website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos gay » Minha 1a vez com meu amante Manolo

Minha 1a vez com meu amante Manolo

Publicado em outubro 4, 2022 por Ademir

MINHA 1a VEZ COM MEU AMANTE MANOLO

Vou contar a vocês como foi minha primeira transa com meu amante manolo (seu nome verdadeiro é Genivaldo), aconteceu em 14/03/2011 eu estava com 56 anos na época, eu encontrei ele nos classificados como garoto de programa e depois desta primeira trepada, ele virou meu amante fixo e me comeu durante 5 anos e meio, nossa última foda aconteceu em 27/01/2016; logo depois devido o falecimento da mãe, único parente que tinha em São Paulo, mudou-se para Santa Catarina, uma pena, perdi um homem maravilhoso, durante nosso relacionamento, ele me comeu numa média de 2 x por mês, dei o cu para ele mais de 100 vezes, para ser exato foram 102 x das quais umas 40 x ele gozou em minha boca e as demais dentro do meu cuzinho.

Já bebi mais de um copo grande de água cheio do seu esperma quentinho e grosso, bem branquinho rsrsrs e ele encheu meu cuzinho de esperma as 62 x restantes, só utilizou camisinha em nossa primeira transa e depois nunca mais pois dizia que além da noiva que não gostava de dar o cu e chupar pau, só dava a boceta para ele , eu era o único cuzinho que ele comia, em todas as nossas transas ele sempre gozou gostoso, é o tipo de homem que gosta de comer um cu não importa se de homem ou mulher, o importante e um buraquinho quente e apertado para ele gozar ou uma boca gulosa e molhada para ele enfiar a cabeça do pau na garganta e quase me afogar quando goza,(como sua noiva não gostava de dar o cu e chupar seu pau, eu era o cuzinho alternativo e a garganta perfeita para seu prazer), além do que eu dava dinheiro para ele em todas as nossas transas além de muitos presentes para deixa-lo contente, ele adora gozar na minha garganta, sempre quase me afoga com seu enorme pinto e a grande quantidade de esperma que sai do seu pau ele é um homem de 35 anos, grande, mulato quase negro, musculoso mas com uma barriguinha já saliente rsrsrrs, totalmente careca e com um pinto divino, 22 cmts por 5 de diâmetro, fiz questão de medir, e esta sempre bem duro e empinado durante nossas transas, exceto a nossa primeira transa, todas as demais eu filmei com diversas câmeras para não perder nenhum lance e tenho agora um acervo enorme de filmes pornográficos nos quais sou a estrela principal rsrsrsrs o passivo levando vara do meu macho Manolo.

Éle é muito simpático e conversador e quando está metendo em mim, ele sempre diz sacanagens gostosas para aumentar o tesão e meu prazer, se deita sobre mim, me morde o pescoço, lambe minhas costas, meu cuzinho , enfia a língua em mim para lubrificar bem antes de meter o enorme cacete até o saco, que aliais é enorme, e quando ele mete, fica batendo em minhas coxas com ruido característico, enfim, adoro ele, é um amante muito especial, até hoje sinto muito a sua falta, e torço para que um dia ele volte para São Paulo, enfim vamos a história:

Como mencionei, encontrei seu nome Manolo nos classificados como garoto de programa e liguei marcando um encontro; na data marcada, enrolei minha esposa dizendo que iria fazer hora extra na empresa onde trabalho e por volta da 20:00 hs me dirigi ao encontro, deixei meu carro na empresa e fui de metrô até o lugar, era um pequeno prédio apertado entre 2 edifícios grandes na Av. Consolação com Paulista, passei diversas vezes em frente ao prédio mas sem coragem de entrar, eu ainda era novo em dar o cu e ainda tinha muita vergonha, e o prédio tinha porteiro, eu não sabia como explicar ao porteiro que ia aquele apto.

Estava receoso que o porteiro sabia o que eu ia fazer lá rsrsrs, até que tomei coragem e entrei no saguão do prédio, me dirigi ao porteiro que perguntou onde eu ia, expliquei que ia no 5o andar apto 52, era o endereço do Manolo e ele anotou meu RG e me indicou o elevador, não percebi nada de anormal no porteiro, se ele sabia o que eu ia fazer não demonstrou, então subi ate o 5o andar e apertei a campainha do apto.

Apareceu um homem totalmente careca, mulato quase negro sem camisa e de cueca box, me mandou entrar, eu entrei no pequeno apto, que na verdade era só um quarto e um cubículo que chamavam de cozinha e um banheiro pequeno, no cômodo existiam somente um sofá, uma cama de casal um armário gaveteiro e um guarda roupas, o homem me ofereceu o sofá, me sentei e fiquei olhando para ele que estava com a mão dentro da cueca pegando no pau, era feio, lábios grossos, careca muito estranho mesmo mas grande e forte e ostentava uma barriguinha saliente, se aproximou de mim sem dizer nada e começou a esfregar o grande volume do seu pinto sob a cueca em meu rosto, eu comecei a mordiscar seu pau através da cueca e senti que já estava bem duro, abaixei sua cueca e o enorme pinto saltou batendo em meu rosto, segurei aquele enorme e grosso cacete olhando com admiração e um pouco de medo pois nada daquele calibre tinha entrado em mim até então, a cabeça saliente e brilhante me chamava a atenção e eu comecei a lamber aquela maravilha.

O homem gemeu de prazer e me mandou por na boca, abocanhei aquela delicia e mamei devagar, sentindo seu sabor delicioso, mamei gostoso enquanto o macho em pé na minha frente segurava minha cabeça e metia em minha garganta, me engasguei com o volume e ele retirou da minha boca e terminou de tirar a cueca deitando-se na cama com o enorme pinto apontando para o teto, me pediu para tirar a roupa e vir para a cama, fiz o que ele mandou e fui para a cama começando de novo a mamar seu delicioso cacete, o monstro se agitava em minha boca e eu sugava com vontade sentindo já o sabor do lubrificante que saia do seu pau, ele me mandava mamar e segurava minha cabeça mara manter na minha garganta enquanto eu me sufocava e tirava ele forçava de novo e me dizia que boca quente e gostosa, depois de te comer vou gozar na sua boca, eu respondi que ia engolir todo seu esperma, ficamos assim mais um pouco até que disse que ia me comer, colocou uma camisinha e me pediu para ficar de 4, lambeu meu cuzinho gostosamente enfiando a língua e o dedo para me lubrificar por dentro e logo após passou um creme KY e iniciou uma penetração maravilhosa, eu senti a cabeça do seu enorme pinto se esfregando entre minhas nádegas e encaixando em meu buraquinho super fechado.

Ele me dizia relaxa o cuzinho pra mim relaxa, sempre forçando a penetração, abre o cuzinho pra mim abre ele dizia e eu todo temeroso devido o tamanho do pinto estava com o cuzinho travado, mas ele com jeitinho e muito carinho, foi forçando e de repente senti a cabeça entrar, nossa que dor, gemi alto pedindo para ele parar e ele muito gentilmente ficou quetinho só com a cabeça dentro, senti o cozinho se moldar ao volume da cabeça do seu pau eu dei uma reboladinha para acomodar melhor o se cacetão e ele reiniciou a penetração do meu pobre cuzinho, nossa doia demais, mas fui agasalhando seu enorme pinto com ele me pedindo para abrir o cuzinho, fui recebendo ele devagar até sentir suas bolas batendo em minhas coxas, ele tinha colocado tudo dentro, ficou um pouco ali parado para eu me acostumar com o volume dizendo que delicia de cu, quente e apertado e devagar começou a meter, nossa que enorme, eu sentia meu cuzinho totalmente distendido para agasalhar todo ele, mas era delicioso demais, ele retirou quase tudo e voltou a penetrar, eu gemia de dor e prazer ao mesmo tempo e ele acelerou o entra e sai delicioso, logo em seguida ele tirou o pau deixando um grande vazio e me mandou sentar nele, sentei devagar até sentir ele todo dentro novamente e comecei a rebolar em seu maravilhoso pau.

Ficamos assim um pouco e ele me mandou ficar de ladinho sem sair de dentro e continuou a meter gostoso, meu cuzinho já estava bem aberto e recebia seu enorme pau sem muita dor, ele meteu mais um pouco assim e retirou quase gozando e me chamou para beber o leitinho, abocanhei a cabeça do seu maravilhoso pau e senti o esperma espirrar forte, umas 8 golfadas de porra morna e grossa que eu ia engolindo devagar, fique mamando até sair a ultima gota e ele gemendo muito me chamando de putinha e meu viadinho, fiquei mamando seu pau até ele começar a amolecer e escapar da minha boca, ele ficou deitado mais um pouco descansando da gozada enorme e eu fazendo carinho em seu pau e suas coxas com a língua, até que ele se levantou me perguntou se eu queria tomar banho, me neguei e somente utilizei papel higiênico para limpar o cuzinho e lavei a boca que ainda estava com gosto do esperma dele, me vesti vendo ele ainda peladão com o pinto já mole mas mesmo assim enorme, acabei de me trocar e paguei a ele na época $ 100,00 e acertei para voltar no mês seguinte, dei pra ele mais 5 vezes depois dessa ali naquele apto e depois ele mudou-se para Mogi da Cruzes e eu só vim a reencontra-lo 3 anos depois em 2011 em uma casualidade, estava no metrô e vi ele sentado, o reconheci imediatamente e fui falar com ele, quanto então nos tornamos amantes fixo e ele passou a me comer pelo menos 2 vezes por mês..até a ultima vez em 27/01/2016 quanto ele novamente foi embora, agora para bem mais longe, Santa Catarina, que pena, perdi um amante delicioso que com certeza jamais vou encontrar igual….

Leia outros Contos eróticos gay bem excitantes abaixo:

A primeira noite dos rapazes - Parte 1

UM DESCONHECIDO COMEU O MEU CU DENTRO DE UM ÔNIBUS LOTADO

3315 views

Contos Eróticos relacionados

Razão e emoção (02)

Após um merecido descanso para que pudéssemos recuperar nossa energia, Geraldo se recompôs enquanto eu me vestia e descemos até o lobby onde ele me ofereceu um café que aceitei de bom grado. ...

LER CONTO

NUNCA DIGA NUNCA!

NUNCA DIGA NUNCA! Nesses tempos difíceis e bicudos, trepar casualmente, tornou-se uma raridade; nem tanto pela questão do sexo propriamente dito, mas, principalmente, pelo risco de contágio do...

LER CONTO

O COWBOY VIRGEM (1/2)

I Ao contrário do que muitos pensam ― ou não ―, o caubói mais longevo do mundo editorial não perdeu a virgindade com sua imaculada Lylith, mas sim com uma loura estonteante que conheceu,...

LER CONTO

Me conhecendo com meus amigos de escola – Parte 8 (Primeira vez com um cara mais velho e de lingerie) Parte 1

Antes de começar quero deixar claro que tudo foi com consentimento, portanto não entendam como abuso ou algo do tipo, na época eu gostei e me ajudou a esclarecer muitas coisas em minha mente. Bora...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 2 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2023 - Contos adultos