website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos gay » Me conhecendo com meus amigos de escola – Parte 6 (primeira vez com dois)

Me conhecendo com meus amigos de escola – Parte 6 (primeira vez com dois)

Publicado em agosto 30, 2022 por Japa Suky

Passou um tempo, eu escuto a Josi chamando o Tom, ele se levanta e escuto éla pedindo para ele ir comprar alguma coisa pro café da manha, ele retorna se troca e eu fingindo dormir para não ir também, porque tinha que ir apé ou de bike e eu queria ficar dormindo huahuahua… Logo após ele sair escuto a porta se abrir e a Josi me chamar:

Josi – Suuu, ta acordada ??

Eu tomei um susto porque éla me chamou de Su, levantei a cabeça e olhei pra éla meio envergonhado.

Josi – Sabia que você estava acordado rsrs, (éla veio sentou no colchão que eu estava no chão), quer dizer que tem até apelido ja ?

Eu – Não… eu …

Josi – Paraaaaaa, eu escutei tudo de noite, meu quarto é aqui do lado, vocês são bem barulhentos… rrsrs, vocês estão namorando?

Eu – Não… não estamos namorando… para Josi, deixa eu.

Josi – Só quero conversar, quero que você me conta o que aconteceu… o Tom me deve esse favor, não vou falar pra ninguém, quero ajudar, gosto de você, você não tem ninguém pra falar disso não é ?

Eu – É, mas tenho vergonha… você ouviu o que?

Josi – Quer que eu falo mesmo ? (começo a falar por cima tudo que tínhamos feito … a filha da mãe deve ter ficado prestando atenção na gente…)

Eu fiquei vermelho e não sabia nem o que falar, porem éla ja sabia de tudo e não tinha nem como negar, eu só não respondia e nem olhava pra éla, só escutava rsrs…

Josi – Me conta, vocês estão namorando ?

Eu – Não… agente só começou porque aconteceu… (e contei o primeiro conto pra éla bem resumido, falei do Maicão, acabei me soltando um pouco)

Josi – Garota… você esta se divertindo bastante em… então você esta gostando disso tudo.

Ficamos conversando por um tempo, fui me soltando com éla, até uma pergunta.

Josi – Você ja usou alguma roupa com eles?

Eu – Roupa? como assim? … eu ficava de roupa quando chupava… tinha medo de alguem aparecer e com rolpa dava pra disfarçar, so comecei a tirar depois que eles ficaram passando a mão na minha bunda, mas só no quarto escondido…

Josi – Você não entendeu… alguma calsinha, uma roupinha de garota…

Eu – Nãoooo … nunca… pq? (isso me fez lembrar os filmes que eu tinha visto na internet, e ja estava me interessando, como eu estava mais solto com éla eu fui perguntando)

Josi – Porque o Tom gosta, pensei que ele tinha colocado em você ja, todo bobinho do jeito que você é, não que isso seja ruim rsrsr… Lembra que te disse que o Tom via uns filmes na net, então, éra de trans… com roupa de mulher sabe…

Eu – Sim ja vi… mas ele não pediu não ….

Josi – Quer colocar umas ? Eu acho que tenho umas pra você, vem comigo. (éla éra mais alta que eu, porem com um corpo legal mas magra)

Foi se levantando e eu fui atras, entrou no quarto dela fechou a porta, eu fiquei em pe próximo a porta e éla começou a abrir as gavetas dela…

Josi – Coloca éssa pra mim ver uma coisa… (pegou um shortinho, parecia bem pequeno, mas com um tecido elástico)

Eu – Isso não… vim pra ver só Josi, não vou colocar…

Josi – Para de bobeira, você ja esta aqui, e sei que quer sim, ta na sua cara… esse é só pra mim ver se vai servir… tenho umas coisinhas aqui pra você (fez uma carinha de arteira),

Fui indo em direção ao banheiro, éla olhou pra mim e deu risada.. – Tadinha, tem vergonhara de mim… kkkkk. Eu não liguei e continuei indo pro banheiro, fui tirei meu calção do pijama, e fui colocar, estava descrente que ia entrar pois éra pequeno, mas quando fui colocar a perna ele esticava bem, éra parecido com o tecido de legging, entrou e eu fu arrumando e serviu, mesmo com meu bumbum cheinho serviu direitinho, deu uma valorizada nota 1000, olhei no espelho minha bunda estava toda empinada (não que ja não fosse, mas deu uma moldada), fui tirei coloquei meu calção de novo e sai do banheiro…

Josi – Ué… não coube ?

Eu – Coube…

Josi – Cadê ? coloca pra eu ver…

Eu – Não Josi, me da vergonha rsrsr..

Josi – Deixa de vergonha comigo, se eu vou te ajudar, você não pode ter vergonha, o que vou te dar é muito melhor, se é que me entende rsrsrsr.. gosto de você, sera minha amiguinha, pode confiar em mim, não conto pra ninguém…

Aquelas palavras me tranquilizaram, e a Josi éra super legal mesmo, só meio loka mas isso o Tom tambem éra… Quando eu ia ir pro banheiro de novo éla me parou e falou.

Josi – Para de frescura, coloca aqui mesmo, ou esta com medo de eu te pegar a força ? kkkkkk

Eu dei uma risada, e tirei meu calção e fui colocar o shortinho… éla olha pra mim e fala.

Josi – Coloca sem éssa cueca feia ai, se não vai ficar marcado… vou te dar ele, não se preocupa rsrsr (depois de uns convencimentos eu fiz o que éla pediu)

Quando tirei a cueca e fiquei sem nada, só de camiseta, éla olhou pra mim e falou..

Josi – Não é a toa que o Tom quis te comer, com éssa bunda branquinha e grande rsrsrs

Eu meio que não liguei arrumei o short e meu pauzinho começou a ficar duro, eu estava me olhando no espelho e estava INCRIVEL, ficou muito bom, pelo menos a sensação e tudo mais. A Josi veio por tras deu uma puxada deu uma entrada atraz e ajeitou, puxando pra cima um pouco…

Josi – Parece que alguém esta gostando disso… (olhando pra minha cintura)

Eu – Desculpa Josi… vai sozinho…rsrsr

Josi – kkkkkkk safadinha, gostou dessa então né ? Fica pra você, não uso faz muito tempo, e ia dar embora.

Ficamos batendo um papo, éla me contou o que aconteceu no condomínio dela, pro pais dela não deixar ela sair muito, resumidamente éla deixava algumas garotas entrarem no condomínio como se fossem amigas dela e fossem pra a casa dela, porem iam pra casa dos rapazes la dentro, uma forma de encobertar uns caras pra suas esposas… e numa dessas acabou que um deles foi pego, e quando a mulher viu na entrada descobriu que a “Dita cuja” tinha entrado falando que ia na casa da Josi, então a mulher foi la tirar satisfação e deu o que deu rsrsr.. Ficamos mais chegados, estávamos conversando na sala ja, eu tinha guardado meu presente, o Tom chegou tomamos café e fomos bagunçar na piscina. Na piscina mesmo o Tom veio pra mim no canto e disse:

Tom – Japa, bor na casa do Maicão de tarde? Ele disse que vai chegar umas 16:00, agente dorme domingo la… O pai dele não vai ta la… da pra gente fica de boa..

Eu – Mas não avisei minha mãe que ia pra la, éla vai me buscar aqui mais tarde…

Tom – Fala que você vai ficar cm agente mais um dia… Eu falo pra minha mãe falar com éla, e depois vamos no Maicão….

Eu – Ta bom, mas tem que ver se éla deixa.

Logo após o almoço o Tom falou com a mãe dele, que ligou para minha mãe que aceitou de primeira, porque éra mais um dia que éla podia ficar com as amigas dela e ir baladear… Fomos almoçar e após o almoço já subimos para arrumar as cosias e tomar um banho. No quarto do Tom ele foi fechou a porta e me deu uma puxada por tras e disse:

Tom – Su, toma aquele banho que hoje vamos brincar bastante na casa do Maicão.

Eu – Você contou pra ele ?

Tom – Claro, ele é nosso parceiro, ele também quer.

Eu – Po Tom… você sai contando tudo…

Tom – Vai… Por favor… final de ano ta ai e logo vou ter que viajar.. o Maicão também…

Fiquei mudo, fui pro chuveiro e comecei a pensar no Maicão me comendo… pensei o pau dele que éra maior que o do Tom, de como seria, logo já estava com o coração acelerado e querendo… tomei aquele banho, dei aquela preparada pra não ter acidentes, peguei minhas cosias desci pra sala para esperar o Tom, que tinha ido tomar banho no outro quarto. Terminamos tudo, me despedi da Josi, dos pais dele e chegamos na casa do Maicão. Nos recebeu e fomos pra sala bater um papo na sala, ele nos contou da mãe dele e etc… Logo depois ele falou pra nós.

Maicão – Vamos subir, peguei uns filmes pra gente.

Tom – Filme? Bora ver, hoje a punheta vai ser mais gostosa (olhando pra mim)

Eu não falei nada subi, entramos no quarto, Maicão já pulou na cama o Tom já foi do lado, eu fiquei sentado na borda da cama, começou o filme e logo já vieram os comentários de sempre…

Maicão – Caralho, ólha esse rabão dela…

Tom – Prefiro a da Su… mais gostoso e apertadinho, só precisa aprender a rebolar…

Maicão – Que Su ? Qual é essa ?

Tom – Aqui ó (e aponta pra mim), você precisa ver éla de quatro gemendo rsrsr

Eu – Para Tom…

Maicão – Então já tem até apelido já? Su … ai sim … Curtiu a enrabada “SU” ?

Eu – Engraçadinho… falei pro tom ficar quieto.

Maicão – Relaxa Su… Agente ta tudo junto… você podia fazer pra mim também né… fiquei sem nada o final de semana todo.

Eu – não… (e já fui levantando pra ir no banheiro)

Quando voltei estava o Tom e o Maicão batendo uma olhando o filme, vi aquele pau do Maicão, que ele ficava subindo e descendo a mão, grande, e eu lembrando de quanto eu estava chupando ele na mesma cama…

Tom – Gostou Su? Não para de olhar rsrsr. Senta aqui com agente (batendo a mão no meio dos dois)

Eu – Vou ficar aqui mesmo na ponta…

Maicão – Para de frescura, já ta na hora né… Já me chupou, já chupou o tom e ainda fica de frescura vem logo, você veio aqui porque quer… e eu tb quero (ele levantou me pegou pelo braço e puxou pro meio deles)

Fui me arrumei no meio dos dois, o Maicão sem nem falar nada pega minha mão e coloca no pau dele.

Maicão – Bate uma pra mim Su, bem gostoso…

Tom – Também quero, (pega minha mão e coloca no pau dele também)

Não falei nada, só fiquei com aqueles dois paus na mão subindo e descendo… dando uma atenção no pau do Maicão que estava bem duro, e eu estava com muita vontade dele. Eu nem estava vendo mais o vídeo, só me concentrando neles… Eu já estava perdendo a vergonha e ficando mais solto, porque sabia que não tinha ninguém na casa e que eu podia ficar tranquilo. Tomei coragem fui um pouco para frente, virei de frente pra eles e continuei, mas agora de frente, o Maicão já me olhou sorrindo, começo a se arrumar na cama, o Tom também, eles já tinham percebido que a brincadeira já ia começar… Me soltei um pouco dei aquela respirada, estava pronto já, aquela sensação de sempre com o coração acelerado rsrsr.. Acelerei a punheta nos dois, deitei de bruços e fui bem perto pra cima, dava pra alcançar os dois, fiquei com minha bundinha pra cima deitado de bruços e punhetando eles. Olhei pro Maicão e dei uma lambida no pau dele, continuei a punhetar e dar umas lambidas, fiz o mesmo com o Tom, mas só que o Tom sempre mais afoito já puxou minha cabeça como se pedisse pra chupar, coloquei a boca no pau dele e senti aquele gostinho da lubrificação, pois estava batendo pra eles já, e já estava dando sinal de vida, babando rsrsr… coloquei na boca fazendo um vai e vem acompanhando a mão do Tom.

Maicão – Para não, chupa ele mas continua batendo…

Eu – É que ele me puxou, então eu parei…

Maicão – Faz os dois po rsrs …

Fiquei com uma mão segurando o pau do Tom e chupando e a outra punhetando o Maicão, depois de uns 2 min eu virei e coloquei o pau do Maicão na boca, dava pra ver que eu tinha que ir bem mais fundo pra fazer igual com ele, pau maior, estava todo babadinho também, fiz aquele limpeza chupando gostoso, fiquei revezando entre os dois, o filme rolando e eles nem ai pro filme, o Maicão ainda olhava mas o Tom so ficava de olho em mim, quis dar uma atenção a mais pra ele, porque ele estava me olhando sempre, me acompanhando no boquete, eu ficava chupando o Maicão e olhando pra ele… Ele ficava com aquela cara de safado olhando pra mim… até que ele se levantou e foi pra trás de mim, já foi tirando minha meia, puxando minha calça..

Eu – Ei… vai de vagar rsrsr..

Tom – To querendo essa bunda gostosa de novo… que tesão que to, desse jeito vou gozar rapidão… kkkkkk

Maicão – Eu também quero…

Tom – Fica com seu boquete ai, depois que eu acabar você vem kkkk

Eu nem falei nada, estava entregue a eles rsrsr… pra ajudar tirei minha camiseta, fiquei de joelho e continuei a chupar a Maicão que estava deitado na minha frente agora, senti o Tom tirar minha roupa, abrir um pouco minhas pernas e ajoelhar bem encostado em mim… fiquei meio preocupado porque pensei que ele ia já ir enfiando e dar todo aquele problema de novo de não entrar, ele sempre éla todo afobado, mas o danado veio e enfiou a cara na minha bundinha arrebitada, tomei até um susto… Olhei pra trás e vi ele dando uns beijos na minha bunda e apertando éla… eu tremi de tesão, novidade pra mim rsrsr.. ele chegou perto e deu uma lambida no meu anelzinho bem levinho, (percebi que ele estava meio que com receio também, mas eu tinha dado aquela geral, estava cheirosinha rsrsr), foi deu outra… e ai foi de vez, lambendo e tentando enfiar a língua… ( galera, sério, acho que foi a primeira vez que eu fiquei de pauzinho duraço e babando, eu estava amando aquilo…) ele continuou e cada vez mais tentando enfiar a língua dando uma massageada na minha bundinha… eu naquele prazer fiz um mega boquete pro Maicão, estava delirando ali… percebi o Maicão ficar se remexendo na cama, eu não largava o pau dele e chupando com vontade, quando o Tom parou de me lamber eu olhei pra trás e vi ele indo até a mochila dele, enquanto isso eu voltei para o Pau do na minha frente, e tentar dar uma engolida nele de novo, respirei e tentei enfiar bem fundo, dei uma engasgada por falta de costume, o Maicão colocou a mão na minha cabeça e foi me ajudando, continuei tentando e estava indo mais fundo, o Tom veio para traz de mim de novo e voltou a me lamber, mas agora bem carinhoso… O Maicão pegou minha cabeça e puxou, fazendo o pau dele entrar na minha garganta, eu puxei quase dei aquela vomitada, porque foi inteiro, ele estava bem babado então ajudou a escorregar pra dentro, dei uma tossida olhei pra ele:

Eu – Vai de vagar, eu não consigo ainda rsr.

Maicão – Foi gostoso, vamos de novo, você vai agora, quero sempre assim, quero colocar ele inteiro.

Eu – Quer sempre assim ?? rsrs como assim sempre ? Não puxa, eu vou indo ta… ( ele balança a cabeça como sim, e já fica de joelho de frente pra mim)

O quadril dele ficou praticamente na minha cara, tive que ir até um pouco pra traz, o Tom foi um pouco pra tras também abriu mais minhas pernas e senti um geladinho no meu anelzinho, olhei pra ele e ele estava com o pode de gel da casa dele, o Filha da mãe passou no quarto dos pais pra pegar, fui aproveitando a massagenzinha no meu anelzinho e fui dar atenção pro Maicão de novo, com o pau na minha frente eu levantei a cabeça e coloquei ele na boca continuando a chupar, agora minha garganta mais reta ficaria mais fácil, fui chupando e tentando colocar mais pra dentro a cada hora… até que eu dei uma empurrada pra entrar e ele uma ajudinha, passou pela língua foi na garganta segurei um pouco e tirei o pau da boca, dei uma respirada olhei pro pau dele estava todo babado fez até aquele fiuzinho… eu estava me sentindo uma atriz pornô, dois caras em cima de mim e eu tentando engolir um pau todo… eu estava feliz da vida kkkkkk. O Tom após passar o gelzinho já colocou um dedo, ficou entrando e saindo com ele, dando uma massageada e uma alargadinha, tinha aprendido a fazer agora rsrs, eu estava toda arrebitada com um pau na boca e um dedinho no cuzinho, estava pronto pra qualquer coisa, já estava decidido a aceitar tudo naquele dia… Chupando o pau do Maicão eu fiquei forçando entrar bem na garganta, e ia e vinha, já não estava mais dando vontade de tossir e nem ânsia, fui indo cada vez mais fundo, senti o tom chegando perto e ajoelhando atrás de mim bem próximo, sentia a coxa dele encostar na minha, com uma mão ele segurou minha cintura e com a outra ele direcionou o pau dele na entradinha, ficou dando umas pinceladas e umas forçadinhas, indo e vindo até que senti meu anelzinho abrindo e entrando a cabeça do pau dele, ele segurou com as duas mãos na minha bunda e já começou um vai e vem bem leve, me fazendo ir um pouco pra frente e pra traz, isso já ajudava a chupar o Maicão, que não tirava os olhos da minha bunda também. Ele no tesão segurava minha cabeça com as duas mãos e ficava enfiando o pau na minha boca como se estivesse me comendo também, eu estava paradinha a vontade deles, o Tom já acelerando atrás porque já estava ficando mais fácil, e o Maicão socando pau na minha boca, ele puxava cada vez mais e eu deixava, queria me sentir a atriz do filme… tinha hora que o pau dele dava uma entortada porque segurava no fundo da minha boca mas escorregava pra garganta, eu já estava começando a encostar o nariz nele do tanto que estava entrando… eu parava um pouco respirava todo babado e colocava o pau dele de novo na boca, até os olhos lacrimejavam um pouco, o Tom aumentando o ritmo no meu cuzinho, estava doendo um pouco, mas deixei ele fazer do jeito dele, estava começando a bater o quadril dele no meu bumbum rsrsr.. e eles ficavam se falando:

Tom – To comendo um cuzinho cara… olha esse rabão rsrsr

Maicão – To colocando la no fundo, a Su ta aguentando tudo muito bom cara, vou gozar na garganta dela, você quer na garganta Su? (e socava tudo no fundo até meu rariz encostar no quadril dele)

Minha garganta estava começando a doer, porque eu não tinha costume de fazer isso, e eu já estava me achando o máximo por estar fazendo sem tossir ou dar ânsia, eu queria deixar eles fazer de mim o que queria, éra meu proposito. Maicão puxa minha cabeça e coloca todo o pau dele dentro da minha boca, sinto aquela cabeça passar na minha garganta e descer, minha língua sendo forçada pra baixo e eu abrindo a boca o máximo que podia pra não ficar com os dentes no pau dele, ele me segura forte, eu tento sair e ele segura, eu dou um puxão e ele solta minha cabeça, fui pra traz com tudo até saiu o pau do Tom do meu cuzinho… Dou umas tossidas e volta aquela baba todo no pau dele e na minha boca…

Eu – Po Maicão… quase sufoquei, vai com calma…

Ele me olha, pega nos meus cabelos e com a outra mão coloca o pau na minha boca de novo, socando menos, o Tom coloca o Pau dele no meu cuzinho de novo, agora sem dificuldade e acelera o ritmo dando até uns estalos do quadril dele com minha bunda, ele estava indo forte me empurrando pra frente, não tava nem conseguindo chupar direito o Maicão…

Maicão – Vai com calma ai Tom rsrsr.. vai abrir o cuzinho da Su kkkkkk

Tom – Éla aguenta, vai por mim…

Eu so queria chupar e ser usada, estava amando aquilo tudo… o Tom para, tira o pau dele de mim me da um tapinha na bunda e fala:

Tom – Vem Maicão, to cansando já, vamos trocar?

Maicão – Bora… vou comer esse cuzinho ai com meu pauzão, sera que aguenta?

Eu – Vai de vagar Maicão… ta doendo um pouco ( falando toda arrebitada e babada, ninguém ia nem ligar pra mim kkkk )

O Tom saiu veio pra frente, eu fui me arrumando o Maicão foi pra tras, ficou em pé no fundo da cama e me puxou para traz, de forma que ele ficava em pé e eu de quatro no funda da cama, o Tom deitou na minha frente se ajeitou com o pau na linha da minha boca, e ficou balançando ele na minha cara, juro pra vocês que na hora eu nem liguei que ele tinha acabado de me comer com o pau, estava com um cheirinho de menta do gel que ele tinha colocado, eu fui e comecei a chupar sem frescura, estava com mais gosto de gozo do que qualquer coisa, eu não percebi se ele tinha gozado ou não, mas eu acho que não porque le ainda estava bem duro… o Maicão foi atraz de mim e senti aquela cabeça encostar no meu cuzinho já laceado, porem o pau dele éra bem maior que o do Tom… fiquei meio apreensivo e esperando ele colocar pra ver se ia doer ou não, enquanto isso eu punhetava o Tom e dava umas lambidas… Maicão então forçou a cabeça pra dentro, entrou tranquilo sem muito esforço os dois tinha quase a mesma grossura, e ele foi enfiando pra dentro e saindo, e foi e enfiou bem no fundo, senti uma dor la dentro, dei uma voltada com o corpo e coloquei a mão pra traz pra segurar ele e não enfiar mais d que já tava…

Maicão – Foi muito pra você Su ? Vai acostumando…

Eu – Foi la no fundo, espera, vai de vagar que doeu, ele é grande.

Tom – KKKKKKK vai atravessar a Su meu … estraga a brincadeira não po.

Maicão – Tem que aguentar, se na garganta vai, aqui também.

Sem muito dizer colocou de novo e começou a me comer sem colocar tudo, percebi porque ele não estava encostando em mim que nem o Tom.. ele foi empurrou minha mão pro lado e colocou a mão nas minhas costas me forçando pra baixo, me deixando mais empinadinho. Sem se importar muito com o que eu falei ele continua enfiando cada vez mais, eu sentia aquelas fisgadinha la no fundo toda vez que ele socava, o Tom bateu o pau no meu rosto e falou: – Me chupa, logo logo eu gozo. Aquilo me deu um animo e pra aguentar um pouco da dorzinha que eu estava sentindo eu com uma mão acariciava meu pauzinho e com a outra me apoiava meio de lado pra chupar o pau do Tom, isso me dava um tesão muito bom…. O Maicão delirando atraz de mim e eu sentindo cada vez mais ele encostar em mim… Vi que o tom começou a bater uma punheta bem forte, fiquei lambendo as bolas dele enquanto ele fazia isso de olhos fechados..

Eu – Vai gozar?

Tom – To quase, abre a boca, engole tudinho que nem em casa. (eu olhando nos olhos dele respondendo com sim com a cabeça e de boca aberta pra ele, sentindo as bombadas do Maicão).

O Tom começa a respirar fundo e enfia o pau na minha boca, sem esperar eu já dou uma sugada bem gostosa da na cabeça do pau dele que já estava latejando e sinto o gostinho quente e forte entrando na minha boca, eu continuo a chupar e gemer, chupando e engolindo, como se ele não tivesse gozado ainda, dou um sorriso pra ele, coloco os lábios dentro da boca dou aquela lambidinha limpando e fico olhando pra ele…

Tom – Gozei po… Caralho, fica me chupando Su..

Eu ri olhando pra ele e voltei a chupar o pau dele já amolecendo. O Maicão depois que ouviu isso foi colocando tudo eu estava sentindo o corpo dele encostando no meu, eu fui pra frente e ele me puxou pelas ancas e ficou frenético forçando e bombando…

Eu – Maicão… pera… ta doendo … pera…

Maicão – To quase, aperta esse cuzinho pra mim..

Escutei isso e me soltei, mesmo doendo eu pensei que seria rápido e logo ele ia parar, mas mesmo assim ele continuou bombando em mim, eu parei até de chupar o Tom e coloquei a cabeça dentro do travesseiro, eu la todo empinado com um cara de 1,80 bombando no meu cuzinho, ele soltou minha bunda colocou a mão nos meus ombros e ia com força… eu já não estava mais sentido dor no meu anelzinho, porque já tinha acostumado com o pau dele e estava bem lubrificado, o problema éra a profundidade, eu sentia uma pontada as vezes quando ele colocava bem fundo, deixei ele a vontade pra acabar, ainda durou uns 10min nessa posição, depois ele foi pra traz e sentou na cama do meu lado batendo uma punheta bem leve.

Maicão – Vem Su… chupa um pouco…

Me levantei com as pernas meio bambas, o Tom saiu da cama e ficou do lado olhando punhetando o pau dele meio mole, fui em direção ao Maicão pra chupar ele, ele me pegou pela cintura me virou de costas e apontou o pau pra minha bundinha de novo, fiquei sem entender, porque ele tinha me pedido pra chupar, mas mudou de ideia tudo bem rsrsr.. fiquei em pé ele colocou o pau pra dentro de novo, ele ficou de pé, eu na pontinha dos pés.

Eu – Maicão, você é muito alto não da…

Maicão – Fica assim, ta apertando gostoso.

Ele deu uma abaixadinha na perna e começou a bombar em mim de novo, ele com a mão na minha barriga, outra no meu ombro, eu de pé empinando bem a bundinha, e ele socando em mim com gosto… eu estava suado já, cansado, e ele a todo vapor… Eu não aguentei ficar la de ponta de pé empinado pra ele e virei em direção a cama debruçando nela… ele se apoiou na cama e foi com vontade… mordi a fronha (literalmente) fiquei gemendo e sentido as batidas do corpo dele em mim, até que ele pega forte no meu cabelo puxa pra traz me fazendo levantar um pouco e enfia tudo em mim, minhas pernas até deu uma tremida, minha bunda sendo amassada pela cintura dele me empurrando e socando todo aquele pau em mim, ele respira fundo e me da uma mordida no ombro… galera.. aquilo me estremeceu de um jeito que eu fiquei sem força nas pernas, eu quase gozei sem por a mão no meu pauzinho… Ele ficou me puxando com o pau la dentro ainda, veio no meu ouvido e falou bem pertinho de mim – Que putinha gostosa, gozei bastante…

Ele foi tirando de vagar o pau, e logo já senti escorrer quente nas minas pernas.. deu uma risadinha pra ele e fui indo pro banheiro…, sentei no vaso, fiquei um tempo la pensando no que tinha acontecido, meu cuzinho latejando, eu com gosto de gozo na boca, todo suado, me olhei no espelho, estava com a bunda cheia de marca de apertão e a cara melada rsrsr… sorri pra mim mesmo e sai peladinha ainda pro quarto…

Próximo eu continuo galera.. esse ficou grande, mas queria contar tudo do dia, comenta ai se preferem assim.. Valew.

Leia outros Contos eróticos gay bem excitantes abaixo:

A primeira transa com ele - Parte 1

A Festa

5841 views

Contos Eróticos relacionados

Desejo realizado: ELE COMEU MEU BUMBUM BRANCO

OsENFIM ME REALIZEI. Sempre tive tara e vontade de chupar e foder um velho amigo chamado MARCÃO. Há anos vivia batendo punheta pensando nele desde que o vi nuzão no banho e meu cacete subiu e...

LER CONTO

CHUPANDO PIROCA E DANDO O CU PARA UM DESCONHECIDO NO CINEMA

Olá, meu nome é lauro, moro no Rio de Janeiro e essa história que passo a contar agora ACONTECEU QUANDO EU TINHA 19 ANOS. Eu sou um homem de 55 anos, casado, 1,90m de altura, peso 105kg, meu...

LER CONTO

DANDO O CUZINHO POR DINHEIRO PARA O JAPONÊS TARADO, SEU ZÉ DE GARÇA

DANDO O CUZINHO POR DINHEIRO PARA O JAPONÊS TARADO, SEU ZÉ DE GARÇA   nessa mesma fábrica que era de japoneses, tinha um japonês que era o gerente, tomava conta de tudo,a gente chamava...

LER CONTO

Tentação na pescaria

Desde muito novo, sempre tive tesão por meninos e meninas mas sempre mantive as aparências para as outras pessoas. Sempre me masturbei fantasiando situações com outros homens e até comprei um...

LER CONTO

6 - Comentário(s)

  • Ana Carolina 30/10/2022 20:12

    Adorei. Sou travestizinha, bem gostosinha, tipo boneca. Amo dar o cuzinho e chupar uma pica gostosa e engolir toda a porra.

  • Mato Grosso 7 05/10/2022 17:37

    Ficou muito bom ,, adorei você .

  • Japa Suky 19/09/2022 19:06

    se quiserem falar comigo [email protected]

  • Japa Suky 19/09/2022 19:00

    ola rsrsr .. vou continuar sim ... tem bastante coisa pra contar

  • Italo biabal 31/08/2022 11:23

    Man, admito que fiquei com saudades do seus contos rsrs, mas está ficando bom, me dá vontade de ver o desfecho de tudo

  • Berna 31/08/2022 04:25

    Conto perfeito, na próxima pode contar se a Josi te ajudou mais ou como você contou pra sua mãe e qual a reação dela sobre isso

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 4 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2023 - Contos adultos