Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos porno » A ousadia da esposa

A ousadia da esposa

Publicado em setembro 12, 2019 por b170b84

Meu nome e Marco Antônio, casado há vinte anos, o nome da minha esposa é Sophia eu com 42 anos ela com 38, uma mulher de 1.70, seios medianos, bunda bem feita, excelente na cama, na hora o sexo sempre pedia para ficar com pau  dentro, 40 minutos ou mais, isso depois das preliminares , sempre chupando deliciosamente  todinho  meu pau que ia ate o fundo da garganta dela.

Em uma dessas transas, com pau enterrado na bucetinha, ela sussurrou no meu ouvido:

— Meu bem, se eu te falar uma coisa você não vai ficar bravo comigo?

— De jeito nenhum meu amor pode falar, seja lá o que for?

— Você gostaria de me ver sendo comida por outro cara?

Fiquei surpreso com a proposta, confesso que jamais ouviria isso da minha esposa, já ia responder não, ai pensei rápido, vou dar corda pra ver até onde vai.

Eu disse pra ela:

—  Posso pensar e responder depois?

— Tudo bem, então depois você me fala!

No outro dia, não disse nada, pensei, vou deixar ela me cobrar, passado mais um dia, a noite chegou, assim que deitamos, ela foi ao banho e voltou toda sensual, pegou no meu pau e já começou uma chupetinha que me levou ao delírio, subiu em cima de mim, ajeitou o pau na bucetinha e cavalgou até chegarmos num  orgasmo doido, me beijou bem gostoso e perguntou?

— Amor estou esperando a resposta? Eu disse:

— Que resposta?

— Da proposta que te fiz antes de antes de  ontem?

— Ah, já tinha até esquecido, ela disse meio contrariada:

— Puxa tanto tempo e  você nem pensou no assunto?

— Claro que pensei!  Eu aceito,  desde que, você libere esse seu cuzinho gostoso, você sabe a tesão que tenho nesse rabinho delicioso  que você tem.

— De jeito nenhum! Eu já disse mais de mil vezes que anal eu não quero, posso fazer outra coisa que você sempre quis, a gente transa gostoso, depois do meu gozo você ejacula no meu rosto. Eu disse a ela:

— É pouco? só se gozar na sua boca e você engolir até a última gota de porra.

— Amor você faz cada pedido? está bem vai! eu aceito.

Com aquela conversa meu pau já estava a ponto de bala, fomos para o banho e  eu comecei ensaboar minha querida esposa dos pés a cabeça, comecei beija seu pescoço, desci para os seios, mamei em ambos os seios , ela gemia alto, como uma puta no cio, fui descendo beijei e sua barriga e minha boca alcançou a bucetinha dela que estava encharcada, ela pressionou minha cabeça contra a bucetinha, sempre gemendo e falando você me mata, levei pra cama e enterrei todo o pau naquela buceta sedenta de rola, quando ouvi seu gemido de orgasmo, tirei o pau da bucetinha dela, fiquei de pé e ela ficou de joelho, abriu bem a boca, coloquei a cabeça do meu pau sobre a língua, entre os lábios, de tal forma que era possível um boa visualização, latejando de tesão e dei uma esguichada de porra que foi direto na garganta dela, que  fechou boca e ficou sugando a cabeça do pau até tirar a ultima gota, engoliu toda porra e abriu a boca mostrando que nada mais tinha pra engolir.

No outro dia ela tocou no assunto de fazer amor a três, perguntei você tem a pessoa pra fazer isso ou temos que combinar com um garoto de programa?

—-Sabe, tem um cara que ta querendo me comer, e várias vezes disse pra ele que era casada e isso não dava certo, até que ele disse pra mim:

—- Cria  coragem e fala com seu marido se ele tá a fim de transar a três, foi ai que veio a ideia de fazer a proposta pra você.

—- Disse a ela, quem é esse cretino?

—- É o Thiago que faz visita todos o meses pra oferecer produtos pra nossa empresa, como meu trabalho e no escritório da firma, às vezes fico só com os clientes, sempre que ele vem no escritório, uma vez por mês, ele fica me cantando, inclusive em uma das visitas não conseguiu se segurar  e presenciei o  enorme volume que se escondia sob as calças,  fiquei louca de tesão, me passou pela cabeça trancar a porta e deixar ele me comer todinha ali mesmo em cima da mesa.

Eu disse a ela:

— Sophia quando, e de que forma você quer esse encontro?, ela respondeu:

—Amanhã eu posso ligar pra ele e acertar pra gente ir ao motel.

No dia seguinte, Sophia ligou pra ele e combinou que ás 8h da noite, mais ou menos, pegaríamos o Thiago no hotel em que estava hospedado.

Sophia colocou um vestido fino e transparente que dava pra ver ate a cor de sua calcinha, fomos para o hotel conforme combinamos, ele entrou no banco de trás e nos dirigimos para o motel, minha esposa muito safada e pra provocar, começou alisar meu pau e disse:

— Meu bem, que isso? Você está à ponta de bala, nisso nosso convidado ficou todo curioso e entre a porta do carona e o banco passou a mão e começou amassar o seio de Sophia, que não se conteve e soltou um gemido e começou alisar meu pau e o pau do Thiago.

Entramos no quarto do motel, empurramos Sofia para cama e começamos sugar os peitos apetitosos que ela tem e passar a mão em todo seu corpo, tirei minha roupa e levei meu pau ate a boca de Sophia que começou chupar com maestria, Thiago desceu beijando e mordiscando a barriga até chegar na bucetinha depilada da minha esposa, começou chupar e tirou do bolso um creme, lubrificou bem o dedo e introduziu no cuzinho da minha esposa, que a única reação foi gemer bem alto, Thiago lambia e chupava a bucetinha dela com uma tara fora do comum, e com o dedo enterrado no rabinho dela, eu com muita tesão e um pouco enciumado, com o pau todinho na boca dela, assistindo o Thiago agora com dois dedos enterrado naquele cuzinho que era meu objeto de desejo, de repente ela se livrou do meu pau e disse:

—Me fode por favor, não aguento mais de tanta vontade de dá pra dois machos ao mesmo tempo.

Thiago colocou ela de quatro e numa só estocada enterrou o pau na buceta dela, que chupava meu pau alucinadamente, Thiago de joelho observava o cuzinho da minha esposa que se contraia fortemente com o movimento da pica dentro dela, esticou o braço e pegou na cabeceira da cama um plug anal, passou um creme e devagarinho introduziu no cuzinho de Sophia, que nesse momento só fazia gemer, passado alguns minutos tirou devagar o plug do rabo dela e encostou a cabeça do pau naquele cuzinho virgem, Sophia mais que ligeiro deu um grito:

— NãoThiago, aí não!  vai doer!

Minha esposa pediu que eu deitasse de barriga pra cima, ajeitou meu pau na bucetinha e começou a cavalgar, já com o rosto colado no meu, Thiago começou passar a língua nas costas de Sophia e foi descendo até alcançar e meter a língua no cuzinho dela. Ela sobre mim mostrando aquele rabo apetitoso, Thiago não perdeu tempo, lubrificou bem a ponta do pau e encostou no buraquinho de Sophia, , ela pôs a duas mão nas nádegas , para facilitar e disse:

—Thiago força um pouquinho, ele não perdeu tempo e deu uma estocada fazendo a cabeça do pau entrar  dentro do cuzinho de Sophia, que deu um grito e disse:

—Aiii está doendo! Thiago foi empurrando  devagarinho  até não sobra nenhum espaço entre eles, minha esposa agora estava com duas rolas dentro dela , começou a gemer alto de novo e soltou um grito:

—-VOU GOZAAAAAA, quero muita porra dentro da minha buceta e do cuzinho, poem porra dentro de mim.

Gozamos intensamente dentro da minha esposa , ficamos ali deitados por uns 40 minutos, depois que cada um tomou seu banho , íamos sair pra ir embora , Sophia me deu aquele beijo de mulher realizada e disse:

É hora de agradecer, ajoelhou  abriu zíper das nossas calças e começou um boquete espetacular , revezando as duas picas na boca, falei:

—Amor, abre bem a boca, coloquei a cabeça do meu pau na sobre a língua dela e dei uma bela gozada na garganta da minha putinha, afastei um pouco e outro jato inundou a cara dela,  que não pedeu tempo e chupou o resto que saia do meu pau, pegou o pau do nosso amigo, levou a boca e fez ele soltar um jato de esperma na boca dela, que mostrou para nos dois a quantidade de porra que tinha na boca, engoliu de um vez e abriu novamente a boca pra mostrar que não perdeu nenhuma gota .

Fomos para casa, deixando o Thiago em seu hotel, chegamos em casa exaustos, acordei de madrugada com Sophia , chupando meu pau, falei:

—-Que isso amor você esta insaciável?

—-É que eu queria experimentar um pau endurecer na minha boca, é bem gostoso.

—-Então chupa mais, mata a vontade, depois de algumas sugadas, coloquei ela de quadro, botei a cabeça do meu pau no cuzinho  dela, que disse:

—-Amor meu cuzinho tà muito dolorido, so fica brincando, não põe dentro não, a vontade era muito misturado com a raiva de outro ter quebrado as pregas do cuzinho dela, que não pensei na dor que ela ia sentir e empurrei tudo pra dentro sem do e piedade, ela deu um grito de dor misturado com  prazer e eu disse:

—-Pede o que você quer ?

Ela respondeu: ENCHE MEU RABO DE PORRAAA!

Recuperados combinamos que faria um relato de nossa louca aventura, e assim foi feito!!!!

2994 views

Contos relacionados

Seccrettus: Amanda Prazer em Conhecer!

Hoje remexendo em uma caixa de coisas guardadas, eu voltei ao passado, encontrei algumas coisas que me fizeram relembar muitas coisas. Ja fazia um tempo. que eu precisava fazer uma organização, mas...

LER CONTO

Primeira vez que senti a porra quente no meu cuzinho

Enviado por: Alice Hope Um dia inteiro dando o cu e a boceta Olá, meu nome é Alice, tenho 23 anos, cabelos cacheados, morena, seios grandes e o bumbum tradicional da mulher brasileira. Há...

LER CONTO

A bela e o velho

Enviado por: Ananda Pelo espelho me vejo sentada na cama daquele senhor. Eu só de calcinha (minúscula), tênis e meia ¾, cabelos soltos, pele branquinha e lisinha, toda gostosa com bumbum...

LER CONTO

Dia de sorte com a mulher casada

Olá, escrevo para contar algo inusitado que aconteceu com a mulher casada , pois nem sempre a sorte nos sorri. Estava em um dia de domingo em casa entediado, quando resolvi entrar na net em um...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • MORENA CASADA 18/02/2020 19:08

    que delicia , fiquei com tesão gostaria de um amigo assim

  • Juan Pablo Gomes 02/12/2019 09:53

    Excelente conto. Até fiquei com tesão. Já fui amigo assim,me lembrou o meu caso. Parabéns...

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos