Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Eu e as Funkeirinhas

Eu e as Funkeirinhas

Publicado em janeiro 16, 2021 por Aldo

Oi, tudo bem, hoje vim aqui para contar uma experiência que eu tive que me fez (e está me fazendo) me sentir como um jovem novamentem.

Meu nome é Carlos (fictício) e vivo em uma área no interior de São Paulo onde acontecem muitos bailes funks, inclusive na rua onde moro, às noite de sexta para sábado é impossivel dormir pois o som fica muito alto, coisa que sempre me deixa com raiva pois eu preciso trabalhar logo cedo no dia seguinte… pandenia não quer dizer nada pra essa juventude…

Continua depois da publicidade

Bem, pra começar a história deixa eu dizer que sou viúvo e logo após minha mulher falecer a alguns anos, me mudei para uma casa menor, pois iria viver sozinho e precisava de dinheiro, então vendi minha casa e comprei uma menor e mais barata. Enquanto viva minha esposa tinha uma sobrinha que sempre a visitava, eu vi essa menina crescendo, hoje deve ter por volta de seus 15 aninhos, corpinho já bem definido, seios medios e um bumbum bem redondinho, é magra e tem longos cabelos negros e lisos, um tesão de menina, me apeguei muito a ela e ainda hoje aparece em minha casa de vez enquando, ainda me chama de titio e eu a considero minha sobrinha ainda. fazia um tempo que não a via, quando do nada em uma manhã de uma sexta-feira Lais (essa sobrinha) me liga, aquela voz linda e dengosa atrás do telefone era inconfundível.

– Oi titio tudo bem, quanto tempo

-Oi Laizinha, esqueceu do titio foi

Continua depois da publicidade

-Não titio, eu só tava sem tempo, escola e algumas coisas e não deu pra eu ir ai.. mas eu queria saber se posso ir aí hoje à noite..

-Sabe que minha casa sempre está aberta pra você né

-Então tio, posso levar duas amigas comigo ?, é que vamos ir no baile funk ai e ela vão comigo.. e depois queria saber se poderiamos dormir na sua casa..

-Pode sim, sem problemas, se seus pais toparem não vejo problemas

-Ok titio, até a noite então.

Ela desligou, arrumei um quarto que mantenho para visitas, não era grande mas o suficiente para elas. trabalhei naquele dia, saio às 17:00h, fui para casa e para minha surpresa elas já estavam me esperando no portão, quando bati os olhos as 3 meu pau subiu no mesmo momento, minha sobrinha estava ainda mais linda doque eu me lembrava, todas estavam com aqueles shortinhos que não cobrem metade da bunda e um top super decotado, 3 linda ninfetas, tinha uma loirinha que tava com um boné de aba reta, seios super pequenos, usava uma blusinha super colada para evidenciar seus seios que apesar de pequenos, ficavam marcados na blusinha, mas tinha uma bunda super grande, parecia desproporcional para aquele corpo pequeno e fragil de menina, tinha um olhar sedutor com olhos verdes, a outra era uma bem branquinha, cabelos negro e olhos castanhos, assim como minha sobrinha tinha peitos de médios para grandes mas super firmes, e um bundão que quase não cabia no minusculo shortinho que usava. Terminei de por o carro na garagem e desci comprimentá-las, minha sobrinha correu ao meu encontro e pulou no meu pescoço, me dando aquele abraça, eu abraçei forte, sem vergonha nenhuma de roçar meu pau latenjando de duro nela, se ela percebeu não falou nada, só continuou me abraçando e dizendo que tava comsaudades, eu disse que também tava com saudades, entramos e ela foi me apresentando suas amigas.

-Tio óh, essa aqui é a Josiane (a morena), e essa aqui é a Mayara (a loirinha).

Então ela brincou dizendo:

-Meninas, esse coroa gostoso aqui é meu tio de consideração, vamos dormir sobre o mesmo teto que ele hoje, então nada de gracinhas com ele em..

Depois de dizer isso ela riu muito, mas percebi que Mayara começou a me analisar, não dizia nada mas depois dessa brincadeira peguei ela me olhando de forma erótica algumas vezes. Ainda eram 18:00h, o baile começa a bombar mesmo lá pelas 22:00h fiz um lanche para as meninas e fui chamá-las para comer, elas já estavam no quarto que eu arrumei pra elas, já estavam no clima do baile tinha uma musica alto vindo do quarto, quando bati na borta acho que não ouviram pelo som alto que estava, então entreabri a porta e e vi que elas estavam dançando funk até o chão, vi aquelas bundinhas rebolando e como rebolavam, me perceberam na porta olhando mas não deram bola, parece que se animaram ainda mais, começaram a cantar a letra bem alto também e era uma letra que falava de sacanagem, inesperadamente minha sobrinha me chamou pra dançar com elas, eu meio sem jeito recusei, pois não sabia dançar, entã eu gritei por cima da música que tinha feito um lanche pra elas e que ela fossem comer na cosinha, elas desligaram a música e vieram comer. Durante o lache conversamos e eu descobri que os namorados das 3 estariam no baile hoje e que elas iriam encontrar com eles la, fui conversando e puchando papo com elas e acabamos nos soltando, fui ficando amigo das duas amigas, elas já até estavam me chamando de titio pela influencia da minha sobrinha, descobri durante a conversa que elas eram ainda mais novas que minha sobrinha, ambas tinham 14 aninhos enquanto minha sobrinha tinha 15, e que as duas moravam bem próximo da minha casa, elas conheciam minha sobrinha da escola e mesmo estando uma série atrás, tinha se tornado muito amigas.

As horas passaram e o Baile começou a bombar, minha sobrinha me deu um beijo, ia dar na bochecha mas saiu perigosamente perto da coba, ela brincou dizendo “delicia tio”, as outras, ja carinhosas e também bricalhonas dizendo “também quero”, então dei um beijho em cada buchecha, a ultima virou e pegou na boca um selinho, ela olhou para minha sobrinha e fez cara de triunfo, eu não preciso dizer que amei, e lá se foram pro baile.. eu não consegui dormir aquela noite, mesmo que quisesse eu não conseguiria porcausa do barulho, estava tão excitado que fui pro banheiro e bati uma pra cada uma das 3, e mesmo assim não foi o suficiente, eu tava com muito tesão, aquelas 3 ninfetas estavam me matando de tesão, e eu sabia que rolar algo não ia, então tive que me contentar com punheta mesmo.

As horas foram passando e por volta das 05:00h da manhã as 3 chegam, observo da varando, elas estavam agarradas com os namoradinhos aos amassos, eu fiquei só olhando e quando finalmente perceberam que eu estava ali, os rapazes me cumprimentaram, se despediram das meninas e se foram, elas entraram um pouco decepcionadas em casa, e me olharam com cara de rabujentas e foram direto para o quarto… eu fui la saber o porque, bati na porta, e fui entrando, aquela porta não tranca, já fui perguntando o motivo de estarem assim, elas disseram que os namorados ficaram com medo de mim e foram embora, não era pra eu aparecer… e que elas esperavam mais dos namorados hoje… elas só ficaram nos beijos, eu me desculpei e já ia saindo, me deitei e escutei o barulho do chuveiro, elas tomaram banho uma após a outra, quando terminaram, pensei que iriam dormir mas não, ouvi o som alto de funk vindo do quarto delas, de repente abaixaram e minha sobrinha começou a me chamar

-TITIOOO VEM AQUI UM POUCO

-JÁ ESTOU INDO

Já eram quase seis horas da manhã, logo teria que ir trabalhar, quando entro no quarta estavam as 3 peladinhas dançando funk, eu fiz que ia sair mas as 3 correram e me puxaram devolta, me sentaram na cama e com uma voz bem safada elas foram me dizendo que não fizeram oque queria com os namoradinhos por minha causa, agora eu teria que compensar elas, sem dizer nada elas enfiaram a mão dentro da minha calça e tiraram meu pau pra fora e se revezaram pra mamar nele, elas, apesar de novinhas já sabiam oque fazer, mamaram tão gostoso que gozei rapidamente, só de ver aqueles novinhas me mamando não aguentei.. Elas então começaram a passar minha porra de boca em boca até que a loirinha engoliu, assim que ela engoliu, só de ver aquilo meu pau ja endureceu denovo, minha sobrinha ligou o rapido novamente e ao som do funk a putaria se intensificou, elas me deitaram na cama minha sobrinha começou a rebolar de costas, deecendo aquela bundona ma minha rola, rebolou e desceu e interrou uma vara na bucetinha dela e começou a rebolar, era uma misao maravilhosa ver aquela bundinha subindo e descendo na minha vara, mas minha visao foi tapada pela loirinha que veio e sentou sua bucetinha na minha cara, eu não conseguia acreditar noque acontecia, elas rebolavam na batida do funk em cima de mim, eu pensava estar sonhando… a terceira menina ora chupava os peitos de uma, ora os peitos da outra, era de uma forma erotica, ela lambia bem devagar e depois passava a lingua por todo ele e mordia de leve o bico, era uma delia só de ver, eu lambia a bucetinha da loirinha com vontade, chupava com vontade, era uma delicia, ela gemia e apertava mais e mais na minha cara, fechava os olhinhos e gemia alto, enquanto minha sobrinha pulava na minha vara como uma putinha, eu tava explodindo de tesão, mas me recusava a gozar denovo, então começaram a trocar de lugar a loirinha que eu estava chupando saiu e deu lugar para a outra que estava chupando os seios e minha sobrinha parou de quiquar na minha vara e deu lugar à loirinha que era ainda mais agressiva que minha sobrinha, quicava feito doida na minha vara e minha sobrinha passou a estimular as outras duas lambendo seios e xotinhas, continuamos nisso por mais um tempo e a rotação novamente, agora eu chupava minha sobrinha e a outra moreninha quicava na minha vara e a loirinha as earimulando, ainda me levantei e disse que queria o cuzinho delas, e pra minha surpresa elas comcordaram com facilidade, as 3 ficaram de 4 e soquei no cuzinho delas sem dificuldade, elas já faziam anal e pelo jeito a algum tempo, minha rola não teve dificuldade de entrar, a da loirinha era mais apertadinho que das outras duas, não vou mentir, amei ela, fiquei maia tempo comendo ela doque as outras, soquei no cuzinho das 3 até anunciar que iria gozar, elas começar a me punhetar e a chupar com força, gozei e elas beberam cada gota, e depois ainda me linparam todinho… quando terminou elas vieram me abraçar e dizer que eu era o tio mais gostoso que elas ja deram, olhei a hora e ja estava atrasado para o trabalho, tomei um banho rapido e sai correndo, disse que quando saissem que trancassem a porta e jlgassem a chave na varanda que eu tinha outra, pra minha surpresa quando eu voltei elas ainda eatavam lá me esperando para mais uma rodada de putaria, como eu disse, as duas amigas da minha sobrinha moram perto de mim, já rolaram varias putarias com elas e com algumas outras amiguinhas curiosas delas que vieram aqui com elas.. mas isso eu conto depois..

4232 views

Contos relacionados

TRAI MEU MARIDO COM O MOTOBOY

Oií Meu Nome é Ana 22 aninhos, Sou do RJ , tenho 1,65 tenho um corpo bem Desejável, Pele Branca, cabelos compridos cacheados, Tenho um Sorriso bem excitante..  mas vamos lá. Sou Casada...

LER CONTO

Aprendendo sobre a Siririca

Me chamo Gabrielle, tenho 26 anos e hoje vou contar para você como foi a minha primeira experiência com a siririca. Para que entenda melhor como tudo aconteceu, vou ambientá-lo à ocasião. Eu sou...

LER CONTO

Visitando o Tio do meu Namorado, segunda parte

Oi genteee!!! Rsrs, tudo bem? Bom a princípio, hoje eu continuaria o conto do asilo, mas devido a alguns taradinhos que me madaram e-mail pedindo, resolvi terminar a história da semana passada,...

LER CONTO

Comi minha amante ela com olhos vendados

Bom dia, esse conto verídico aconteceu mês passado, quando chamei a Ju  (nome fictício) ela minha amante,  para irmos para o motel pois estava com muita vontade de fuder ela rsrs. Combinei com...

LER CONTO

O EMPRÉSTIMO – PARTE IV

O EMPRÉSTIMO - PARTE IV 16 e 17/01 Acordei com beijos. A Soraia acordou antes e veio me acordar aos beijos. Abracei-a, aos beijos. Ela deitou sobre meu peito, olhando pra mim e passando a mão em...

LER CONTO

A nossa segunda experiência!

Antes de iniciar esse conto, recomendo que leiam o conto anterior chamado “ A nossa primeira experiência”, disponível nesse site, o que seria bom para que pudessem compreender a essência da...

LER CONTO

Meu primo gostoso e eu

Tenho 23 anos, 160m, 56kg, cabelos médios e pretos, tenho um corpo escultural, cintura fina, seios médios com tamanhos diferentes e notáveis, bunda grande, mas proporcional, e uma buceta que incha...

LER CONTO

O DIA QUE VIREI PUTA DOS MEUS ADVOGADOS

Primeiramente, devo me apresentar, já que este será o primeiro de vários relatos de transas muito loucas e diferentes minhas. Bom, meu nome é Aline, tenho 28 anos e sou uma loira de olhos escuros,...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • Anderson de Oliveira 04/03/2021 14:43

    Cada conto top da muito tesão

  • Morena 13/02/2021 19:07

    Maravilha essas meninas realmente ... gostaria de participar ao menos uma vez sera que posso?? Hahaha... tenho 20 aninhoss

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 5 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos