Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Viagem dos prazeres parte 1, Shika virando putinha de negão !

Viagem dos prazeres parte 1, Shika virando putinha de negão !

Publicado em novembro 24, 2020 por Carlos

Olá, Me chamo Carlos tenho 30 anos 1,81 e 85 KG corpo definido pois malho, e minha esposa Shika tem 27 anos 1,67 e 59kg uma bunda bem durinha por conta da academia e peitos naturais de tamanho médio.

Este é nosso segundo conto,  recomendo que leia o anterior.

Continua depois da publicidade

Bom depois do final de semana e experiência que tivemos nos final de semana, minha mulher e eu ficamos comentando como foi gostosa aquela experiência.

Ela disse que adorou me ver com uma mulata daquela e eu falei o quanto fiquei excitado em vela em torno de três negros. Ela ficou em silêncio por um instante e logo disse que aquela haverá de ser umas das mais prazerosas experiências sexuais que tivera e que adoraria repetir.

Ao ver seu ar de veracidade logo disse que caso quisesse repetir poderíamos fazer, aquela conversa logo nos deixou excitados eu fizemos um sexo maravilhoso.

Continua depois da publicidade

Então já acordados com a situação resolvemos colocar aquela experiência novamente e ação, dessa decidimos sair da cidade que residimos e ir a outra para que pudéssemos gozar plenamente desta experiência.

Marcamos de repetir a experiência em um final de semana prolongado que tivera em Joanesburgo onde residimos e fomos para uma cidade praiana que fica em torno de 550 km dali.

Reservamos um hotel bem recomendado lá e seguimos, como teríamos 4 dias disponíveis resolvemos ir de carro para apreciar a paisagem a ideia era ir no primeiro dia ficar dois dias e retornar no ultimo.

Saímos por volta de 08:00 da manhã e chegamos ao hotel as 14:00, local muito organizado e bonito, demos entrada em nosso quarto nos acomodamos e decidimos naquele dia curtir o hotel e sairmos de noite para algum lugar, deixaríamos a praia para os outro dias.

Como já tínhamos nossas intenções definidas Shika colocou um biquíni pequeno não chega a ser um fio dental mas por onde passava chamava muito a atenção, se cobriu com um sobre tudo e descemos até a piscina, chegando lá local muito bonito e divertido, tinha bastante gente curtindo o local e musica muito boa, os garçons trabalhavam com bermudas chinelos e camisetas com cores bonitas e chamativas típica das região, na África as pessoas usam roupas muitos coloridas e vivas realmente muito bacana essa cultura.

Chamamos um garçom e ele veio nos atender um jovem negro por volta de seus 1,75 de altura e seus 22 anos, foi muito gentil, pedimos alguns drinks e aguardamos, assim que saiu olhei para a Shika e percebi que ela se interessou, fiz uma brincadeira ela deu uma risada e continuamos a conversa, logo com o garçom estava retornando ela se virou de bruços deu uma ajeitada pra cima em seu biquíni o qual entrou em sua bunda ainda mais, ficou com as pernas levemente abertas onde mostrava levemente sua bucetinha coberta pelo biquíni, assim que o garçom chegou ela olhou e sorriu agradecendo, percebi ele olhando para sua linda bunda, puxei um assunto aleatório para deixar ele mais a vontade e sentir que poderia olhar sem problemas. Continuamos tomando nossos drinks e aproveitando o ambiente, conversamos e Shika ficou empolgada com o garçom dali em diante resolvemos criar situações para ver o interesse dele. O rapaz já nos atendia com certa preferencia pois percebeu o quanto ela ficava a vontade quando ele estava próximo e o quanto eu não me incomodava com seus olhares. Resolvemos ser mais ousados, em dado momento pedimos uma porção e uns drinks juntos com ela, quando o rapaz estava trazendo, Shika tirou a parte de cima do biquíni e continuou deitada de bruços  quando o rapaz chegou ela se ergueu um pouco da espreguiçadeira mostrando levemente seus seios, o rapaz inevitavelmente olhou e chegou a gaguejar quando puxamos assunto, pude ver que ele não tirava os olhos dela, então perguntamos sobre lugares para curtir a noite e se ele poderia nos apresentar. Logo ele recomendou alguns lugares, entendendo nossa intenção ele comentou que sairia por volta das 19:00 e que se quiséssemos poderia servir de guia para nós. Então passamos nosso telefone para ele e que quando saísse poderia nos mandar uma mensagem. Quando ele saiu demos risadas e continuamos a aproveitar, demos mais alguns mergulhos e logo depois subimos a nosso quarto.

As 19:05 recebemos uma mensagem se queríamos realmente sair, confirmamos e combinamos de ele nos encontrar as 21:00. Então quando fomos nos arrumar resolvemos brincar com ele, começamos a mandar fotos  da Shika experimentando suas peças de roupas e perguntando sua opinião, quando ele recebeu as primeiras fotos dela apenas de calcinha ficou muito empolgado e entrou na brincadeira, a cada foto ela estava mais sem vergonha e a vontade, em dado momento ele aprovou uma calcinha minúscula e um sutiã meia taça, a Shika então ficou sobre a cama com uma cara de safada de quatro mostrando o como essa calcinha escondia pouco sua bucetinha e mal tampava o anelzinho de seu cuzinho. Ele foi a loucura com aquela foto, mandou uma mensagem que adoraria ver isso de perto e para seu delírio falamos porque não mais tarde após nosso tour turístico, o mesmo foi a loucura. Logo pedimos ajuda para escolher um vestido, obviamente foi escolhido o mais curto e chamativo que ela tinha.

Então as 21:00 descemos e ele já nos esperava, pedimos um taxi pois já havíamos bebido aquele dia, quando chegou ela foi andando extremamente sensual e podemos notar o quanto ele estava secando ela, entramos no taxi ele foi na frente e nós no banco de trás, ele conversou em dialeto local com o taxista mas algumas coisas já conseguíamos entender, em sua conversa dava para perceber ele falando sobre minha Shika e sobre o quanto queria foder com ela. Eles então ficaram rindo e nós fingindo que não entendíamos o que estavam dizendo.

Fomos a um bar, local bem agitado com musica boa, comemos algo, bebemos e aproveitamos muito a noite, certa altura ela o chamou para dançar ele me olhou meio como pedindo aprovação fiz o sinal de ok e então seguiu, na pista ela dançava de forma muito sensual e se esfregando nele, notei cada vez ele mais ousados e começando a já passar a mão por cima de sua bunda e entre suas coxas, aquela situação ali onde todos vendo que ela era minha mulher mais dançava com outro homem de forma tão sexy, foi me deixando cada vez mais excitado e não via a hora daquele homem consumar a noite com ela a qual ficamos insinuando aquilo o dia inteiro. Por volta da 00:30 decidimos ir embora e concluir de forma magistral toda aquela encenação prazerosa que ficamos moldando o dia todo, ao retornar para o hotel viemos calados mas notoriamente todos muito excitados e trocando olhares para o que haveria de vir.

Quando chegamos ao hotel descemos e fomos saindo como se fosse ali a despedida, quando o taxi já ia saindo dissemos ao rapaz se ele nos acompanharia em uma bebida no quarto, seu olhar de decepção rapidamente virou um olhar de empolgação. Pedi a ele que fosse no bar buscar uma garrafa de tequila e que nos levasse para o quarto, subimos na frente dele para nos preparar.

Quando então ele chegou no quarto viu apenas eu, o convidei e fechei a porta, feito isso Shika chama e pergunta se a bebida já havia chegado, disse que sim e ela chama para ir ao quarto onde estava. Assim que entramos o rapaz ficou paralisado com a visão.

Shika estava ali, de quatro em sua frente, com aquela calcinha minúscula e aquele sutiã meia taça de quatro sobre a cama, olhou com cara de safada e disse “E então gostou de ver pessoalmente” ele mexeu a cabeça afirmando. Então ela em uma atitude de uma completa puta pergunta se ele gostaria de ver sem nada e se ajudaria ela a tirar, ele me olha perplexo e eu prontamente responde “Siga em frente amigo, gostaria de gozar dessa putinha hoje, minha esposa é chegada em um homem negro e eu adoro ver ela ser arrombadinha por um” ele então entendendo que todo o dia que estivemos ali foi para culminar nesse momento tirou sua bermuda e sua camiseta ficando de cueca e claramente com um grande volume enrijecido por debaixo. Foi em direção dela e logo tirou sua calcinha, vendo sua bucetinha vermelha exposta  começou a chupar timidamente mas logo se deleitando com ela, então estava ali a cena minha esposa de quatro com aquele macho negro fazendo um oral maravilhoso nela e gemendo como uma puta que ansiou por aquele momento, logo ela se vira e vai em direção ao seu pau, o mordisca por cima de sua cueca e começa a retirar, quando aquela vara que devia ter uns 24 cm salta ela vai a delírio, começa então a chupar ferozmente ele, o rapaz vai ao delírio com aquele boquete e começa a desabotoar seu sutiã fazendo seus seios ficarem livres e perfeito. Sentindo o tamanho de seu membro na boca, Shika saberia o que iria enfrentar, então o deita sobre a cama, coloca uma camisinha nele se posiciona e começa a descer lentamente por sua vara, a cada centímetro que entrava seu urro era cada vez maior estava ali como uma leoa no CIO e o rapaz gemia cada vez mais alto como um Leão alpha sobre dominância, quando se deu conta que ela havia que o pau dele havia entrado totalmente em sua bucetinha quase desfaleceu mas logo me olhou como um sorriso de satisfação de orelha a orelha, e dizendo “Olha amor agora sou uma putinha de negão e ele vai me arrombar todinha seu corninho” aquilo me levou a loucura tirei meu pau e comecei a me masturbar ele ficou minha empolgação e começou a subir e descer no pau daquele negão e apesar de ele estar fodendo ela aquilo foi um momento de êxtase puro nosso, ela falava a todo momento “olha amor o negão está me arrombando, me fodendo todinha, minha bocetinha vai ficar toda larguinha,” O rapaz cada vez mais excitado a puxou e começou a beijar ela e chupar seus seios ferozmente, logo a tirou de cima e a colocou de quatro, seu pau começou a entrar e sair daquela buceta com força, a cada estocada eu  podia ver o quanto ele estava arrombando sua bucetinha e o túnel que ali ia se formando, ela mordia a fronha do travesseiro e totalmente submissa aquele negro que com cada vez mais força a arrombava, ela já de pernas tremulas pediu para se deitar e ele então por cima como frango assado veio, beijando do a, fodendo ela ali com suas pernas em volta dele e eu com a visão de ver seu pau entrando até o fundo de sua buceta e suas bolas batendo em seu cuzinho, ela logo o abraçou com força e colou em seu corpo arranhado suas costas e gozando intensamente como nunca havia gozado antes, nesse mesmo momento não contive o tesão e gozei, aquele homem negro ainda viril a virou de lado e continuou a fode – la ainda intensamente, ela meio desfalecida começa aos poucos recuperar seus sentidos e gemer com aquele pau que ainda a penetrava de forma intensa, eu vislumbrado com um dos melhores gozos que já tive, o qual nem participei da ação apenas observando minha linda esposinha sendo arrombada totalmente por aquele negro, ela logo começa a gemer alto e anuncia mais um gozo se mostrando totalmente entregue aquele pau, e eu ciente de que aquela bucetinha sempre iria querer um pau desse a arrombando e já confortável com a ideia que seria  corno e minha mulher uma putinha de negão. Logo o negão aumenta ainda mais o ritmo e logo anuncia que ira gozar, sai de dentro dele e tira a camisinha ela quase sem forças se ajoelha na beira da cama e começa a sentir toda aquela porra em sua boca, engole gota a gota com um rosto de plena satisfação. Nosso amigo com pernas tremulas por ter aproveitado uma mulher maravilhosa daquela se levanta e vai ate o banheiro tomar um banho, enquanto Shika se deita entregue e plena sobre a cama após aquele negro ter a arrombado, pude ver ali com ela de lado o quanto sua buceta estava alargada, logo o rapaz sai e pergunta se gostamos do que acabava de acontecer ali, mostrei a ele o estrago que o fez na bucetinha dela e foi extremamente prazeroso aquela noite. Ele se vestiu e o acompanhei até a porta. Quando retornei ela estava no banheiro em uma ducha, entrei ali então ela sorriu como quem iria querer sempre repetir a dose, nos beijamos lembrando daquele momento e ali no banheiro ainda fizemos sexo, meu pau que não é pequeno podia sentir em cada penetrada o quanto entrava facilmente e percebia o estrago que aquele negro haverá de fazer em sua bucetinha ficamos ali por 5 minutos onde ela falava “Me come amor, mas olha o que o negão fez com minha bucetinha agora não posso mais me satisfazer somente com o seu vou precisar dar pra ele mais vezes.” E  eu falava “nossa sua bucetinha está bem arrombadinha né, então você agora é uma putinha de negão, se demorar a gozar vou ter que chamar ele pra te comer de novo” ali então gozamos novamente juntos e caímos debaixo da agua, alguns instantes nos levantamos e fomos dormir pois ali ainda teríamos mais dois dias para aproveitar o hotel.

Terei ainda mais dois contos para contar nossos prazeres nesta viagem.

10145 views

Contos relacionados

Encontro Inesperado Com A Gordona Do Casal Do Churrasco

Bom...depois de bons encontros com o casal da esposa gordona que conheci na casa dos patrões da minha amiga gordinha negra empregada, vou relatar aqui algo muito rápido que me aconteceu, mas que...

LER CONTO

Seduzi meu primo e trepei muio!

Meu conto é um pouco longo, mais é verdadeiro viu pessoal! Inclusive a foto é da minha buceta! Meu nome é Elizangela! Tenho 30 anos, sou casada, loira, cabelos altura dos ombros, seios médios,...

LER CONTO

Dei pra 5 de casa até a faculdade

Olà,eu sou karen e vou contaroque aconteceu em um dos dias que acordei com fogo na xereca mais vadia do que de costume...jà acordei e subi no meu marido começando a chupar sua piroca e em seguida...

LER CONTO

Seduzido pela coroa – Parte I

Olá Pessoal, tudo bom? Essa primeira parte vai ser um pouco longa pra vocês me conhecerem melhor, mas prometo que daqui pra frente as outros contos vai ser mais direto, mas qualquer coisa comentem. ...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Nalva 30/12/2020 21:04

    adorei o conto muito gostoso bjs

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 3 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2021 - Contos adultos