website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Meus contos sado- primeira vez

Meus contos sado- primeira vez

Publicado em julho 26, 2022 por mila sil

Um certo dia uma menina de 16 anos resolveu fazer cursinho em uma instituição X, essa menina, sou eu , e aqui podem me chamar de Liz. Os professores dessa instituição eram todos muito jovens , a maior diferença era de cerca de 10 anos.  Um desses professores se chamava Miguel, era moreno claro, 30 cm maior que eu , forte , musculoso, de cabelo curto , andava sempre muito arrumado e com um cheiro de molhar qualquer calcinha. Os dois flertaram por algum tempo, com olhares indiscretos e ficas no meio dos corredores, até o dia em que a Liz decidiu pedir para perder a virgindade com ele .

A cena se desenrolou no gabinete, uma espécie de escritório , que cada professor tinha destinado para si. Manhosa e muito molhada pelos beijos ardentes Liz procedeu da seguinte forma .

Continua depois da publicidade
 

-Miguel , eu quero ir além dessa vez, quero deixar que você faça mais. – Disse a Liz ficando mais vermelha que pimenta. O rapaz, dez anos mais velho e com muito mais segredos do que se possa contar, segurou o rosto da menina pequena entre as mãos e disse :

– Não vou fazer isso com você!

Continua depois da publicidade
 

Assustada, e sem entender porque estava sendo rejeitada assim , Liz teve vontade de chorar, de gritar e bater em Miguel até não ter mais forças, mas segurou bem a onda , olhou no fundo dos olhos do rapaz e exigiu explicações. A briga foi feia , teve grito , discussão e tudo que tem direito, sem que Miguel explicasse exatamente pq não podia acontecer o que a moça tanto queria.

Como o fogo e a água, que se anulam e aniquilam , os dois precisaram voltar a ficar, por amor, ou por vontade do encontro de corpos que funcionava tão bem .

Em um desses momentos Miguel decidiu levar Liz ao seu apartamento, deitados na cama com Liz por baixo , de pernas abertas e acomodando o corpo ainda vestido de Miguel entre as pernas, muitas coisas aconteceram , beijos ardentes, com direito a mordiscar a orelha e ao minúsculo vestido de Liz indo parar no chão a alguns metros da cama.

Entre um beijo e outro Miguel espalmava sua mão sobre meu seio descoberto, acariciando o mamilo e dando leves puxões, até que, parou o que fazia para olhar em meus olhos e disparar:

– Liz, quero muito te comer, mas vou te machucar e vc precisa me confirmar que realmente quer isso.

Atrevida e ardendo em tesão eu respondi :

– Eu quero Miguel , quero muito.

Rapidamente senti seu beijo molhado e sua mão que descia para minha calcinha, afastando-a para o lado Miguel fazia movimentos em toda a minha boceta, parando dolorosamente perto do botão inchado em que tinha se transformado meu grelo.

– Liz , eu vou te tocar, por dentro e de um jeito que vai incomodar, se tentar sair, ou fechar as pernas, vou te punir , então só continue fogosa assim e parada.

Balancei a cabeça de leve. Miguel afastou mais minhas pernas fez carinho na entrada da minha boceta mas não exitou em enfiar em mim 2 dedos de uma só vez, só parando quando senti os ossos de sua mão sendo forçados contra os lábios da minha boceta. Miguel procurava o colo do meu útero, abafando os gemidos de dor e desconforto com beijos, que de calmos e relaxantes não tinham nada. Senti seus dedos abrirem caminho na minha boceta, e a ponta do dedo maior tocou o colo do meu útero forçando o orifício e causando imenso desconforto, quando percebi que não iria parar coloquei a mão para segurar a mão de Miguel, tentando desencoraja-lo a ir mais fundo. Ao sentir minha mão segurando a sua, Miguel me lançou um olhar de desaprovação.

-Eu não disse para você ficar quieta Liz ?

Miguel deu um tapa em cima da minha boceta, que deixou ela toda avermelhada e ardendo.

– Deite de costas, agora.

Virei a posição deitando de costas para ele , e quando consegui terminar o movimento senti outro tapa muito forte em minha bunda, senti algo gelado ser depositado logo acima do meu cu , e o dedo de Miguel descer fazendo o caminho do líquido até a entrada, depois sendo enfiado de surpresa em meu rabo.

… continua

11021 views

Contos relacionados

Comi aluna de filosofia Porto Alegre

Começo avisando que não escrevo nada que não seja real. Todos meus contos sai reais. Bem, vamos lá: Leciono numa escola de Ensino Médio Particular. Logo que cheguei numa das turmas percebi...

LER CONTO

Fudi com o namorado da minha sobrinha – Ana Pinheiro

Bem, sou Ana de Pinheiro, o que passo a contar aconteceu há alguns anos atrás, e acabou mudando um pouco minha vida. Sou loira, tenho 36 anos, um metro e 72 de altura e devo estar pesando uns 64(ñ...

LER CONTO

O EMPRÉSTIMO – PARTE VII

VII 24/01 Acordamos meio cedo, escutei barulho e fui ver o que era, saí pelado e de pau duro, chego na cozinha e vejo o Fabrício preparando o café da manhã, ele dá uma encarada no meu cacete....

LER CONTO

UMA AUTOBIOGRAFIA REAL – 1º Capítulo

  TEMA ... UMA AUTOBIOGRAFIA REAL – 1ª PARTE 31 DE MAIO DE 2022 AUTORES. ... C. L. / E. S. / C. F. C. S. L.   ·         - . . . - Capítulo nº 01 – Uma...

LER CONTO

O DONO DA ACADEMIA ME FODEU NO MEIO DOS VELHOS

Olá, pessoal. Então vamos lá. Esse é o meu terceiro relato, sendo escrito em ordem dos acontecimentos das minhas transas. Pra quem não me conhece, meu nome é Vanessa, sou uma ruiva baixinha,...

LER CONTO

A Coroa Gostosa Na Festa

Olá, Meu nome é Hj,  depois que conclui a faculdade tenho tempo livre e decidi começar  a escrever algumas historias que vivi nesses últimos anos. Esse é o meu terceiro conto, o primeiro é...

LER CONTO

Não aguentei e traí meu marido 1

Não aguentei e traí meu marido 1 Boa noite, me chamo Sissy, tenho 29 anos de idade e 6 anos de casada. Sou branca, 1,60 de altura e uns 60Kg. Cabelos pretos compridos. Nunca imaginei trair, mas...

LER CONTO

A putinha da igreja

Hoje vou contar uma das histórias que aconteceram comigo. Sempre gostei de ir à igreja e sair depois do culto para confraternizar com o pessoal. Certa noite em uma dessas reuniões, um amigo se...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos