Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Fui o Presente para a amiga da amiga da acdemia

Fui o Presente para a amiga da amiga da acdemia

Publicado em junho 1, 2020 por Pedro

Olá!! Meus amigos e amigas de contos estou de volta para contar mais uma história minha, eu escrevi aqui no site o conto da colega da academia, então resolvi voltar para contar mais uma historia com essa mulher (Fábia).

O que foi incrível para mim, no conto anterior eu falei como nos conhecemos, foi ficando amigos e nos envolvemos e tivemos uma tarde de tórrida de sexo.

Continua depois da publicidade

Nosso caso continuou e transamos quase todos os lugares que desejamos, menos na minha casa que ela perturbou para eu comer transar com ela na minha cama onde durmo com minha mulher (sou casado) e também uma que a gente sempre quis, mas nunca tivemos a oportunidade de fazer no banheiro de nossa academia, eu queria muito isso, mas não deu. Mas transamos em motel, na rua dentro do carro, na rua fora do carro, na casa dela (ela mora sozinha com uma amiga). Bom chegou ao ponto da história que quero relatar, ela me disse que falava e mostrava a minha foto (na verdade de meu pau) para sua amiga (Bell) e essa ficava louca e dizia que dava água na boca. Eu falava que ela era doida, que tinha que tomar cuidado, pois eu era casado ela tinha namorado e a amiga poderia atrapalhar.

Ela disse:

-Quem atrapalhar? A Bell? Duvido to para conhecer alguém mais safada que ela (risos)

Continua depois da publicidade

Umas 3 ou 4 vezes quando eu estava na casa delas, transando com Fábia, eu percebi por sombras ou mesmo no canto da porta a Bell olhando, e eu não ligava me dava mais tesão ainda, nunca comentei com Fábia, não sabia sua reação. Era fácil a Bell vigiar, pois eu e Fabia transava em qualquer parte da casa.

Certo dia, Fabia me disse que não iria trabalhar numa quarta feira e se eu por acaso conseguiria uma folga nesse dia e passasse o dia inteiro com ela na casa dela, eu disse que tentaria, mas não foi difícil eu tinha folga no trabalho e meu chefe não me impediu, chegando no dia, sai de caso normalmente como fosse trabalhar mas fui para casa dela, chegando lá, Fábia veio me atender com uma camisola preta que não cobria nada, que visão maravilhosa eu tive daquela mulher, meu pau subiu na hora.

– Nossa mulher, como vc ta maravilhosa nessa camisola, um tesão.

Ela disse:

-você gostou, fica quieto e vem aqui, eu quero você o dia todo.

Então eu a agarrei e começamos nossos amasso ali na sala, ela parecia sedenta, tirou minha roupa toda, me colocou sentado no sofá, mas até parou e perguntou.

– Posso vendar seus olhos? Eu quero que você me sinta de olhos fechados.

Eu disse:

– claro que pode, você pode fazer o que  quiser.

Ela vendou meus olhos e mandou eu não tirar a venda por nada.

Nisso que estou vendado, eu comecei a  sentir um boquete, um belo e delicioso boquete, estava sentindo diferente a forma que era chupado mas nem liguei estava muito bom, chupava meu pau e minhas bolas deliciosamente, até que não estava agüentado mais e anunciei.

– Caralho gostosa!! Você ta faminta hoje, vou gozar caralho.

Ae o boquete foi mais acelerado e gozei, nisso gozei. Uma mão tirou minha venda e para minha surpresa quem estava pagando o boquete não era Fabia e sim a Bell, eu juro congelei na hora.

– caralhoooo vocês são loucas, nunca iria imaginar isso, puta que pariu, puxei Fábia e Le dei um belo beijo na boca, enquanto a Bell ainda estava no meu pau, limpando a porra que eu tinha gozado.

Fabia  falou.

– meu gostoso, hoje é aniversário da minha amiga Bell, da um feliz aniversário a ela, eu tinha prometido que te daria de presente para ela.

Eu puxei a Bell coloquei sentada em meu colo e disse.

– meus parabéns eu que to ganhando o presente.

E  Bell falou:

– me de um feliz aniversário de verdade, essa piranha da Fabia sempre falou do seu pau gostoso, que você a faz gozar muitas vezes da sua língua fantástica, sempre desejei  você e nunca escondi dela, a sua pica já vi que realmente é uma delicia me mostra o resto.

Eu a peguei e falei,

– Vem aqui sua safada, deixa eu te chupar.

E a coloquei no sofá e abaxei e comecei a chupar ela todinha, vindo dos peitos até a buceta, claro as vezes fugindo e dando lambidas no cuzinho dela. Nisso a Fabia ficou sentada no outro sofá de pernas abertas se masturbando e falando.

– isso chupa ela, chupa ela todinha mostra a essa vadia oque é gozar de verdade.

Bell gemia falando:

– nossa ta muito gostoso, me chupa todinha me chupa, que língua gostosa do caralho me chupa seu safado…

E claro eu como bom amigo eu ia chupando e as vezes também davas tapinhas na ppk dela que estava super ,olhada e ficando inchada, fiquei por uns bons minutos até que a Piranha deu o sinal.

– Caralho vou gozar vou gozar vou gozaaaaa, gozei.

Eu continuei a chupar ela para sentir aquele gozo e ela toda entregue, chamei Fábia para vim perto só para beija r a boca dela para ela sentir o gozo da amiga. E Fábia me  beijou e também beijou Bell e voltou para seu lugar para ficar só assistindo aquilo.

Ae eu comecei a pegar meu pau e a passar na buceta da Bell, e depois comecei a colocar só a cabecinha e tirava a mulher estava doida.

E falou:

– me fode, me come mete essa pica em mim me fode filho da puta.

Eu tirei segurei ela pelo queixo e cara e dei uma tapa na cara dela e disse:

– cala a porra da boca, a vagabunda da sua amiga não falou que quem manda sou eu não, você não falou para ela na Fabia sua piranha?

– eu falei sim, a mostra quem é o macho, mostra essa puta rebelde.

Eu dei outro tapa nela, chamei Fabia perto e dei uma na Fábia também e falei.

– isso é para você certo com essas suas amigas putas quem manda.

– ok, desculpa meu gostoso eu mereci.

Ae eu desci chupando o peito da Bell, até começar a colocar novamente a cabeça do pau na buceta dela e tirar devagar, ela estava louca fazia pirraças só para apanhar mais, a puta tava gostando. Eu subia e batia mais e ela adorava.

– isso bate, bate na minha cara me chupa faça oque você quiser sou toda sua. Seu safado

Até que eu coloquei o pau novamente na buceta dela mas dessa vez não foi só a cabecinha eu empurrei de uma só vez tudo, a piranha gritou.

– Caralhooo, que gostoso, me fode vai-me fode.

Eu fudia ela, alternadas estocadas fortes e também lentas e sempre que dava beijava sua boca, amo transar beijando boca, depois de algumas estocadas, eu a coloquei de perna trepada no meu ombro e comecei a fuder ali também, ela não estava se segurando e dizia que ia gozar novamente.

– vou gozar mais uma vez vou gozar e gozou.

Ela ficou tremula mesmo assim eu continuei a comer ela sem tirar de dentro, ela me emperrou. E virou de costas ficando de quatro, dizendo:

– me come de quantro, enraba essa cadela no cio, me fode gostoso.

Eu comecei a fuder ela de quatro a dava tapas na sua bunda e ela urrava de prazer, ela devia ta querendo muito mesmo, eu a puxava pelos cabelos e metia e metia, até eu não agüentei e gozei. Ela percebeu e pediu para eu não parar.

– para não mais um pouquinho só não para.

Eu fiquei mais um pouquinho e ela gozou novamente, ae os dois ficaram no sofá ofegante e cansado, nisso Fábia ficou no meio de nós beijando eu ela.

Sei que vocês devem estar perguntado (eu acho rsrsr) se não comi as duas juntas, sim comi passei esse dia 12 de agosto de 2019, todo na casa dela, e teve varias fodas durante o dia e muitas cnversas, mas isso vou contar em outro conto claro se vocês quiserem. Pois aqui o conto já ficou um pouco longo rsrsr.

Se quiserem falar comigo, elogiar dar sugestões,

Um abraço aos amigos e um beijo nas amigas rsrsr

9976 views

Contos relacionados

MEU NAMORADINHO ARROMBOU MEU CU NA FRENTE DOS MENINOS

Bom nessa época, eu já não estava mais “trabalhando” com o chefinho querido, pois comecei a namorar, um garoto mais velho, eu com 16 para 17 anos e ele 25 para 26. Conheci ele me uma festa...

LER CONTO

Fudi a novinha Virgen filha da empregada

Essa é fresquinha especialmente pra vocês.... Ontem pela manhã fui na farmacia comprar umas coisas pra levar pra minha mãe que mora do outro lado da cidade. Assim que cheguei jà notei a...

LER CONTO

A UOL Me Deu Uma Amiga Gordinha Rockeira Safada

Vou relatar aqui mais um incrível acontecimento para mim, isso aconteceu a um bom tempo atrás, quando se usávamos bate papo da UOL e MSN, bons tempos. Estava eu na sala de minha cidade...

LER CONTO

A nossa segunda experiência!

Antes de iniciar esse conto, recomendo que leiam o conto anterior chamado “ A nossa primeira experiência”, disponível nesse site, o que seria bom para que pudessem compreender a essência da...

LER CONTO

Aprendendo sobre a Siririca

Me chamo Gabrielle, tenho 26 anos e hoje vou contar para você como foi a minha primeira experiência com a siririca. Para que entenda melhor como tudo aconteceu, vou ambientá-lo à ocasião. Eu sou...

LER CONTO

Perdi a virgindade com dois tiozão

Meu nome é Neilinha tinha 14 anos quando fui convidada por uma amiga a Ana para passar as férias na casa do pai dela que morava com um tio em um sítio em Minas Gerais. Os dois tiozão o pai da Ana...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos