website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » Realizando mais uma fantasia da minha mulher. Fazendo ela reencontrar o segurança negro.

Realizando mais uma fantasia da minha mulher. Fazendo ela reencontrar o segurança negro.

Publicado em fevereiro 4, 2023 por Leandro Escravo

Sou casado com Laura. Ela tem cabelos negros, na época com 29/30 anos, , 1, 60 de altura, peso 50 kg. Seios médios, e bumbum farto.

Estava fazendo quase um ano que virei corno manso da minha esposa.

Vivia assistindo as transas dela com outros homens.

Estava agora aproveitando o momento, para ajuda-la a encontrar os homens que ela já teve vontade de se relacionar. Assim ela poderia realizar todas as fantasias dela.

Eu tive um certo trabalho para encontrar as pessoas, pois algumas ela não via há mais de uma década. Não tinha a facilidade e face book como hoje.

Tive que gastar um certo valor para conseguir a informação, mas para realizar as fantasias da minha mulher não ligava para o gasto.

Dessa vez estava indo atrás do segurança do colégio onde ela estudou.

Fiquei imaginando minha mulher novinha, tendo fantasia com o segurança. Aposto que ele nunca imaginou aquela garota a fim dele.

 

Seu nome era Pedro. Quando ela estudou lá ele estava por volta dos seus 35 anos.

O detetive que paguei passou os detalhes. Pedro era um homem negro, agora com 50 anos, separado, pai de dois filhos, morando no interior de São Paulo, no município de Terra Preta.

A rua da casa dele era bem ao lado da Rodovia Fernão Dias.

Era a primeira vez que estava indo conversar sobre o assunto sem minha mulher do lado. Infelizmente não tinha como ter contato telefônico com ele. Descobri que por falta de dinheiro a linha tinha sido cortada.

Bati na porta e veio aquele senhor negro. Era próprio Pedro.

Estava sem camiseta, usando shorts e chinele. Apesar de ter seus cinquentas anos ou mais, ele tinha o corpo em forma. Descobri depois que era por causa dos trabalhos como pedreiro e dos bicos de mudança onde carregava bastante peso.

Não foi uma situação fácil a conversa, pois ele não queria me deixar entrar, afinal era um estranho, querendo falar de uma ex-aluna da escola onde ele trabalhou como segurança.

Tive que conversar com ele lá mesmo. Tomando cuidado com as palavras para que as pessoas que passavam não tivessem noção do que estava propondo.

Até mostrei uma foto da minha esposa para ele ver o material e convence-lo a aceitar.

– Deixa ver se eu entendo. O Senhor é casado com essa lindeza, que até lembro dela.

– Está querendo que eu a coma na sua frente e você assista?

– Isso mesmo.

– Você não está comendo-a direito? Falou com tom de ironia.

– Não é isso. Apenas estou querendo realizar uma fantasia da minha mulher.

– Certo, você vem sem ela e traz a foto dessa gostosa, me dizendo que quer ver ela sendo fodida por esse velho preto e pobre. Acha que sou idiota?

– Não é mentira, o que preciso fazer para convence-lo?

– Traz a puta aqui, assim eu acredito.

Ele falou o horário que estaria em casa, caso fosse verdade.

Sai bem envergonhado.

Quando fui conversar com a minha mulher, ela aceitou ir.

Estava feliz com a ideia de surpreender aquele senhor.

Então chegamos na frente daquela casa por volta das 9 da noite.

Lá estava o Pedro, fumando na frente do portão, com dois rapazes que deveriam ser os filhos.

Ele sorriu e disse:

– Então é verdade. Deu uma boa risada no final.

– Garotos, preciso que fiquem foram uma hora ou mais.

– È o que você falou? O rapaz tinha um sorriso safado que até feria.

– Sim.

Eles foram embora e adentramos na casa.

– Lembro de você Laura, não sabia que queria a pica do velho. Vou adorar te foder.

Quando entramos, a casa era bem pequena. Tinha a sala que também servia de cozinha e lavanderia, um pequeno quintal e um quarto sem portas.

– A cama está ruim, vou comer você aqui no sofá. Você corno, senta naquela cadeira perto do fogão.

– Você puta, vai tirando a roupa, não gosto de leseira.

Fui fechar a porta e o Pedro falou:

– Você trouxe ventilador? Você viu que não tem janela? Deixa de merda e senta para assistir um homem trabalhando.

Laura já estava nua. Quando Pedro a mandou vir de quatro e chupa-lo.

O velho tinha um pau realmente grande e cabeçudo. Laura teve dificuldades no começo para chupa-lo.

– Eu lembro quando seus pais vinham te buscar vadia. Aposto que não imaginavam que você queria o pau do velho.

Sentia desconforto por estar naquele lugar com a porta aberta.

Minha intenção no começo era alugar um lugar e levar o velho para lá. Não entrar naquela casa. Sentia muita insegurança.

– Muito bem puta. Agora sobe no colo do velho. Aposto que está louca por um pau de preto, um pau de verdade.

Ele não era do tipo de falar baixo, o que me incomodava. Apesar de um lado da casa ser um terreno baldio, o outro lado não era.

– Você pode falar mais baixo.

– Falar mais baixo. Eu estou na minha casa, falo como quiser. Agora assisti e aprende corno.

Depois ele colocou-a de quatro e voltou a foder com força.

Apesar da situação, vi que minha mulher gozou muito.

Quando chegou a vez do velho, ele se recusou a tirar o pau para fora e gozou dentro da minha mulher.

– Boa putinha. O velho adorou fazer esse favor para o corninho.

Depois minha mulher começou a se arrumar.

O velho apenas colocou a cueca e falou:

– Vocês podem entrar, seu pai já terminou.

Os dois rapazes entraram. Pelo que vi eles devem ter ouvido tudo ou talvez assistido por algum buraco ou outra parte da casa.

Minha mulher ficou roxa de vergonha, mas não falou nada.

Quando saímos os três nos acompanharam.

– Quando precisa é só passar. Aqui tem três homens para dar um belo trato na esposa.

Quando entrei no carro, quis me desculpar com minha esposa. Ela pediu para parar e disse:

– Lindo, não fica triste, adorei.

– O quê?

– Isso mesmo, adorei. Gostei de dar para o velho mal-educado.

– E os filhos dele.

– Se eles ouviram ou viram, apenas me deixou com mais tesão. Então sou eu que peço desculpas.

– Desculpas do quê?

– Desculpas porque quero voltar um dia para cá.

Leia outros Contos eróticos de corno bem excitantes abaixo:

Convenci minha mulher a dar para outro

Quarto errado mulher errada

16335 views

Contos Eróticos relacionados

Minha mulher chamou os amigos da infância para ajudar ela a lembrar como era puta

Sou casado com Laura. Ela tem cabelos negros, branca, com pele morena de sol, na época com 29/30 anos, 1, 60 de altura, peso 50 kg, seios médios, e bumbum farto. Quem leu os contos, sabe que...

LER CONTO

ACEITEI UM DESAFIO PERIGOSO DEMAIS PARA MEU CU. QUANDO VI… JÁ ERA TARDE.

Queridos amigos, muito boa tarde. Olha decidi encarar um super desafio, que foi literalmente de arrombar meu rabo. Aceitei dar a bunda a dois Caminhoneiros, que estavam passando aqui pela cidade....

LER CONTO

NAMORADA ( 04 ) verídico.

........ Sem namorada, e aborrecido com meu amigão Paulo, que ainda gozava da minha cara, resolvi dar um tempo. Paulo fazia a Vera me apresentar amigas, queria que eu tivesse uma namorada, mas eu...

LER CONTO

Arrombando A Sobrinha Virgem

Arrombando A Sobrinha Virgem

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Um Padrasto Muito Tarado

Um Padrasto Muito Tarado

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Será Que Entra Papai?

Será Que Entra Papai?

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

MINHA ESPOSA E O NEGÃO DA PRAIA

MINHA ESPOSA E O NEGÃO DA PRAIA Domingo de sol forte, eu e minha esposa Isabella no apto da praia, de folga das meninas que resolveram ficar em são Paulo, uffff que bom, temos 2 filhas uma de 18...

LER CONTO

Minha sobrinha fez chantagem para que minha mulher desse para o namorado dela.

Quem acompanha os relatos que posto, sabe que sou casado com  Laura, cabelos negros, na época com 29/30 anos, alt, 1,60, peso 50 kg. Seios médios, e bumbum farto. Estava completando quase dois...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos