Madame safada fodeu comigo que sou porteiro

Olá gente, beleza? Meu nome é Severino, tenho 49 anos, sou porteiro e vou contar para vocês como foi o dia em que uma madame safada me chamou para foder em seu apartamento.

Certo dia eu estava tranquilo na minha portaria quando recebo uma ligação do apartamento 32, era uma madame pedindo para eu ir lá pois seu marido estava viajando, ela estava com um problema na televisão e não tinha ninguém para consertar. Como sou um bom funcionário, fui lá.

Quando cheguei ao apartamento me deparei com a madame safada vestida apenas com uma calcinha branca e um sutiã vermelho, de imediato fiquei de pau duro, ela falou: “Desculpa minha vestimenta, é que gosto de ficar a vontade quando estou em minha residência, venha até a sala que vou te mostrar o problema”. Eu respondi: “Sem problemas, vamos até lá”.

Ela saiu andando até que chegou na televisão e ficou de quatro mexendo em alguns fios, eu perguntei: “Aonde é o problema?” Ela respondeu: “Você não percebeu ainda?” eu perguntei: “Será que é o que eu estou imaginando?” Ela respondeu: “É sim”.

De imediato encostei meu pau duro nela que ainda estava de quatro para ela sentir a pressão do porteiro, ela falou: “Nossa, que delícia”.

Comi a madame safada

Comecei afastando a calcinha da mulher rica para o lado e passando a minha língua no clítoris dela enquanto ela dizia que estava gostoso, depois enfiei um dedo no cuzinho e outro na buceta deixando a gostosa cheia de tesão até que ela pediu para eu enfiar com mais força, então enfiei dois dedos de uma vez na xota dela que gemia igual uma cadela no cio.

Permaneci enfiando os dedos até deixar ela no ponto para foder que eu considero que é quando a mulher está molhada e pedindo para levar pica, quando percebi que ela chegou ao ponto mandei ela ficar de quatro e soquei meu cacete nela com força enquanto ela dizia: “Me arromba com mais força”.

Após alguns minutos me satisfiz com aquela buceta então encostei meu pau no cuzinho dela, como ela não reclamou eu enfiei de uma vez e comi aquele cuzinho apertado até não aguentar mais e encher o cu da madame safada de porra.

O sexo daquele dia terminou comigo gozando no cu dela, mas não foi só essa vez que transamos, sempre que o marido da madame safada viaja ela liga para a portaria e manda eu subir para foder ela gostoso, ela sempre fala que o marido dela é fraco na cama e que apenas eu consigo satisfazê-la.

Madame safada
Madame safada