Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos gay » Gay dando pela primeira vez na vida

Gay dando pela primeira vez na vida

Publicado em janeiro 16, 2019 por CooledCutie

Tenho quase 60 anos. O que contarei aconteceu quando eu tinha menos de 40. Eu chamo de gay dando pela primeira vez pois foi quando eu me descobri.

Com dores nas costas, procurei uma massagista, de anúncio de jornal, que se dizia especialista em problemas de coluna. Fui lá várias vezes e ela realmente fazia manobras que aliviavam as minhas dores.

Eventualmente retornava para tratamento preventivo e também por gostar dos peitões e da bunda dela, pois as vezes ela deixava rolar uns amassos. Mas a história é outra. Ela casou, disse que tinha arranjado um emprego, e perguntou se eu gostaria de servir de cobaia para treinar o marido dela, que passaria a atender no seu lugar.

O sujeito era simpático, tinha mais ou menos a minha idade (menos de 40) e ela ficava na sala de atendimento orientando e fazendo ela própria algumas manobras da massagem. Continuei cliente e certa vez fui atendido só por ele, pois ela já estava trabalhando em uma clínica.

Cheguei, tirei toda a roupa, como de costume, e ele, alegando calor, ficou vestindo só um calção branco, alegando o calor do verão carioca. Deitei de bruços e ele fez a massagem como de praxe, aplicando as manobras, com cuidado e técnica, demonstrando ter aprendido o ofício.

Desta vez passou as mãos com delicadeza na minha bunda, escorregando vez ou outra os dedos no meu rego e ânus. Aquilo me excitou e eu abri um pouco mais as pernas para facilitar o trabalho.

Ele, no entanto, massageou aquela região apenas mais uns segundos e pediu para eu virar de frente. Apoiei as costas na maca e fiquei com o meu pau (que é pequeno e grosso) duro e apontando para o teto. Nesse momento percebi que ele estava com um bom volume sob o short e sem cueca.

Continua depois da publicidade

Massageou meus pés, pernas, abdômen, peito, pescoço e cabeça. Voltou para as coxas, rente ao saco escrotal, e púbis. Meu pau estava explodindo de duro e ele roçava o seu pau, também duro, na minha mão que estava sobre a maca. Disse baixinho que estava louco para me comer.

Gay dando pela primeira vez

Tirou o pau de uns 18 cm e muito mais grosso que o meu para fora. Comecei a alisar aquela tora, num misto de tesão e medo. Nunca tinha dado antes. Agradeci, fui embora cheio de tesão e comi a minha mulher a noite de forma muito intensa e gozei gostoso.

Marquei um horário e voltei dois dias depois. Ele me recebeu com um largo sorriso.

Nova sessão de massagem, primeiro nas costas, com cuidado especial no cu, e depois na frente. Quando terminou de massagear a frente, antes mesmo de fazê-lo no púbis, ele perguntou se poderia subir na maca para fazer outras manobras.

Concordei e ele pediu para eu fechar os olhos  e relaxar. Subiu na maca, eu deitado com as costas na maca e ele sentado de frente para mim, com as minhas coxas sobre as suas. Senti que ele também estava nu e com o pau duro encostando nas minhas bolas.

Após ver este gay dando veja também o conto comendo meu primo gay pela primeira vez.

Foi massageando devagar e sempre puxando o meu quadril na sua direção. Aos poucos fui sentindo o pau duro nas minhas coxas e na porta do meu cuzinho. Senti o dedo dele untar o meu rabo com um creme viscoso e a cabeçorra começou a forçar a entrada. Manifestei medo, disse que era a primeira vez, e ele me tranquilizou. Encaixou só a cabeça no meu anel e disse:

A cabeça já entrou. Esta gostoso?

Continua depois da publicidade

Fiz sinal afirmativo com a cabeça. Estava em êxtase.

Agora é você que vai procurar o meu pau. Vem rebolando, mas devagar. Quero que tenha prazer e não dor.

Continua depois da publicidade

Obedeci e comecei a mexer o quadril. Deitado de costas na maca e com o quadril sobre as suas pernas, fui empurrando o corpo e rebolando. Em pouco tempo aquela tora grossa estava inteirinha no meu cu. Não senti dor, apenas prazer, e comecei a rebolar loucamente enquanto ele me masturbava.

Em pouco tempo ele começou a gemer alto e senti o meu rabo recebendo jatos de leite quentinho. Gozei junto, loucamente. Me acalmei, relaxei e senti que a ereção dele diminuía, mas o seu pau permanecia dentro de mim. Ficamos assim uns minutos, com ele finalizando com uma massagem leve nas minhas coxas e abdômen

Fiz um movimento de quadril e aquele pau, já mole, saiu de mim. Foi uma sensação muito louca e que, por incrível que pareça, foi também única por quase vinte anos. O retorno é outra história.

Gay dando

Gay dando

4720 views

Contos relacionados

Coroa me fez virar fêmea

Coroa me faz virar femea dele por muito tempo   Essa historia aconteceu a  muito tempo atras, eu era muito novo e inocente e viviva com minha mãe em uma regiao muito carente. Minha...

LER CONTO

Um estranho no banheiro do mercado

Já tive muitas aventuras, mas nunca como a que irei contar a vocês.   Por questão de sigilo, todos os nomes deste conto, e dos próximos serão fictícios, porém, e para a nossa...

LER CONTO

Comi meu primo bundudo de quatro

Olá gente linda, meu nome é Jailton, tenho 29 anos, sou gay ativo e vou relatar neste conto gay como foi o dia em que eu comi meu primo bundudo no motel. A história é simples mas o sexo foi...

LER CONTO

Perdendo as pregas com o amigo

De: Naldinho Desde quando eu era moleque e brincava na rua, os meninos maiores me passavam a mão na bunda, me encoxavam e falavam pra eu dar a bunda pra eles. Nem sabia nada dessas coisas. Não...

LER CONTO

10 - Comentário(s)

  • Roberto Gonçalves 10/05/2019 09:30

    Eu tenho que dar que

  • Mário Kimiko Mura 11/04/2019 08:44

    Eu tive essa experiência aos 15 anos, hoje estou com 62 e sempre tive vontade de dar de novo mas como não sou do meio e descendência nipônica eh difícil de encontrar alguém . Se tiver alguém afim entre em contato: e-mail: mariokimikomura@gmail.com

    Resposta:
    Eu te como é só me chama 1(843)2768766

  • Mário Kimiko Mura 11/04/2019 08:22

    Eu dei quando tinha quinze anos e hoje tenho 62: e até hoje tenho vontade de ser comido por um homem mas como não sou meio eh difícil encontrar alguém pra me pegar se tiver alguém afim o meu e-mail eh mariokimikomura@gmail.com eu sou descendente de japoneses.

    Resposta:
    Eu tenho que dar que Dei quando tinha 12 anos pra um cara tenho vontade de dar de novo sou casado muito gostoso quem interessar

  • Joao 26/03/2019 20:19

    Quando eu dei pela primeira vez tinha 36 anos. E foi para um cara com 18cm de pau.

  • Maciel 20/02/2019 20:09

    Quiero perder minha virgindada com átivo ou átivo passivo

    Resposta:
    Ola quiero uno virgin queres piercer ti virgidad tu culito com y

  • Maciel 20/02/2019 20:04

    Gostei desde contó

  • Maduro 09/02/2019 20:06

    Olá boa noite tenho 57 anos nunca dei e nunca chupei, mas tenho essa fantasia, sou do interior de São Paulo, e-mail madurogalante2010@hotmail.com, sigilo é fundamental pois sou casado

    Resposta:
    Ah se pudesse te encontrar. Sou de Goiânia, tenho 60 anos de muita tesão. De uns 5 anos ora cá venho sentindo vntde louca de fazer com outro macho. Sou casado e preciso de sigilo absoluto. Deixe seu recado aqui, a gente vai conversando tabom.

  • Marcos 26/01/2019 19:06

    Humm delicia! Queria comer um macho tbm, deve ser maravilhoso!

  • Carlos 24/01/2019 22:00

    Carlos Boas noite, os contos som muito bom a imaginação viaja muito, ainda não tive coragem de toma iniciativa eu tenho uma forte curiosidade meu Maill carlos.dhr@bol.com.br Vc pode escrever para mi tenho 62 anos nunca fique com h mas to pensando Eu moro em SP Capital

    Resposta:
    Oi me chame no whats através do meu imaol dekinho1206angel@gmail.com

  • Carenciatotal 18/01/2019 13:59

    Muito louco, sentir a pau entrando no cu pela primeira vez da uma sensacao magnifica, tive esta espetiencia com 19 anos, hoje tenho 70 e me acendeu esta lembranca, gostatia de reviver este momento, se tiver alguem com interesse e so me avisar, sou versatil, este conto me deu vontade de um replay de meu passado

    Resposta:
    manda o contato

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2019 - Contos adultos