website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de incesto » A força meu filho me fodeu!

A força meu filho me fodeu!

Publicado em fevereiro 25, 2024 por Anita Campos Silva

Boas a todos…

O que irei relatar é uma história mista de muito tesão e ao mesmo tempo de perplexidade.

Meu nome é Anita, tenho 37 anos, sou casada com Henrique e tenho dois filhos, Pedro de 18 e Flávia de 17 anos.

Há algum tempo tenho notado algumas mudanças de comportamento do meu filho (em funda própria da idade) tem ficado mais no quarto, tenho percebido ele espiar eu a irmã pelos buracos da fechadura dos quartos e do banheiro, pois moro em uma casa antiga, em que as fechaduras ainda dão essa possibilidade!

Sempre pensei que esse fato era natural da idade e não dei muita importância a isso.

Sempre tive uma relação sexual normal e pacata,  mesmo antes de conhecer meu marido as minhas relações sempre foram respeitosas tipo papai e mamãe, o que sempre foi suficiente para mim,e com o meu marido e o tempo, como todo casal a frequência das trepadas vão diminuindo.

Vamos ao que realmente interessa, o abuso sexual que sofri por parte do meu filho.

Certo dia, todos na mesa no café da manhã, meu Henrique se levantou da mesa de café, pegou minha filha para deixa-la na escola e ir para o trabalho.

 

Meu filho estuda a tarde e fica comigo na parte da manhã, naquele dia o olhar dele para meus seios e minha barriga bunda estavam escancaradamente percebíveis, e estranhei…. Porem continuei achando normal, pois sabia que ele iria para seu quarto e provavelmente se acabar na punheta… O que não aconteceu…meu filho se levantou da mesa e me disse com um olhar que eu nunca tinha visto, parecia estar possuído ou coisa assim;

– mãe, hoje nós dois vamos fazer algo que nunca fizemos e que garanto que a senhora vai gostar muito!

-quem bom meu filho, o que é?

-venha aqui mãe.

Eu já tinha tirado a mesa do café e fui em sua direção.

– o que iremos fazer meu filho?

– hoje mãe,  a senhora vai aprender o que ser uma puta de verdade

-Pedro! Que falta de respeito, seu moleque abusado, quem vai aprender uma lição é você…está de castigo! Sem internet e seu pai vai te ensinar a respeitar sua mãe! Já para seu quarto!

Eu estava perplexa com aquela fala, ele se levantou fez que iria para seu quarto e num momento meu de distração, me pegou por trás, torcendo meus dois braços nas minhas costas e me empurrou debruçada na mesa, fazendo com que eu ficasse meio quede quatro na mesa.

-Quem isso Pedro, o que você está fazendo, está me machucando!

– Cala boca sua piranha, como eu disse vais ter uma experiência única, sua vagabunda, quero deixar esse seu bucetão ardendo de tanta rola que vai levar….

Eu simplesmente não conseguia entender aquela situação, com uma mão ele segurava meus dois braços nas costas e com a outra ia tirando minha calcinha … Depois disso com seu joelho foi afastando minhas pernas.

– Pedro, por favor para, você vai se arrepender muito…!

– já falei para calar a boca vadia, só presta atenção na minha pica entrando nessa sua buceta….

E assim foi, apesar de eu continuar me debatendo, ele  conseguiu colocar a cabeça na minha buceta e em um só golpe atolou até o saco na minha buceta, gritei de desespero, porém já estava perdendo as forças… E numa cadência frenética ele fudia …

Comecei a sentir um estranho tesão, nunca ninguém tinha me fodido com tanta virilidade, quando me deu por mim eu estava ensopada e já permitia sem resistência a entrada e saída daquela pica maravilhosa na mesma proporção a minha indignação de ver meu próprio filho me abusando…

-cansou de se debater sua puta gostosa? Pra quem é tão certinha, essa sua buceta está te denunciando…. Kkkk, se eu soubesse que você podia assim tão gostoso já tinha metido em você desde pequeno…Agora piranha, rebola esse rabo grande seu!

Eu involuntariamente já soltava gemidos de prazer com aquela situação, mais ainda com muita raiva….

Ele soltou meus braços e eu fiquei sem reação, só queria receber aquela pica… Me colocou de frente deitada na mesa, abriu minhas pernas e novamente começou a socar seu cacete sem dó… Seu rosto estava transformado…

– Assim vadia, vagabunda, sua rampeira, sua galinha disfarçada…. Fode gostoso pro seu filhinho alagar esse seu bucetão de porra….

-não faz isso, pelo amor de Deus….estou no meu período fértil … Você vai me engravidar …

– ok sua puta, dessa vez eu vou atender seu pedido com uma condição:

-fala que eu faço, mas não goza na minha buceta,por favor!

– tá bom, você vai se ajoelhar, bater uma punheta para mim até eu gozar, quando eu gozar eu quero que você engula toda a minha porra entendeu? E vai fazer isso de olhos fechados, se abrir os olhos ou não engolir seu leitinho, eu volto, e encho essas buceta de irmãozinhos ok?

– tá bom eu faço…

Me ajoelhei fechei os olhos e comecei a punhetar aquele cacete, nunca ninguém tinha feito aquilo comigo….

– isso, assim vadia, agora começa a chupar meu pau …. Quando eu apertar seu braço eu que tirei meu pau da boca e fale:” oh meu filho, enche a boquinha da sua mamãe de porra! Adoro esse leitinho seu” entendeu piranha?

– sim, entendi….

E assim que ele apertou meu braço eu disse a frase que tinha falado! E em seguida enfiou seu cacete na minha boca e gozou que cheguei a engasgar… Nunca tinha visto uma quantidade de porra tão grande…

-isso mamãe, assim está bom !

-Você sabe que irei contar tudo isso para seu pai né, seu moleque, você vai ver o que é bom!

-pode contar mamãe , mas antes da uma olhada nesse vídeo !

Era o vídeo de eu pedindo porra para ele de olhos fechados…. O FDP tinha filmado aquilo!

– em quem você acha que Papai vai acreditar! Eu se fosse ele te colocava para fora de casa…kkkkk

Então mãezinha, vida que segue né!

E saiu como nada tivesse acontecido! E durante o resto do dia voltou a ser o filho de sempre!

Eu não sabia o que fazer, no dia seguinte levantei disposta a esquecer o que tinha acontecido …mas essa história continua no próximo conto!

Até lá !

[email protected]

Leia outros Contos de incesto bem excitantes abaixo:

Feriás com a Filha

CHAMANDO MEU PADRASTO DE PAI PELA PRIMEIRA VEZ

47791 views

Contos Eróticos relacionados

Minha Tia Angela

Sempre tive vontade de ver a minha tia Angela totalmente pelada, quando era pequeno já cheguei ver uns dos seus peitos enquanto ela tomava banho, foi nesse momento que comecei a vê-la com outros...

LER CONTO

Meu primo me fodeu no enterro do meu avô

Olá, meus queridos leitores. Hoje eu vou contar uma história verídica de quando meu primo me fodeu gostoso. Vocês já me conhecem, despensa apresentações. Mas vou apresentar meu primo a...

LER CONTO

ACABEI TENDO DUAS FILHAS NA MINHA CAMA.

Sou o Marcondes, 45 anos, divorciado, pai de duas lindas meninas. Separado a mais de 3 anos, minha rotina era passar pelo menos uma vez no mês um final de semana com minhas filhas, que sempre...

LER CONTO

Castigando A Netinha

Castigando A Netinha

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Enquanto Papai Dormia

Enquanto Papai Dormia

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Minha Mãe Me Mamou

Minha Mãe Me Mamou

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Meu Pai Bebado

Vamos lá, esse é meu primeiro contos então relevem os erros. Com sexo geralmente sou muito de boa mas tem coisas que me deixam perturbadas pelo menos por um tempo. De sábado pra domingo...

LER CONTO

História de uma mãe incestuosa parte 1 Real

O segredo de uma mãe incestuosa Parte 1 história real Olá, para quem não me conhece, me chamo Vanessa, tenho 23 anos, comecei a contar minhas histórias, de alguns fãns a algum tempo, eu...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos