website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de putaria » EU LAURA ( 13 ) vida fácil ? Fatos reais nomes fictícios

EU LAURA ( 13 ) vida fácil ? Fatos reais nomes fictícios

Publicado em março 20, 2024 por Laura

……… segui como GP, por um bom tempo.

Não faltei nenhum dia, aproveitei ao máximo minha passagem por lá, meu objetivo era terminar meus estudos e deixar aquela vida para traz. Aqui conto coisas que foram fora da rotinha acontecimentos, diferentes da rotina, e… ah que tinha muitos, muitos loucos iam lá.

Sábados a tarde, como já falei, era o dia mais movimentada e de H loucos, tarados, queriam fazer o que não tinham coragem de fazer em casa e estavam dispostos a pagar.

E foi em um sábado, três caras, jovens chegaram lá, agitados, tinham vindo de algum lugar onde beberam, um deles logo escolheu uma colega e foi pra um quarto, outro veio em mim, “vc fica com dois ?”, “depende o que querem fazer”, queremos pegar vc de boa, te dou uma grana por fora, pago três cachês a mais “. Chegou a cinco cachês dai aceitei.

Eles jovens, ambos casados tinham aliança no dedo, foram rápidos em ficarem nus, abri a gavetinha e coloquei camisinhas em cima, eles já se masturbando pra endurecer, foram rápidos, ele de pé, fiquei ajoelhada entre eles e coloquei a camisinha em cada um, masturbando em seguida, dois acima da média, “quero comer teu cuzinho “, um deles falou, fiz que não ouvi e subi na cama, deitei, logo o comedor de cu, subiu na cama, ” vem ajoelha aqui, deixa eu comer teu cuzinho “, já passando a mão na minha bucetinha, ” vira, vira, vem ajoelha “, sem falar nada levantei da cama e tirei da gavetinha um tubo de gel, ele levantou também, ficou de pé ao meu lado, passei gel na cabeça do pau dele, e com os dedos, untei meu cuzinho, fui e fiquei de quatro na beira da cama, o amigo ali ao lado se masturbando, senti ele chegando e esfregando o pau entre minha nádegas, “vai devagar, devagar mesmo em, senão caio fora” falei.

Ele ouviu e logo acho o que queria, encostou a cabeça e pressionou, senti logo que meu cuzinho não estava resistindo e logo sendo alargado, a cabeça dentro, eu sentia dor, senti que ele empurrava, sentia ser alegrada dentro, mas estranhei que ele num momento parou e gemeu, achei estranho e olhei pra trás, e tive uma surpresa o amigo estava atrás dele, o gemido dele foi o sinal que o cara tinha entrado no cuzinho dele, em mim ele estava imóvel, mas eu sentia o pau dele latejando, num momento o pau dele escapou do meu cuzinho, eu logo me deixei cair na cama, ele estava curvado se apoiando na cama e o amigo, comendo ele.

Em um minuto o amigo puxou o pau pra fora, usou toalha pra se limpar tirou a camisinha e começou colocar outra, só entendi, quando fui puxada pelo braço pra levantar, o amigo que tinha dado o cu, ficou de pé, o comedor dele se deitou na cama com as pernas pra fora, só o pauzão pra cima, me puxou fez eu subir no pau dele, que entrou a mil e logo senti o amigo que antes estava no meu cuzinho voltar, senti ele chegando, foi fácil, eu estava ainda flácida da primeira penetração, com o gel, entrou muito fácil, uma sensação incrível, só o que estava no meu cuzinho se mexia , socava devagarinho, o de baixo, imóvel, ele entrava com tudo, voltava a puxar e logo a empurrar tudo, foi quando começou a gemer, ficou mais rápido, o amigo que estava na minha bucetinha, também começou a se mexer, o da buceta, começou a se agitar muito, senti um pouco de dor, um desconforto, o do cuzinho socando a mil, os dois praticamente ao mesmo tempo, gemeram, socaram forte, e gozaram, eu me sentindo destruída, os dois imóveis, senti que as pressões diminuíam, claro que estavam amolecendo. o De trás foi o primeiro a tirar tudo pra fora, logo tirando a camisinha, que jogou no chão, foi direto pro banheiro que tinha ali, eu sentia um alívio no meu cuzinho, mas estava ardido, o de baixo me segurando puxado pra ele, pau mole ainda dentro, estava sorrindo, imaginei que feliz, comeu o cu do amigo, que eu acho essa era a intenção desde o início, e também minha bucetinha, logo  largou minha nádegas que ele segurava me puxando, sai de cima dele, deitei na cama, ele levantou e foi pro banheiro também, poucos minutos depois saíram do banheiro, “tchau” um deles falou e saíram porta a fora, na mesinha de cabeceira, estava o meus cachês que prometeram, rápida peguei o dinheiro pq a Duda não podia ver. Cuzinho ardido fui me lavar, com o dedo procurei se tinha algo fora do normal se haviam me machucado com as enterradas que deram, mas só um pouco dolorido e ainda bem abertinho…

Quando sai do quarto eles já haviam ido embora..

 

….. segue no ( 14 ) vida fácil ?? …..

Leia outros Contos de putaria bem excitantes abaixo:

METENDO COM O CATADOR DE LATINHAS

Dei pro meu professor em troca de nota

34070 views

Contos Eróticos relacionados

Questão de Oportunidade – Parte 06

Minha jornada iniciava-se muito cedo, pouco antes do sol dar-nos o prazer de sua presença que ao longo do dia mostrar-se-ia quase infernal; eram longos e extenuantes expedientes administrando a...

LER CONTO

Dei para um desconhecido dentro do ônibus super lotado..

Pelo menos uma vez na semana tenho que deixar o carro na garagem e usar o transporte público por causa do rodízio de veículos aqui em São Paulo , geralmente uso ônibus , foi em um final de semana...

LER CONTO

Jennifer Sobrinha Pervertida

Jennifer Sobrinha Pervertida

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Jennifer Sobrinha Pervertida

Jennifer Sobrinha Pervertida

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Aprendendo com os Pais

Aprendendo com os Pais

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

EU LAURA. ( 17 ) fatos reais nomes fictícios

.... seguindo do EU LAURA ( 16 )...... ..Logo que aceitei receber em casa meu novo amiguinho ( Clovis ) e o companheiro dele ,( Roberto ) com quem ele fazia troca troca, liguei para o Lauro, ...

LER CONTO

Uber me fodeu

Tinha saído da balada meio bêbada e entrei no banco de trás do Uber louca pra dormir no caminho. Estava de saia curtinha e um decote enorme que abria um pouco quando sentava, mas estava tão...

LER CONTO

Mamei no pau de um estranho dentro do provador de roupas da loja que eu trabalho

Estávamos na véspera do natal do ano passado a loja de roupas e variedades que eu trabalho estava super movimentada com várias pessoas fazendo suas compras natalinas até porque essa loja a qual eu...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos