website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » O dia que dei para um macho com meu namorado corno dormindo do meu lado

O dia que dei para um macho com meu namorado corno dormindo do meu lado

Publicado em setembro 14, 2019 por CooledCutie

Esse conto de sexo começou em um dia de sol, em uma manhã de sábado em que toda a galera se reunia na piscina de uma casa de eventos aqui perto. Lá era bem baratinho para entrar e os nossos amigos se encontravam lá, claro por ser um local aberto para entrada, sempre ia gente de fora, sempre tem mais de 20 pessoas.
Oi, eu sou a Ju, uma garota com cabelos pretos, da cor morena clara, com seios grandes, mas não tão grandes assim, coxas grossas e um bumbum que deixa marcando em qualquer short a polpinha da minha bunda.

Eu vou fazer meus tão sonhados 18 anos, e já estou namorando um garoto a mais ou menos 2 anos, ele é bem divertido, cuida de mim, me faz sorrir. É um daqueles namorados que chamamos por machos betas. Ele é o amor da minha vida, mas não sabe me foder de verdade.
Estavamos na piscina eu, meu namorado(josé), Eduarda, Matheus, Loran, Ana Flávia, Elza e Estella o resto da galera estava toda fora na piscina, bebendo pitu com mel, eu estava no recanto da piscina com o José, ele estava quase ficando bêbado, e eu também, a gente tava se beijando muito ali, e dando várias sarradas gostosas, ele dava muitas apertadas na minha bunda.

Depois de algum tempo a Elza garota morena de cabelos peitos, e com os seios mais lindos da minha cidade, aqueles peitos duros e firmes em seus lugares, aquela magrinha realmente devia deixar excitado os cara, aqui ela é conhecida como uma puta, devia ter uns 16 anos quando aconteceu. Ela estava normal, não demonstrava está bebada, percebi que ea estava se aproximando com a Estella, uma novinha magrinha dos cabelos castanhos, logo comecei a puxar papo com elas, enquanto josé me dava vários cheiros nos pescoço, conversa vai e vem, eu rapidamente olho, e vejo o Matheus com uma marca gigante na sunga, que pauzão gigante, aí foi que acendeu um fogo em mim, ele estava com o Loran a Eduarda, minha melhor amiga, que logo percebeu também o tamanho do pau dele, e a Ana flávia ficando com ele, uma menina magra, mais realmente muito linda mesmo, tenho que admitir.

Falei para o josé que já voltava e que iria conversar com a duda, quando cheguei perto da minha amiga, a Ana flávia já fez cara feia, mais mesmo assim eu continuei conversando com ela, e quando me toquei o matheus me olhava com um olhar que me atraia, ele me encarava como quem queria me arrombar, eu claro, gostei, mais continuei conversando, até que a Duda deu a ideia da gente brincar de lutinha, a dupla foi ana e matheus, loran e duda, eu fiquei para ir com o próximo que tivesse deixado a sua companheira cair, e logo o matheus derrubou a ana, e eu já fui me abrindo para ele, que logo disse

– agora a gente ganha, essas coxas, vão dar um bom apoio – eu acho que a ana escutou
– segura firme, vamos ganhar dele, mergulha logo – eu disse
O Matheus mergulhou e eu abrir as pernas para ele pode entrar e eu ficar sobre os ombros deles, senti uma pegada realmente forte nas minhas coxas, e quando percebi ja estava no ombro dele, as mãos daqueles macho estavam perto da virilha, e eu logo olhei para meu namorado, que estava vendo tudo aquilo, ele estava conversando com a Elza, comecei a brigar com a duda e ela logo caiu rápido, e o matheus ao me tirar dos ombros me deu um abraço por trás e encostou um pouco da sua piroca no meu rabo, fiz que nem senti, mas dei uma leve empurradinha no quadril para sentir aquilo roçar na minha bunda. Eu já estava sem short, só de bikini e conseguir desfrutar tudo aquilo.

Quando a brincadeira acabou eu fui pra o lado do josé, que parecia está bravo, pois ele viu o que aconteceu. Mas mesmo assim, conseguimos trocar uns beijos, só que eu queria um macho de verdade, e era o Matheus, aquele macho ALFA me deixava louca, aquela barba, ele nem era tão lindo assim, mas conquistava só por ser ALFA. Eu já tava ficando bêbada, e o josé nem sabia mais onde estava, fui para o lado do matheus e comecei a me abrir pra ele, ana flavia não gostou muito, mais eu queria putaria. Chamei ela pra conversar
– amiga, vamos fazer uma brincadeira com o matheus

– como assim?
– você já pegou no pau dele?
– não, eu tenho vergonha
– então, vamos fazer assim, eu pego e mostro pra você, ai a gente se diverti. Vamos?
– não sei ju, isso pra mim é estranho.
– ah, qual é, vamos, imagina se ele te comer como vai ser gostoso
– ta, vamos

Voltamos para o lado dele, e a idiota da ana, ja foi de cabeça baixa. Eu nem hesitei e me agarrei com ele, colocando meios seios no peitos dele e apertando firme, na hora que eu ia pegar naquele pauzão, as meninas se aproximaram e estragaram os planos, estavam todas lá. Eu olhei para o José e ele estava fora da piscina, já dormindo, e também tinha muitas pessoas que eu não conhecia. Percebi que todas as garotas estavam se atirando para o matheus e quando percebi a Elza colocou o pau dele pra fora, e disse – nossa foi sem querer. Todas olharam espantadas, era completamente veiudo, com a cabeçona roxa pra fora.
– quer isso elza? tava querendo era ver ele né? – disse matheus

– queria mesmo, e agora vou pegar – elza disse isso na frente de todas nós, e na maior cara de pau pegou no pau dele
– elza, safada – falou a ana flavia, que tava ficando com ele
– quem vai chupar primeiro ? – eu falei, mas quando percebi a Estella já tava caindo de boca e babando naquele pirocão gigante, devia ter uns 18cm, e muito grosso, parecia uma latinha de cerveja.
O matheus começou a apalpar os seios da elza, e logo todos os peitos já estavam de fora esperando por aquelas mãos de uma macho de verdade, tava uma putaria geral, todas as meninas se beijando, a elza desgraça a boca naquela rola, enquanto eu apenas o beijava e sentia sua mão me tocando na minha bucetinha. Eu queria piroca, e não aguentava mais esperar. Então fiz o que tinha que fazer, roubei aquele pau pra mim e comecei a encaixar ele na entrada da minha portinha
– ana flávia você é a próxima, eu disse

A elza começou a beijar estella e duda me beijava enquanto eu me deliciava naquela rola.
– olha pra o corno do teu namorado ju, e diz quem tem a pica mais gostosa. – matheus disse sussurrando no meu ouvido
– você tem meu macho, eu quero tu pra mim.

Enquanto isso eu ia e vinha naquele pau, eu já estava quase gozando, ele alisava muito meu clitoris e comecou a me deixar encharcada, foi ai que eu senti algo forte e intenso na região da minha buceta, comecei a me tremer, nem sabia o que era aquilo, tava muito gostoso. Quando percebi minhas pernas estavam tremulas e era difícil ficar em pé
– olha gente a ju ta gozando de verdade – disse a duda

E eu gozei, que trepada gostosa da porra, eu nunca tinha sentido aquele prazer me penetrando, e foi ai que eu percebi que todas estavam esperando para experimentar aquele pauzão.
A história é bem maior, pois depois que gozei acabei indo embora, acordei o José e fomos pra casa, aquele foi o melhor dia da minha vida, e eu nem consigo descrever o tão prazeroso que foi ter meu primeiro macho alfa. A duda ficou até o final de tudo acabar e me contou tudo o que aconteceu, parece que a estella, não conseguiu nem andar direito acho bem fácil ela ter perdido a virgindade naquela orgia.

O resto da história conto depois, pois se não ia ficar gigante isso aqui. Obrigada a você que leu até aqui, e logo logo estarei postando o desenrolar da história

Leia outros Contos eróticos de corno bem excitantes abaixo:

Vontade Realizada

Depois de puta, virei dogger!!

37152 views

Contos Eróticos relacionados

GORDELICIA

GORDELíCIA Ola´, sou a Débora e vou contar aqui uma história da qual não me orgulho, pelo contrário, abomino, até hoje não sei como fui fazer aquilo, mas aconteceu infelizmente, sou uma...

LER CONTO

CHURRASCO, BUNDA, CORNO E MUITOS ANAL COM AMANTES

Bom dia a todos os amigos. Fiquei feliz e excitada em ver que tem um casal liberal que também tem chalé aqui em Gravatá, interior de Pernambuco. Aqui estou na churrasqueira de nosso chalé, que...

LER CONTO

O marido exemplar III

Bruno estava tirando uma soneca no sofá e acordou com a morna sensação da boca de Cátia engolindo sua torona. A esposinha de seu filho costuma fazer isso pela manhã enquanto Rafael tomava banho...

LER CONTO

COMENDO A MJULHER DO MEU AMIGO

COMENDO A MULHER DO MEU AMIGO Olá sou o Paulo e vou contar como comi a mulher do meu amigo Sávio; foi uma aventura meio estranha mas extremamente deliciosa, o meu amigo é um cara gente boa e eu...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 4 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2023 - Contos adultos