Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos lésbicos » A colega de quarto!

A colega de quarto!

Publicado em setembro 24, 2019 por CooledCutie

Enviado por: Morena

Olá , tudo bem?.
Meu nome é Carolina , tenho 18 anos e hoje vim relatar algo que está acontecendo comigo a algum tempo e é bem louco , vamos lá?
Tudo começou quando passei para a faculdade de Direito , fiquei muito feliz , porém eu iria me separar dos meus pais para morar em uma república.
Quando cheguei lá , tive a informação que dividiria um quarto com uma menina e logo pensei “tomara que ela seja legal ” .
Entrei no quarto , era pequeno e tinha duas camas de solteiro separadas , logo arrumei minhas coisas , quando ouço barulho na porta , corro para abrir e me deparo com uma mulher maravilhosa.
– Oi! – eu digo

Continua depois da publicidade

– Oi , você pode me ajudar ?
Pego as bolsas dela e mais algumas coisas e entramos para dentro do quarto , ela ajeita as coisas no decorrer.
– Então você que é minha colega de quarto? – ela diz sorrindo
– Sim , sou eu , prazer Carolina.
– Me chamo Letícia , o prazer será todo meu. – ela diz e me olha profundamente.
Começamos a conversar , falei sobre mim e ela disse pouco dela , a todo momento ela me olhava de cima a baixo , eu me sentia tímida e ao mesmo tempo desejada por Letícia , estava doida pra saber onde isso iria dar.
Ela é morena clara , cabelos enrolados , olhos negros , um corpo espetacular.
Dormimos e no dia seguinte , acordei e me deparei com ela me olhando diabolicamente.
– Aí que susto porra! – digo e ela me olha com um sorriso malicioso.
– Bom dia pra você também amor.

Fomos para nossas aulas e voltamos depois do almoço.
Eu me sentia observada a todo momento , pensava na Letícia , naquele olhar….
E assim , foi por uns dias , até que um dia marquei de me encontrar com um amigo e quando voltei , me deparo com Letícia sentada na minha cama , alisando onde eu dormia…
– Por que chegou tarde?- ela diz e meu corpo estremece.
– Me encontrei com um amigo Lelê , só isso. – digo desviando o olhar.
Então , ela se levanta e vem até a mim e sussurra no meu ouvido.
– Ele comeu você , é? – diz e passa a ponta da língua no meu pescoço.
Nossa , naquele momento senti minha buceta contrair deliciosamente.
– Não lelê , era apenas um amigo. – digo suspirando alto.

Ela me empurra contra a parede numa agressividade tremenda e cola seu corpo no meu , levanta minha blusa e desliza os dedos na minha barriga , começo a gemer contra a boca dela , toda aquela provocação estava me deixando louca , não aguento e a beijo.
Era um beijo lento , ela correspondia perfeitamente , eu a puxava com fome , ela apertava minha cintura e roçava uma de suas coxas por cima da calça…
Ela parou o beijo , e começou a beijar meu pescoço , eu gemia e roçava minha buceta nela , eu a queria tanto.
Ela puxa meu cabelo para trás com muita força e diz.
– Você vai ser minha e de mais ninguém , está me ouvindo? – diz olhando nos meus olhos.
– Sim , sim!

Continua depois da publicidade

– Boa garota.
Me deita na cama e tira minhas roupas , começo a tirar a dela também rapidamente e nos beijamos novamente , estamos nuas , coladas uma na outra , percebo seus olhos , estavam negros , muito negros.
Começa a chupar meus seios , um de cada vez , eu delirava e pedia mais e mais…
Não aguentava de tesão , só queria ser fodida como uma boa puta que eu tenho dento de mim.
Desceu na minha barriga e beijou cada centímetro , foi descendo e chegou no lugar em que eu mais desejava , minha buceta.
Passou a lingua devagar em toda a
extensão e olhava nos meus olhos.
– Tão molhada Carolina.

E então ela começa a chupar , nossa que boca gostosa , girava a língua no meu clitóris e sugava , deixava minha buceta jorrando de mel , eu rebolava na cara dela e gemia , gemia como uma cachorra no cio.
– Isso Letícia , assim…awn , me fode por favor!
Até que ela para e coloca dois dedos de uma vez dentro de mim , começa a socar , socar bem forte , sobe até a mim e não para de meter , ela metia olhando na minha cara.
– Que puta gostosa você é , sabia?
Eu vou fuder você todos os dias.
Eu gemia , rebolava , esfregava , até que gozei , gozei como nunca!
Meu corpo desabou na cama , ela retirou os dedos e chupou.

Ela não deixou eu me recuperar e começou a me beijar novamente , eu estava louca , queria mais e mais.
Fiquei por cima dela , beijei seu pescoço cravando as unhas na sua barriga , ela gemeu….
Comecei a alisar seus seios e chupar e cabiam na minha boca maravilhosamente.
Já desci doida na sua buceta , abrir as pernas dela , e ela estava toda avermelhada , contraindo de tesão , ah meu Deus nesta hora eu perdi a noção de tudo e cai de boca , eu a chupava forte , ela entrelaçou suas mãos no meu cabelo e pressionava meu rosto contra ela , eu a chupava com gana.

– Olha pra mim , quero que me chupe olhando pra mim como uma boa puta que você é. – ela dizia como uma ordem e eu a obedeci.
Os olhos dela me deixavam maluca , continuavam negros como a de um psicopata , eu sentia tesão , desejo com aquilo.
O corpo dela começou a estremece e ela me movimentava mais rápido , aumentei a velocidade e ela gozou num gemido alto e rápido!
Eu chupei toda a sua porra , tinha um gosto maravilhoso , ela pôs o dedo em si mesma e passou sobre minha boca e depois me beijou lentamente.
Eu descansava sobre o corpo quente dela , por um momento me senti protegida , ela não fazia gestos de carinhos , apenas alisava minhas costas que estava suadas…
Passaram uns 5 minutos , quando ela muda nossa posição e me beija novamente , apertando minhas coxas , minha cintura , começo a suspirar quando ela me encaixa numa ” tesoura ” eu olho a buceta dela colada na minha e meu tesão reacende novamente.

Ela começa lento , sinto cada centímetro do seu clitóris esfregando no meu.
– Gosta assim , gosta? – ela diz.
Eu passo as mãos pelo corpo dela e a puxo pra que ela possa deitar encima de mim e ela continua a movimentar.
Digo sussurando.
– Mais forte lelê , deixa eu gozar na sua buceta.
Foi a deixa pra que ela começasse a esfregar mais forte e rápido , ela esfregava e eu gemia como louca , sentia a pressão da buceta dela na minha , a batida da cama na parede , ela masturbou minha buceta e só faltava eu gritar de tesão , ela sorria diabolicamente , ela rebolava e segurava meu pescoço com muita força , eu segurava o braço dela mas perdia minhas forças.
Letícia continuou a rebolar e eu gozei chamando pelo nome dela.

E logo assim , ela gozou também.
Ela deu tapinhas na minha buceta e disse:
– Boa garota Carolina!
Eu só fechei os olhos e pensei no que tinha acontecido.
Ela se levantou do meu corpo e deitou do meu lado , me deu um beijo.
– Promete que não vou ser só mais uma? – eu disse com medo de a perder.
– Eu prometo!

E aí , galera? Gostaram? As outras experiências continuam sendo contadas ou não?
O resumo disso tudo é a Letícia é facinada no filme ” A colega de quarto ” e seu maior fetiche era ter uma realidade assim , e encontrou a mim que na qual vivo essa realidade junto a ela .

27200 views

Contos relacionados

MANAS SE DESCOBREM LESB NUM BANHO.

Bom dia, meus lindos. Hoje é Domingo e eu e minha mana já acordamos e decidimos abrir o jogo com todos os amigos do grupo de Selma, do qual participamos até agora somente vendo os filmes, fotos e...

LER CONTO

Minha vizinha, Minha Paixão

Desde menina,sempre fui alegre,sapeca e totalmente extrovertida.Quando adolescente,aproveitando a beleza que herdara da minha mãe,tive vários namorados,ocasião em aproveitei para conhecer os prós...

LER CONTO

Filha adotiva com a mamãe carente

Meus pais me adotaram quando eu era criança, eles nunca me esconderam isso, infelizmente meu pai morreu em um acidente de carro, eu tinha cinco anos quando isso aconteceu, então fui criada pela...

LER CONTO

Primeira vez de uma lésbica virgem

Oi gente bonita! Meu nome é Luana, tenho 25 anos, sou lésbica e hoje vou relatar com detalhes como foi a minha primeira vez neste conto erótico que eu chamarei de a primeira vez de uma lésbica...

LER CONTO

Ensinando a minha amiga a gozar…(1)

Oiê me chamo Gabriela tenho 22 e na época apenas 19 (fictício) e hoje vim contar uma situação que aconteceu comigo e uma amiga. O nome dela é Yasmin (Fictício) tinha 18 anos na época ,...

LER CONTO

Despedida de solteira lésbica com muita putaria

Oi pessoal, tudo bem?! Meu nome é Angélica, tenho 25 anos, moro em Blumenau, sou bissexual e neste conto vou relatar como foi a despedida de solteira lésbica que eu fiz antes de casar com meu...

LER CONTO

6 - Comentário(s)

  • Lualmy 12/05/2020 16:32

    Delícia adoro chupar e ser chupada isso é maravilhoso e bem gostoso

  • Samantha 06/05/2020 21:27

    Sou louca para transar com uma mulher.. Não digo em relação a ser lésbica pois não sou! Apenas curiosidade de sentir uma mulher chupar minha buceta

  • Cristiano 26/02/2020 19:19

    Que delicia, amo chupar uma buceta bem molhadinha, beber todo o mel gostoso na minha boca. Meu zap.

  • Cristiano 26/02/2020 19:18

    Que delicia, amo chupar uma buceta bem molhadinha, beber todo o mel gostoso na minha blca

  • Cathy 06/02/2020 21:11

    Que delícia de história, me babei todinha para chupar um grelinho!

  • Alguém 06/02/2020 12:51

    A minha filha uma putinha safada maravilhosa carinhosa comigo qualquer hora dessa vou chupar à buceta

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos