website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » Minha priminha bem gostosa

Minha priminha bem gostosa

Publicado em setembro 22, 2022 por CARLOS A. LYRA

COMENDO A MINHA PRIMINHA EM CASA.
Comecei a admirar a minha linda priminha já na adolescência, eu estava com 17/18 anos e ela com 15/16 aninhos.

Eu já morava sozinho, pois essa vida me fez tornar mais responsável, pois meus pais não tinham uma boa condição financeira na época. Mas sempre tive muita vontade de ter a minha liberdade, pessoal, financeira e de trabalho. Assim que aluguei a casa, logo consegui uma namorada e fomos morar juntos. Nós transávamos todos os dias. Ela adorava me chupar direto, era de manhã, ao acordar, às vezes, na hora do almoço e a noite. Eu fodia o cu dela direto e ela amava ser fodida no cu.

Éramos muito felizes, até a minha prima começar a frequentar a nossa casa. Ela é uma menina ainda baixinha, corpinho todo bem definido, seios bem durinhos, uma maravilha de adolescente. Todos os dias pedia para vasculhar o meu computador e sempre que ia lá em casa a minha esposa não estava em casa, e eu ficava olhando tudo o que ela fazia no computador, até que um dia a minha mulher encontrou algo curioso na pasta de documentos. Estava escrito: ‘’Para que amar, se não posso pegar’!!!
Fiquei curioso e com uma ‘puga’ atrás da orelha. Pensativo e curioso.

O mais interessante é que ela ia lá em casa e eu estava sempre sozinho e sempre vestia uma saia bem curta ou um shortinho bem curto que mostrava todo o seu reguinho e a sua bucetinha ficava bem delineada entre as pernas.
Minha esposa perguntou do que se trata e disse ele ‘a minha prima esteve aqui hoje e acho que enviou essa postagem para alguém. A minha esposa, exclamou A tá. Fiquei de antena ligada e pensei??? Essa minha priminha e bem safada. Espera a minha mulher sair para trabalhar para vir aqui e me bisbilhotar.

Pensei Acho que vou fazer uma surpresa para ela. Acordei cedo e a minha mulher já tinha ido para o trabalho. Eram aproximadamente umas 09 horas da manhã, ela bateu na porta, linda, sensual e muito sorridente e pediu para mexer logo no computador.
Mandei entrar e que podia ficar à vontade no computador e que eu estaria no quarto se acaso precisasse de alguma coisa.

Fui para o quarto e tirei toda a minha roupa e me cobri só com um lençol. Dez minutos depois ela me chamou e fingi que estava dormindo e ela sentou-se do meu lado e viu o volume embaixo do lençol e levou um susto com o tamanho e a grossura da minha pica.
Disse. ‘Primo, que linda piroca é essa, hein!!! Imediatamente eu a agarrei e lhe dei um gostoso beijo. Perguntei: Que história ´essa de computador’!!!
Ela me respondeu que tinha uma enorme paixão por mim desde os 15/16 anos e que era uma paixão louca e desmedida.

Disse para ela que ela tinha somente 15/16 anos e que era minha prima verdadeira Ela disse: Sempre tive vontade de transar contigo, desde aquela época e os meus 13 anos, já não sou mais virgem e então parti logo para cima dela.
A deitei na cama e ela veio imediatamente me chupar, com aquela boquinha muito gostosa, e chupava e mamava intensamente a pirocona e passava a língua com a maestria de uma puta ninfeta. Sabia sugar as bolas maravilhosamente.
Coloquei-a para sentar-se em cima da minha vara. Muito linda e novinha, cavalgava que nem uma ‘putinha experiente’ e delirava em cima da minha pica e pedia para bater e bofetear a sua bundinha enquanto eu socava aquela bucetinha lisinha e deliciosa e me chamava de safado e eu o tempo todo com o dedinho no olho do cu dela.

Tirei a pica da buceta dela e pedi para que ela mamasse mais intensamente, naquela boca gostosa, carnuda e beiçuda e ela engolia a pica inteira e sugava com uma maestria incrível de uma verdadeira putinha.
Coloquei-a de quatro e afundei a vara naquela buceta toda melada e lisinha e com dedo no cu dela. Coloquei-a de lado e lhe pedi uma coisa para ela bem no ouvidinho dela. Priminha, deixa-me botar a minha vara no seu cuzinho delicioso? Ela disse que não. Que o meu caralho era muito grande e que iria arrombá-la. Então, pedi para colocar somente a cabecinha naquele cuzinho branquinho e muito gostoso.

Ela concordou e disse: Amor de priminho, coloca só a cabecinha, tá. Coloquei-a de bruços e fui penetrando só a cabecinha naquele cuzinho muito gostoso bem vagarosamente e ela gemendo, de dor e prazer, e pedindo para penetrar bem devagar e fui penetrando e ela rebolava e gemia e pedi para que ela descesse mais um pouquinho e ela concordou e fui colocando e por fim ela pediu para colocar toda vara naquele cuzinho muito gostoso.

Afundei com muito tesão nela. Ela rebolava, gemia, urrava e me chamava de muito gostoso e que podia fazer o que eu quisesse com ela e que me amava muito e que eu era o homem dos sonhos dela. A coloquei de quatro novamente, e subi em cima dela e fui comendo aquele cuzinho muito gostoso e ela gemendo de dor e prazer; dizendo sempre Vai, amor de primo, mete. Aiiii, mete, Aiiiiiiii, mete, goza em mim, foi uma transa bem gostosa e prolongada e transei com ela por mais de duas horas e esfolei a bucetinha dela e ela amou ser possuída naquele cuzinho lindo.
Depois disso tudo, ela tirou a pica da sua boceta e começou a mamar intensamente até jorrar uma boa dose de ‘porra’ na boca dela e ela engolia com muito tesão.
Ela amava essas visitas em minha casa todos os dias. Transávamos todos os dias e era uma experiencia marcante e ela sempre muito criativa.
Minha mulher nunca descobriu.

Transamos até hoje, mesmo depois dela ter se casado e disse que não consegue me tirar da cabeça, já que não imagina ficar sem aquela pica penetrando na sua buceta.
C. Carlyle Lyra

3204 views

Contos relacionados

Garota Néon

Morar sozinha em São Paulo é bem complicado. O custo de vida é muito alto, principalmente para alguém que havia acabado de se formar na faculdade como eu. Mesmo assim, precisava me virar da melhor...

LER CONTO

Meu ginecologista me masturbou

Tenho 16 anos, sou baixa, corpo normal, cabelo na cintura. Era uma consulta normal, já conhecia meu ginecologista e me consultava com ele sempre! Ele era bem bonito, porém nunca tinha...

LER CONTO

Metendo na baia

Olá novamente, sou a Moa. Meu conto anterior foi o primeiro e foi sobre meu primeiro namoradinho quando eu tinha apenas 15 aninhos. Hj tenho 31, sou morena e uma gordinha gostosa. E como prometido,...

LER CONTO

TEMA CENTRAL – UM BELO HOMEM – GRISALHO E CHARMOSO

TEMA CENTRAL: - UM BELO HOMEM – GRISALHO E CHARMOSO 1ª Parte – Um desejo gostoso por praia e um homem bem grisalho de ‘pica’ bem grossa e latejante. ·          - - -...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos