Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » traí meu marido com o auditor

traí meu marido com o auditor

Publicado em agosto 16, 2020 por Célio Araújo

Traí meu marido com auditor

Tenho 38 anos e trabalho em uma empresa pública no setor administrativo, tenho algumas responsabilidades sérias e na empresa é grande o número de funcionários do sexo masculino. No setor onde trabalho, todos os chefes são homens e nós mulheres somos bastante assediadas. Meu marido sempre me pergunta se alguém me deu cantada e por vezes me diz que gostaria de saber.

Continua depois da publicidade

Me considero uma mulher madura e segura das minhas ações.

Minhas colegas de trabalho sempre fazem comentários e conversam sobre homens bonitos, clientes e colegas charmosos, porém, não nos abrimos muito a não ser com algumas amigas.

Foi conversando com uma amiga que começou a despertar minha curiosidade.

Continua depois da publicidade

Então um dia chegou um auditor para fazer um trabalho temporário e ele era mais velho, ou melhor, bem maduro, e isto era perceptível nas suas conversas, pois se tem algo que não me impressiona é diálogo vazio. E ele definitivamente tem bastante conteúdo, (e como tem em todos os sentidos rsrsrs…) Isto era motivo de conversas entre eu e duas amigas de trabalho, até que um dia, uma delas saiu com ele.

O comentário dela foi maravilhoso e incentivador. Outra semana quem saiu com ele foi Eloíza e me disse particularmente que foi muito bom e que aquilo revigorava o sexo no casamento dela. Ela sim, me incentivou muito a transar com o auditor. O argumento dela é que tem que haver sexo extra casamento e que a primeira traição deve ser com um homem que saiba fazer bem.

A grande verdade é que após estas conversas, não sei como começou, só sei que de uma hora pra outra comecei a me sentir atraída por ele e percebi que era correspondida.

Começamos aquela brincadeira de olhares, de gato e rato, de sedutora e seduzida e vice-versa. A gente começou com as trocas de palavras em duplo sentido, eu já chegava excitada só de pensar em passar o dia perto dele, eu sou muito atirada e quando estou com tesão não me intimido vou pra cima e ele não era nem um pouco diferente diga-se de passagem era extremamente safado.

Sou casada e tenho um bom relacionamento com o meu marido, inclusive sexualmente falando. O auditor também é casado e é apaixonado e mantém uma relação também equilibrada. Logo o lance que aconteceu com a gente é de um tesão absoluto sem precedentes.

Criamos a oportunidade ali mesmo no trabalho.

Quando a gente não estava se esfregando, a gente estava falando coisas picantes, e toda vez ele ficava de pau duro e aquilo me excitava muito e fazia sentir a minha boceta tremer de tanto desejo. Ficava tão molhada que chegava e encharcar a calcinha. Mesmo com todo esse tesão a gente nunca chegava a lugar nenhum, até que um belo dia na hora do almoço (pois ficávamos sozinhos na sala ), depois de algumas insinuações ele se abaixou e começou a lamber meus pés e chupar meus dedos, massagear minhas pernas e se levantou e me mostrou aquele pau duro. Só de ver aquilo me excitou de uma tal forma que me aproximei e fui logo colocando aquele cacete na minha boca. No começo lambi tímida, mas depois sentindo aquela pica dura e grossa na minha boca, foi me deixando louca e comecei a mamar, como se fosse uma criança.

Ele empurrava sua pica como se tivesse me comendo e eu engasgava, mas não largava e naquele momento a minha buceta latejava de tanta vontade de ser comida, mas chupar aquela pica também era tudo. Ele percebendo que eu me queimava de tara, começou a me tocar, quando ele sentiu que estava encharcada, começou a me chamar de gostosa e dizia: “Goza gostosa, goza sua boazuda”. Aquilo me deixava louca, mesmo sem tirar o pau dele da boca não conseguia deixar de sentir o toque dele no meu ponto “G”. Eu sabia que ele estava se segurando pra não gozar até que ele falou: “Goza putinha, goza, não era isso que queria? Goza pro teu macho, goza”. “Para de chupar e goza agora”. Eu não aguentei e comecei a gozar nos dedos dele, com tanta vontade e ele não parava de massagear meu grelo, eu já não aguentava mais, mas ele dizia: “goza mais, goza minha putinha, goza boazuda, goza”, e continuei gozando, tremendo o meu corpo todo sem deixar de chupar aquela pica gostosa, o meu pauzão, até que ele não aguentou e gozou na minha boca.

Depois nos arrumamos rápido, pois como já tinha comentado antes estávamos no local de trabalho e logo iríamos começar outro expediente, ele todo lambuzado de gozo e eu toda melada, mas inundada de prazer. Esse foi um caso delicioso, porém, faltou ele enfiar aquele pauzão na minha xoxota. Ele é de Belo Horizonte e eu sou de Vitória – ES

Quando cheguei, custei esperar para contar tudo pro meu maridão. Queria contar na cama e ver como seria a reação dele, e foi a melhor possível. Transamos deliciosamente e ele me pediu para repetir e completar todo o meu desejo de colocar aquele pauzão na minha buceta. Até um dia…

9293 views

Contos relacionados

O dia que dei para um macho com meu namorado corno dormindo do meu lado

Esse conto de sexo começou em um dia de sol, em uma manhã de sábado em que toda a galera se reunia na piscina de uma casa de eventos aqui perto. Lá era bem baratinho para entrar e os nossos amigos...

LER CONTO

Tudo começou com uma massagem tântrica

Bom pessoal, Sou o Neto, tenho 51 anos, engenheiro, um bom porte físico, mesmo já sendo um coroa e vou narrar uma estória que me aconteceu a pouco tempo. Sou de Recife e atualmente moro numa...

LER CONTO

Marido pediu para seduzir sua esposa em Curitiba

Enviado por: Bruno Sou de Curitiba e recebi um e-mail de um rapaz chamado Wagner, assim vou chamá-lo. Wagner é casado com Alice, ambos 31 anos, casados a 4 anos, Wagner tinha a fantasia de ver...

LER CONTO

Dia que Comi a Namorada Do Vizinho

Hoje vou falar de Amanda, trabalhava com namorado na loja ao lado da minha, loira altura média, e uma bunda e peitos que me deixava sempre de pau duro. Ela e o namorado trabalhavam juntos, porém na...

LER CONTO

Minha primeira traição

conto erótico minha primeira traição ♠️ olá sou a bruna tenho 27 anos sou casada a 9 anos . minha primeira traição foi com um rapaz do meu serviço. ele. era bem mais novo que eu.na...

LER CONTO

CORNO ASSISTE EU FAZENDO DP COM PEÕES, EM NOSSA CAMA.

Meu corno manso assistindo a dois peões enfiando os caralhos no meu cu e buceta, em nossa cama. Vejam que cenas deliciosas. Tem de ser muito corno mesmo para ser casado comigo. E isso eu digo desde...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos