website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de putaria » Surpresa da coelhinha

Surpresa da coelhinha

Publicado em maio 31, 2024 por Fernando Moreno

Amanda e eu tivemos algumas brigas ao longo do caminho, e uma das brigas que mais me chamou a atenção, foi um ciumes que eu considero bobo da parte dela. O que fez nos ficarmos sem se conversar por uma semana. E eu sou o que possamos de uma pessoa muito teimosa, tentei conversar com ela algumas vezes, mais ela fugia de mim. O que também ativou em mim o modo birrento. Já que ela não quer conversar comigo, então ótimo, não vou correr atras. e com isso, mudei meu horário da academia. Parei de mandar mensagem para ela, como desculpa a minha ultima mensagem para ela era que iria dar tempo para ela. Só que por dentro estava com muita raiva, e mais raiva ainda que entre sexo e sexo a qual tivemos, não tive a chance de comer aquele rabo delicioso, e olha que eu já tinha deixado claro para ela que amo comer um cuzinho gostoso e bem apertadinho.

O que possamos dizer que quantas vezes, enquanto eu e ela estava transando não passei o dedo naquele cú delicioso, ou até mesmo já inventei de só passar a cabecinha na entrada daquele rabo maravilhoso. O que fazia ela fugir, e dizer ainda não, não estou preparada. Sempre uma desculpa. E isso me chateava, mais continuava, o que nos rendia altos orgasmo. Pelo menos fogo a Amanda tinha. Ela sempre me provocava dizendo que um dia realizaria meu sonho. Mais seria no tempo dela. Fazer o que, não posso obrigar, nem com aquela desculpa esfarrapada que todo homem usa. Só vou por só a cabecinha, depois eu tiro. Sempre funciona, mais com ela não funcionou.

Como estávamos brigados, ela não queria conversa comigo, passou uma semana e lembrei que ela tinha a minha chave. Eu acredito que meu maior erro é esse, me apego a uma mina e já entrego a chave de casa, mais fazer o que sou assim. Fique pensando como iria pedir a chave de casa, não queria ser rude e mal educado. E também não queria dar a entender que nós não iriamos mais nada. Pensei de presentear ela na pascoa, para tentar uma reconciliação. Fui na cacau show, daqui de Maringa e fui embora para casa, para dar o presente para ela no dia de pascoa.

Mas para minha surpresa, chegando em casa e quem eu encontro lá. No meu sofá de lingerie branca, tiara de coelhinha, e com um plug anal, mais esse com rabo de coelho. O que na hora não pensei duas vezes, deixei a cesta de chocolate dela de lado e fui para cima dela. O que ela rebolava gostoso com aquele plug no rabo. E se fingia de coelhinha, o que logo aquela coelhinha, se ajoelhou na minha frente e começou a passar a língua no meu pau por cima da calça, e de vagar ela foi tirando a minha calça e quando ela tirou, a primeira coisa que ela fez foi cuspir no meu pau. O que me deixou com muito tesão. Pois amo um boquete bem molhado. E ela sabia fazer isso muito bem.

Quando ela começou a me chupar, o meu tesão foi de 0 a 100, e isso me deixou louco. Puxei ela e comecei a beijar ela gostoso, puxei a calcinha dela de lado e já comecei a mexer no clítoris dela, ela se sentou na beirada do sofá, me oferecendo aquela buceta gostosa para eu chupar, o que eu não recusei nem por um segundo. Abri bem a perna dela, e uma coisa que eu sei que ela amava, era apertar a coxa dela enquanto chupa a buceta, e foi o que fiz. Apertei com gosto aquelas coxas enquanto chupava a bucetinha dela.

Ela com tesão já pegou as duas mãos e começou a forçar meu rosto contra a xaninha dela. Percebi que ela estava bem excitada. Coloquei a caminha, é claro que antes passei o gel anestésico que não pode faltar, e logo depois a camisinha. Ela já veio preparada, o que eu pude notar, é que ela trouxe lubrificante, o que já derramei sobre o meu pau e já comecei a meter, o que fez ela soltar um gemido sem dó. E isso me fez meter gostoso naquela buceta maravilhosa. Ela veio me beijar e me disse, se eu fosse você iria com calma hoje, porque hoje eu vou te dar o que você tanto quer, a sua coelhinha te trouxe um presente gostoso, que você tanto quer, seu safado.

Quando ela falou isso, foi como jogar gasolina no fogo. Nossa, comecei meter mais fundo naquela xoxota. Que tesão delicioso. Depois de meter por um tempo com ela deitada no sofá, pude observar que meu pau estava branquinho do gozo dela, e isso é o que eu amo no sexo. Ela me empurrou, ficou de quatro para mim, e me disse: “Vem comer o rabo da sua coelhinha, vem gostoso”. Tirei o plug de vagar o que mostrou o tesão que ela estava. Quando terminei de tirar o plug dei um tapa bem gostoso na bunda dela. Peguei o lubrificante que ela trouxe, derramei sem dó tanto no meu pau quanto no rabo dela. Comecei a brincar com o meu pau na entrada do rabo dela. E aos poucos fui enfiando meu pau na xoxota dela.

Quando percebi que ela já estava praticamente implorando por rola no cuzinho, peguei e enfiei no rabo até chegar no fundinho do rabo dela. Parei um pouco e puxei o cabelo dela, trazendo ela para perto de mim, com isso comecei a beijar o pescoço dela e a mordiscar a costa dela. O que fez ela soltar um gemido tão gostoso, que foi um convite para meter naquele rabo gostoso. O que ela ficou de quatro e comecei a meter com vontade. Segurei na cintura dela, e apertei com vontade, fazendo isso, comecei a fazer movimento de vai e vem com ela. A cada estocada o meu corpo, batia no corpo dela fazendo um estralo gostoso de quem esta metendo com força. Nisso ela começou a dizer que estava gozando, o que eu nunca imaginei que conseguiria essa proeza, mais sim foi possível, e eu me maravilhei com essa cena. Conforme ela anunciou que estava gozando, não me contive e comecei a gozar, junto com ela.

 

Vou dizer foi a melhor pascoa que tive, é claro não acabou só nessa foda. Continuamos ainda nesse dia, infelizmente o relacionamento acabou. Mais não me arrependi de nada. E não mesmo. Obrigado pela leitura, deliciem-se neste conto. E deixem ai no comentário qual a foda inesquecível que você já teve.

Leia outros Contos de putaria bem excitantes abaixo:

Semana em Ilhabela - O retorno

Namorada fodendo na rua

17968 views

Contos Eróticos relacionados

Ela me fez de corno e eu gostei

COM OUTRO AMIGO DO TRAMPO. Dessa vez a gente tinha separado por uns meses e depois que a gente reatou a relaç ão , entendemos que a gente tinha que apimentar o nosso sexo e eu estava trabalhando...

LER CONTO

Bocetão Inchado – Prima Putona!

Após muito tempo socando no bocetão Inchado da minha prima putona, pois morávamos juntos e dormia na minha cama, ela foi embora, pois vivia sempre dando para todos que quisessem socar com força...

LER CONTO

Trisal, Pai, Mãe e Filha

Trisal, Pai, Mãe e Filha

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Arrombando A Filhinha

Arrombando A Filhinha

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Violada No Busão Lotado

Violada No Busão Lotado

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Sendo arrombada pelos meus vizinhos

Me chamo Laura e tenho 1,63. Magrinha, mas com seios e bundinha durinhos. Branquinha com cabelo preto e liso na altura do ombro. Meu namorado e eu sempre nos damos bem, mas estávamos em uma fase...

LER CONTO

Essa tortura foi demais.

Evelyn depois de passar a mão sobre a minha boca, ajoelhou no meio das minhas pernas e tirou a minha calça, ao fazer isso meu pau logo saltou para fora da calça. Silvana também se levantou e veio...

LER CONTO

Dei gostoso para um morador de rua dentro da casa velha ( Parte 2 ). abandonada

Olá meus amores! A maioria das vezes que eu passo por aquela rua sem trânsitos quando eu volto do trabalho eu vejo aquele morador de rua perto daquela casa velha abandonada já é um costume eu ver...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 4 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos