website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » No feriadão Fodi a Sobrinha Sem Dó – Parte II

No feriadão Fodi a Sobrinha Sem Dó – Parte II

Publicado em maio 13, 2021 por Dotado Safado SC

Segue a Parte 2, se ainda não fez leia à parte 1

Conforme prometido, segue mais um relato com Juliana, a sobrinha Patricinha que me seduziu, depois daquele dia ela ficou viciada em rola do titio, fizemos algumas loucuras, mais por fim paramos aquilo ante que desse merda,(pelo menos eu achei que paramos).

Porém para minha surpresa depois de quase seis meses sem ver ela, Juliana, aparece em casa trazendo convite do casamento e me convidando para ser um dos padrinhos.

Lógico que eu e minha esposa dissemos que se sentíamos honrados com tudo isso e confirmamos. Ela pediu para passar a noite ali e que antes de tomarmos café iria embora. Levantamos e fomos preparar café Mari minha esposa chamou Juliana, que disse que estava com pouco de dor de cabeça e se podia ficar mais uns minutos, Mari sempre saia antes de mim para o trabalho, logo imaginei que minha sobrinha estava afim de matar as saudades. Já sabia que iria dar trabalho. Rs rs

Então assim que Mari saiu para o trabalho, Juliana aparece só de calcinha e sutiã com aquela cara de safada,

“Ainda não tomei leitinho, tio” deu aquela risada e veio até mim se esfregando toda.

“Mais para meter nesse corpinho aqui, vai ter que fazer na frente do meu noivo, já convenci meu corninho a me ver fodendo com outro na frente dele”

“Está louca Juliana, impossível e se ele conta para Mari, não tem como fazer isso”

 

“Meu corninho não vai contar, mais eu vou se você não topar”

Puta que pariu, se o pau já estava duro de ver ela, com aquela ideia então…

“Caralho Juliana, quando você quer fazer isso?”

Imaginei que iria programar, mais estava enganado.

“Hoje, Marcelo já está vindo para cá, falei para ele ontem que já tinha ajeitado tudo, ele logo está chegando”

A Juliana era ardilosa, tinha completado 23 anos e já sabia exatamente o que queria, como queria e com quem!

“Sabia que tia vai mais cedo, e como tio não tem horário eu daria um jeito”

Deu uns cinco minutos, chegou noivo, me comprimento normal entramos e ele já viu ela de calcinha e sutiã.

“Já minha Puta safada, estava dando para o titio de novo? Sabia que não ia me esperar.”

O Marcelo Corninho já sabia de tudo, ela sempre foi bem persuasiva. Rs rs

“Não estava esperando você chegar, quero que veja como se fode uma mulher, quero que veja um comedor em ação e vai ser na cama da titia” Ousada a menina

A Juliana era foda, já tinha pensado em tudo. Entramos no quarto já deitei e ela já entrou em ação…

“Vai Amor, senta ali e olha tua putinha, vou chupar até meu comedor gozar na boca, quero que assista tudo.”

Puta que pariu, ela chupou deliciosamente com vontade, as bolas a cabeça, e ainda olhava com cara de safada, e punhetava.

“Olha só corninho, como a putinha como chupa essa pica de verdade, já estou toda melada!!!”

Ela veio com vontade dessa vez, tentei resistir a tudo que pude, mais logo gozei,,, ela estava muito puta e com vontade mesmo!!! Dessa vez não resisti…

“Caralho minha puta safada, assim você faz titio subir pelas paredes”

“Quero mais, quero que arrombe meu cuzinho agora, quero que aquele noivo corninho, olhe a futura esposa dele sendo arrombada e como eu gosto de dar meu cuzinho..”

O Marcelo já tinha gozado e estava de pau mole, mais depois de ouvir aquilo, tanto ele quanto eu já ficamos de pau duro. E eu Puto de tesão agora,

“Vai minha cadela, empina essa bunda, que vou arrombar esse cuzinho, e depois encher essa buceta de porra, igual da última vez.!”

“Mete seu filho da puta, cachorro, fode tua sobrinha, mostra como meter de verdade para aquele corninho”

Caralho depois disso segurei aqueles cabelos compridos com uma mão e a outra enfiei o pau naquele rabão gostoso, meti de uma vez só sem dó, estava com raiva mesmo. Queria arrombar ela toda, me deixou puto de tesão.

Meti com força e começando a bombar forte, com vontade, tapa naquela bunda gostosa e segurando com força pelo quadril para fazer as bolas baterem com força, dava para sentir o cheiro de sexo no ar…

“Agora, toma Minha Putinha safada, sinta as bolas batendo, vou arrombar esse cuzinho e depois socar nessa buceta safada e gulosa até deixar ela melada, pro futuro marido chupar ela toda até ficar limpa, titio vai fazer essa buceta ficar inchada””

Neste momento Marcelo já tinha gozado de novo e não tinha mais forças… Rs rs

Só que ela ainda, estava louca rebolava e fazia força contraria, parecia que era para entrar tudo e mais um pouco, gemia, gritava…. Tudo que possa imaginar ela queria…

Dizia:

“Aiii, Vai titio, fode tua puta, come essa cadela gostosa, que até o dia do casamento ainda quer experimentar duas rolas na frente do meu corninho e uma vai ser a sua, me faz gozar”

Mais do que rápido tirei o pau daquele cuzinho e enfiei de vez na buceta, já em ritmo acelerado e sem dó, pronto para dar o que ela queria.

“Isso, assim titio gosta, bucetinha apertada, para encher de porra”

“Está apertada porque não viu mais o pau grosso do titio, mais agora como padrinho vai ter que ajudar até o casamento” Ela estava muito safada rebolou muito e mordia meu pau com aquela buceta, não demorou e gozei dentro da buceta, muita porra!!!!

Olhou bem para o noivo e disse:

“Agora sim, pronto Marcelo, agora vem chupar tua putinha que já estou pronta para ir para casa e quero chegar limpinha”

E como Ele já deveria estar acostumado com aquilo veio chupou a safada com gosto. Antes de sair me disse…

“Na próxima, vou trazer um amigo com pau igual ao teu, e o corninho vem junto”

Para aquelas que tem  alguma fantasia realizada ou não mande email… [email protected] ou outro contato adoro ajudar a despertar esses desejos e vontade…

Ou se preferir discrição e sigilo mande um direct … insta @relatos.uber.safado1

De uma nota e leia os outros também… assim incentiva a mais relatos…

Leia outros Contos eróticos verídicos bem excitantes abaixo:

MARY - UMA LINDA ESPOSA - 13º CAPÍTULO

A Putinha do Supermercado com Nome de Atriz Pornô

16843 views

Contos Eróticos relacionados

Angela – A minha Linda Professora – 11º Capitulo

Tema: Angela – A minha Linda Professora. Introdução – 11º Capítulo - Uma relação de muito amor e carinho... Personagens – Carlos e Ângela – Ele Fisioterapeuta e ela Terapeuta...

LER CONTO

A Putinha do Supermercado com Nome de Atriz Pornô

Pâmela é uma leitora deste site, a conheci através dos meus contos onde por algum conto que escrevi ela me mandou um email falando que gostara muito deles e a adicionei posteriormente no Instagram....

LER CONTO

Enrabando A Sobinha

Enrabando A Sobinha

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Brincando Com Minhas Irmãs

Brincando Com Minhas Irmãs

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Pegando Vizinha Rabuda

Pegando Vizinha Rabuda

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Laura da cremação(Belém PA) , tímida, mas um furacão na cama

Meu nome é Cleber(nome fictício)adoro ler contos eróticos e sempre quis postar um, e eu tenho uma história muito marcante pra mim e vou contar pra vcs, espero que gostem,essa história é tão...

LER CONTO

Transei com o pai do meu namorado Real

O pai do meu namorado Oi amores me chamo Laura ,sou nova anos, 1.64 de altura, magra, cabelo longo, branquinhe, sorriso lindo , se você quiser saber como sou fisicamente meu insta é...

LER CONTO

Ocasião faz o tesão

OCASIAO FAZ O TESAO O que eu posso dizer e que esse conto foi verídico e que não teve inúmeras gozadas. ..vejo nos contos com muitas fantasias, mentiras... (muitos relatos de super-homens que...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos