website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

Réveillon

Publicado em maio 17, 2023 por Torres
5
(1)

Fomos passar a passagem de ano no litoral, apenas eu e minha filha, minha esposa teria de ficar cuidando de minha sogra que estava de cama.

Cobertura do Edifício, apenas eu e minha filha Clara, eu havia colocado minha roupa branca como de costume, Clara por sinal apareceu apenas com um vestidinho curto, o que me deixou surpreso foi que ao passar pela sala, a luz do ambiente me permitiu vislumbrar seu corpinho por debaixo daquele vestidinho, que demonstrou estar sem calcinha e sutiã, o que me deixou louco, então questionei.

– uau filha, você esta linda, mas vai passar o ano novo assim mesmo, só com essa roupinha?

+ obrigada pai, vou sim, afinal somos só nos dois aqui em cima, está ótimo assim, só não fico pelada porque esta pouco frio lá fora, risos.

– assim você deixa seu pai louco risos

+ risos, você deveria ficar mais a vontade também pai, tem muita roupa ai.

Estava apenas com uma camisa leve, cueca e calça, acho que ela queria dizer sobre a cueca, porque o resto me deixaria pelado, não me fiz de besta, fui no banheiro e tirei a cueca, ficando apenas com aquela calça branca e camisa levemente aberta.

– Esta melhor assim filha?

 

+ muito melhor pai, ficou um gato gostoso risos

Estávamos tomando alguns drinks, e conversamos sobre a vida, o tempo foi passando, foi possível notar Clara um pouco alterada, em contagem regressiva para começar o ano novo, ela se posicionou na fachada para ver a queima de fogos, no canto esquerdo havia um muro de proteção um bom espaço para de proteger, chamei clara para esse local, alegando que era perigoso ela se debruçar sobre a parte de vidro, poderia cair daquele local, ela veio e se posicionou na minha frente, e com uma voz suave me disse.

+ me abraça pai, esta pouco frio.

Abracei por trás encostando todo meu corpo sobre o dela.

– esta bom assim filha?

+ esta ótimo pai, que gostoso, você tem o corpo quente.

– mas se ficarmos muito juntos vou pegar fogo.

+ não tem problema, pegamos fogo nós dois juntos risos.

A queima de fogos começou, agarradinho com minha filha clara, meu corpo foi ficando bem quente, meu pau roçando na bunda dela começou a dar sinal de vida, a safadinha foi pressionando sua bunda contra meu corpo, resolvemos nos virar de costa para queima de fogos e enviar fotos para minha esposa que estava com sua mãe, a safada só tirava fotos da cintura pra cima, para não ser possível sair na foto ela roçando a bunda no meu pau, cada vez se mexia mais, com varias desculpas que as fotos não estavam legais, cada vez mais pressionando sua bunda contra meu pau, até que certo momento a safada com uma mão tirando a fogo apenas de nossos rostos, com imagem dos fogos atrás, enquanto com a outra mão, ela segurava meu pau e pressionava com vontade, acabando a seção de fotos, não resisti, nos viramos de volta para praia, pressionava mais meu pau na bunda dela, ficamos ali brincando de safadeza um pouco, até que não resistindo, tirei meu pau da calça, levantei seu vestidinho, e empurrei meu pau gostoso na sua bucetinha, enquanto abraçava ela e pressionava seus seios sobre o vestido, ela estava adorando essa safadeza, ficamos ali por alguns minutos ate acabar a queima de fogos, depois coloquei ela no meu colo, e beijando ela como se fôssemos namorados, levei para a sala, sentamos e ela começou a cavalgar no meu pau e  me beijar, ficamos alguns segundos até que não aguentando mais gozei muito na sua buceta, chupei seus seios como duas peras deliciosas que eram, minutos depois ela repousou sobre meu corpo cansada e bêbada, levei para seu quarto, e fui dormir no meu quarto, demorei pra dormir pensando em toda aquela safadeza, era minha filha, não podia acreditar que fizemos sexo, mas o tesão falava mais alto, acordei e quando me levantei, minha filha clara estava na piscina tomando banho, quando saiu toda peladinha, deitou na cadeira para se bronzear, eu ainda com a calça vendo aquela delicia peladinha, ela me pediu para passar bronzeador no corpo dela, não me fiz de besta e fui prontamente, passando em todo seu corpinho.

– gostou de ontem a noite filha?

+ amei pai, foi maravilhoso, passa o bronzeador em todo meu corpo esta bem?

– sim filha, com prazer.

+ prazer quero sim, quando fomos tomar banho juntos risos

– hmmmm você quer tomar banho comigo é?

+ quero sim vou te lavar todinho, seu gostoso.

Meu pau começou a ficar bem duro, para não comer ela ali mesmo, terminei de passar bronzeador e fui para piscina se refrescar.

Meia hora depois, fomos tomar banhos juntos, a safada sabia mamar uma rola, chupava com uma maestria que quase gozei na boca dela, tentei resistir ao máximo para não gozar na cara dela, queria gozar de novo naquela bucetinha linda, chupei ela, transamos tão gostoso que não resisti e gozei de novo na bucetinha dela, mais tarde transamos de novo, e me deliciei no 69 com minha filha clara, que visão linda daquela bucetinha e aquele cuzinho, nos dias que seguiram transamos muito, voltamos para casa e ela agia como se nada tivesse acontecido, embora eu tivesse que bater algumas punhetas para aliviar a tensão, agora estamos aguardando outra oportunidade para voltarmos ao litoral para fodermos gostoso novamente, se tem algo que realmente nos leva ao tesão extremo é o sexo proibido, ainda mais com uma filha gostosa igual a que tenho.

Como dizem por ai, que se foda o mundo, eu não me chamo Raimundo.

O que você achou deste conto?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Leia outros Contos de incesto bem excitantes abaixo:

Priminha gostosa pediu para eu chupar sua buceta

Conto incesto com minha cunhada tarada

16331 views

Contos Eróticos relacionados

Sodomizada pelo amante da tia II

Tudo que aprendi de sexo, aprendi numa tarde e tendo minha tia como tutora. Eu estava na época com quatorze anos e meio. Meios seios não estavam de todo desenvolvidos, mas eram cheios o suficiente...

LER CONTO

Lila e o filhinho corno IV

Na luxuosa cabine-dupla estavam acomodados Lila e Felipe. Os dois eram belos exemplos de beleza escandinava. O motorista é negro de quase um metro e noventa, fortão. Eles partiram da fazenda da...

LER CONTO

A covid e o incesto

Olá, meu apelido é Lala, tenho 19 anos, libriana de outubro de 2001, sou morena clara, cabelos e olhos castanhos, meio alta 1.67m 54 kg. Moro na Mooca em sp, com meus pais, em uma casa anorme e...

LER CONTO

Espiando filho bater punheta

Espiando filho bater punheta

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Masturbando pauzão do filho

Masturbando pauzão do filho

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Uma Secretaria Casada e Infiel

Uma Secretaria Casada e Infiel

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

O tio de meu marido me depravou II

Carmela está tendo um tremendo orgasmo com a boca de Bene sugando por inteiro sua vulva e a língua saracoteando como um chicote em volta de seu clitóris. Ela respira e arfa...

LER CONTO

Lila e o filho traído

Velma e o marido Felipe estão recebendo os pais do casal e mais a sobrinha Becki. Estão todos na piscina na mansão. Homero, um negro de quase um metro e noventa e só músculos, é o motorista,...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos