Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Perdi a virgindade com dois tiozão

Perdi a virgindade com dois tiozão

Publicado em maio 8, 2020 por Neila Magalhães

Meu nome é Neilinha tinha 14 anos quando fui convidada por uma amiga a Ana para passar as férias na casa do pai dela que morava com um tio em um sítio em Minas Gerais. Os dois tiozão o pai da Ana tinha 49 e o tio 55 anos. Chegamos na casa e fomos muito bem recebida, afinal a Ana não via o pai dela a um ano eu não o via a uns 4 anos desde que os pais dela se separaram. Achei ele um pouco mais velho. Ele nos mostrou o sítio e nos levou em uma cachoeira la disse que podíamos entrar de calcinha e soutien mesmo que ngm veria, e sai para q a gente tirasse a roupa porem eu estava sem soutien e entrei só de calcinha e ficamos ali um bom tempo só nós duas. Quando ele voltou estava acompanhado pelo irmão e eu nessa hora estava deitada na pedra com os peitinhos a mostra, o que deve ter deixado eles com muito tesão. Eu tinha peitos médios, um bicão e bem.endurecidos. levantei rapidinho tampando os seios porém minha calcinha era um fio dental branco que era como se estivesse pelada. Me levantei e com um pouco de vergonha coloquei a blusinha e o shorts com os dois me devorando. A Ana se vestiu também e voltamos para o sítio.Quando voltamos ele tinha preparado um quarto pra cada, eu acomode minhas coisas e fui para o banho. Já estava anoitecendo todos já tinham banhado e fomos fazer um lanche e tinha um banquete. Eles dois tomavam uma cachacinha na varanda então me deitei na rede. Ana veio e ficamos ali conversando ate que ela pediu para o pai fazer uma caipirinha e ficamos nos duas ali tomando a bendita e rindo pois ficamos bêbadas rapidinho. Fui descer da rede e o pai veio me ajudar e  me sentou no colo dele, senti vontade de retribuir o carinho aquele homem forte, grande me apertando. Ele levantou minha blusinha e ali mesmo começou a chupar meus peitos, já tinha deixado os meninos chuparem, mas igual aquele homem chupava. Lambia e dava mordidinhas no bico, depois sugava forte e ficou ali por um bom tempo mamando.Nessa o tio veio e fiquei sentada em perna só de lado e os dois mamando e começaram a passar a mão na minha xana por cima do shorts me deixando louca de tesão. A Ana dormia na rede. O pai dela se levantou e levou ela para o quarto ela nem viu que o tio mamava em mim. Entramos para sala e o tio começou a me despir. Ficaram louco em ver meu corpo, minha bucetinha. O pai veio e começou me beijar, me sentou no braço do sofá e caiu de boca e o tio mamando meus peitos,ele lambia, chupava e quando começou a passar a lingua e chupar meu grelo comecei sentir um tremor pois nunca tina sentido uma chupada gostosa daquela, sentia todos os pelos do meu corpo arrepiar e gozei senti um líquido saindo de dentro de mim e ele chupando. Ele falava goza putinha que vou tomar todo seu Nelsinho cadelinha gostosa. Nessa hora o tio desceu e começou a me chupar a bucetinha eu não queria que eles parassem. O pai da Ana tirou o pau pra fora pude ver que era enorme e colocou na minha boca e começou meter devagarzinho e eu por instinto chupando.E o tio me fez gozar na boca dele. Senti minha bucetinha sensível e queria mais.Me levaram para cama no colo. E me beijavam o corpo todo, me chupava, me tocavam, até que senti o pai vir por cima de mim e começar esfregar o pau na entrada da minha da minha, avisei que era virgem e senti ele forçar até que tive vontade de gritar e o tio virou meu rosto e so vou seu pau na minha boca, e sentia como se estivesse sendo rasgada ao meio. Bem devagarzinho, ele tirou meu cabaço e quando seu pau me penetrou ele foi colocando tudinho, arreganhou bem minhas pernas e meteu feito um louco, ele gemia, falava que minha bucetinha era uma delícia e que agora eu era putinha, e ia tomar muito pau, eu só ouvia e continuava chupando o pau do tio que quase não cabia na boca de tão grande. Eram dois coroas com saco bem pentelhudo e bem dotados. E ele meteu muito e quando foi gozar gozou nos meus peitos e saiu. Nessa hora o tio veio por cima de mim e já  cheio de tesão meteu de uma vez sem dó Eu gemi alto e nessa hora senti que ia gozar, ele metia e chupava meus peitos como um louco, me virou de costas me puxou pelo quadril me colocou de quatro e se ajeitou pois sabia que tinha um pau grande, mas eu estava tão excitada que mesmo sentindo um pouco de dor que batia no fundo do meu útero eu estava gostando. Ele deu varios tapas na minha bunda, tirou o pau e caiu de boca no meu cuzinho, mexendo no meu grelo, senti que ia gozar de novo ele parou me deitou de lado estava muito lambuzada que escorria, ele lambuzou meu cuzinho enfiou um dedo, depois dois, e com muito tesão dele estar me masturbando levantou minha perna o pai veio e começou a chupar minha bucetinha que já estava pingando e nessa hora o tio foi empurrando o pau no meu cuzinho, senti uma dor absurda e nessa hora a chupada na minha buceta foi tão intensa que distrai e só senti aquela pirocona invadindo minha bandinha e as bolas batendo na minha bunda, ele ficou paradinho gemendo até que começou estocar gostoso sem acreditar que estava fodendo uma ninfetinh, que meu cuzinho era delicioso, e a quanto tempo ele não arrombava um cuzinho gostoso igual o meu. Mas uma vez senti meu corpo tremer, comecei a gemer e não queria que eles parassem, e ele falava a safada tava louca pra tomar pau no cu , agora vou encher ele de porra, eu gozei e o pai colocou o pau na minha boca e gozou e lambia e tomei tudo. Ficamos os três ali deitados quietinhos nos recuperando.Levantamos tomamos banho e fomos cada um para o seu quarto pq já estava amanhecendo. Nos outros dias revezamos cada dia eu dormia com um deles. Mas meti com eles no Mato, na pedra da Cachoeira. Outro dia eu conto.As aventuras. E como voltei arrombada dessas férias maravilhosas.

Continua depois da publicidade

5999 views

Contos relacionados

Come a irmã do meu amigo

Era uma tarde de domingo quando eu fui ate a casa do meu amigo, pois tinha marcado de trabalhar na casa dele. Chegando la ele ainda não tinha chegado e esposa dele disse q eu poderia esperar na sala....

LER CONTO

Deixar a mulher carente é foda…

Olá tesudos e tesudas, tenho 1,75 de altura, 26 anos, cabelos castanhos curtos, olhos castanhos mel, seios enormes e sou uma gordinha muito fogosa. Desde nova sempre tive meu lado sexual bastante...

LER CONTO

O Dia que Transei com minha Amiga na Faculdade

Olá, meu nome é Hj, tenho 24 anos, sou moreno, corpo atlético, 1,75 de altura. Eu sempre gostei de ler contos eróticos, agora depois que terminei a faculdade tenho muito tempo livre e resolvi...

LER CONTO

Amigo da minha mãe comeu meu cu na festa e virou meu dono!

Meu nome é Anna Sophia, tenho 19 anos e moro em uma cidade do interior do Paraná. Sou uma morena baixinha, 1,62 de altura, cinturinha fininha, uma bunda muito grande de 115 cm, coxas grossas e seios...

LER CONTO

A Petroleira Nordestina no Rio de janeiro

Meu nome é Antônio Henriques, tenho 40 anos, sou militar e a estória que irei relatar deve seu inicio no ano de 2004, devido meu pai apresentar problemas de saúde e nosso prédio antigo não...

LER CONTO

Uma boa mamada

Era uma terça, o clima estava agradável e meu corpo já apresentava sinais evidentes de que eu precisava ser fortemente fodida pelo pau maravilhoso do meu esposo. Eram mais ou menos duas da tarde...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • juan Pablo Gomes Lescano 09/05/2020 21:51

    Excelente conto. Parabéns. Quero ler os outros.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos