website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de Zoofilia » Meu primeiro garanhão

Meu primeiro garanhão

Publicado em março 23, 2022 por Diego

Bom, nem sei por onde começar, pois me sinto bem nervosa com meu relato.

Eu sempre morei na roça, em um município pequeno no interior da Bahia, sempre fui muito trabalhadora, vivia ajudando em casa com os afazeres domésticos e todo tipo de trabalho. Minha família era muito pobre, então precisei ralar muito para poder estudar. Eu tinha que percorrer 30 Km todos os dias a noite para chegar a faculdade. Meu pai era muito ocupado e mesmo assim fazia o possível para que eu pudesse terminar meus estudos e ser alguém na vida. Ele me cedeu seu bem mais precioso para que eu pudesse amenizar meu trajeto e não ir andando e foi ai que ele me deu de presente o Roger , o nosso cavalo. Roger ganhou esse nome em homenagem a um primo do meu pai. O meu pai deu esse nome para o cavalo pq ele dizia que o Roger tinha o pau muito grande e tinha o apelido de cavalo…então ele acho que nada mais justo que o cavalo se chamasse Roger.

 

Certo dia estava indo para a escola e o a noite estava com o céu nublado. Peguei o Roger coloquei a cela e fui junto com ele para a faculdade como fazia todos os dias, porém nesse dia começou uma chuva e ao galopar com Roger eu sofri um acidente….não me lembro de muita coisa…mas o que eu me lembro nossa…foi naquele dia que tudo se transformou.

Eu havia desmaiado com a queda, e quando acordei o meu cavalo Roger estava tentando me acordar….ele me lambia igual um cachorro….naquele dia eu estava com uma blusa de botão que devido a queda e a eu ter seis enormes , os botões se abriram e meus seis ficaram todos de fora…Roger lambia eles com força arranhando com os dentes…..Acordei desnorteada …..E fui me levantando …..segurei na Perna do meu cavalo Roger, e fui subindo as mãos para poder me levantar….estava meio escuro ….e ai levantar a outra mão para me apoiar melhor….segurei no que parecia a continuidade da perna do Roger…Mas não era….ele deu uma relinchada…e foi ai que eu percebi pela veias e a pulsação que estava segurando a rola gigante do Roger que esta toda para fora… não sei se por contado que tinha acontecido antes..mas aquele mastro enorme e cheio de veias grossas saltando estava a todo vapor….Subi no Roger e voltei para casa. Ao chegar em casa e tirar minha calcinha vi que eles estava encharcada…toda babada….e me lembrei de como tinha acordado do acidente…minha buceta que agora estava sem calcinha…começou a pingar loucamente…eu fui ficando com calor e me masturbei a noite toda.

No outro dia, falei para o meu pai q o Roger era um herói e que certa maneira ele havia me salvado. Meu pai disse que sempre soube disso e que se arrepende de nunca ter botado o Roger para cruzar, pois ele estava ficando velho e nunca tinha reproduzido. Eu pensei logo , que o fato de ele nunca ter cruzado teria feito ele ficar excitado ao me ver toda vulnerável daquele jeito. Passei uma semana me masturbando pensado na cena do dia do acidente…um dia a noite ouvi um barulho na baia do Roger…e para a minha surpresa e desespero, lá estava ele…com aquela rola enorme pulsando e batendo em seu peito… olhando desesperadamente para a égua do vizinho, e pensei em como ele sofria por não poder satisfazer suas vontades. Mas eu estava disposta a ajudar o Roger assim como ele me ajudou. Esperei o meu pai ir para roça, ele saia de madrugada e voltava somente no final do dia. Ainda estava bem escuro…

Botei um vestido, fui sem calcinha e sem sutiã…. Cheguei perto daquele cavalo, e acho que ele percebeu…. comecei a passar mão na lateral dele , e fui descendo devagar até as bolas,…Falava suavemente…Roger meu lindo cavalo, hoje vc finalmente vai liberar todo esse tesão que está há anos preso em você. Logo um pau descomunal , foi saindo do Roger….da para sentir as veias quentes crescendo na minha mão,  comecei a punhetar com as duas mãos, logo minha buceta começou a escorrer… era tanto tesão ,que meu mel escorria pelas minhas pernas…..A pica do Roger pulsava em minhas mãos e numas das pulsadas violentas, encostou em minha boca, louca de tesão , e sem pensar , comecei a lamber aquele cabeça enorme, o cheiro era forte …mas aquele odor meu deu ainda mais tesão..minhas pernas tremiam …eu nem estava me tocando e estava encharcada…Foi ai que ouvi um barulho …e me assustei…. foi olhar o que era e ao fazer isso ..tropecei…… e me segurei na cerca de madeira…

Depois disso …eu me arrependi de ter ido aquele local…o Roger pensou que era um convite…. Subir e minhas costas….e tentou desesperadamente,,,,ele sentia aquele cabeça de pica gigante procurando um buraco….e como eu estava muito molhada….ele esfregou tanto que a pica ficou lubrificada….foi quando eu senti … parecia que eu estava sendo arregaçada por um braço, ou monstro…..o Roger acho o buraco da minha buceta e estocou sem do na minha buceta , eu sentia alargar ate os ossos da perna para achar espaço …ele metia loucamente…. eu não podia fazer nada… so levar indefesa aquela pica grande e grossa….e torcia para ele acabar logo …eu chorava … pois sentia q meu utero estava sendo partido ao meio…. logo senti ….a gozada e ele saindo de cima de mim…o que saia da minha buceta eram litros de porra e sangue…..e fiquei ali sentada, toda gozada e arrombada….ao olha para minha bucetinha ,dava para ver o estrago que ele havia feito nela…..e o Roger estava la, com aquele membro enorme ainda pulsando. Ele viu que eu estava machucada e tentou me lamber novamente. Eu com muito medo apenas me afastei, mas depois fiquei com dó ,pois ele é um animal e não sabe o que fez….

23683 views

Contos Eróticos relacionados

MARLI V/S BUCK

Oitenta e sete centímetros  de altura pesando quase  cem quilos, Buck um cão da raça dos Mastiff, era   um belo exemplar para praticar zoofilia . Com seus  pelos negros reluzente, uma...

LER CONTO

Florence e seu garanhão I

  A filha do general cavalga a toda velocidade enquanto lágrimas escorrem de seu rosto. Ela estava casada com Bruno apenas cinco meses e tinha acabado de descobrir que ele a traía. A cena...

LER CONTO

A traição animal de Márcia

Bernardo um estagiário faz-tudo na firma de advocacia, se aproxima entra na salinha da Dra. Márcia com um amplo sorriso estampado no rosto, mas com gestos comedidos. - E aí, doutora, como está?...

LER CONTO

Desde pequeno gosto de zoofilia prt 1

Eu sou Allan Doe tenho 21 anos isso me ocorreu a algum tempo, e hoje em dia eu convivo bem com isso, mas naquela época foi uma coisa de outro mundo. Eu morava em uma cidade bacana, era...

LER CONTO

5 - Comentário(s)

  • Dani 24/11/2022 11:06

    Eu quando vou no sítio do meu vo eu dou pro cavalo dele ,fico de quatro e ele mete sem do que delícia

  • Carlos 29/10/2022 03:14

    Eu levei uma rola de cavalo no cu pela primeira vez, meu cu tá tão arrombado que cabe um braço dentro folgadamente?

  • Harold 06/09/2022 14:38

    Adorei e me deixou com muito tesão Minha namorada adorará estar com você e os dois cachorros fila que comem ela mande msg no e-mail [email protected] Beijos com tesão

  • evanderst9 19/04/2022 15:57

    Adorei a história, fiquei excitado. Sou homem de sp, 28 anos. Se você é mulher e curte zoo, me manda msg no tele evandert9 - Tudo com muito sigilo e respeito, bjoss

  • R 23/03/2022 13:05

    Parabéns pela história e pela coragem em relatar Gostaria de saber o restante da história, se puder manda mensagem do e-mail

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos