Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de putaria » Virgem amamentando o velho

Virgem amamentando o velho

Publicado em fevereiro 18, 2021 por CooledCutie

Meu nome é Keyla sou loira, branquinha, cabelos longos, peito grandes e bunda empinada, hoje irei contar sobre uma aventura ainda virgem na minha viagem para o interior, fui visitar minha madrinha e meu padrinho e ajudar eles com os hóspedes do pequeno chalé deles.
O chalé é bem simples e tem poucos quartos, muitos vão lá para acampar nas férias, sempre que vou fico na casa da minha madrinha que é afastado dos chalés e mais tranquilo de ficar. Mas dessa vez não havia vaga pois os 2 filhos dela estavam lá com a família.

Ela queria me deixar confortável e longe do movimento e me colocou em uma casa onde só ficava amigos e família, ela me informou que um amigo dela já de idade chegaria no dia seguinte e perguntou se eu me incomodaria se ele ficasse no quarto em frente ao meu. Para mim não havia problema pois tinha medo de ficar sozinha naquele lugar afastado.

Continua depois da publicidade

No dia seguinte fui cedo ajudar minha madrinha e logo após o almoço fui banhar de piscina com o restante da família, quando voltei para tomar banho o senhor havia chego, o nome dele era Carlos, era um senhor barrigudo e da cabeça branca.
Fui me apresentar e ele me disse que estava lá pois o trabalho estava estressando ele e que queria um lugar afastado e sem sinal.
No dia seguinte ele mal me olhava e eu não estava gostando disso, eu ainda era virgem mas sempre gostei que todos sintam tesão em mim mesmo que eu não estivesse afim.

Então depois que ajudei minha madrinha, banhei e coloquei uma blusa de crochê curta e folgada, deitei no sofá e deixei propositalmente um pouco do bico do meu peito para fora, vi que ele ficou nervoso mas não conseguia parar de olhar.
No dia seguinte resolvi banhar de piscina, coloquei um biquini minúsculo e fui. Quando começou esfriar eu sai, estava muito frio e o biquíni molhado estava deixando meu peito bem durinho então eu tirei no meio do caminho e me enrolei na toalha. Chegando no lugar onde eu estava o senhor Carlos disse estava muito frio para eu ficar só de toalha no mato então entrei e disse que realmente estava frio e que meus peitinhos estavam doendo de tão duros por causa do frio.

Ele se assustou e disse que eu poderia gripar, então falei que ele poderia me ajudar a esquentar e tirei os peitos para fora. Ele sem pensar duas vezes me colocou para dentro para que ninguém pudesse ver, disse que eu era muito novinha, que estava provocando ele demais e agora eu teria que aguentar.

Continua depois da publicidade

Então sentou no sofá e me colocou no colo dele e começou a chupar meus peitos, meu peito estava gelado por causa do frio ele me babando toda com aquela boca quente e a língua deliciosa esquentando todo meu peitinho , ele chupava muito e dizia que fazia anos que não mamava assim. Ele sugava e dizia que agora eu teria que dar mamar pra ele sempre porque eu havia provocado muito.

Ele me levou para o quarto e perguntou se eu gostava de chupar também e eu sem responder abri a bermuda dele e coloquei aquele pau velho na minha boca comecei a chupar muito, eu babava nele todinho e me saboreava com aquilo.
Eu deitei na cama e ele veio por cima de mim chupar minha pepequinha, como ele estava por cima ficava atolando o pinto na minha boca e aquela situação desse homem em cima de mim me apertando enquanto me chupava e enfiava o pau todo na minha boca me dava tanto tesão. Ele perguntou se eu era virgem e eu disse que sim, então ele falou que iria deixar como está. Ficamos nos chupando nesse 69 com ele metendo o pau o quanto quisesse na minha boca, eu só sentia ele abrindo minha pepequinha mais e mais enquanto chupava e me enchia de prazer.

Eu deixei ele em cima de mim controlando o quanto aquela pica entrava na minha boca até ele encher ela de leitinho e eu gozar muito na boca dele.
Quando acabamos eu fui ajudar minha madrinha e quando voltei de noite ele estava me esperando para dormi com ele, todas as noites dormimos juntos e ele estava viciado em dormi mamando meu peito. Acordava de noite procurando ele para mamar, peguei um velho para ser meu bebê sempre que ele queria eu colocava ele para mamar meus peitos e também mamava ele naquela mesma posição com ele por cima pois amava deixar ele controlar. Mesmo depois que perdi a virgindade nunca mais encontrei alguém assim.

Conto enviado por: Key schz

2565 views

Contos relacionados

Amiga Tesuda

A pouco tempo atrás conheci uma menina que me tornei amigo e aos poucos fomos pegando mais amizade. Em um dos dias que conversávamos, chegamos no papo de putaria, comecei perguntando se ela era...

LER CONTO

Alice no pênis Maravilha

Enviado por: Alice Olá, me chamo Alice . Tenho 1.72 de altura 54kilos cabelos loiros e olhos castanhos bumbum empinadinho e seios fartos . Vou relatar a vocês meu conto baseado em fatos reais . ...

LER CONTO

Meu Amigo Erival

Meu amiguinho Erival é um rapaz que muitas vezes nos procura, eu e meu marido para uma deliciosa transa.Eu inclusive até publiquei um livro onde eu narro todas as minhas transas, e com esse rapaz...

LER CONTO

Fui comida por 2 negões no litoral

O que vou relatar hoje é uma mistura de prazer e medo que vivi cerca de uns dois meses no litoral do Itapoá – SC onde tenho uma casa. A nossa casa fica numa ruazinha de terra que só tem 3 casas,...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • luis 20/02/2021 14:27

    Huummm safada hein

  • MOISES BILHA DE CARVALHO 19/02/2021 01:15

    Amo comer é chupar novinhas, deixo bem loquinha.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2021 - Contos adultos