Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos porno » Traindo em intercâmbio – Parte 2

Traindo em intercâmbio – Parte 2

Publicado em julho 17, 2019 por CooledCutie

Enviado por: Letícia RJ

Está é a continuação de Traindo em intercâmbio – Letícia RJ

…dois dias depois Souza me chama para uma conversa noturna novamente, claro, ele queria me comer de novo né. Chegando lá com 10 min de conversa eu mesma disse que queria mais, não fiquei enrolando. Ele já havia combinado com seu colega de quarto que não estava mais por lá. Ele começou como da primeira vez, me chupando e me deixando doidinha, senti um tesao enorme novamente, aquele negão sabia usar a língua. Eu simplesmente relaxei e gozei na boca dele, fiquei meio sem graça, mas… depois ele me comeu, desta vez em pé, se aproveitou por eu ser pequenina e magrinha, me tirou do chão me pegando de frente e meteu aquela pica enorme em mim. Foi bem gostoso até ele gozar e me jogar de volta na cama. Ele ficou acariciando minha pepeca, dando dedada, até que resolveu acariciar a beradinha da porta de trás rsrs eu não sou sempre meu cuzinho, mas quando deixam ele com vontade… aaaah eu dou mesmo.

Ele além de passar o dedo resolveu dar linguado na beiradinha do meu cúzinho. Eu Não estava mais aguentando, ele me botou de quatro, cuspiu no pau e foi colocando devagarinho. Doeu muito no começo, afinal era uma pica grossa demais, mas ele tinha jeito e talento, fez da maneira correta e senti mais prazer que dor. No com a cabeça eu já estava louca, quando ele foi introduzindo todo o restante, eu não aguentei e gemi bem alto. Ele ficou por bastante tempo metendo no meu cuzinho, eu deixei a vergonha de lado, pois tinha que aproveitar aquele momento. Souza resolveu gozar e passou a meter sem pena nenhuma, eu gritei de dor, ele tapava minha boca e aumentava ainda mais o ritmo, até que encheu meu cuzinho apertadinho de gozo. Eu via a cara de satisfação dele, isso me deixava ainda mais feliz, nós nos deitamos, eu fiquei alisando aquele corpão dele, admirando aquela máquina de sexo.

Acordei e, estava lá ainda, pegamos no sono e eu não fui ao meu quarto, já era de manhã. Tive que sair com cautela pra não ser vista. A verdade é que eu me sentia violada, me cú não havia recebido algo tão grande assim.
Eu resolvi passar o restante dos dias mais focada em meu objetivo principal é resolvi dormir cedo e evitar o Souza, até que em meu penúltimo dia me encontrei com ele na hora do almoço e conversamos sobre a despedida, marcamos no mesmo horário e ele ainda disse que arrumaria um vinho para tomarmos.

Chegou a hora marcada e estávamos lá, se sóbria ele já me bagunçou daquele jeito, imagine bebada rsrs chegamos ao quarto e seu colega de quarto estava lá, desta vez, ele era um cara que eu me dava bem também nas conversas durante o almoço, falei que ele podia ficar pra brindar com a gente. Então começamos, conversa vai, conversa vem… acabamos com uma garrafa de vinho, e eu já estava bebinha, o Souza pediu para seu companheiro pegar outra garrafa, ah, o Fernando, como era também chamado por lá o companheiro de quarto do Souza, era moreno claro, rosto bonito, sorriso cativante, e naquele momento pude vê lo sem camisa, era gostoso! Não tão musculoso, mas era sarado. Adivinhem por que estou falando dele???

…enquanto Fernando estava ausente no dormitório, Souza me agarrou e eu não tinha muita força para me defender, deixei ele fazer tudo o que queria. Deitou em cima de mim e foi me deixando pelada. Eu estava com um fogo imenso. Ele se jogou pro lado e disse pra eu ir por cima, montei naquele pirocao dele e fui ser feliz. Comecei a cavalgar. O danadinho do Fernando chegou quietinho e quando fui ver ele está do meu lado com o pau pra fora! Não sei se foi combinado, mas sei que o Souza não disse nada e eu adorei, pois estava com um fogo inexplicável. Eu botei o pau do Fernando na boca, mamei com vontade enquanto cavalgava no Souza. O pau do Fernando não era tão grande quando do Negão, mas era do tamanho convencional, tipo do meu namorado. ele era mais bonito tmbm… ele batia a piroca na minha cara, segurando meu cabelo, ele parecia saber fazer tmbm.

O Souza do nada perguntou a ele “ vai ficar só nessa? “ eu não entendi muito bem, até que Fernando subiu na cama por trás de mim pra encaixar no meu bumbum, eu dei uma ajudinha e me posicionei pra isso. Pronto! Pra uma menina tímida e recatada, eu estava uma verdadeira puta, com dois dentro de mim, o Souza por baixo e o Fernando por cima. Na mesma hora eu gozei, foi uma sensação muito boa. Foi a primeira vez que isso conhecia comigo. O Fernando metia gostoso, eu não sentia dor pois a alguns dias antes a rola do Negão tinha me deixado toda aberta. Resumindo estava tudo perfeito. O Fernando gozou primeiro e depois foi a vez do Souza.

Eu me sentia uma puta, me sentia muito gostosa e o centro das atenções com aqueles dois gostosos me fodendo. Os dois dicaram em pé então eu fui chupando um pouco da piroca de cada um, alternando, chupava de um e segurava de outro, me senti uma atriz pornô. Meu fogo era tanto que disse a eles que queria mais pica, Fernando me emburrou pra trás na cama e veio por cima de mim, metendo na maior velocidade. O Souza pra não ficar parado subiu na cama e se agachou sobre minha cabeça botando aquele saco preto pra eu chupar, eu chupei aquelas deliciosas bolas dele, ele era todo raspadinho, era uma delicia chupa lo. O Fernando meteu até gozar, eu gozei junto. Enquanto o Fernando deu uma parada tirei as bolas da boca e pedi pra que Souza me comesse de novo. Desta vez foi de lado, ele falava coisas maravilhosas no meu ouvido, eu gozei pela segunda vez. Ele pediu pra se despedir do cuzinho, me pegou em pé mesmo, botei as mãos na parede e joguei a bunda pra trás. Já entrava novamente aquele mastro na minha bunda. Ele metia sem pena e eu já estava acostumada, meu cu estava bem largo já. Fernando pede pra participar de novo e nos três deitamos na cama, fizeram um sanduíche comigo, eu levava pica por trás e pela frente, eles metiam com a vontade de um cavalo. Finalizei a noite bebada, feliz e bem comida.

No último dia eu só pensava em não deixar meu namorado perceber nada do que tinha acontecido. Pagamos o voo de volta pra casa, eu e as meninas ganhamos muito conhecimento, e eu ainda levei de quebra uma experiência sexual incrível. O Souza e o Fernando ficaram me seguindo no insta, curtem todas as fotos que posto, é toda vez lembro daquele sexo maravilho que faziam.

4158 views

Contos relacionados

O coroa feio arregaçou a buceta da novinha

Enviado por: Anderson Me chamo Anderson sou um coroa de 40 anos, moro em Brasília, era uma quarta feira feriado eu me levantei cedo me sentindo péssimo, sozinho, tomei um banho me perfumei olhei...

LER CONTO

Loirinha Tomou Gesso do Negão

Enviado por: Manuella Em primeiro lugar, não tenho paciência com homem machista, hipócrita que acha que a mulher não tem o direito de se divertir e de sair com qm ela quiser. Mulher tem o...

LER CONTO

Teste do sofá porno com um produtor safado

Olá, sou assistente de palco, tenho 1,70 de altura, 65 kg, 67 de cintura, 100 de quadril, 90 de busto e mais de mil horas de pica por ai... Vou contar para vocês como foi um teste do sofá porno ...

LER CONTO

Uma transa fantástica com minha esposa

Certo dia estava eu e minha esposa em casa curtindo um dia de folga. Eu estava com tanto tesão que toda hora que ela passava perto de mim ficava de pau duro imaginando comê-la e chupa-la de todas as...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos