Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos gay » Início de um caso

Início de um caso

Publicado em março 24, 2020 por Marcos Augusto
  • Como disse no meu primeiro conto, tive minha primeira experiência gay com um cabeleireiro do bairro em que morava. Depois de ter saído com ele a primeira vez, não trocamos telefone, mas como eu sabia onde era seu salão, resolvi arriscar uma visita.
    No final do meu outro conto relatei minha chegada….
    Como ele estava cortando cabelo de um cliente, fiquei sentado num sofá atrás dele. Ele ficava me olhando pelo espelho com brilho nos olhos. Meu pau estava duro e peguei uma revista pra colocar no colo e fingir que estava lendo…rsrrss…. Assim que terminou de atender o cliente ele me chamou e me sentei na cadeira. Ele perguntou se podia fechar a porta do salão explicando que como já era o início da noite de sexta-feira ele não iria atender mais ninguém depois de mim.
    Meu coração estava acelerado e minha rola dura, assim que ele trancou a porta e se colocou atrás de mim me olhou pelo espelho e perguntou: ” o que vai querer?”
    Eu logo respondi: “tratamento vip”
    Meu cabelo uso raspado baixinho, máquina 1. Ele girou a cadeira, se ajoelhou na minha frente abrindo meu zíper e fez pular a rola pra fora.
    Sabe aquela abocanhada gulosa?? Hummm.. .senti aquele boca rosada mamar deliciosamente a cabeça. Ele acariciava meus bagos enquanto me chupava (ele sacou que me ganharia com sua mamada).
    Ele se levantou e tirou minha camisa e minha calça. Se virou de costas pra mim e tirou sua roupa. Me levantei e o abracei por trás, coloquei minha rola dura entre suas coxas e falei no seu ouvido: “Não me deu seu telefone mas te encontrei, quero você! ”
    Coloquei ele de 4 no sofá e comecei a lamber a entrada do seu cuzinho, sentia ele piscar na ponta da minha língua a casa lambida. Ele se virou me jogou no sofá e caiu de boca novamente na minha rola, ele por cima ofereceu sua bunda pra mim. Foi aquele 69 perfeito: ele me chupando a rola e eu lambendo seu cuzinho.
    Que loucura de trepad a.. .ficamos nos esfregando nesse 69 por uns 10 minutos, minha rola cada vez mais grossa, mais latejante.
    Ele abriu uma gaveta, tirou umacamisinha e colocou na minha tora. Ficou de 4 com a bunda bem empinada, encostei a cabeça na entrada daquele cuzinho rosado…hummm que tesão o contraste da minha rola negra naquela bunda branca. Ele forçava a bunda contra meu pau devagar….segurei ele pela cintura e empurrei até a cabeça entrar…essa parte tem que ser feita com muito carinho pra não doer pra ele e pra não me levar ao gozo instantâneo. Depois de entrar a cabeça deixei ele rebolar um pouco pras pregas começarem a relaxar…fui empurrando devagar…sentindo aquele cuzinho mordendo meu pau a cada cm que entrava.
    Quando entrou tudo ele estava entregue, era meu!!! Sabe quando você sente o cara tremendo de tesão, gemendo gostoso, já forçando a bunda contra meu corpo pedindo pra ser bombado. Eu metia nele deliciosamente, e foi cada vez mais rápido, aumentado aumentando a força….ate que ele estremeceu e vi o gozo dele molhando o sofá….meu pau inchou e ele sentiu que eu também ia gozar!!! Segurei ele firme na cintura e dei aquela estocada forte e profunda do gozo, querendo enterrar até as bolas!! Deitei por cima dele…nós dois suados…cheiro de tesão no ar…tirei a rola meia bomba e é a camisinha estava lotada de leite quente….
    Conversamos um pouco, tomei um banho no banheiro do salão, me despedi (desta vez trocamos telefone) e a partir deste dia iríamos nos encontrar várias vezes…
    Mas fica para outra oportunidade contar mais um de nossos encontros…
4111 views

Contos relacionados

Presidiario roubou meu carro e fudeu meu cu

Hoje trago algo fresquinho pra vocês. Ontem fui levar mantimento para o meu avo que mora no interior,quando estava próximo da entrada da cidade um homem entra na frente do carro e aponta a arma...

LER CONTO

Meu professor de Ed. Física

Olá! Hoje irei relatar uma das minhas aventuras heréticas. Pois bem, tudo começou quando eu iniciei meu último ano do ensino médio. Eu vivia me mudando pois como meu pai era representante da...

LER CONTO

Prima trans

Nícolas desde criança era afeminado, seus trejeitos não negava seu futuro, toda família já sabia que ele se tornara gay, hoje totalmente assumida adotou o nome de Nicolly. Uma linda trans não...

LER CONTO

sexo noturno

sempre quis escrever um conto, mas não tenho certeza se sou bem sexual. A historia que vou contar aconteceu recentemente. Eu me chamo Adriano (nome fictício) , tenho 1,70cm, olhos castanhos médio,...

LER CONTO

Quando usei doce com meu amigo

Meu amigo eu já tínhamos ficado outras vezes, mas, eramos amigos. Certo dia ele falou que os pais estariam fora no final de semana e perguntou se eu queria usar doce com ele no sábado, eu aceitei...

LER CONTO

Tentação na pescaria

Desde muito novo, sempre tive tesão por meninos e meninas mas sempre mantive as aparências para as outras pessoas. Sempre me masturbei fantasiando situações com outros homens e até comprei um...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos