website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » Meu primo ganhou um presente virgem que minha mulher não dava pra mim.

Meu primo ganhou um presente virgem que minha mulher não dava pra mim.

Publicado em setembro 24, 2022 por Leandro Escravo

Quem leu o ultimo conto, sabe que minha mulher Laura, virou amante do meu primo Alan.
Eu sempre que possível, assisto as transas deles.

Fazia menos de um mês que eles começaram a ser amantes.

 

Era no meio da semana, tinha acabado de voltar para casa do serviço.
Sabia que o Alan, vinha, pois minha mulher já estava nua, esperando ele chegar.
Esse era o joguinho deles. Alan queria esquecer como era minha mulher vestida.
Ela ficava ansiosa aguardando a chegada ele e eu , tentando não transparecer, também.

Quando tocou a companhia ela foi logo abrir. Apesar do medo de algum vizinho do andar ver, eu amava ver ela abrindo a porta nuazinha para o meu primo.

Ele já entrava beijando e tocando minha mulher. Ás vezes, ele lembrava de dar um boa tarde ou boa noite.

Ele sentou -se na cadeira perto da porta da lavanderia e minha mulher sentou-se no colo dele.
Eles ficaram se beijando, enquanto ele passava a mão no corpo nú dela.
Minha mulher levantou e ajudou meu primo a tirar a blusa e descer a calça.
Então ela de joelhos, começou a chupar o pau dele.

Ficava imaginando se alguém do corredor soubesse que menos de um metro estava aquela mulher bem comportada, que não usava nem sequer decote, chupando o pau do primo do marido na frente dele.
Ás vezes eu tinha vontade que pelo menos alguém suspeitasse.
Minha mulher chupava bem gostoso meu primo enquanto meus devaneios mostravam como eu adorava aquela situação.
Minha mulher sabia tratar do meu primo, e nem daria para imaginar que ela casou virgem.
Ela então subiu no colo do meu primo, e eu acompanhava o trajeto do pau entrando na bucetinha da minha esposa.
Adorava ver o sobe desce dela no pau do meu primo. Tanto eu e minha esposa somos de família conservadora. Eu nunca imaginaria pela minha criação que um dia estaria assim amando ver minha mulher com outro.
Meu primo sussurrar alguma coisa no ouvido dela. Ela fazia que não.

Até que depois de uns minutos de foda mais intensa, ela com rosto corado fez menção que sim.
Ela levantou-se e foi para a cozinha, voltando com o pote de margarina.
Ai entendi. Meu primo convenceu minha mulher a dar o cuzinho virgem dela.
Ela nunca me deixou, sempre sentiu medo, mas ele com menos de um mês de foda a convenceu.
Ela lambuzou o pau todo dele de margarina. Eu via o material derretendo por causa do calor do pau.
Ele levou minha mulher para o centro da sala. Fez ela ficar de quatro.

Sei que quando ia começar a penetração, ela meio que desistiu, mas ele agarrou ela e beijo com força.
Aquele jeito dominador, fez ela voltar a posição.
Então começou.
A penetração no momento foi meio sofrida para ela, afinal o pau do meu primo é de respeito.
Quando entrou tudo, ela parou por alguns segundos, até minha mulher acostumar.
Ai começou o vai e vem.

Eu sentia inveja, misturada com tesão. Afinal ele tirou algo que me pertencia, mas ao mesmo tempo, ele conseguindo o que não conseguia me deixava louco de tesão.
Eu comecei a chegar mais perto, queria ouvir não apenas os gemidos, mas a respiração dela enquanto dava para meu primo.
Eu comecei a fazer carinho no rosto dela.
Sei que é estranho, mas ficava cada vez mais apaixonado por ela enquanto via ela dando para outro.
Essa era nossa troca de amor. Eu sabia que liberando era para meu primo deixava ela feliz e ela sabia que eu ficava feliz vendo ela com outro.
Enquanto meu primo comia ela, falei:

– Te amo tanto.
– Tam.. também, humm te amo tanto amor.
Enquanto eu beijava ela, meu primo gozava no rabinho da minha esposa.
Ele foi logo em seguida ao banheiro tomar banho, enquanto eu namorava um pouco minha esposa.
Nunca nos sentimos tão felizes

7165 views

Contos Eróticos relacionados

Meu sogro safado

O jovem casal de namorados, Mario e Ana chegam a bela mansão da família dele. É um ameno dia de verão e os pais de Mario estão na piscina. -Mãezinha, esta é a Ana, amiga da faculdade. - Amiga...

LER CONTO

No motel com meu primo e ela

No motel com meu primo. Primeira vez.   Ela tinha 19 aninhos, morena claro, cabelos lisos e bem pretos, 1,60 de altura, magrinha mas com uma bunda bem redondinha e gostosa. Nós...

LER CONTO

PAULA ADORA TOMAR LEITE DE PICA VÁRIAS VEZES POR SEMANA. E EU SOU CORNO ASSUMIDO.

Meus queridos amigos, muito bom dia para todos. Meu nome é Leandro, casado com Paula, essa gostosa que aparece nas fotos e quero aqui falar sobre um vício que minha esposinha tem. E eu como...

LER CONTO

Minha esposa e meu amigo planejaram uma suruba, Shika uma Ninfo

Olá, Me chamo Carlos tenho 30 anos 1,81 e 85KG corpo definido pois malho, e minha esposa Shika tem 27 anos 1,67 e 59kg uma bunda bem durinha por conta da academia e peitos naturais de tamanho médio....

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos