gemer, parecendo ouvir de muito longe.

– Tá acordada mãe?…

Sem forças não respondi caindo num sono profundo. Acordei, e lembrando da noite comecei a desconfiar que meu filho andava se aproveitando da minha situação ao usar remédio pra dormir. Ele chegou na cozinha um pouco desconfiado.

– Dormiu bem mãe?…

– Dormi igual uma pedra! Por quê?…

– Nada!…

Dois dias depois resolvi aprontar uma armadilha pro meu filho… No fundo eu andava meio excitada só de imaginar do que meu filho andava fazendo comigo enquanto eu dormia. Sai do banho enrolada em uma tolha, e ao passar em frente o sofá da sala onde Walmir assistia TV, fingindo bochechos de sono.

– Nossa filho; acho que o remédio já estava fazendo efeito… Boa noite!…

– Boa Noite!…

Na verdade não tinha tomado o remédio naquele dia. Me joguei na cama soltando a toalha e a deixando apenas sobre meu corpo como se fosse um lençol. Uns 10 minutos depois ouvi passos entrando no quarto e chegando perto da cama.

– Mãe????… Mãe????… Mãe?????…

Continuei firme fingindo estar num sono profundo. Logo senti a toalha saindo de sobre meu corpo. Meu coração batia descompassado sabendo que meu filho estava me vendo completamente nua… Minha bunda pra ser mais precisa. Ele, talvez pra confirmar chegou bem próximo ao meu ouvido.

– Tá acordada mãe?…

Continuei inerte sobre a cama, e não demorou pra novamente sentir beijos na minha bunda, dedos na minha buceta que tive que segurar pra não gemer… Quando senti ele delicadamente abrindo minhas pernas fiquei um pouco apreensiva não acreditando o que ele pretendia fazer. Quando senti algo encostando e começando a entrar na minha buceta, tentei segurar, mas soltei um gemido alto:

– Hhhhuuuuummmmm!!!!!

Senti ele tirando e virei rapidamente pegando ele ainda com o pinto duro na mão me olhando apavorado, depois correndo do meu quarto. Me enrolei na toalha e fui até seu quarto batendo:

– Abre a porta Walmir!…

– Não mãe; não vou abrir!…

– Se não abrir vai ser pior pra você!…

Ele abriu e correu pra cama, deitando com o rosto virado pra parede.

– Desculpa mãe!…

Sentei na cama.

– Faz tempo que você faz isso comigo?…

Ficou calado.

– Mesmo sonolenta eu vinha sentindo algo estranho acontecendo comigo.

– Sim mãe!…

– Como você tem coragem de enfiar seu negócio na sua mãe?…

– Não mãe, hoje foi a primeira vez que eu tentei!…

– Ah é? Antes você fazia o quê?…

– Só dava beijos no seu bumbum e passava o dedo na sua… sua…

– Na minha xoxota, né?…

– Sim mãe!…

Dei-lhe um beijo no rosto:

– Não vou brigar com você não, tá?

Ele ficou praticamente 3 dias tentando me evitar, sem olhar diretamente pra mim, e eu imaginando se ele tivesse conseguido enfiar seu pinto em mim. Passando por ele na sala disse que estava sentindo falta dele ir no meu quarto pra me dar boa noite. E naquela noite ele foi no meu quarto, chegando somente na porta.

– Tá acordada mãe?…

Bem acordada, pois não tinha tomado o remédio.

– Estou sim… Vem cá, vem!…

Ele veio se aproximando todo sem jeito, reclinando pra me dar um beijo e um boa noite. Pedi pra ele sentar na cama e fui ficando de bruços.

– Quer dar um beijo no meu bumbum?

– Não mãe!…

– Eu deixo filho… Pode beijar!…

Eu mesma fui puxando a camisola, e ele reclinou beijando do lado da calcinha.

– Pode puxar a calcinha!…

Achava que ele ia ficar um pouco acanhado, mas ele puxou a calcinha deixando minha bunda toda de fora, e passou a dar vários beijos alternando nas nádegas.

– Ooooooh; que gostoso filho; quer passar o dedo?…

– Posso mãe?…

– Claro… Iiiiisssso! Enfia o dedo filho, vai! Huuummmmmm! Huuuummmmm!…

Eu estava pegando fogo, adorando aquele tipo de intimidade com meu filho. Com a calcinha no meio das coxas, me virei de frente pra ele que ficou olhando fixamente pra minha xoxota. Peguei sua mão e coloquei na minha buceta.

– Brinca mais filho, brinca! A mamãe está adorando!…

Ele voltou a colocar o dedo dentro da minha buceta, e eu vendo o volume no seu short segurei seu pinto por cima do tecido. Mas ele fez algo que nem eu mesmo poderia imaginar. Ele terminou de tirar minha calcinha e rapidamente enfiou a cara do meio das minhas pernas e começou a chupar minha buceta de um jeito de alguém que sabia o que estava fazendo. Fui nas nuvens e passei a me debater na cama sentindo vir um orgasmo reprimido por meses. Ainda tentando refazer minha respiração, voltei a apalpar seu pinto por cima do short.

– Quer meter na mamãe, quer?…

Passei a ter certeza de que meu filho já tinha muito prática em fazer sexo. Só podia ser com alguma namoradinha, pois ele sem um pingo de vergonha arriou seu short e veio por cima do meu corpo colocando seu pau na minha buceta e empurrando até o saco.

– Aaaah! Aaaaahhhh! Mete filho, mete! Faz a mamãe gozar de novo!…

Ele bombando com força que eu sentia seu saco batendo na minha bunda.

– Oooooh! Oooohhhh! Como você é gostosa mãe!…

Somente quando comecei a ter o meu segundo orgasmo, ele começou também a gozar dentro de mim. Naquela noite dormi muito bem, sem a necessidade do remédio. Nunca podia imaginar que eu tinha dentro de casa um taradinho. No dia seguinte, já intima do meu filho fui pra cozinha trajando uma camiseta e de calcinha. Ela chegou, me abraçou por trás me beijando no rosto.

– Bom dia mãe!…

– Bom dia!…

Ele continuou me abraçando e foi passando a mão na minha bunda, e a outra enfiando por baixo da camiseta apalpando meu peito. Com a mão no meu peito ele começou a puxar pra baixo minha calcinha.

– Nossa; que isso filho?…

– Adoro sua bunda mãe!…

Minha calcinha acabou caindo no chão e ele ali mesmo foi se abaixando pra beijar minha bunda e enfiar o dedo na minha buceta.

– Quer ir pra cama filho?…

Ele foi ficando de pé e já com seu pinto duro pra fora do short encostou na minha bunda, bem sobre meu ânus.

– Deixa mãe, deixa?…

Fazia muitos anos a última vez que fiz sexo anal, mas no fundo sempre quis ser igual a uma puta de zona. Deixei, e ele voltou a se abaixar pra passar a língua sobre meu ânus e molhá-lo com saliva, fazendo o mesmo com seu pinto antes de me fazer ficar debruçada sobre a pia e começar a foder minha bunda. Sentindo aquele pinto duro abrindo caminho e alargando meu anel anal, urrei sentindo um pouco de ardência, mas adorando ter meu filho socando seu pau na minha bunda… Adorei sentir ele gozando dentro da minha bunda. Realmente acabei virando um puta na cama com meu filho. Até hoje gosto ficar pelada com ele na cama, chupando meus peitos, chupando minha buceta, metendo na minha xoxota e na minha bunda e eu mamando no seu pinto.

Leia outros Contos de incesto bem excitantes abaixo:

CUNHADINHA GOSTOSA E SAFADINHA...

As lições de Léa

44733 views

Contos Eróticos relacionados

Meu sobrinho é diferente e transei com ele

É ferias escolares, época de descanso para maioria. Claro! Faz muito tempo que terminei meus estudos e hoje me dedico a minha família. Minha filha Violeta de 18 anos e meu marido Eduardo que...

LER CONTO

Viagem insólita 1

Não encontro  explicações, para o que ocorreu naquela noite, nunca em sã consciência , eu acreditaria que seria capaz de tal ato, também a conveniência , a aceitação dela, fora algo...

LER CONTO

Meu tio me comeu de quatro no meu quarto

Olá minha gente, firmeza? Meu nome é Nicole, tenho 23 anos, moro em Porto Alegre e hoje vou contar todos os detalhes do dia em que meu tio me comeu de quatro na minha cama. Este meu tio não é...

LER CONTO

Demorou mais meu Irmão me Comeu de Verdade

Achei q isso so tinha acontecido la em casa, pórem a internet mudou. Comei a ler muito sobre isso, percebo que algumas historias são fantasiosas e outras reais. Quando leio que o cara foi torando...

LER CONTO

3 - Comentário(s)

  • Zetoff 05/01/2023 03:28

    Delícia Sthee......hummmm

  • Emr 12/12/2022 04:32

    Nosssa que delicia de conto valeu a pena de que cidade vc é ?? Fiquei loco pra meter nesse teu raboo tbm 😈

  • Steh 08/12/2022 11:45

    Nossaaa amiga que conto delicioooso,tenho alguns aqui tambem,leia se te interessar🤭❤️que deliiciiaa deu ate vontade de ser sua filha agora😛🥵🤤ameiii me chama no telegram t.me/SteehSza19

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2023 - Contos adultos