website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » UMA ESPOSINHA BEM SAFADA

UMA ESPOSINHA BEM SAFADA

Publicado em setembro 22, 2022 por CARLOS A. LYRA

MINHA MULHER FEZ O OUTRO GOZAR – – – UMA TRANSA GOSTOSA COM A MINHA MULHER . …
E ela manipulou o pênis dele até escorrer. Não foi uma punheta, não era uma punheta. Havia diferença. Não tinha o movimento frenético e explícito da masturbação.
Não simulava uma penetração com a mão. Ela brincou, manuseou, tocou, acariciou. Explorava e descobria o pau dele. Expunha a glande, alisava delicadamente com o polegar, depois cobria novamente aquela cabeça que saltava pra fora ao seu estímulo. E tornava a puxar a pele novamente, colocando pra fora.

Massageava o membro inteiro, os testículos, manuseava todo ele.
Com muita calma, com bastante delicadeza. E não tirava os olhos do que fazia um só instante, se deliciando com cada detalhe do que via. Apenas manipulava o membro ereto, rijo. E o devorava com os olhos, sem pressa alguma, como se estivesse hipnotizada por aquela ereção tão dura, ali, na sua mão.

Não quis tê-lo na boca, nem qualquer contato físico maior. Era o combinado, ela quis assim e ele concordou com os nossos termos. Apenas ofereceu um seio nu, com a alça da blusa abaixada, o qual ele acariciava com vontade enquanto saboreava a mão dela em seu pênis.
Apertava, apalpava, massageava com força aquele seio arrepiado.
Ora fitava hipnotizado o peito bonito dela, de fora, sendo massageado pela sua mão, ora olhava pro próprio pau na mão dela, incrédulo. Segurava o seio pelo mamilo e apalpava com vigor, enquanto arfava em transe, deitado, de barriga para cima com o zíper aberto e bermuda abaixada.

Ele ali era brinquedo dela, e o termo era esse: Ela manipulava, explorava, massageava cada detalhe do sexo dele enquanto observava atentamente e sem dizer uma só palavra cada reação física e o membro latejando a cada toque seu.
Não fazia movimentos de vai e vem, apenas mexia nele.
Manuseando e saboreando com a mão e vibrando com os olhos.
Foram dois jatos fortes e potentes em que pegaram ela de surpresa, e um gemido gutural, rouco, enquanto ele se contorcia e abaixava mais ainda a blusa dela, expondo totalmente e deixando os dois seios à mostra.
Ela o segurou pela base e apertou com força, como se não quisesse largar mais, e ficou observando aquilo escorrer, apertando como se ordenhasse, como se quisesse tirar lá de dentro a última gota, com os olhos vidrados na glande que latejava enquanto ele arfava feito um bicho ofegante.

Só aí desviou o olhar do pênis dele e me olhou nos olhos, como se não acreditasse no que havia acabado de fazer, como se quisesse me agradecer ou pedir desculpas, como se procurasse um olhar de aprovação ou reprovação.
Constatou que eu também havia gozado, só de assistir. Cobriu os seios e não disse uma só palavra. E ele em transe, deitado, ainda semiereto sussurrou um elogio para os seios dela, dizendo para mim, me olhando.
Eu falei, deixa ele mamar um pouco. A única palavra que ouvi dela durante todo aquele momento de catarse foi: Posso? Eu acenei positivamente com a cabeça, como que consentindo e disse:
Você quer? Se você quer, pode.
Ela abaixou novamente a alça da blusa e sem falar nada se curvou sobre ele, oferecendo o seio, chegando nos lábios dele, que sugou feito um bebê aqueles bicões que até então eram só meus. A minha ereção voltou de imediato, a dele não. Eu gozei novamente, ele continuou mole enquanto mamava forte no peito dela.

Foi a primeira e única vez que ela consentiu uma experiência real envolvendo terceiros, e até hoje gozamos demais relembrando cada detalhe do acontecido.
Como combinado, nunca mais o vimos novamente e ela diz que às vezes sente vontade de repetir, mas falta coragem.
Enquanto isso ficamos só nas lembranças e na imaginação.

2170 views

Contos relacionados

TEMA – SEXO GOSTOSO EM UMA REDE DE AMIZADES E RELACIONAMENTO DIVERSO

TEMA: - - - SEXO GOSTOSO EM UMA REDE DE AMIZADES E RELACIONAMENTO DIVERSO. - - - CATEGORIA: FATOS REAIS. - - - Os Personagens desta história. ... Olá, pessoal. Os personagens desta...

LER CONTO

Minha amiga da empresa

Sou um cara de 29 anos e sempre busco me cuidar, tenho em torno de 1,80, e 86 kg. Moro sozinho em uma grande cidade e sempre procuro aventuras sexuais. Onde trabalho há várias mulheres, mas poucas...

LER CONTO

Transando na obra com dois pedreiros

Olá, meu nome é Liziane, tenho 30 anos e sou solteira. Separada, na verdade. A história que eu vou contar é do dia em que eu terminei  transando na obra . Há mais de três anos que eu não...

LER CONTO

o passageiro da cabine 57 parte 1

O transatlântico Emily Sea,  cortava os mares do sul  levando a bordo quatro mil pessoas, entre tripulantes e turistas numa viagem dos sonhos. Onde gente de várias nacionalidades, curtiam um...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos