website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de travesti » Minha única vez com Travesti

Minha única vez com Travesti

Publicado em abril 5, 2022 por josefcastro

Nem sei por onde iniciar este conto… Mas, talvez o melhor seja eu me apresentar. Por questões óbvias vou me apresentar como Josef, hoje com 40 anos, 1,80 mt, moreno com corpo que se pode chamar de bonito, cabelos grisalhos (desde meus 30), kkk

Enfim, sou casado desde os meus 20 anos, e sempre fui muito mais fogoso e “liberal” que minha esposa, ela, conservadora, eu, um tarado confesso. Vou me ater à história em si, até porque este é o primeiro de muitos contos que pretendo escrever aqui, deixo claro que todos que escreverei são quase um diário, não vou inventar contos, só relatar coisas que passei.

Não lembro bem o ano, mas, salvo engano eu com 35 anos fui pego vendo um vídeo onde uma travesti, com um pau enorme estava se masturbando, nunca tinha sentido excitação por um pau que não fosse o meu, mas, naquele dia parecia que minha calça ia explodir de tanta excitação. Resolvi pesquisar na minha região, já que na época morava em uma cidade pequena contatos de travestis, depois de algum tempo encontrei o contato de uma que se chamava Lu. Lu, simplesmente parecia uma mulher, sem feições masculinas, 1,75mt, seios fartos, bunda arrebitada e um pau grande e grosso, isso me fez pirar na hora.

Ela estava em uma cidade vizinha, a cerca de 35km de onde morava na época, liguei com voz trêmula pedindo mais detalhes e cachê, depois de ouvir a voz suave resolvi que iria ao encontro dela. Chegando ao apartamento ela me recebe na porta, de lingerie, cheirosa e muito atenciosa, eu simplesmente tremia, nunca havia saído com uma trans. Logo me legou para o quarto e pediu se eu queria tomar uma ducha, prontamente disse que sim, afinal estava suado de nervosismo. Entrando no banheiro já nu, com o pau latejando ligo o chuveiro, e quando vejo ela esta atrás de mim e diz com a voz suave – “Vou aproveitar a ducha”.

Quando viro e olho para a Lu fico congelado, um par de seios lindos e, uma bunda redondinha bem trabalhada na academia, fico sem palavras, mas ela quebra o gelo:

-”Percebi que você está nervoso, nunca saiu com uma trans antes”?

– “Nunca”, respondi com voz trêmula.. Ela subitamente pega minha mão e coloca no pau dela, que na hora começou a ficar duro, eu continuava trêmulo, nunca tinha posto a mão em um pau que não fosse o meu. Comecei a masturbar aquela pica enorme ali mesmo no banheiro, e ela retribuiu carinhosamente… Ficamos alguns minutos neste vai e vem das mãos, até que ela pede: – “Vamos para a cama, acho que pode ficar mais emocionante”…

Prontamente atendi, peguei uma toalha e me sequei, ela já havia ido em direção ao quarto… quando cheguei ela estava deitada na cama, segurando aquele pau com uma mão e com a outra fazendo o sinal me chamando, -“Vem, traz esse pau para mim ver se ele é gostoso”, prontamente cheguei na beirada da cama e ofereci o meu pau para mamar, ele estava tão duro que parecia uma rocha…Não demorou para que ela me puxasse para cama, para cima dela, na posição 69 e enfiasse sem dó seu cacete na minha boca…fiquei apavorado, nunca me imaginei mamando um cacete, ainda mais daquele tamanho…

Meio sem jeito fui chupando, lambendo aquele cacete enorme, mal cabia na minha boca de tão grande… quando eu estava prestes a gozar ela pergunta –“Quer comer ou quer ser comido?” Hesitei em responder, estava louco para ver como era sentar em uma pica, mas, preferi responder que queria provar aquele cuzinho lindo…

Deitei na cama, ela colocou uma camisinha com a boca, e sentou sem dó, nem lubrificante passou, vi que ela também estava excitada porque mesmo levando vara no cuzinho o pau não amolecia de jeito nenhum… Meti naquele rabinho de todas as maneiras, ate gozar como nunca havia gozado na vida…

Retribui masturbando aquela pica até jorrar leite em cima de mim, e quanto leite saiu daquele pau… Enquanto estávamos deitados, descansando ela continuou me masturbando devagarinho com uma mão, mas vezes lambia a cabeça do meu pau que já estava pronto para o combate, e com a outra mão passava os dedos na entrada do meu cuzinho, e pediu para comer ele, mas, dessa vez não respondi.

Ficamos ali até eu gozar novamente… tomei uma ducha e me despedi…

Já faz 5 anos e não repeti esta experiência, confesso que estou pensando seriamente em repetir, e desta vez dar meu rabinho pra ver como é a sensação…

10372 views

Contos relacionados

Amanda e Thiago: Amor Proibido

- Eles já saíram? - Já. - Que bom. E aí, o que você quer fazer? Disse Amanda para Thiago, enquanto tirava os fones de ouvido. Senta na cadeira do computador, ela já abria as pernas,...

LER CONTO

Minha Segunda Vez Com Uma Trans

Depois que eu comi a Karolzinha no meu carro, a gente voltou pra nossa resenha com os amigos na mureta da Urca. Ficamos lá por mais uma hora. Depois, Karol foi embora com a Fê e me deu o seu...

LER CONTO

Minha surpreendente madrasta trans

Meus pais estavam se separando, meu pai tinha traído minha mãe, os dois se separaram, não entendia muito a história, até mais ou menos no final de 2019 ele começar a namorar outra mulher, uma...

LER CONTO

Minha Primeira Vez Com Uma Trans

Olá a todos. Eu me chamo Marcelo. A história que eu vou contar hoje é quando eu tive a minha primeira experiência sexual com uma garota trans. Isso aconteceu há uns 5 anos. Eu estudava em uma...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos