Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » Trai meu marido com um gostoso negão no condomínio – 1º Capitulo

Trai meu marido com um gostoso negão no condomínio – 1º Capitulo

Publicado em junho 16, 2022 por CARLOS A. LYRA

Trai meu marido com um gostoso negão no condomínio

C. Carlyle Lyra

– . . . – Introdução – Olá, pessoal. Tudo em paz com vocês. … Eu me chamo Lidiane, tenho 28 anos e essa minha fantasia real aconteceu dentro do meu condomínio. … Sou uma mulher morena, alta, bem financeiramente, meus seios são bem vistosos e atraentes. … desperto desejo em vários homens.

Continua depois da publicidade
 

– . . . – Eu estava de férias do trabalho e não tinha o que fazer. … Período muito quente aqui na nossa cidade. … Uma cidade colada à Brasília, no Entorno de Brasília. Uma cidade onde prolifera aqueles condomínios de construtoras ligadas aos programas sociais de moradia do governo. …

– . . . – Como estava muito calor, meu filho pediu para brincar no ‘parquinho’ do condomínio. … Coloquei uma bermuda bem colante no corpo e a calcinha bem colada no rego da bundinha e que deixava os homens loucos de tesão. … Coloquei uma blusa bem sensual de alça que desenhava o formato dos meus seios. … Sentei no banco para vigiar o meu filho que fica próximo ao parquinho. … E fiquei mexendo no celular enquanto meu filho brincava. … 15 minutos depois chegaram uns 12 rapazes para uma partida de futebol na quadra esportiva que tem no condomínio. … A partida começou e eu fiquei observando os rapazes jogando a partida. …

Continua depois da publicidade
 

– . . . – Neste dia eu estava seca de tesão para que meu marido, Eduardo, me desse uma boa e gostosa ‘fodida’. … Mas ele acabou dormindo cedo. … A desejada ‘foda’ ficaria para mais tarde. …

– . . . – Fiquei assistindo a partida, mas por curiosidade dos rapazes que estavam na partida, já que não tenho interesse em partida de futebol, seja qual for. … Alguns estavam jogando sem camisa e outros com camisa. … Talvez seja para diferenciar as equipes no jogo. … Imaginei eu. … Os que estavam sem camisa eram bem interessantes. …

– . . . – Percebi que alguns deles me observavam com muito interesse. … Alguns, sem camisa, eram até bem interessantes. … Bonitos e podemos dizer, gostosos e musculosos sem exagero. … Percebi em um rapaz negro, cabelos no estilo militar, muito simpático e atencioso com todos da partida. … Tinha um corpo atlético e bem-feito. … Era musculoso, bem definido, mas não exagerado. … Percebi que era casado, pois tinha duas alianças nos dedos. … Fiquei encucada. … Por que duas alianças nos dedos??? … A minha viajou a centenas e centenas de quilômetros, imaginando esse porquê?

– . . . – Nas jogadas dele, ele me observava atentamente e casualmente me mandava beijos bem delicados para que ninguém percebesse. Ele me mandava e discretamente dava vários apertos no cacetão dele. … Percebi que ele deveria ter uma piroca bem volumosa, já que no short demonstrava isso. … Eu disfarçava e abaixava a cabeça. … Eu ficava rindo daquela situação. … Mas, aquilo foi me deixando excitada e descontrolada de tesão. … Com a partida em andamento, percebi que tinha mais uns quatro também me olhando, secando e me comendo com os olhos. …

– . . . – Mas, o meu tesão era por aquele negro musculoso e charmoso. … Ele estava me deixando louco de tesão. … Eu não parava de pensar nele. Imaginava ele em cima de mim, enfiando aquele caralho negro nesta buceta toda loira. … Ele me comendo gostosamente. … Eram pensamentos. … Somente. …

– . . . – A partida foi encerrada e os rapazes foram para fora do condomínio já que lá fora tem um local para o pessoal se molhar e tirar o suor da partida. … Mas o meu gostoso e charmoso negro de um sorriso aconchegante. … Ele ficou sentado na quadra fazendo alguns exercícios, do tipo militar e foi se aproximando de mim, depois. …

– . . . – Ele me comia inteiramente com os olhos. … Me sentia possuída por ele. … Mas, a minha curiosidade eram as duas alianças. … Pensava na maneira e forma de nos transarmos nesse mesmo dia, já que meu marido preferiu dormir, ao invés de dar uma boa ‘trepada’ comigo. …

– . . . – A minha imaginação voava nas prováveis sacanagens que iríamos fazer. … Eu já tinha um assunto para conversar com ele. … E isso já me bastava. … Mas, também queria muito ‘foder’ com ele. …

– . . . – Pensei de todas as formas de como me aproximar dele e a vantagem que ele estava só na quadra e estava facilitando nossos desejos. … Percebia que ele queria me ‘comer’. … Os gestos, as atitudes e a forma de direcionar as mãos ao seu ‘pau’, era uma forma evidente de que queria muito ‘foder’ comigo. …

– . . . – Alguns rapazes entraram no condomínio e o chamaram para irem embora e eu o escutei falar que iria mais tarde pois tinha compromissos dentro do condomínio. … Com certeza, era um pretexto para ficar comigo e tentar me ‘comer’ de qualquer forma. … Mas, também esse era o meu desejo. … Eu queria muito experimentar e saborear aquela negra piroca. …

– . . . – Me aproximei dele e perguntei se tinha vaga para mais um participante. …

– . . . – Ele educadamente fala: … Mas, você joga bola, também!!!. …

– . . . – Eu disse: Não!!! É para o meu marido!!!.

– . . . – Ele. … Ok!!!. … Entendi. … Pede para aparecer e tem uma vaga para ele sim. …

Eu perguntei. … Quais são os dias que vocês vem jogar aqui???. …

Ele: Todas as terças e quintas, na parte da manhã. …

Ela: E o trabalho de vocês permitem essa rotina de diversão. …

Ele. … A maioria de nós somos militares e esses dias nós somos liberados do expediente da parte da manhã.

Ela. … Então, você é militar. … Por isso, esse corpo esbelto, atlético e formoso. …

Ele. … Deu sorriso de alegria e agradeceu o elogio.

Eu percebia, mesmo discretamente, mas desejosa de ‘comer’ aquela piroca, hoje ainda. Em mexer com frequência a piroca e as nádegas. … Imaginei. … Nas nádegas era para sentir eu apertá-la com gosto e vontade. …

Perguntei o que ele era dentro do quartel e ele falou: … Sou oficial paraquedista do Exército e sirvo na Brigada de Infantaria do Exército. … E falou: Sou Capitão. …

– . . . – Dei um largo sorriso de alegria e ficamos conversando por alguns minutos e perguntei. …

– . . . – Alex, ele já tinha se identificado, me mata uma curiosidade. … Desculpe a intromissão! …

– . . . – Ele, educadamente, fala: … Sem problemas!!!. …

– . . . – Ela: … Querido, essas duas alianças, por que!!!. …

– . . . – Ele, olha para Lidiane fixamente e fala: Um acidente de carro matou a minha esposa e a minha filha de um ano. … Ela pediu mil desculpas e deu um beijo no rosto dele. …

– . . . – Ele segura as mãos dela e dá um beijo na boca dela. … E a Lidiane estremece de prazer. …

– . . . – Eu senti um desejo enorme de perceber que ele queria me possuir, me amar e me ‘foder’ de todas as maneiras. … Via nos olhos dele isso. …

No segundo Capítulo: Um tesão irrefreável. … O gostinho de ser pirocada por 23,5 cm.

C. Carlyle Lyra

7283 views

Contos relacionados

Metendo na baia

Olá novamente, sou a Moa. Meu conto anterior foi o primeiro e foi sobre meu primeiro namoradinho quando eu tinha apenas 15 aninhos. Hj tenho 31, sou morena e uma gordinha gostosa. E como prometido,...

LER CONTO

Virei escravo da minha mulher

Virei escravo sexual da minha esposa Obs.: Amor meu, minha mangabinha se por algum acaso você ler isso não precisa brigar comigo não... Pois é só um conto que estou escrevendo. Ok? Olá...

LER CONTO

Ajuda a uma amiga

Enviado por: Ana O que conto aqui realmente aconteceu, única não verdade são os nomes que vou alterar. Meu nome é carla sou uma mulher normal, casada e feliz, tenho uma vida sexual ativa que...

LER CONTO

Uma viagem inesquecível

Essa história começa numa reunião de amigos que sempre se encontravam num determinado dia da semana. Geralmente eram casais, mas nesse dia também tinha uns amigos descompromissados. Era uma...

LER CONTO

Trai meu marido com um gostoso negão no condomínio – 4º Capítulo

Trai meu marido com um gostoso negão no condomínio – 4º Capítulo C. Carlyle Lyra - . . . – Introdução – 4º Capítulo – - . . . – Depois das declarações do Fernando e do...

LER CONTO

Minha Tia Novinha E um Tesão. … E Linda

Minha Tia Novinha E um Tesão. ... - . . . - A história que eu irei lhes contar é sobre o meu relacionamento com a minha Tia Ana Alice. Alice nasceu cinco anos antes de mim. - . . . - Quando minha...

LER CONTO

Swing no Caribe – EP 07 – Entrega Total

Episódio 07 - No Episódio 06, Sara tem seu primeiro e intenso orgasmo com outro homem, aumentando seu entusiasmo, indo logo atrás de mais emoções.  Passando de tímida para ousada, usa seu...

LER CONTO

Uma Patroa Safada – Tesuda e Gostosa

Tema – Uma Patroa Safada – Tesuda e Gostosa Personagens – Fernando (Empregado) – Luis (Dono) – Melissa (Esposa do dono) – Carol (Secretária) - . . . – Me chamo Fernando, sou vendedor...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos