Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » O Dia que Transei com minha Amiga na Faculdade

O Dia que Transei com minha Amiga na Faculdade

Publicado em setembro 11, 2019 por HJ

Olá, meu nome é Hj, tenho 24 anos, sou moreno, corpo atlético, 1,75 de altura. Eu sempre gostei de ler contos eróticos, agora depois que terminei a faculdade tenho muito tempo livre e resolvi compartilhar algumas historias minhas.

O Dia que Transei com Minha Amiga na Faculdade.

Continua depois da publicidade

Linda e eu nos demos bem desde o primeiro dia de aula, desde então virmos amigos. Já estávamos no 6 semestre do curso,  era meados de novembro, já havia terminado o período de avaliação final, eu tinha que ir porque fiquei de reavaliação em uma disciplina, para minha sorte essa minha amiga também ficou. Vou falar aqui para vocês como ela é fisicamente: Morena, corpo lindo, cabelos pretos e liso, 1,55 de altura, linda e super gente boa.

Cheguei atrasado à faculdade, ao entrar na sala a professora já havia iniciado a prova, era umas 19h30min, não demorou muito e Linda saiu, demorei mais uns 15 minutos e entreguei a minha prova, peguei minha mochila e já estava pronto para ir embora, na hora que sai da sala me deparei com Linda no corredor sentada, na hora que me viu se levantou, me chamou e disse “eu estava te esperando,  vai fazer oque agora”. Eu respondi dizendo que não tinha nada para fazer, nesse momento começamos a conversar no corredor, foi aí que um professor abriu a porta e pediu para fazermos  silencio porque tinha gente fazendo prova na sala, pedimos desculpa para o professor, rimos e nesse momento ele pegou em minha mãe e disse vamos para aquela sala. Chagando lá sentamos e começamos a conversar, não demorou muito e ela começou a falar sobre o ex-namorado,  falou que já fazia três meses que tinham terminado e que ela estava louca porque não transava esse tempo todo. Eu ri e disse ” Não transa porque não quer, olha eu aqui”, para meu espanto ela respondeu ” verdade, aqui estamos nos dois sozinhos, somos amigos, e eu tô com tanta vontade que transaria aqui e agora”. Eu não perdi a oportunidade, levantei e fui até a porta, abri , olhei e vi que o corredor tava vazio,  fechei a porta e coloquei uma cadeira para trava a maçaneta. Na hora que ela me viu fazendo isso perguntou ” tá louco, o que tá fazendo”, eu respondi ” é pra ficarmos despreocupado caso alguém tente entrar, rsrsrsrrsrs.” Nesse momento ela levantou e veio em minha direção, me beijou e disse ” eu sempre quis transar na faculdade”. Peguei ela no colo, levei até a mesa da sala, ela sentou e foi logo tirando a blusa, depois o sutiã,   não perdi tempo e comecei a chupar aqueles lindos seios, durinhos, grandes, deliciosos, sugava conta muita vontade em quando ela pressionava minha cabeça sobre os peitos e gemia baixinho, ela com os dedos entre meus cabelos me puxo e começou a me beijar, em quanto me beijava foi tirando minha camisa, assim que tirou a camisa levou as mão para o  meu cinto, abriu meu zíper e colocou a mão por dentro da minha cueca, começou a aperta meu pau com força, nesse momento parou e olhou em meus olhos e disse ” fiquei com água na boca só de sentir esse pau enorme em minha mão, quero ele na minha boca, quero muito chupar esse pau todinho”, ela  pulou da mesa e me empurrou para uma cadeira, me mandou sentar, em seguida se ajoelhou e começou a lamber meu pau que tava latejando de tanto tesão, lambeu meu pau todo, colocou minhas duas bolas na boca, depois começou a chupar só a cabeça do meu pau, enquanto chupa ela gemia,  continuou me chupando freneticamente até eu não aguentar  mais, quando dei por mim já tava jorrando jato de gozo na boca dela,  ela não parou de chupar, engoliu tudo e deixou meu pau limpinho. De repente ela parou,  ficou em pé em minha frente e disse ” gozou gostoso né safado, agora é minha vez de gozar também”, tirou a calça, a calcinha preta,  e foi andando até a mesa, sentou e disse ” agora é tua vez de me fazer gozar, e tem que ser até eu ficar com as pernas bambas”.

Ai ai, tomei como um desafio as palavras dela.

Continua depois da publicidade

Sem pensar duas vezes levante e fui até ela já com o pau duro, puxei ela da mesa,  virei ela de costa e a mandei empinar bem aquele rabo gostoso, esfreguei a cabeça do meu pau na entrada da bucetinha  toda meladinha, coloquei meu pau com força todo dentro dela, ela gemeu , continuei socando com força, bombando com força em quanto ela segurava minha nuca e gemia, aquele gemido me deixava mais exitado ainda , continuei fodendo ela gostoso, ela gritou dizendo que tava gozando, gozou,  continuei socando com força, nesse momento ela olhou pra mim e disse” FODE MEU CUZINHO, FODE GOSTOSO MEU CUZINHO” , eu sem tirar o pau de dentro da buceta ,  passei dois dedos meus na minha linguá e enfiei no cuzinho apertado dela de uma só vez, em quanto bombava aquela buceta gostosa e toda meladinha, com os dois dedos no cuzinho ela parecia que ficou louca de tanto prazer e gozou novamente. Tirei meus dedos do cuzinho dela, parei de bombar na buceta, e falei no ouvidinho dela ” vou foder seu cuzinho, mas vou gozar dentro dele”, ela em estase só balançou a cabeça em sinal de sim.

Aí, imagine, ela deitada de bruços na mesa, com o rabo gostosos empinado pra mim, toda meladinha, fiquei louco de tesão, mas antes de foder o cuzinho dela coloquei meu pau na boca dela, enfie até a garganta, uma, duas, três, quatro vezes. Agora sim tava pronto pra FODER GOSTOSO AQUELE CUZINHO APERTADO…

Forcei a cabeça do meu pau na entrada do cuzinho apertado dela, quando entrou ela gemeu gostoso, soquei gostoso no cuzinho dela, soquei até ela gozar novamente, enquanto ela gozava eu não aguentei e jorrei porra dentro daquele cuzinho delicioso..

Foi uma FODA MARAVILHOSA

6744 views

Contos relacionados

Paulo, o meu pau amigo!!!

Desta vez venho contar sobre o único homem que me come... A mim e a ana, é o nosso pau amigo, ambas gostamos do belo pau dele, sao cerca de 18cm mas grosso como nunca vi, a ana nem consegue levar...

LER CONTO

Deixar a mulher carente é foda…

Olá tesudos e tesudas, tenho 1,75 de altura, 26 anos, cabelos castanhos curtos, olhos castanhos mel, seios enormes e sou uma gordinha muito fogosa. Desde nova sempre tive meu lado sexual bastante...

LER CONTO

Empregada noiva, religiosa e novinha descobriu vocação para Puta!

Trabalho em um escritório e sempre recebo pedidos de pessoas para estágio, desse vez quem tinha chamado era Alessandra,20 anos, Loira, 1,50cm de altura, bundinha empinada e uns peitos bem...

LER CONTO

Meu primo gostoso e eu

Tenho 23 anos, 160m, 56kg, cabelos médios e pretos, tenho um corpo escultural, cintura fina, seios médios com tamanhos diferentes e notáveis, bunda grande, mas proporcional, e uma buceta que incha...

LER CONTO

Fodi a irmã da minha sogra

Meu nome é Jeferson tenho 29 anos sou de Santa Catarina . Este conto real aconteceu quando eu tinha 27 anos . Irmã da minha sogra vou chama-la de Tia. Ela é uma mulher de 43 anos tem um corpo...

LER CONTO

Comi aluna de filosofia Porto Alegre

Começo avisando que não escrevo nada que não seja real. Todos meus contos sai reais. Bem, vamos lá: Leciono numa escola de Ensino Médio Particular. Logo que cheguei numa das turmas percebi...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 2 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos