website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos lésbicos » Meu primeiro sexo lésbico. amiga da escola.

Meu primeiro sexo lésbico. amiga da escola.

Publicado em abril 3, 2022 por Alyssa

Oiii meus amores eu me chamo alyssa e hoje vou contar uma história de quando tive meu primeiro sexo lesbico.
Bom eu tenho uma lembrança muito clara desse dia porque faz pouquíssimo tempo, eu estudava na época e estava na escola quando tudo começou, era uma sexta feira ou uma terça feira rsrs disso não me lembro muito bem, mas sei que era um desses dias, pois era aula na quadra esportiva e minha turma só tinha aula lá na terça ou na sexta, e quando chegamos lá já havia uma turma na quadra, isso era bem comum de se acontecer mas aquela turma nunca tinha dividido a quadra com a nossa, meu colegas de classe que costumam jogar futebol não gostou muito pois eles eram mais novos do que nós, eles tinham 15 e nós tínhamos 17 a grande maioria no caso, como eu não fazia nada na horário de quadra acabei nem ligando para o fato daquela turma estarem ali, eu estava sozinha sentada no meu canto e triste já que minha única amiga não tinha vindo, daí então eu notei uma garota sozinha também, eu nunca tinha visto ela na escola antes, a escola era minúscula e eu sempre estudei lá, meio que eu conhecia todo mundo mesmo que de vista, mas aquela garota eu nunca tinha visto e por ela estar sozinha logo conclui que era novata.

Ela era bem bonita, tinha os olhos azuis, cabelos loiros, e um corpinho fino e sensual. Todos os garotos ficavam olhando para ela, a primeiro momento eu senti um pouquinho de ciúmes já que em tempos normais eles estariam babando em mim, mas tudo bem. Com todos aqueles garotos lindos olhando pra ela e ela nem ligava, ela só olhava para mim, ela estava me comendo com os olhos, eu percebi que tinha algo estranho, ela não ia ficar olhando pra mim daquele jeito atoa, eu sempre fui bem pra frente, nunca fui tímida e nem nada disso, então não senti desconforto nenhum em ir lá falar com ela, eu me levantei e comecei a ir em sua direção, eu estava muito tranquila, mas ela ficava cada vez mais vermelha, quando cheguei até ela me sentei e disse oi, recebi um oi muito tímido de volta, eu não me lembro exatamente o que conversamos ali mas sei que ela me disse que tinha me achado linda, por isso ficou me olhando.

Alguns dias foram se passando e a gente ficando mais amigas, até que um dia ela me ligou, eu tinha acabado e chegar da escola, ela disse que precisava que eu fosse até a casa dela urgente, eu pergunte o que tinha acontecido e ela respondeu.

– Eu tenho um trabalho muito importante a manhã e eu não sei por onde começar, não tem como você me ajudar??

Eu disse que ajudaria, já que eu sabia que ela estava fazendo sozinha, ela não morava muito longe da minha casa então foi tranquilo, quando cheguei lá ela já foi logo me dizendo que não tinha ninguém em casa e que eu podia ficar à vontade, me levou pro quarto e disse que ia só tomar um banho, fiquei pesquisando algumas coisas para o trabalho enquanto ela não voltava.

Alguns minutinhos depois ela voltou enrolada na toalha, ela então jogou a toalha na cama e ficou completamente nua, a primeira coisa que me chamou atenção foram seus peitos, eram pequenos, mas redondos e com o bico rosinha, eu nunca tinha visto um peito rosinha, em seguida sua bucetinha que era bem pequeninha, mas linda e branquinha, eu nunca tinha sentido atração por mulheres antes e nem naquele momento, era só admiração pelo corpo lindo dela.

Ela deu uma risadinha e perguntou o porquê de eu estar olhando os peitos dela, eu respondi dizendo que era lindos, ela então perguntou se eu queria aperta-los, eu pensei comigo, porque não? Então coloquei minhas mãos neles, estavam um pouco molhados e gelados, eram durinhos, enquanto eu apertava senti que ela estava gostando, ela começou a passar a mão no meu rosto, fazendo carinho, aquilo foi muito estranho e logo saquei o que estava acontecendo, ela não estava tão desesperada assim pra fazer o trabalho, ela estava afim e mim, naquele momento eu pensei em parar tudo e ir embora já que eu não sentia atração em mulheres mas eu sempre gostei de provar de experiências novas e decidi ver no que ia dar aquilo.

Eu decidi entrar naquilo com tudo, eu poderia gostar da experiência, comecei a beijar os peitos dela, ela fechou os olhos e começou a soltar uns gemidos muito baixo quase imperceptível, eu comecei a lamber os peitos dela devagar, ela começou a puxar meu cabelo devagar, depois puxou meu cabelo pra cima e começou a me beijar, até então eu não estava sentindo nada com aquilo tudo, mas o beijo dela mudou tudo, era muito bom.

Eu estava começando a me sentir à vontade com aquela situação, ela começou a passar as mãos no meu corpo lentamente, foi conquistando território de pouco em pouco e logo estava com as mãos nos meus peitos, por cima da blusa e do sutiã, ela estava apertando com muito tesão, deu pra sentir ela perdendo o ar enquanto me beijava, ela então se sentou em cima de mim e continuou me beijando, a partir daquele momento eu comecei a tentar dar prazer para ela, então fui passando minhas mãos lentamente nas constas e apertando aquela bundinha linda, por mais que eu não sentisse atração em mulheres ainda sim achava aquele corpo lindo, ela tirou minha blusa e começou a beijar meu pescoço, eu comecei a me arrepiar toda, aquilo começou a me dar um tesão, ela foi muito rápida com o sutiã, uma rápida ação com os dedos e o sutiã caiu.

Até aquele momento eu estava sentada, mas ela me empurrou e eu cai deitada em cima da cama, ela começou a elogiar meu corpo, dizia coisas como “seus peitos são lindos”, “parecem flocos de neve”, “você é uma delícia”, e outros que eu não me lembro muito bem, enquanto isso ela apertava um dos meus peitos e beijava minha barriga, naquela época eu não tinha dormido com muitos garotos, mas os poucos que eu tinha dormido não tinha feito aquelas coisas, eu estava amando, os beijinhos dela foram descendo e ficando mais molhados e eu estava ficando mais molhada ainda, em 17 anos de vida eu nunca tinha ficado tão molhada assim.

Eu estava com um short legging preto, então foi bem fácil para ela tirar, começou a beijar minha testa de baixo, e foi descendo e ao mesmo tempo passando as mãos nas minhas colchas, eu automaticamente abri as pernas pra ela, eu nunca tinha sido chupada antes, eu estava sedenta por aquela experiência, ela começou a me chupar e comecei a sentir algo muito bom, ela tinha apenas 15 anos e já era muito boa naquilo, eu puxava o lençol com toda força, colocava o travesseiro na boca pra não gemer alto, puxava aqueles cabelos loiros e claro apertava o rostinho dela com minhas colchas, eu comecei a sentir algo vindo, vindo muito rápido, eu estava prestes a gozar, e ela começou a me estimular com o dedo também, ela enfiou ele dentro de mim, e eu comecei a tremer e não consegui segurar meus gemidos, foi delicioso, depois que eu gozei ficamos nos beijando durante um tempo e depois tentei estimular ela, mas eu não era tão boa naquilo quanto ela.

Enfim foi uma experiência muito gostosa, transamos mais vezes depois. Espero que tenham gostado, eu já fiquei toda molhada só de lembrar dessa história, esperem por mais contos.

17666 views

Contos relacionados

Minha primeira vez com uma mulher – Parte 1

Minha primeira vez com uma mulher. Ainda no ensino médio conheci uma garota incrível chamada Larissa. Ela era linda, baixinha, pele branca, cabelo e olhos castanhos, super inteligente. E eu era...

LER CONTO

Filha adotiva com a mamãe carente

Meus pais me adotaram quando eu era criança, eles nunca me esconderam isso, infelizmente meu pai morreu em um acidente de carro, eu tinha cinco anos quando isso aconteceu, então fui criada pela...

LER CONTO

AMIGAS CASADAS SE CHUPANDO NA CASA DE PRAIA.

Bom dia, amiguinhos. Olha que visão maravilhosas dessas três amigas de nosso grupo. Todas casadas com maridinhos cornos. São várias fotos e várias situações. Mas vou mostrar e descrever com...

LER CONTO

O Pecado Mora Ao Lado

Parte 1: A Nova Vizinha Assim que deixei meu marido no aeroporto, fui direto para casa. Éramos casados há menos de um ano, estávamos vivendo o ofurô dessa relação. Tinhamos uma vida sexual...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Deia 22/04/2022 20:58

    Vivi algo assim com uma prima durante um tempo. Era bem excitante pq ninguém jamais desconfiou. Uma vz o irmão dela nos flagrou. Foi um susto. Fui atrás da casa e chupei ele até gozar.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos