Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de putaria » Dei para um velho negro a buceta na noite do fim do meu noivado

Dei para um velho negro a buceta na noite do fim do meu noivado

Publicado em janeiro 22, 2022 por Edilene Soares

Tenho 27 anos, sou de São Paulo (zona leste), meu nome é Juliana loira cabelos altura do ombro.
Eu tinha um namorado ficamos até noivos ,no início parecia que iria dar certo , até sonhei em me casar com ele, entretanto os meses se passaram comecei a perceber mudanças nele já não queria sair mais em finais de semanas as desculpas eram sempre cansaço e trabalho fiquei sabendo que ele não trabalhava aos sábados me deixando mais desconfiada dele .

Em um sábado me arrumei fiquei bem bonita e fiquei aguardando ele para nós irmos em uma balada aqui mesmo em meu bairro nove horas da noite recebi uma mensagem dele que dizia amor infelizmente não posso sair hoje eu ainda estou no trabalho ,respondi amor tudo bem estou com um pouco de dor de cabeça vou dormir cedo , realmente fui dormir, altas horas da noite recebi uma mensagem de minha amiga ela me dizia que meu noivo estava com minha prima na balada . Me vesti e fui até aquela balada e comprovei os dois no maior amassos , os dois quando me viram tentaram explicar o inexplicável , simplesmente falei pra ele que o nosso noivado acabara de terminar , ele tentou alguma coisa comigo , entretanto dei um fora nele alí mesmo.

Continua depois da publicidade
 

Aquela balada não era longe de minha casa , já se passavam dás duas da madrugada comecei andar por aquela rua praticamente sem ninguém chovia um pouco , passei por uma esquina entrei na rua a qual fica minha casa a chuva ficou intensamente com ventos e trovões apesar que minha casa bem perto comecei a me molhar e muito e fazia frio , tinha um prédio inacabado a construção havia paralisada,vi um homem velho negro certamente morador de rua entrando ali por um portão de tábuas , chamei aquele senhor que prontamente me atendeu abriu o portão eu já fui entrando em um cômodo me protegendo daquela forte chuva que não parava de cair ,o local tinha somente uma luz, conversei com aquele homem seu nome é João tem 68 anos um senhor magro negro falou que dorme sempre naquele lugar já havia visto por alí outras vezes um homem um tanto sofrido , um morador das ruas de São Paulo .

Ele me perguntou de onde eu tava vindo aquela hora da madrugada , falei que vinha de uma balada que fica na outra rua ,fui lá e comprovei que meu noivo estava me traindo com minha prima ,o velho falou cara idiota você é muito linda não merece sofrer , foi quando a luz foi embora o local ficou tudo às escuras a chuva não diminuia eu sem celular , desde criança tenho pavor de escuros tenho muito medo.

Continua depois da publicidade
 

Eu abracei aquele aquele morador de rua com força só nós alí e falava com ele estou com medo , ele me falou moça eu estou te protegendo , noite super fria eu triste aquele morador de rua estava sendo meu refúgio, senti as mãos dele na minha bunda que é um bundão eu já estava ficando excitada e molhada ,eu naquela noite estava extremamente carente e beijei aquele velho na boca ele gostou correspondeu a meu beijo, coloquei meus seios fartos prá fora da blusa coloquei uma mãma na boca dele e o mandei mamar sugar ele mamou em uma enquanto palpava a outra mãma ,a essa altura o pau dele tava duríssimo , desabotoei a bermuda dele enfiei a mão e peguei no pau do velho ,e percebi mesma no escuro que o velho tinha um pauzão , velho pauzudo , punhetei ele um pouco , entretanto não resisti mamei chupei o pau do velho.

Tirei minha calça jeans agachei abri as coxas grossonas o velho entrou entre elas enterrou o pau em minha buceta , rebolei várias vezes o pauzão do velho foi todo para dentro de minha xoxota e não parei de rebolar sussurrando e gemendo, ele socou e socou repetidamente até eu gozar , ele não parava de mamar ele apaixonou_se pelos meus peitos , depois de muito tempo se metendo comigo ele me segurou pelos cabelos gozou senti de imediato a porra deliciosa dentro da minha buceta , mesmo depois que gozamos continuei agachada abraçada com ele fazia muito frio naquela madrugada chuvosa,o pau dele continuava durão dentro de minha buceta.

Cinco horas da manhã a luz voltou e se fez claro , ele tirou o pau da minha xoxota é que eu vi realmente o tamanho do pau dele ,o velho negro queria mais oral enfiou o pauzão em minha boca e socou em minha boca , chupei chupei gostoso o pau delicioso do velho ele não resistiu e gozou na minha boquinha melando toda minha boca eu adorei até engoli tudo ,o homem bem mais velho que eu tirou o pau melento de minha boca esfregou ele bem na minha cara deixando ela toda melequenta adorei aquilo e para finalizar fiquei de quatro e dei para ele também o cuzinho ele enfiou aquela tora em meu rabo e foi tudo enquanto comia meu cuzinho alisava meu corpo , apertava meus seios , alisava minha buceta me fazendo gozar outra vez, ele bombou no meu cuzinho enchendo ele de porra .

Eu estava me sentindo igual uma puta safada, uma cadela , até então eu era uma noiva sonhando em casar.
A chuva parou despedi daquele velho negro fui para minha casa , depois daquela noite ou madrugada chuvosa voltei a dar o velho naquele mesmo local mas isso é uma outra história.

Beijos 💋💋 .

18443 views

Contos relacionados

Minha amiga transou com o sogro dela kkkkk

Ariel, eu não estou conseguindo conversar com você por zap e preciso desabafar com alguém, por isso mandei esse email. Desde que conheci meu namorado, o Diego, ele não gostava do pai. Eu sempre...

LER CONTO

A noite que me apaixonei por uma Garota de Programa

Olá, vou contar como me apaixonei por uma garota de programa, que conheci por um site. Esse site, foi indicação de uma amigo. Que por sinal, eu nem sabia da existência de um lugar onde se...

LER CONTO

A amante da academia

Enviado por: Pedro Olá ! esse é meu primeiro conto por aqui, se for bem aceito, pretendo contar outros, deixa eu contar a história de uma mulher que estou com ela como minha amante atualmente,...

LER CONTO

Festinha a 4 com casal de amigos

Olá, olha nos aqui novamente mais relato de uma de nossas aventuras. Essa ultima foi pra fechar o ano de 2021 com muito tesão. Sou Roger e minha esposa Cris. Estamos no mundo liberal a...

LER CONTO

Dando para o pai do ex

Meu nome é Luana, tenho 27 anos e com contar sobre a vez que eu dei para o pai do meu ex na casa dele. Eu sou branca dois cabelos castanhos e cacheados. Seios de um tamanho que cabe perfeitamente em...

LER CONTO

Comi a amiga da minha mulher bem gostoso

Eai galera, tudo bem? Vou contar com detalhes como foi o dia em que comi a amiga da minha mulher enquanto o marido dela dormia. Festa lá em casa e convidamos alguns casais de amigos. Tudo rolava...

LER CONTO

Virgem amamentando o velho

Meu nome é Keyla sou loira, branquinha, cabelos longos, peito grandes e bunda empinada, hoje irei contar sobre uma aventura ainda virgem na minha viagem para o interior, fui visitar minha madrinha e...

LER CONTO

Dei pro colega de trabalho

Enviado por: Luana Olá meu nome é Luana tenho 28 anos morena, 1,64 altura ,seios grandes,bunda média e solteira ,o que eu vou contar aconteceu a algum tempo,trabalho em uma loja na parte do...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • tayla sian ... casadinha carente .... 30/01/2022 18:14

    Quem bom você noiva fez o correto , seu noivo ti trocou vc pela sua prima , E você trocou ele pelo velho que foi muito melhor tu deu pra ele , A perseguida e tu saboreou uma pica ainda muito mais gostosa do que a do seu noivo ... E tu ainda ficou sendo amante do velhinho pirocudo parabéns ...

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos