website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » O doentinho e a vizinha safada

O doentinho e a vizinha safada

Publicado em abril 24, 2024 por Yasmin

Me chamo Geovana tenho 1,60 de altura  cabelos vermelhos cor sangue , pele branca , seios pequenos e bunda média , sou a vizinha . Leo é um homem de pele branca , cabelos longos , pau grande e grosso , é o doentinho . ESSA HISTÓRIA É TOTALMENTE VERÍDICA , E SERÁ NARRADA EM RICOS DETALHES  A FOTO DA HISTÓRIA É REAL DA SITUAÇÃO . 😈 espero que gostem e gozem !

[ … ]

Leo é um rapaz forte de 31 anos  trabalhador e nunca tinha ficado doente, mas como ninguém é de ferro infelizmente ele pegou uma virose que o deixou um pouco mal  . numa noite de sábado quando Léo estava em sua casa realizando suas tarefas doméstico e fumando um F1 começou a sentir uns calafrios e se sentir muito quente , então Léo abriu a janela de seu quarto para entrar um ar pois estava muito calor no Rio de Janeiro , então ele ligou ventilador tirou toda sua roupa , tomou um analgésico jogando a caixa em cima de sua cama e sentou  encostado seu corpo na cabeceira da cama e começou a ler um livro .

Algumas horas depois Léo ouvia uma música alta vindo da janela da frente e foi até lá ver o que era , foi quando Léo se deparou  comigo sua vizinha (uma mulher de 20 anos,cabelos tamanho médio , ruivo fogo , seios pequenos e uma bunda grande) vestindo  uma lingerie provocante toda de couro estilo tiazinha ,  dançando na frente do computador enquanto gravava um vídeo   , naquele momento Léo achou que podia está delirando por causa da febre,  mas não , aquela visão era real , (fazia tempos que ele não me via)  pela janela  . Apesar da febre e do suor frio, Léo não aguentou em me ver daquele jeito  e começou a se masturbar enfrente sua janela me imaginando  em sua cama , ele batia uma punheta tão gostosa enquanto soltava alguns gemidos abafado, me comendo totalmente com os olhos ,  ele sentia tanto tesão que as vezes soltava gemidos um pouco mais forte  , foi quando de repente olhei pra trás e meio de longe a vistei Leo se masturbando enquanto me comia com os olhos . Então  continei o que estava fazendo que era dançar bem provocante  , dessas vez mais provocante ainda pois sabia que ele observando tudo  .

Quando finalmente Leo gozou soltou um grito estridente de prazer tão alto que acabei escutando mesmo com a música , naquele momento  ele acabou  sentindo uma leve tonteira e então ele se jogou em sua cama de uma forma tão bruta que parecia que algo tinha quebrado em sua casa  . Como fez um barulho alto , e já tinha desligado o som acabei  escutando e fui correndo pra janela vê o que houve .

Quando vi  Leo jogado na cama , peguei  um binóculo pra ver melhor e avistei uma caixa de remédio jogada ao seu lado , sem pensar duas vezes sai correndo de casa até a casa de Léo pois pensei que ele podia ter tomado um remédio que o fez mal ou até mesmo se dopado  , sem nem perceber que não tinha trocado de roupa corri para sua porte e  comecei a bate incessantemente chamando seu nome , então como ele não respondia ,  girei maçaneta da porta e a mesma se abriu ,  naquele momento estava com  com receio de sair entrando na casa dele mas tmb tinha medo  de ter acontecido algo mais grave , então  tomei coragem e entra em sua casa e comecei a vasculhar os cômodos até chegar na porta de seu quarto , quando abrei a porta  perguntei “Vizinho está tudo bem ? Vc precisa de ajuda?” , sem nem perceber que não tinha trocado de roupa ainda estava com aquela roupa provocante de couro.

Ao ouvir minha voz  mesmo um pouco tonto pelo analgésico , Léo não acreditava que eu estava estava realmente dentro de seu quarto , foi a primeira vez que ele me via cara cara , então Léo levantou meio desnorteado e responde “está tudo bem , foi só  uma leve tontura , mas o que vc está fazendo aqui ?” , na hora sem graça expliquei como tudo tinha acontecido e que achei que ele podia ter passado mal , Asim que tentei me desculpar ele não  pensou duas vezes em pegar pelo braço e me puxar para mais perto . Sem graça pedi novamente desculpas  pela invasão e disse que fiquei preocupada, ao senti que ele estava suando frio e na minha mais pura inocência oferecei de fazer um chá com algumas ervas pra ele melhorar , mas Léo não precisava de um chá de ervas ele precisava de um chá de bct 😈 , da minha minha buceta. Então ele me puxou pela cintura pra perto e logo começou a me  beijar, sem entender nada me deixei levar p lo tesão que sentia por ele e ao desejo que já tinha em ser comida por Léo , nos beijávamos tão intensamente.

Então tomada pelo tesão de vê-lo com aquela pica grossa e melada pra fora logo empurrei ele contra cama , me ajoelhei  e comecei a chupar como ele nunca foi chupado antes , chupava intensamente aquele pau enquanto o olhava de baixo pra cima ouvindo seus gemidos , ele acariciava meus cabelos enquanto deve leve enpurradinhas na minha cabeça pra mais fundo , passava minha língua pela sua cabecinha enquanto sorria bem safada olhando em seus olhos. Léo sentia tanto tesão que toda quela dor no corpo e febre parecia ter  passado em um segundo.

 

Ao se sentir melhor e com seu pau latejando e crescendo na minha boca enquanto eu chupava intensamente olhando em seus olhos , Léo me puxou  pra cama , coloca minha lingerie da parte da bctinha  que pulsava de tesão  de lado e começa me chupar , minha bct  já estava encharcada e Léo  sentia o gosto do meu tesão e fica mais louco ainda , ele me chupava gostoso passava a língua no meu grelinho que já estava muito sensível , gritava de tesão enquanto mexia o quadril fazendo minha buceta esfregar em toda sua cara , enquanto isso apertava com força minhas mãos em seu lençol e gemia bem gostoso dizendo “isso me chupa , aiii que delícia pqp” .

Após alguns minutos me chupando e dedando gostoso e ouvindo meus gemidos cada vez mais alto de prazer , ele já foi logo  começando a introduzir seu pau na minha bct , no susto arregalei os dois olhos pois o pau dele era muito grosso e minha bct muito apertada , e então ele soltou um grito de tesão dizendo  “krl com você é aperta pqp!”  , ele metia bem devagar pra sentir entrando e saindo a sensação que ele tinha era de está comendo um cuzinho de tão apertada que eu sou , eu gemia muito feito uma cadelinha no cio , ele estava por cima e eu por baixo logo coloquei as duas pernas uma em cada ombro pra que e pudesse ir mais fundo e daí por diante  começou a sessão de soca-soca intensamente, eu gemia  , nunca tinha sentindo um pau tão grosso e gostoso na minha bctinha. Cada vez mais eu gemia enquanto olhava pra ele , ele o tempo todo sorria de tesão , então começou a me beijar enquanto metia gostoso , aqueli era tão bom que parecia está no paraíso ouvindo ele soltar uns gemidos abafado .

Depois de algumas horas me comendo  em várias posições, já completamento suado , Léo pediu para comer meu cu e foi surpreendido com um sonoro “Claro deve ser maravilhoso dar o cu pra vc” , sem acreditar Léo então começou a meter   de vagar para ir abrindo passagem , ao ver minha cara de prazer enquanto masturbava meu grelinho com a ponta dos dedos , ele aumenta o ritmo a medida que sentia que dava pra meter mais  aos poucos enquanto gemia cada vez mais alto de tesão  , Léo dava varios tapas na minha bunda gostosa  , naquela hora estava de lado e ele em pé na beira da cama.

Era nítido sua cara de prazer e seu tesão absurdo enquanto bombava aquele pau gostoso no meu cuzinho , Para deixá-lo mais louco de tesão eu gemia cada vez mais alto como uma cachorrinha , ele gemia muito e dizia que estava amando comer meu cu  então  Léo pede padiu pra gozar dentro meu cuzinho e eu balançei a cabeça em sinal de “sim” enquanto fazia caras e bocas sendo fodida por aquele homem delecioso . Então sem pensar duas vezes Léo que já estava aponto de gozar , jogou toda sua porra pra dentro do meu cuzinho e soltou um gemido de alívio de tesão , na mesma hora quando tirou seu pau , fiquei de 4 piscando meu cu em sua direção e el ficou admirando aquele meu cuzinho piscando enquanto a porra escorria , e eu só rindo e sorrindo olhando de lado ,  em êxtase só nesse meio entre sexo vaginal e anal já tinha gozado pra mais de 5 vezes , foi tão satisfatório ver a cara de de satisfeito com aquilo que logo começou a me beijar e entre o beijo e disse “pqp pq não te conheci antes ?”Totalmente em êxtase  soltei um sorrisinho bem safado e disse “pqp nao sei , porra que Pau maravilhoso  vc tem, é do jeito que eu gosto grande  grosso” .

Após Léo gozar no cuzinho e ainda com pau bem meladinho de goza , como eu tinha feito lavagem um dia antes (sempre faço nunca se sabe quando vms precisar dar o cu kkkk ) então não houve risco de contaminação com coliformes, seu pau estava apenas melado da própria porra , então eu me ajoelhei em sua frente  comecei a chupar gostoso , deixando ele socar no fundo na minha garganta e voltar ,  chupava Léo tão gostoso que era impossível amolecer rápido , Léo já estava aponto de gozar novamente só por aquela chupada , então Léo pediu para gozar novamente na boquinha e no meu rostinho  e na mesma hora me  ajoelhava na sua  frente em uma posição de cadela com as mãos imitando patinhas e com a língua pra fora , Léo então novamente gozou não só na minha boquinha que lambia tudinho quanto em meu  rostinho . E logo puxou meu cabelo pra trás me chamando de cachorra safada , e eu já estava pronta pra outra outra.

Depois disso tudo Leo me levou até seu banheiro tirou minha roupa de couro e fomos tomar um banho gostoso , no chuveiro rolou algumas brincadeirinha e dps saímos , Léo queria me comer novamente mas eu precisava voltar pra casa então pedi uma blusa dele que ficou parecendo um vestido em mim , peguei minhas coisas e corri pra casa feito uma maluca , rindo e quando cheguei em casa corri para meu quarto sem acreditar em tudo o que tinha acontecido , meus pais ainda não tinham chegado em casa então mecteanquei no quarto e fiquei me masturbando enfrente a janela pra Léo ficar vendo , e não é que ele estava lá olhando haha […]

Leia outros Contos eróticos verídicos bem excitantes abaixo:

A afilhada gostosa da minha esposa - parte 2

Primeira vez com meu padrasto foi uma delícia História Real

43862 views

Contos Eróticos relacionados

Surpreendido e seduzido pela amiga da filha!!!

Ao Longo dos anos vejo que o comportamento das mulheres e as mais novas andam cada vez mais safadas e provocantes, hoje elas sabem como provocar um homem e quando. Confesso  que sempre lia essas...

LER CONTO

Dei o cuzinho no condomínio

Me chamo Lia e essa história toda vez que me lembro me animo toda... na época eu tinha 18 anos,  1,65 de altura, sou morena e tenho um corpão, estava passando um final de semana na casa da...

LER CONTO

Comendo a colega de trabalho durante o almoço

Olá amigos, como estão? Sou o Kiza, tenho 27 anos e aprontei com uma colega de trabalho essa semana. Ela é uma morena bunduda, de 1,56, cabelo cacheado bem enroladinho e com uma boca...

LER CONTO

Trepando No Vestiário da escola

Trepando No Vestiário da escola

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Arrombando A Sobrinha Virgem

Arrombando A Sobrinha Virgem

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Devorando a buceta da maezona

Devorando a buceta da maezona

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Márcia e Max, seu cão sodomizador – I

Bernardo um estagiário faz-tudo na firma de advocacia, se aproxima entra na salinha da Dra. Márcia com um amplo sorriso estampado no rosto, mas com gestos comedidos. - E aí, doutora, como está?...

LER CONTO

A recepcionista gostosa

Fala galera, meu nome é Pedro, resido em Salvador-BA e a história que eu vou contar a vocês é real, tenho 25 anos solteiro não me considero dotado (tenho 18cm de pau), trabalho em uma empresa de...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos