Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de fetiche » Sentando no titio

Sentando no titio

Publicado em abril 10, 2020 por Rodrigo carmona santos

Olá eu sou karen,19 anos,cabelos longo pretos,branquinha,baixinha,bunda empinada e um pouco safadinha kkkkk vou relatar pra vocês o dia que sentei no meu tio.

Eu sempre tive tzão no meu tio Breno um macho branco,grandão,brincalhão,mãos grandes e sorriso penetrante. Ele é tenente e sempre me tratou com muito amor me tratando como se fosse uma filha,mas de uns tempos ai eu comecei a olhar ele com outros,sentia tzão quando ele me abraçava forte,jà tinha até batido umas siririca imaginando aquele corpo grandão por cima do meu,mas eu ficava sempre na minha.

Continua depois da publicidade

Até que um dia ele sofreu um acidente e quebrou os 2 braços e por coisa do destino fui designada a ser a cuidadora dele por um tempo,a primeira vez que dei banho nele fui muito tenso,ele super envergonhado e eu curtindo acariciar aquele corpo parrudo peludão,segundo dia ele já tava mais tranquilo brincando e eu jà na maldade querendo realizar um sonho de muito tempo. Depois qie dei banho o levei pra cama e quando eu estava o enchugando parei naquela pica mole e cheia de pentelhos e comecei a apertar e amassar….ele perguntou que porra é essa? Você tà maluca. Me respeita,respeita teu pai e nossa familia.

Mas eu não quis nem saber cai de boca e mesmo ele reclamando o pau endurecia me deixando ainda mais louca,ele falava pra eu parar,mas nao podia fugir por que estava imobilizado e quem estava no comando era eu….quando ele viu que não tinha jeito parou de falar e eu fiz meu trabalho de putinha.

Depois de um tempo chupando ele,subi na cama abri bem as pernas e levei minha bucetinha em direção a boca dele,por um momento tentou recusar mas logo jà estava apertando chupando meu grelo e lambuzando minha bucetinha,confesso que nenhum macho tinha me chupado daquele jeito e tava tão gostoso que eu apertava a cabeça dele contra minha buceta que as vezes deixava ele sem ar….. Depois de muito nos chupar era hora de sentar na pica do titio e eu sentei com o maior prazer do mundo,subia,descia e mordia o pau dele com minha buceta e ele ficou louco perguntando como eu conseguia morder o pau dele com minha buceta.depois de uns minutos titio não aguentou e explodiu em gozo enchendo minha bucetinha de muito leite quente…. E foi assim por quase 2 meses cuidando do meu titio.

Continua depois da publicidade

13037 views

Contos relacionados

CHEIRO DA BUNDA E DOS PEIDOS DE SELMA DO RECIFE

Meus queridos amigos, tenho uma coisa para contar para vocês. Aliás, não contar. Quero relatar e confirmar algo que o Brasil todos já sabe. O cheiro da bunda de Selma e do seu ânus é uma coisa...

LER CONTO

Come uma gordinha que conhece no Bar

Fala galerinha! bl? Vamos para mais um Conto Adulto. Era uma noite de sábado e eu fui tomar uma cerveja em um barzinho perto de casa. Entre uma cerveja e outra avistei uma gordinha gostosa pra...

LER CONTO

Cheiro Gostoso de Fêmea

Trabalhei minha vida toda em fazendas, minha mãe pegava muito no meu pé pra estudar ( coisa que fiz depois de velho), não deu certo. Enfim... por estar nesse meio, lidando com boiada e tropa,...

LER CONTO

A Minha Professora Colombiana

Nas faculdades federais, é comum ter aulas com professores estrangeiros. Durante meus 4 anos de economia eu tive aulas com indianos, gregos, portugueses, argentinos... Mas foi uma caliente professora...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • Erick 15/04/2020 23:02

    Como eu tenho vontade de fazer amor com uma sobrinha! Amei seu conto.

  • juan Pablo Gomes Lescano 13/04/2020 00:13

    Excelente conto. Lembra muito de mim com minha sobrinha. Durou quase um ano. Ela até queria casar comigo. Até falou com minha irmã, mãe dela. Se apaixonou no serviço bem feito.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2021 - Contos adultos