website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de fetiche » Loirinha mocinha e o negrão tarado na construção

Loirinha mocinha e o negrão tarado na construção

Publicado em novembro 28, 2022 por Amanda

Eu podia sentir as veias grossas da sua rola preta com os lábios da minha bocetinha enquanto ele roçava aquela coisa enorme comigo sentada sem calcinha em seu colo, de pernas abertas  sem meus pés sequer conseguir tocar no chão..

Oiee…  nome é Amanda.. eu ainda era mocinha quando isso aconteceu..branquinha de cabelos bem loirinhos, devia medir não mais que 1.55 e já chamava a atenção de homens muito mais velhos do que eu… Já tinha peitinhos bem formados que parecia que iria furar minhas blusas.. e todos olhavam para minha bundinha e minhas perninhas grossas. Uma vez no shopping um homem que tinha o dobro do meu tamanho e idade pra ser meu pai me falou baixinho no estacionamento olhando bem pra mim..

– Nossa menina… Vc é uma gostosinha..

Arrepiei e senti minha calcinha molhar depois de um friozinho na barriga

Em outra situação na fazenda de meus avós um moço que cuidava dos cavalos me colocou sentada em seu colo em um passeio de cavalos… Eu sentia sua rola dura na minha bundinha… Mas não ligava. Queria mais era andar de cavalo, Achava que não tinha nada de mais… Quando me desceu sussurrou baixinho…

– Que tesaozinho de menina…

.. Mas a verdade é que eu não pensava em sexo e só pensava em andar de bicicleta pelo condomínio, embora já sentia minha bocetinha molhar minhas calcinhas no banquinho… Hoje entendo que é por isso que eu gostava tanto rsrsr .. O condomínio que eu morava era novo e grande…. Com casas grandes como a minha e ainda tinha várias que estavam em construção… Eu percebia os olhares gulosos dos pedreiros cobiçando meu corpinho de menina… Eu sempre usei shorts de pano, curtos e soltinho.. isso deixava a poupinha da minha bundinha aparecendo… Em uma dessas tardes onde eu passeava com minha bicicleta começou a chover muito… Muito mesmo… O céu ficou escuro e barulhos de raios… Caia gelo do céu  me molhei toda… Decidi entrar em uma casa que estava construindo pra me abrigar… Eu estava toda molhada…era uma casa quase terminada de dois andares…. Tinha muros mas não tinha portão…

Entrei empurrando minha bicicleta… Minha blusinha estava colada no meu corpo deixando meus peitinhos bem marcado…meu shortinho todo ensopado…. Sentia frio…. E os biquinhos do meu peito estava pontudo e meu corpo todo arrepiado……. Decide entrar mais para dentro da casa para tirar minhas roupas e torcer pra ficar mais quentinha…. Tinha tijolos e vários sacos de cimento encostados em paredes…..fui entrando e em um dos quartos tinha um sofá velho e um fogaonzinho de tijolos aceso…. Também tinha uma mesinha com 4 cadeiras…. era ali que os trabalhadores da obra esquentavam suas marmitas acho…Senti um medo enorme…  Toda aquela situação me deu medo e uma sensação que ainda não tinha sentido… Estar desprotegida ali sabe… Sem ninguém saber onde eu estava..meus pais viajando .. só a Maria empregada em casa achando que eu devia estar na casa de alguma amiga do condomínio..isso fez meu coração disparar..

Sentia frio… Tirei minha blusa e meu shortinho ficando só de calcinha… Torci bem e estendi em uma das cadeiras e fiquei ali perto do fogão de tijolos me esquentando um pouco quando escutei uma voz grossa de homem

– Eai menina?? Oque um tesaozinho de menina como vc faz aqui de calcinha enfiada nessa bundinha gostosa  e esses peitinhos de fora??

Achei que ia ter um desmaio… Fiquei calada imóvel sem saber oque falar… Só tapei meus peitinhos…  Senti um arrepio e minha calcinha ficou ensopada de tanto tesão que me deu ouvindo aquilo… olhei pra trás… Era um homem de uns 2 metros de altura uns 40 anos .. negro forte… Estava molhado pela chuva e tinha uma garrafa na mão…. Ele colocou a garrafa na mesa e tirou sua camisa molhada… Ele era forte… Meio barrigudo… Também tirou sua calça jeans surrada e ficou só de cueca pegou uma toalha suja e foi se secando…. Dava pra ver sua rola pela cueca molhada…. Enorme caída de lado.. eu não consegui tirar os olhos daquele pau preto e grande…

– Gostou da minha rola né menina..

Corri pra vestir minhas roupas mas ele entrou na frente e me segurou pelo braço

– Calma menina… Ainda estão molhadas… Vem cá que o tio vai te secar…

Se sentou na cadeira e foi passando aquela toalha suja em meu corpo..

– Nossa menina vc é um tesão….

Eu fiquei com a bocetinha pingando de tanto tesão com aquele homem enorme passando suas mãos grandes pelo meu corpinho.

– Abre as pernas meninas…

– Não… Quero ir embora..

– Cala a boca menina e abre as pernas pra mim secar vc…

Abri e ele percebeu que eu estava pingando de tesão…

– Está com a bocetinha toda molhada princesa… Está com tesão é… Gostou do pau do tio?

– Não sei… Acho q sim

Ele baixou minha calcinha e tirou pelos meus pés me deixando peladinha

Ele se levantou e tirou a rola pra fora…ele era alto e ficou praticamente com a rola na minha cara..

– E agora? Gostou?

– É grande eu disse

– Pega na rola do tio…

Ele pegou minhas mãozinhas colou na rola dele… Era pesada e muito grande…

– Da um beijo na rola do tio vai….

– Não moço… Deixa eu ir embora… Me dá minhas roupas…

Ele me pegou pela cintura e colocou sentada no colo dele de pernas abertas..Eu podia sentir as veias grossas da sua rola preta com os lábios da minha bocetinha enquanto ele roçava aquela coisa enorme comigo sentada sem calcinha em seu colo, de pernas abertas  sem meus pés sequer conseguir tocar no chão..

– Vc só vai embora depois de brincar um pouco com minha rola menina..

E esfregava meu corpinho deslizando minha bocetinha por toda extensão da sua rola enquanto beijava meu pescoço e me xingava……

– está gostando vadiazinha? Está gostoso sentir minha rola está?

– aaiii… Siiim. é gostoso… Gemia baixando perto de ter meu primeiro orgasmo….

Gozei… Parecia que estava tomando um choque de tanto que eu tremi…esguichei na rua rola preta..

Ele se levantou e me colocou sentada na mesa com as pernas abertas… Sentou na cadeira e começou a chupar minha bocetinha q ainda estava sensível….

Gozei várias vezes e ele me virou de costas com a cara na mesa e lambeu meu cuzinho esfregando a cara na minha bundinha… Ele mexia com o dedo no meu clitóris enquanto lambia, chupava e esfregava sua cara preta na minha bundinha…a ponta da  sua língua entrava no meu cuzinho que mordia a pontinha da língua dele..

– Que tesão de menina vc é…. Que cuzinho gostoso menina…

– Vou meter em vc vadiazinha até esfolar todinha…

– Não moço… Por favor…

Eu pedia chorando com sua cara enfiada na minha bunda…gozei mais uma vez gemendo baixinho…

Ele me pegou como se fosse uma boneca e me colocou de joelhos  e começou esfregar a rola no meu rostinho segurando meus cabelos..

– Há bebê… Que delícia….. Já chupou uma rola bebê…?

– Não.. nunca…..

– Abre a boquinha q ou tio vai te ensinar…

Estava muito assustada… E com muito tesão… Minha bocetinha pingava nas minhas pernas… Ele puxou meu cabelo erguendo minha cabeça e olhando no meu rostinho assustado de joelhos com sua rola preta pesada e enorme deitada no meu rosto e disse novamente

– Abre essa boquinha tesudinha..

– O tio vai te ensinar vc a chupar uma rola ..

Como que prevendo falou que eu iria chupar muita rola ainda e que precisava aprender desde cedo..

Ele bateu sua rola no meu rostinho de novo.. meu rosto já estava melado de baba que saia daquela cabeça enorme que parecia uma laranja de tão grande..

Eu abri minha boquinha e ele foi enfiando sua rola preta… Era muito grossa…

– Abre mais vadiazinha.. está arranhando minha rola porra…

Eu abri o máximo que pude e ele enfiou metade que foi fundo na minha boca tocando minha garganta… Segurou minha cabeça e disse..

– Agora vem chupando devagar….

Eu fiz sem jeito… Mas fiz…. Sua rola saiu toda babada… E ele enfiou novamente me fazendo engasgar e babar muito… E mandou eu tirar chupando devagar de novo… Eu fiz e meu rostinho se lambuzou de baba… Respirei bastante antes de abrir minha boca novamente… Olhei pra cima e ele me olhava segurando sua rola com uma mão e meus cabelos com a outra….

– Abre q boquinha bebê….

Eu abri e ele fez novamente fundo…. Me sufocou… Eu batia em suas pernas pra ele tirar…..

– Vc vai mamar minha rola direito???

Eu consenti com a cabeça chorando com sua rola na garganta…

– Vou soltar e vc chupa sozinha como te ensinei…

Soltou minha cabeça e tirei aquela mangueira enorme da minha garganta…. Estava toda babada já… Pingava baba pelos meus queixos… Tomei bastante fôlego e segurando com as duas mãos coloquei sozinha o rola enorme dele na minha boquinha bem fundo e vim chupando devagar…. Tirei e coloquei de novo…. Ele gemia alto com sua mão pesada na minha nuca dando o ritmo…

Eu estava assustada mas parei de chorar e já estava gostando muito daquilo….

Eu com 14 anos branquinha peladinha de joelhos na frente daquele negro enorme dentro de uma construção chupando a rola enorme dele,  devia dar muito tesão pra ele…. Prq ele gemia alto…

– Isso bebe…. Chupa a rola do tio…. Vc aprendeu rápido… O tio vai dar leitinho pra vc e esfolar seu cuzinho com essa rola tá bom…

Fiquei apavorada quando ele falou isso…

Tirei sua rola da minha boca e disse que não..

– Não… Não pode…

Ele bateu com a sua rola pesada no meu rostinho e mandou eu continuar chupando…

E eu chupei… Chupei muito…. Chupei fundo… Estava gostando de chupar aquela rola… Por instinto com uma das minhas mãos comecei a mexer na minha bocetinha.enquanto com a outra eu segurava e chupava aquela pica preta o melhor que eu aprendi com ele….

– Está gostoso bebe?

– está disse olhando pra cima..

– isso…. Mexe na sua bocetinha princesa…. Goza pro tio que eu vou dar leite de rola preta pra vc beber….

Eu gozei muito forte com a rola na garganta que mijei nos chão…..

Sentia a rola dele inchar na minha boca..

– O tio vai gozar e vc vai beber tudinho entendeu???

Eu consenti com a cabeça e ele segurando meus cabelos enfiou fundo na minha garganta e sua rola começou a inchar e pulsar…. Ele estava muito fundo e começou a gozar com a rola pulsando e despejando sua porra direito na minha garganta..vários jatos  de porra . Eu fui tirando e bebendo o máximo que pude… Senti um tesão enorme com aquilo… Mas não aguentava mais beber e tirei da minha boca… Precisava respirar e ele não parava de gozar…. Gozou no meu rosto todo…pingou tudo pelo queixo caindo nos meus peitinhos…. Eu estava desfalecida jogada no chão toda gozada e ele em pé pingando as últimas gotas que saiam em mim….ele gemia alto..

– Que delícia menina…. Vc nasceu pra chupar um pau preto bebe. ..

Eu ainda estava sentada no chão…. Com a boca cheia de porra terminando de engolir enquanto escorria pelo meu rosto e com os peitinhos todo melado enquanto ele me falava um monte de coisas..

– Vc acha que não vi vc andar esfregando essa bocetinha no banco da bicicleta com sua bundinha aparecendo menina??

– Uma menina que nem vc merece muita rola nesse cuzinho…

– Levanta que vou ensinar vc a tomar no cuzinho sua loirinha mimada .. Putinhas como vc é bom a aprender a dar o cuzinho cedo pra não fazer feio….

– Ou nunca percebeu todos olharem seu rabinho querendo por a rola nele menina???

Eu já tinha gozado várias vezes coisa que eu nunca havia experimentado…

Havia tomado quase um litro de porra daquele homem que tinha idade pra ser meu pai… Dobro do meu tamanho… E agora está assim…. Limpando meus olhos da porra dele com a bocetinha molhada já de novo descobrindo porque olhavam pra minha bundinha boa lugares aonde passo….

Senti um medo enorme… E quis embora….

Comecei a chorar e a pedir…

– Não moço… Por favor… Deixa eu ir embora agora….

– Eu não quero mais tá bom… Deixa eu ir embora..

Eu sabia que ele não iria deixar eu ir… Está a na cara dele e sua rola já dura de novo entregava suas intenções…

Continua………

Comentem por favor… Gosto de saber que leram e oque acharam.. bjs depois termino… Chegou gente em casa.

Leia outros Contos de fetiche bem excitantes abaixo:

CHOCOLATES DENTRO DO CU DE SELMA

Comendo a Putinha do Condomínio na Sauna

6990 views

Contos Eróticos relacionados

Os pecados da mente

Dizem que existe muito mais pecados entre a terra e o céu do que se possa imaginar. então estes são Os pecados da mente. Carol uma  meiga menina se encantou com o loiro Alberto, num encontro...

LER CONTO

A pastora infame

Marlene é aquele tipo de mulher que quase passa despercebida, quase eu falei. Como ela é pastora, se veste sempre de forma pudica. Mas eu conheci Marlene não pela igreja, e sim pela sua outra...

LER CONTO

Dando Para O Melhor Amigo do Meu Irmão

Sábado de manhã, não havia ninguém em casa além de mim. Minha família toda viajou para a casa dos meus avós, no interior do Estado. Eu inventei várias desculpas para não ir. Que tinha...

LER CONTO

Velas e Desejo

Há coisas que apenas a vida desportiva consegue proporcionar. Costumava ir a uma área de saltos que era uma viagem de hora e meia de onde morava, por conta da distância e da necessidade de acordar...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Sonia Gomes 28/11/2022 19:14

    Meu amor, no melhor do conto vc parou! Foi broxante! Devia ter contado até o fim!

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2023 - Contos adultos