website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » MINHA MÃE E O VIADO DELA

MINHA MÃE E O VIADO DELA

Publicado em novembro 2, 2022 por CARLOS A. LYRA

MINHA MÃE E SEUS NAMORADOS
Um dia cheguei mais cedo em casa e ouvi uns ruídos vindo do quarto de minha mãe. Espiei por um buraquinho que havia feito na porta e vi minha mãe de 4 sendo enrabada por um “amigo da família”.
Ao mesmo tempo que senti uma grande raiva, senti também, um enorme tesão e nem percebi que estava tocando uma punheta.
Quando eles terminaram sai pé ante pé e fiquei sentado na poltrona da sala. Quando eles me viram notei que ficaram meio desconcertados.
Minha mãe perguntou há quanto tempo eu havia chegado. Disse-lhe que há meia hora. O car se despediu e foi embora.

Minha, mãe, ainda meio sem jeito. sentou-se ao meu lado e me perguntou se eu havia visto algo que poderia me incomodar. Respondi que havia visto ela transado com o cara. Ela me perguntou o que eu havia sentido. Respondi que tinha tido um enorme tesão e que tocara uma punheta.
Disse isso com o intuito de agredi-la. Mas, para surpresa minha ela se disse lisonjeada com a minha punheta porque ela sempre pensou que eu era viado uma vez que não tinha namorada e só andava com rapazes.
Ainda com raiva disse que era viado sim e que gostava de dar a bunda para os meus colegas. Ela virou-se para mim e me disse que não tinha nada demais.

 

Cada tinha direito a sua opção sexual. Se eu me sentia bem sendo viado tudo bem ela me apoiaria. Resolvi testá-la e telefonei para um dos rapazes convidando-o a vir a minha casa para assistir a um filme pornô.
Obtendo resposta afirmativa disse a ela que uim dos meus homens estava vindo para me comer. Assim que o rapaz chegou abriu a porta, reconhecendo-o beijou-lhe o rosto e disse que ficasse a vontade.
Fomos para o meu quarto e deixei, de propósito, a porta entreaberta. Coloquei o filme, tiramos a roupa, e pelados começamos ver o filme. Nisso percebi que minha mãe estava observando pelo vão da porta.
Abaixei-me e comecei a chupar o pau do rapaz.

Após algum tempo fiquei de 4 e mandei que ele me enrabasse. Ele enfiou aquele cacete enorme, lindo e delicioso no meu rabo.
Trabalhou por um bom tempo e quando esporrou eu esporrei junto. Continuamos a assistir ao filme e, mais uma vez, agora na posição de frango assado, ele enterrou aquela pica maravilhosa no meu cú.
Trabalhou até esporrar e exausto deitou-se ao meu lado.
Minha mãe ainda estava ali observando. Quando o rapaz foi embora perguntei a ela o que havia sentido.

Ela me respondeu que muito tesão que o rapaz tinha um belo pinto e que se fosse possível ela teria entrado para participar. Pensei comigo ela está dizendo isso para aliviar sua consciência. Mas que nada.
A puta de minha mãe, naquela noite mesmo, telefonou para um dos seus amigos convidando-o para tomar um vinho conosco.
O rapaz chegou, sentou-se e começou a falar de futebol comigo enquanto minha mãe se aprontava. Gente!!que coisa linda!!
Minha mãe chegando vestida com uma minissaia preta e uma blusa branca semitransparente.

Ela serviu vinho para nós, sentou-se deixando à mostra generosa parte de suas coxas e iniciamos um papo sobre vários assuntos até que, sem mais nem menos, virou-se para o seu amigo e lhe disse que eu era viado e que ela me aceitava assim mesmo.
O que ele achava disso? Ele respondeu que cada uma faz o que quiser com a sua bunda. Todos rimos.
Minha mãe o chamou para irem para o quarto e virou-se para mim e perguntou se eu gostaria de participar. Claro, respondi rapidinho e lá fomos nós.
O rapaz não esperou e foi logo agarrando minha mãe, beijando=lhe a boca, apertando os seus seios, passando as mãos pela bunda dela e tirando sua roupa. Eu olhando sem saber o que fazer quando minha mãe se vira para mim e disse para eu tirar a roupa.
Rapidamente tirei e pelado pulei na cama onde eles já estavam. Minha, mãe vira-se para mim e me manda chupar o pau do rapaz.
Um pau enorme, uma cabeça arroxeada, delicioso. Chupei gostoso enquanto ela me chupava.

O tesão era enorme sentindo a boca de minha mãe engolindo o meu pau.
A seguir ela mandou que eu ficasse de 4´para o rapaz me enrabar enquanto eu e ela faríamos um 69.
Meus amigos, que sensação maravilhosa tomar no cu ao mesmo tempo em que se faz um 69 com a própria mãe.
Ela chupava o meu pau com vontade, enquanto eu chupava sua buceta sentindo aquele enorme caralho dentro de mim. Foi maravilhoso!
A partir desse dia, os homens dela também eram os meus homens e dos meus colegas ela escolheu o Carlinhos, disse o nome dele porque ele vai ler este relato, uma vez que era o mais novo e por isso tinha mais fogo.
Até hoje, passados 5 anos de nossa ´última sacanagem, quando a gente se encontra sem que ninguém perceba, a gente relembra aquela época.
Hoje estou casado e sinto um grande tesão quando minha mulher é paquerada, mas não tenho coragem de contar para ela.

Adoraria que ela soubesse e que tivesse uns amantes e os dividisse comigo.
Ela não sabe que sou viado, ou pelo menos nunca demonstrou saber, embora traga, de vez em quando, alguns rapazes aqui em casa e transe com eles, mesmo quando ela está em casa.
A desculpa é que vou dar aula particular. Só que a aula não é de matemática é de fudologia. Um viado sendo enrabado pelo aluno em sua casa com sua mulher por alí.
E muito gostoso. Adoro ficar de 4 e ser enrabado perto da porta ouvindo minha mulher passando de um cômodo para outro e, principalmente quando ela bate na porta para avisar que o lanche está pronto e eu estou sendo comido.

endo em vista os e-mails recebidos vou contar uma segunda vez com minha mãe. Depois daquele primeiro caso, ver relato MINHA MÃE E SEUS NAMORADOS, eu e minha mãe nos tornamos excelentes amigos. Passamos a nos entender maravilhosamente e contamos um para o outro nossas transas.
Ela me perguntou desde quando eu era viado e com quem havia perdido as pregas. Respondi que era viado há dois anos e que transava com Rui, Paulo e Carlinhos. Mas que havia perdido as pregas com tio Luiz.
Ela pareceu assustada. Com tio Luiz? Perguntou. Sim, responde.

Nas férias na casa de praia ele me pegou dando para o Carlinhos e a noite foi no meu quarto. Pediu silêncio e disse que não contaria para você, desde que eu fizesse o que ele queria. Perguntei o que ele queria e ele disse ser chupado por você.
Ora chupar um pau era o que eu mais gostava. Respondi que estava bem. Ele tirou a roupa e eu caí de boca no seu pau.
Parei e perguntei se ele queria ir até o fim, isto é, até esporrar na minha boca. Ele respondeu que não. Que ele queria esporrar no meu cú.
Disse-lhe que nunca havia dado para um homem como ele e que se iria doer. Ele respondeu que enfiaria devagar e com bastante vaselina.

Deitei-me de bruços enquanto ele enfiava com o dedo bastante vaselina no meu cu e no seu pau. Deitou-se em cima de mim, senti o seu cacete procurar o meu cu e começar a entrar. Caramba! Quase berrei.
Mas me contive e procurei relaxar. Ele enfiou tudo e começou a vai e vem devagar até esporrar dentro de mim. Foi muito bom.
A partir desse dia me senti um viado de verdade.

Minha mãe perguntou se foi realmente bom. Respondi que sim. Ela me diz que está toda molhadinha. Que precisava de um cacete.
Pegou sua agenda viu um nome e ligou convidando alguém para um vinho. Confirmada a presença ele, toda alegrinha, me disse vamos tomar um banho porque teremos companhia. Fomos para o banheiro, entramos na banheira e nos esfregamos. Eu adorava ensaboá-la. Passava as mãos pelos seus seios, suas pernas, sua bunda e sua buceta. Era a única mulher que me enchia de tesão.

Ela me esfregava, cuidava com carinho do meu pau, já duro, e lavava meu cuzinho.
Bom.. vamos lá. À noite a visita chegou e ao me ver pareceu um pouco assustado. Minha mãe lhe disse que ficasse a vontade. Me apresentou. Este e belo jovem é meu filho, meu amigo e meu confidente.
Não temos segredos um para o outro. O rapaz, vou chamá-lo de Paulo, ficou mais solto e nos sentamos para saborear um vinho e petiscos deliciosos que só minha mãe sabe preparar.
Aos poucos eles foram se aproximando, beijavam-se e as mãos corriam por todas as partes do seu corpo. Meu tesão era enorme, mas me mantinha a distância, até que Paulo se virou apara minha mãe e disse que gostaria de uma foda a três.
Ela virou-se para mim e perguntou se eu toparia. Respondi que sim e fomos para o quarto.

Lá, todos os 3 pelados, começamos uma bela suruba.
Minha mãe chupava o meu pau enquanto Paulo fodia sua buceta.
Depois ela ficou de 4 e Paulo mandou que eu enfiasse o cacete no cu dela enquanto ele enfiaria o pau no meu cu.
Foi uma posição maravilhosa.

Um trenzinho. Minha Mãe era a máquina, eu o vagão intermediário e Paulo o vagão final.
Nós 3 ali engatados. Que coisa deliciosa! Creio que foi uma das mais gostosas fodas a 3 que tivemos.
Fodemos até altas horas e não aguentar mais. Puxa! Como é bom lembrar esses bons tempos! Quantas belas e gostosas fodas demos.
Quantos segredos temos escondidos!
Hoje em dia, quando minha mãe vem nos visitar, ainda sinto um grande tesão.
Mas, infelizmente, hoje em dia não transamos mais.
Ela não quer.
C. C. L.

9913 views

Contos Eróticos relacionados

Meus pais viajaram e meu vizinho me fodeu

Acordei pela manhã e havia visto ninguém em casa. Meus pais saíram para o interior e me deixaram sozinha. Meu corpo estava tão quente que era impossível não querer o tocar. Me olho no espelho,...

LER CONTO

MARTA – UMA LINDA MULHER – 3º CAPÍTULO

Tema: Marta – Uma mulher Guerreira e destemida. - - - Introdução – 3º Capítulo º Capítulo 3º - Uma Digníssima Esposa. - - - NESTE CAPÍTULO. - - - A Confirmação da Gravidez - . . ....

LER CONTO

Uma Madrasta Linda Ilustre Fogosa e Gostosa – 2ª Parte

Uma Madrasta Linda Ilustre Fogosa e Gostosa. - - - 2ª Parte. - - - . . . - Estes personagens trouxeram a mim um novo sentimento de viver. ... Ato nº 01 – ... Augusto (Marido) ......

LER CONTO

Garoto de Sorte

Esta manhã parecia ser normal igual a outros dia no pequeno sitio de minha família  no interior  eu levantando cedo para cumprir com minhas obrigações tratar das criação tirar leite alimentar...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Sidnei 04/11/2022 11:13

    Muito bom adoro uma boa putaria

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos