Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » O Dia que Transei com minha vizinha Gostosa

O Dia que Transei com minha vizinha Gostosa

Publicado em setembro 17, 2019 por HJ

Olá, Meu nome é Hj,  depois que conclui a faculdade tenho tempo livre e decidi começar  a escrever algumas historias que vivi nesses últimos anos. Esse é o meu segundo conto, o primeiro é “O Dia que transei com minha amiga na Faculdade”.

Essa é uma historia rápida, aconteceu de maneira inusitada, nunca imaginei que pudesse acontecer.

Havia alugado um novo apartamento, quando mudei fiquei com o apartamento no segundo andar, só havia dois apartamentos, quando mudei percebi que teria um casal como vizinho, uma linda vizinha, baixinha, branquinha, cabelos liso e curto de cor castanhole como boa pessoa que sou  fiz o que se deve fazer quando se muda me apresentei e depois disso nunca mais nos falamos, poucas vezes encontrava ele ou ela quando coincidia o horário que saiamos ao mesmo tempo.

Passaram-se meses fiquei desempregado e comecei há ficar o dia todo no ap percebeu que no apartamento ao lado sempre tinha movimento durante o dia, com o passar dos dias percebi que minha vizinha estava passando o dia todo no apartamento e meu vizinho só chegava depois das 18:00 todos os dias. RSRSRSR Só parei para analisar essa situação pelo fato de estar desempregado e com muito tempo livre rsrsrsrsrsrsrsr

Em  uma madrugada domingo sai para uma festa e conheci uma mulher linda, depois da festa a levei para meu apartamento e transamos loucamente,  ele fez muito barulho, gritava e fala que estava adorando meu pau gostoso fodendo ela, como estávamos sobre efeito de bebida alcoólica nem liguei se meus vizinhos iriam se incomodar.

Passei o domingo todo em casa quietinho, e foi na segunda-feira que tive a grande surpresa, por volta das 09;00 da manha me deparei com uma voz de mulher chamando na minha porta, quando abri, para minha surpresa era minha vizinha, vizinha essa que no tempo que eu morava ali apenas havíamos trocado algumas palavras. Não escondi minha cara de espanto, rapidamente ela falou “Bom Dia vizinho, desculpa incomodar logo cedo, mas é que comecei a fazer um café e percebi que acabou meu açúcar, você poderia me emprestar um pouco?”, respondi “é claro que sim, vou pegar.” Ao me virar para ir buscar o açúcar  escutei a porta fechar, quando olhei minha vizinha estava do lado de dentro encostada na porta me olhando com uma cara de safada. “De repente começou a falar” Meu marido ficou muito chateado, reclamou muito do barulho que você fez durante essa madrugada de domingo,  acredita que ficou reclamando em quanto você transava, eu queria que ele me fodesse toda em vez de ficar reclamando”. Sem graça eu pedi desculpas, falei que não era minha intenção”.  Ela riu e veio andando em minha direção, e falou ” Não precisa pedir desculpa, eu gostei muito de ouvir você, gostei tanto que fiquei imaginando como seria transar com você, meu marido é muito fraco na cama, eu nunca gozo transando com ele, todas as vezes que quero gozar tenho que ir para o banheiro e me tocar sozinha, muito triste isso, né?”“. Respondi que sim. Nesse momento ela já estava parada de frente comigo olhando em meu olhos e disse “pois é, agora eu quero que você me foda com muita vontade até minha bucetinha ficar toda inchada, quero voltar para meu apartamento toda ardida, quero que você me foda muito, quero gozar no teu pau gostoso”. Enquanto ela falava isso a mão dela já estava massageando meu pau por cima do short.

Assim que ela terminou de falar, mandei ela se ajoelhar e me chupar, assim que ela se ajoelhou eu disse “a primeira gozada vai ser minha, e vai ser nessa boquinha gostosa”.

AÍ AÍ AI

Depois disso transamos loucamente, logo a joguei no sofá, comecei a chupar aquela bucetinha linda e gostosa, logo ela gozou, em seguida comecei a foder ela de quatro no sofá, soquei tanto e com tanta força que logo ela gozou novamente, nesse momento fui ao ouvidinho dela e disse ” agora vou foder seu cuzinho, vou deixar ele todo arrombadinho para de noite você dar ele para seu maridinho, tá”. Ela simplesmente balançou a cabeça e empinou o rabo  e disse “Fode meu cuzinho, fode até ele ficar todo arrombado, quero que você goze dentro do meu cuzinho”.

Que mulher maravilhosa, que boca maravilhosa, sabe chupar muito, sabe dar a buceta de maneira maravilhosa. E que cuzinho era aquele, gozei tanto naquele cuzinho, fodi com tanta vontade, com força e ela só pedia mais, e mais e mais.

Foi uma ótima manhã de segunda-feira.

O nosso mundo é cheio de mulheres maravilhosa, e todas elas sempre querem uma boa foda.

4157 views

Contos relacionados

Crente puta sentou no meu pau duro

Eai galera, tudo em ordem?! Meu nome é Bruno, tenho 27 anos, moro em Jundiaí e vou contar para vocês como foi o dia em que uma crente puta sentou no meu pau com vontade. Sou frentista de um...

LER CONTO

Comi a ex namorada crente do meu amigo.

Comi a ex namorada crente do meu amigo. Bom não sei como começar esse conto, afinal não sou muito bom com escrita, mas o que vou retratar aqui foi uma das melhores experiências que eu já...

LER CONTO

Comi aluna de filosofia Porto Alegre

Começo avisando que não escrevo nada que não seja real. Todos meus contos sai reais. Bem, vamos lá: Leciono numa escola de Ensino Médio Particular. Logo que cheguei numa das turmas percebi...

LER CONTO

Karen transando com um desconhecido de bate papo – verídico

Olá tesudos e tesudas, estavam com saudades? Obrigado a todos os meus fãs, faço o possível para responder todos os e-mails meus nenéns safadinhos. Vamos de conto ? Como vocês sabem eu sou a...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos