Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » Diana e o estagiário negro V

Diana e o estagiário negro V

Publicado em julho 20, 2021 por Helga Shagger

Luiz está dentro de sua belíssima mulher Diana. Uma enxuta de quarenta anos, fisicamente uma cópia da apresentadora Eliana e alguns toques de Mari Alexandre! Ela o está cavalgando. Seus empinados seios seios balançam pornograficamente enquanto seus quadris ondulam na virilha dele! Luiz não sabe que seu mediano pênis está inteiro penetrado no anus de sua infiel esposinha! Duas coisas que ele desconhece!!
Na tarde daquele dia, Diana foi sodomisada diversas vezes e chupou esperma de dois homens diferentes! Além de ter sua primeira relação lésbica!
Agora, Diana tenta abrandar sua luxuria com o corninho do marido que momentos antes se recusara a beijar-lhe a rechonchuda xaninha! Diana elegera esse como um dos fatos para justificar sua recente promiscuidade!! Assim, quando ela sente que Luiz está perto do gozo, ela se inclina para beijar-lhe a boca e imediatamente ele vira rosto, deixando o lado do rosto ao beijo dela!
– O que houve?… não quer ser beijado?
– Desculpe… mas é que voce beijou antes…”ele”!
“Corno babaca!!” Uma, não muito ofendida, Diana pensa e se eleva pondo as duas mãos no torax do marido e concentra-se no próprio gozo e imaginando quando tiver a rolona de seu amante Bene, seu estagiário de 20 e poucos anos, um negro de quase um metro e noventa e um pênis fantástico de enorme. Este é o grande objeto de desejo que Diana anseia assim que for trabalhar!
Já perto do gozo, Diana olha com lascívia para o rosto do corno Luiz, que ao mesmo tempo se espanta, mas se enche de tezão, e sem que ele perceba, ela contrai o esfíncter ao redor da rola dele e quando goza, solta um gritinho, depois mais um e por fim um longo grito mais alto!! Seu corpo balança em cima do baixo ventre de Luiz e de repente Diana o esbofeteia! Luiz, já começando a gozar, sente o susto do impacto e antes que se recupere outro tapa lhe atinge a face!!
– Goza maridinho! Goza!! Goza no buraquinho…secreto da… tua Diana!! Corninho!!
Diana pouco se incomodou se Luiz ouviu ou não ser chamado de corno! Por seu lado, Luiz agora estava gozando tanto que todas as palavras que sua esposinha dizia o deixavam somente excitado!
Diana está tomando um banho quando Luiz entra no banheiro, levanta a tampa do vaso sanitário, urina e involuntariamente, peida!
– Desculpe querida, não pude evitar…
– Luiz, tuas boas maneiras, às vezes vem em horas impróprias! É claro que não me incomodo com teus gases… mas não querer me beijar, só porque tinha te chupado…o pau, foi muito grosseria!
-Ah! Di, voce está exagerando! Voce acha certo eu te beijar a boca depois que voce beijou meu pau!! Dá um tempo!! Sexo assim é porco!! Não quero falar mais nisso!! Vou dormir!
– É… acho que voce tem razão!! Já passamos dessa fase!! Concordo com voce…
– Isso! Sabia que voce me daria razão…como sempre!!
– Luiz, antes que voce caia no sono… Amanhã vou pro Spa. Vou pedir que o Bernardo me traga os papéis para assinar e depois estarei a caminho de lá. Se nós não nos vermos mais… até sábado!!
-Até!… boa estada e massagens. Um beijo!
Na manhã seguinte, após o café, Diana está exultante! Em meia-hora ela terá a torona de Bene em todos seus buraquinhos!! Ela recende a cheirosos cremes que a deixam sedosa e lubrificada!
Carmela, a filha mais nova de Diana, com dezessete aninhos, loiríssima e cópia fiel da atriz Scarlet Johnson, chega a casa, joga-se em um dos sofás da bem decorada sala. Fica assim por uns dois minutos e em seguida decide-se subir para seu quarto. Ao passar pelo cômodo que serve de escritório e biblioteca ela percebe um leve barulho que parece ser a voz de sua mãe. Carmela pensa em falar com ela e antes que torça a maçaneta, escuta:
– Srta. Carmela, doutora Diana pediu pra não ser incomodada…há um funcionário da firma com ela.
– ´Tá bem – Mas Carmela acha estranho isso. geralmente os funcionários vêm trazer algum documento e se vão logo em seguida. – Mas eu vou dar só um alô…
– Ela pediu pra não se incomodada de jeito… nenhum!
– OK! Quando ela sair, diga que estou em meu quarto e quero falar com ela…é importante!
Mas Carmela, ainda está com a orelha em pé. Depois de deixar a mochila no quarto, ela desce e sorrateiramente se dirige para uma das janelas da biblioteca que dá para o imenso gramado em volta da casa. Esgueirando-se, ela dá uma espiada além da cortina entreaberta que cobre a grande janela. Seu campo de visão dá direto com a porta de entrada da biblioteca que por coicindencia está se abrindo e a figura de seu pai aparece pra logo em seguida ele parar abruptamente e arregalar os olhos!! Os olhos de Carmela seguem para onde seu pai está olhando fixamente e..ela abafa com a mão o grito de surpresa ao ver sua mãezinha nua em pêlo, ajoelhada entre as pernas de um forte negro, segurando a manguerona dele, com o rosto virado em direção a seu pai falando alguma coisa!! E ela não aparece nada abalada!!
– O que voce quer?…Fecha esta porta!… ou quer que os empregados vejam o que eu estou fazendo!
Luiz, se não tivesse uma boa saúde, teria tido um colapso na hora! Durante toda a manhã ele ficara pensando no acontecido durante a ato sexual deles, na noite anterior. Ele gostara quando Diana tinha lhe chupado o pênis e se chateara um pouco quando ela pediu que ele lhe chupasse a vagina. Mas, o que estava lhe incomodando agora, fora a naturalidade com que ela fizera o ato. Ao mesmo tempo, um certo excitamento foi crescendo em seu baixo ventre! “Será que ela aprendera com alguma das amigas ?”- matutava Luiz – “Quem seria?… a Cíntia?…talvez a Raquel…” Os pensamentos de Luiz o levaram a tal devaneio que ele decidiu vir pra casa com a desculpa de despedir-se de Diana, mas na verdade com o intuito de descobrir com qual “amiga” ela aprendera a ser tão boa na felação e de “descolar” um outro boquete!
Carmela vê sua bela mãe falando alguma coisa pro amante negro enquanto uma das mãos dela acaricia o bico do peitoral dele e com a outra quase não consegue empalmar firmemente a torona lustrosa a poucos centimetros de seus lábios!! Seu pai com ar abobalhado sai devagar fechando a porta! “Meu deus! Ele está consentindo… meu pai viu minha mãezinha chupando o negão…e deixou!! Meu pai é…corno manso!”
Na noite anterior elas duas tiveram um breve conversa sobre a felação. Carmela queria que sua mãe lhe desse algumas dicas como chupar uma piroca! Diana fora firmemente contra tal tipo de ato sexual!! E agora estava ali se babando com a rolona daquele negro! “Que hipócrita!!” -pensa Carmela que vê agora sua mãe engolir quase toda a rola de Bernardo, faltando pouco para que seu queixo encoste no saco dele!!
Diana tem a aveludada rolona de Bene quase toda dentro de sua boca! Sua mandíbula dói um pouco com o esforço que ela faz pra abrigar o máximo daquela coluna de prazer que lhe chega até a garganta! Ela desliza de volta seus lábios até a cabeçona arroxeada e lá ela sente o primeiro esguicho do semem de Bene! Imediatamente Diana engolfa toda a cabeça na cavidade bucal enquanto acaricia com as duas mãos a tremula coluna de músculos!
Apesar da revolta pela falta de sinceridade de sua mãezinha, Carmela se masturba vendo o cenário através da cortina! A bela figura de sua mãe, semi-ajoelhada, acariciando com ambas as mãos a grossa vela negra enquanto sua boquinha chupa lascivamente toda a cabeçorra com lentos movimentos circulares da cabeça! Carmela percebe o momento que os olhos de sua mãe dão uma ligeira arregalada e volta logo em seguida a fechar-se como se estivesse sonhando e então uns dois filetes de esperma e saliva escorre por entre os lábios dela e a coluna da piroca do negão!
Carmela sente seu orgasmo vindo também! Ela deixa seu ponto espiatório e encosta-se a parede enquanto sua mão acaricia fortemente seu clitóris!! Tudo passa por sua mente enquanto seu orgasmo está acontecendo! Uma hora é a imagem de sua mãezinha com a imensa rola negra dentro da boca e outra hora ela se vê a si própria engolfando a mesma rolona!!
Depois do gozo, Carmela pensa em ir embora e dá uma última olhada no casal dentro da biblioteca. Novamente sua mãe a está surpreendendo!!
Diana saboreia o máximo que pode do esperma que Bene ejacula em sua boca! Mesmo uma boa parte escorre para fora de sua boca. Ela agora passa os lados dos dedos ao redor da boca e do queixo, coletando uma boa quantidade, a qual ela leva até a abertura de seu cuzinho!! Em seguida Diana sobe no sofá ficando com os joelhos em cada lado dos quadris de Bene.
Os olhos de Carmela se arregalam não só de espanto mas de lubricidade quando sua mãezinha segurando a grossa coluna por entra suas próprias pernas, a leva até a abertura anal! Ao mesmo tempo as imensas mãos do amante negro apalpa o máximo dos cheios glúteos dela e os separa deixando ver claramente a ponta da imensa pica ir se introduzindo pra dentro do cuzinho de sua amada, mas puta mãezinha!!

Convido meus leitores a visitar meu blog https://eternahelgashagger.blogspot.com.br/ ou http://eternahelga.blogs.sapo.pt/ onde encontrarão esses contos devidamente ilustrados. Obrigada

Continua depois da publicidade

1168 views

Contos relacionados

Esposa deu para o técnico de internet…

Minha esposa tem 40 anos, Negra, 1,80m, pernas longas e torneadas, seios médios, bunda redondinha, apesar do tamanho dela ela tem uma bucetinha apertadinha... Enfim vamos ao acontecido, a internet...

LER CONTO

Relatos de Karen ao maridinho I

Karen está com uma das coxas apoiada no ombro de Marcos, seu marido. Ele é um perito em mamar uma xana, ainda mais depilada e cheirosinha como da sua esposinha. A bocetinha de Karen tem o monte de...

LER CONTO

CORNO FILMA SILVIA, COM ALINE E NOVO AMIGO NA CAMA

Bom dia a todos os amigos. Como podem ver na foto, sou a maior de todas. Meu nome é Sílvia, casada e liberal. Meu maridinho é corno mansinho e feliz da vida. Aqui estou na cama de um motel, com...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2021 - Contos adultos