Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de incesto » Comida por dois primos de uma só vez

Comida por dois primos de uma só vez

Publicado em setembro 12, 2019 por CooledCutie

Enviado por: Paola

Olá, sou Paola, tenho hoje 39 anos, sou de Teresina/PI, mas atualmente moro em Fortaleza com um tio, aliás, moro com meu tio, tia e dois primos. Fui junta com um cara em Teresina que tirou minha virgindade. O nome dele é Ari, um negão lindo, forte.

Continua depois da publicidade

Quando o conheci ele trabalhava como entregador de gás, como eu ficava sozinha na casa dos meus pais praticamente o dia todo, sempre que faltava gás, eu ligava para o Ari e ele ia até que notei como ele era gostoso e comecei a dar pra ele quase todas as tardes. Ele sempre dava um jeito de ir lá em casa me comer e eu amava levar pica do Ari. Até que um dia fomos descobertos pelos meus pais que de tanta raiva e vergonha de mim, mandaram eu sair de casa. Então fui morar com o Ari, eu tinha uns 18 anos.

Eu sempre fui modéstia a parte, bonita. Branquinha, cabelos cacheados, boca carnuda sempre no batom vermelho, coxas grossas, bundinha empinada e toda depilada, gosto e uso sempre calcinhas fio dental, shortinhos, saias e vestidinhos colados bem curtos de cores bem chamativas, no salto e isso incomodava bastante o Ari, os ciúmes dele era tanto que nossa união não durou muito. Acabamos nos separando depois de alguns anos. Como meus pais não me aceitavam mais em casa, resolvi pedir abrigo a minha tia Edna em Fortaleza e ela aceitou.

Vim para casa da minha tia Edna e o do tio Damião em troca de trabalho doméstico, eu sabia fazer tudo em casa: lavar, cozinhar, passar e arrumar casa. Além dos meus tios, moravam os meus primos: Augusto e Rafael, o primeiro tinha na época uns 17 anos e o segundo, 15. Quando fui morar com eles eu tinha uns 22 anos. O Augusto e o Rafael viviam me atazanando, querendo me comer. Viviam passando a mão na minha bunda e falando coisas. Eu como morava de favor, ficava sem escolha, mas até que eu gostava dos elogios deles. Um dia precisei ir ao shopping pagar uma fatura da minha tia, então fui me arrumar para ir.

Continua depois da publicidade

O Augusto e o Rafael percebendo que eu ia sair, pois viviam me brechando trocar de roupa ou até sem roupa várias vezes pude notar, ofereceram carona a mim. ” Paola, você vai ao shopping agora? Estamos indo também. Quer ir conosco?” Perguntou Augusto que havia tirado a habilitação para dirigir tempos antes. Respondi que sim. “Aguarda só um pouquinho, enquanto termino de me vestir.” Pedi. Eles responderam: ok, “mas veste roupa não, vai pelada mesmo.” Falou Rafael. Respondi: ” engraçadinho!” Fomos ao shopping e no caminho os dois começaram falar putaria, querendo apalpar minha bunda e tal.

Num momento notei que o Rafael estava com o pau duro e pra fora da bermuda, era um lindo pau! Grosso e comprido. Então me aproximei e comecei a punhetá-lo. O outro dirigindo percebendo o lance resolveu parar o carro dentro do estacionamento do shopping q querer também uma punheta. Imagina só dois lindos cacetes, grossos, duros nas minhas mãos? O tesão era grande ali e foi impossível resistir. Eles passaram para o banco de trás e comecei a mamar gulosamente os dois ao mesmo tempo. Dois paus gigantes e duros só para mim! Que maravilha! Nunca tinha dado pra dois de uma vez, mas dominei a situação.

Com os dois naquele momento com os shorts arriados, com as picas duríssimas, resolvi dar as costas para os dois no banco de trás mesmo e levantei minha saia pra eles dois. Eles foram a loucura quando viram o meu bumbum branquinho, empinadinho, lisinho com uma calcinha fio dental vermelha socada totalmente no meu cu! De pau duro, os dois começaram a alisar e dar palmadas ao mesmo tempo no meu rabo.

Que tesão! Eu comandava a situação naquele instante, então falava palavras bem sacanas como: “quem vai comer meu cu primeiro?” E “vocês adoraram me ver assim de quatro pra vocês”. Não demorou muito e um deles pôs de lado minha calcinha e começou a me penetrar, quando percebi já tinha uma piroca enorme socando suculentamente no meu cuzinho apertado, enquanto o Rafael se acabava no meu rabo, eu engolia deliciosamente a rola enorme do Augusto que empurrava com gosto na minha garganta. Depois foi a vez do Augusto empurrar vara no meu cu branquelo enquanto eu chupava com gosto a piroca do Rafael.

Mamava deliciosamente a pica do Rafa, quando notei a intensidade e os urros do Augusto aumentando e logo senti a porta dele invadindo meu cu a dentro. Foi ótimo! O Rafael também queria jorrar porra no meu rabo, então pedi para ele sentar no banco e sentei em cima da vara dele e loucamente eu pulava e cavalgava na pica grossa do Rafa. O tesão ali era tão grande que ele gozou rapidinho, pois senti aquela porra quente dentro de mim escorrendo pelo meu rabo. Pra fechar com chave de ouro, juntei os dois e os mamei como nunca ninguém iria os mamar um dia.

Chupei muito o pau do Augusto e do Rafael até eles gozarem de novo, mas que dessa vez na minha boquinha. Queria engolir esperma quente, eu amo esperma quentinho!!! Rss… Naquele dia levei surra dupla de pica, mas ensinei aos meus primos como se come um cu bem gostoso e ainda dar leite na boca. Até hoje eles me procuram pra me comer, mas nunca mais dei para os dois de um só vez. Eles ainda me comem de vez em quando, mas não sabem que o outro me traça também e assim vou levando e vivendo com eles debaixo do mesmo teto sem meus tios desconfiarem.

10503 views

Contos relacionados

Comendo a sobrinha da minha mulher

Olá pessoal, hoje neste conto erótico vou relatar para vocês como foi o dia em que eu terminei  comendo a sobrinha da minha mulher , uma safada que demostrou ser uma puta na cama. Nunca...

LER CONTO

Familia incestuosa (continuação)

Bom algum tempo atrás eu fiquei com minha irma mais velha e como relatei no meu conto achei que meus pais tiveram uma reação estranha com isso. Eles não chegaram a nós pegar transando mais viram...

LER CONTO

Conheci meu sobrinho e transei com ele

Esse conto que irei contar foi verdadeiro , aconteceu no dia 22 maio de 2018. Vou utilizar o pseudônimo de Ana (46)e para meu sobrinho de Pedro(35). Há muitos anos atrás meu pai se separou de...

LER CONTO

Eu e minhas primas gostosas

Enviado por: Dinho Bom dia a todos (as) que gostam de ler contos reais a respeito de experiencias vividas pelos diversos tipos de pessoas. Mas vamos ao que interessa! A pouco tempo descobrir um...

LER CONTO

Minha mãe me provoca demais (Incesto)

Bom, o que vou contar aqui agora é verdade, acreditem se quiser. O relato é longo porém necessário. Estou relatando pois preciso de conselhos e dicas, e minha gramática não é das melhores,...

LER CONTO

O romance entre eu e minha tia

Eu e minha tia, uma história de amor antes de tudo vou nos apresentar, eu tenho 20 anos, moreno com aparência de surfista e minha tia, 40 anos, baixinha e com um corpo malhado da academia, muito...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Samuca 15/09/2019 02:48

    Também sou de Teresina. Adoru seu conto, muito bom! Entra em contato comigo pra gente bater papo.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos