website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » SOU UMA DELICIOSA ‘PUTINHA’ DO MEU PAI

SOU UMA DELICIOSA ‘PUTINHA’ DO MEU PAI

Publicado em julho 1, 2022 por CARLOS A. LYRA

SOU UMA DELICIOSA ‘PUTINHA’ DO MEU PAI
– . . . – Eu me chamo Lia, tenho 18 anos, sou loira, tenho cabelos longos e, modéstia à parte, tenho um corpo muito lindo. Acho que isso que chamou a atenção do meu padrasto tarado, que é uma pessoa muito legal e trata minha mãe como uma rainha e eu como uma princesa.
– . . . – Moramos em uma casa não muito grande, tem apenas 2 quartos e eu sempre tive o meu quarto, sou filha única e minha mãe tem uma loja e meu padrasto trabalha em agência de carros.

– . . . – Eu estudo na parte da manhã. Minha mãe saia mais tarde de casa, meu padrasto e eu, saímos praticamente juntos e ele chega primeiro que minha mãe. Chego em casa praticamente na hora do almoço, faço minha comida e ele chega umas 15h, as vezes 16h. Costumo ficar no meu quarto o tempo todo, assistindo série ou estudando. Certo dia, ele chegou um pouco cedo demais, estranhei e fui perguntar se havia acontecido algo, diz ele que não, apenas que o movimento da agência estava devagar e ele resolveu voltar para casa e resolver umas papeladas.
Fiz cara de quem não se importava e voltei para meu quarto. Passou cerca de uns 15 minutos e ouço baterem na porta, vou ver, era ele.

– Oi?
– Ta muito ocupada? Preciso de uma ajuda…
Eu como de costume, uso meu shortinho curtinho de dormir, uma blusa não muito aperta e fico sem sutiã.
Quando saí do quarto e passei por ele, notei um certo olhar, um olhar diferente, com malícia. Deixei pra lá, não me importei, até porque ele nunca falou ou fez algo comigo.
Cheguei até a mesa, me sentei e perguntei no que ele precisava de ajuda. O cara era inteligente, me explicou direitinho o que precisava, eu entendi e como uma boa “filha”, ajudei sem reclamar.
Certo momento, senti sua perna esfregando na minha por baixo da mesa, dei uma olhada para ele, e ele nem tchum.
Achei que foi apenas um “acidente”, segui o baile…

Não demorou muito e sinto de novo, então eu pergunto o que está acontecendo e ele responde:
– Sabe o que é, Lia… (pausa) tem um tempinho que eu não consigo parar de te olhar, de te desejar, eu sei que é errado, sou seu padrasto, e amo sua mãe, mas você é muito gostosa!
Confesso que fiquei espantada na hora, e disse que isso não poderia acontecer, me levantei e fui saindo em direção ao meu quarto.
Quando sinto ele me puxando pelo braço, me abraçou forte por trás e pude sentir o volume do seu pau já duro sobre a bermuda, minha buceta até piscou na hora, eu não sabia o que era sexo a um bom tempo, e isso me atiçou muito. De repente foi me dando uma coisa estranha, foi subindo um calor que não me aguentei. Foi me dando vontade de aproveitar e foi o que eu fiz.

Ele mexia o pau dele no meio das minhas nádegas e eu continuava ali, sem fazer nada. Teve uma hora que eu não aguentei e dei um gemido. Ele viu que eu estava gostando e foi aí que ele me virou de frente pra ele e perguntou se eu queria mesmo fazer aquilo com ele.
Como eu não respondi, ele me deu um beijo bem gostoso na minha boca e começou a chupar meus seios e me chamava de piranha, de puta. Meu deussss!!! Aquilo foi me dando coragem de reagir, puxei ele para meu quarto e peguei na piroca dele, que estava dura como uma pedra.

– – – Ele logo ele tirou minha roupa, começou a chupar a minha buceta. Que chupada mais gostosa!! – – – – – Tive meu primeiro orgasmo com ele. Aquela gozada me deu uma moleza e minha pernas ficaram bambas.
– – – Não demorou muito e meu padrasto botou a piroca na portinha da minha buceta e ficou passando, pra cima e pra baixo, seu pau deslizava fácil na minha buceta que já parecia um rio a essa hora, toda meladinha só para ele.
– – – Soltei um gemidinho quando ele foi empurrando devagarinho, bem suave e logo senti seu pau todo dentro de mim, parecia que era a primeira vez que eu estava abrindo minha buceta pra alguém, parece que perdi meu cabaço de novo, seu pau era grande e grosso, foi como se estivesse sentindo-o rompendo. O safado nem quis saber se eu tinha sentido dor ou não e já foi metendo o pau, bem devagar. Logo a dor foi passando e ele foi aumentando o ritmo e eu fui gostando.

– Aí que delícia!!! Mete gostoso!! Mete!!
– – – Fui gemendo cada vez mais alto e ele enterrando forte em mim e ele me colocou de quatro, puxou meus cabelos, deu tapas na minha bunda, me chamava de safada, putinha tarada e piranha gostosa que eu era a sua puta, eu ouvindo isso já estava quase gozando quando ele disse que ia gozar e, não se aguentando mais, gozou dentro da minha buceta e eu também gozei como uma desesperada.
– – – Era a coisa mais louca que eu já tinha feito na minha vida. Era muita porra. Fiquei com as pernas bambas novamente.
– – – Não demorou muito e meu padrasto foi botando a piroca para fora novamente e mandando eu chupar.

– – – Eu, fui colocando o pau dele na minha boquinha. Aquela pica foi crescendo dentro da minha boca e fui chupando, chupando e chupando e ele logo gozou na minha boca e eu engoli tudinho.
Já faz 01 ano que sou a puta do meu padrasto e minha mãe nem pode desconfiar.
– Ele é um cara experiente e fode muito gostoso, não da para resistir a esse homem!
C. Carlyle

 

Leia outros Contos eróticos picantes bem excitantes abaixo:

SCAT COM SELMA DO RECIFE. CORNO VIU TUDO.

CORNO DEIXA EU RECEBER MACHOS SUJOS E SUADOS EM NOSSA CAMA.

19105 views

Contos Eróticos relacionados

INJEÇÃO NO BUM BUM

INJEÇÃO NO BUMBUM No início da semana, minha mãe me acompanhou na ida ao médico por conta de uma alergia que me incomodava; saímos do médico já com a receita na qual dizia que eu deveria...

LER CONTO

A melhor gozada de todas

No dia 09 de Novembro uma amiga entrou em contato comigo para ajudá-la com um trabalho da empresa que ela trabalha, o trabalho se tratava de um designer de fardamento (que é um dos meus dons), como...

LER CONTO

Enrabando a enteada no cinema

Enrabando a enteada no cinema

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Safadezas Na Fazenda

Safadezas Na Fazenda

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Enrabando a enteada no cinema

Enrabando a enteada no cinema

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

UM DIA MARAVILHOSO DE PUTARIA

- - . . . . - - UM DIA MARAVILHOSO DE PUTARIA. - - - Minha empregada evangélica é uma putinha gostosa Ja tenho outros relatos aqui mesmo sobre as nossas metidas…. Ela é uma negra, casada,...

LER CONTO

NAMORO SECRETO – A MINHA LIBERDADE

NAMORO SECRETO (1) Não tem nem um mês que completei dezenove anos e já estava sentindo o “cheiro da liberdade”. Quer dizer, do jeito que eu sou já sentia cheiro, gosto e as sensações. Meus...

LER CONTO

Swing no Caribe – EP 01 – Início das Férias

Os homens também são capazes de produzir conteúdo erótico para mulheres e todos os gêneros. Basta ter a sensibilidade para entender o prazer de cada um, sem abrir mão da ousadia das fantasias...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 2 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos