website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » INJEÇÃO NO BUM BUM

INJEÇÃO NO BUM BUM

Publicado em outubro 16, 2022 por Ademir

INJEÇÃO NO BUMBUM

No início da semana, minha mãe me acompanhou na ida ao médico por conta de uma alergia que me incomodava; saímos do médico já com a receita na qual dizia que eu deveria tomar 4 injeções que odeio, não gosto de picadas de agulhas, doí e fica roxo, odeio isso pois sou branquinha e minha pele marca fácil; Na volta para casa, passamos na farmácia próxima a nossa casa, aquela farmácia que frequentamos a mais de 10 anos e somos conhecidas por todos os atendentes, eu tomo injeção ali desde meus 8 anos de idade, hoje tenho 18, fomos atendidas por um senhor que eu não conhecia, um senhor simpático aparentando uns 60 anos mas em forma ainda com feições bonitas e másculas e um corpão bem cuidado, com braços fortes.

 

Após os cumprimentos, mamãe entregou a receita médica e pediu, queria esses remédios!, ele olhou para minha mãe e perguntou: é para a senhora? Não é para minha filha!, será que ela pode tomar a primeira injeção agora?, ele disse olha senhora, ela pode sim sem problemas mas ela está de saia e não temos nenhuma mulher aqui agora para aplicar a injeção e esta injeção só pode ser aplicada na nádega pois é muito dolorida, eu correi imediatamente, lembrando que estava com uma calcinha fio dental branquinha, enterrada no rego entre as nádegas e que mal cobria minha boceta, mas minha mãe disse que não tinha problemas que iria entrar com ela, ele deu de ombros e então nos conduziu para um reservado, e minha mãe atendeu o telefone entrando em uma discussão sobre o trabalho infindável rsrs, o sr cujo nome era Nicolau, me sorriu e fez um gesto de sinto muito, pedindo para eu levantar a saia, eu toda envergonhada, levantei minha saia mostrando meu corpo branquinho vestido naquela calcinha mínima, ele me olhou e prendeu a respiração, passando a língua pelos lábios, olhando para meu corpo com olhos cheios de desejos obscuros rsrsr.

Eu me chamo Cíntia, tenho 18 aninhos recém completados, sou branquinha, cabelos loiros, boquinha pequena e vermelha de batom, adoro, tenho um corpo esbelto, seios médios durinhos e empinados, pernas longas e bem torneadas, grossas, lisinhas e brilhantes, uma bunda arredondada arrebitada e durinha e uma bocetinha pequena e fechadinha bem lisinha, sou uma ninfeta muito gostosa mesmo, os olhos do coroa saltaram das orbitas quando viu meu corpo só de calcinha, estava de boca aberta quase babando rsrsrs, eu toda encolhida de vergonha, não sabia o que fazer, minha mãe sequer via o que acontecia, continuava no celular falando com seu trabalho e nem me dava atenção, seu Nicolau saiu daquele topor de momento e respirando fundo se aproximou de mim se abaixou e percebeu que nem era necessário descer a calcinha pois minhas nádegas estavam toda de fora; apalpou um pouco minha nádega direita procurando um bom lugar para enfiar a agulha, é claro que aproveitou para apalpar mais que o necessário, encontrou um bom lugar e passou álcool, em seguida enfiou a agulha, eu soltei um gritinho e senti o líquido dolorido entrar em minhas carnes, ele retirou a agulha e disse que ia fazer uma massagem para não ficar roxo, e senti seus dedos massageando minha bunda, ele demorou também nisso, e no final da massagem espalmou a mão em minha nádega apertando um pouco dizendo que era para espalhar o liquido, velho tarado e pervertido estava se aproveitando de mim, pronto disse, desci minha saia e ai uma olhadinha percebi que o coroa estava com a calça estufada, o sem vergonha estava de pau duro rsrsr, disfarçou colocando as mãos na frente e disse, pronto agora só amanha, acertamos que eu viria todos os dias as 10 horas e viria só pois minha mãe tinha de trabalhar e não tinha necessidade de me acompanhar até a farmácia, saímos do reservado com minha mãe ainda no celular, pagamos e nos dirigimos para o carro, eu percebi que o sr Nicolau me acompanhava com os olhos, fiquei vermelha e entrei rapidinho no carro sem olhar para ele, estava envergonhada por ele ter me visto só com aquele fio dental, mostrando toda minha bundinha peladinha rsrrs

Voltei na manha seguinte para tomar a segunda injeção, mas agora vim preparada, vesti uma calcinha um pouco maior, e um collant, assim não precisava levantar a saia rsrsr, encontrei o sr Nicolau no balcão, ele sorriu quando me viu e me cumprimentou, Olá, veio tomar mais uma picada rsrsr, eu sorri e disse sim infelizmente, ora deixe de ser medrosa, prometo que não vai doer nada hoje, vou procurar um lugar sem nervos em sua nádega para aplicar a agulha ok, eu concordei e nos encaminhamos para o reservado, lá enquanto ele preparava a seringa, abaixei meu collant, descobrindo a calcinha, era branca de renda que mesmo um pouco maior deixava minha bunda bem descoberta e muito sensual rsrsr, ele se virou e me olhou, novamente com aquele olhar de desejo contido, e se abaixando por trás de mim, começou a apalmar minha bundinha, disse, fique calma, que vou procurar um bom local para aplicar ok, eu sentia seus dedos quentes apalpando minhas nádegas em toda a área, malandro, estava se aproveitando para alisar minha bundinha, eu estava toda arrepiada e sentia sua respiração na pele da minha bunda, estava com o rosto bem próximo, apalpou bastante até dizer aqui é um bom lugar, você nem vai sentir a agulha entrar rsrsr, passou álcool em minha bunda e espetou a agulha que entrou fácil mas mesmo assim soltei um ai dengoso, ele disse tá doendo linda? Eu disse um pouquinho mas na verdade e conforme ele disse sem dor nenhuma, eu senti mais dor com a injeção do liquido; retirou rapidamente a agulha dizendo, pronto acabou a tortura, e iniciou uma massagem gostosa em minha nádega, muito malandro, baixou mais minha calcinha e alisou toda minha bunda novamente alegando que uma massagem em toda a área iria espalhar bem o remédio evitando ficar roxo rsrs, fiquei quietinha, curtindo as mãos dele em minha bundinha toda arrepiada, senti que minha bocetinha melou um pouco, nossa eu estava excitada….

Enquanto eu arrumava minhas roupas, pelo espelho percebi o senhorzinho, pegando no pau sob a roupa, quando me virei ele disfarçou a ereção e saímos do reservado, combinei para a próxima aplicação e fui para casa, la chegando fui ao banheiro e verifiquei que minha bocetinha estava molhada de tesão, era incrível, eu era paquerada por diversos garotos lindos na escola e nunca me senti assim como eu estava com esse velho rsrsr, me masturbei, pensando no sr, Nicolau alisando minha bundinha, gozei gostoso; No dia seguinte, novamente, o sr Nicolau me atendeu e novamente me deixou acessa com suas caricias veladas, apalpou minha bundinha antes e depois da aplicação, percebi que ele estava mais atrevido pois viu que eu estava permitindo suas apalpadelas desnecessárias e desta vez senti seus dedos se insinuar no meu reguinho, travei o cuzinho e senti minha bocetinha melar novamente, aquilo estava ficando perigoso rsrsr, eu ainda era virgem na bocetinha mas já tinha dado o cuzinho muitas vezes e tinha adorado, normalmente eu gozava muito com a penetração anal, minhas amigas não gostavam pois diziam que doía, sim doía um pouco mas eu adorava, seu Nicolau enquanto massageava minha bunda, disse nossa como você é linda menina, tem um corpo maravilhoso.

Eu ri daquele comentário, o tiozinho tarado estava pondo as manguinhas de fora, eu disse a ele para provocar que ontem meu bumbum ficou dolorido, ele disse, vou fazer mais massagem hoje meu bem, assim fica melhor esta bem, e continuou a alisar minha bunda, era delicioso aquilo, eu estava doidinha de tesão e soltei um gemido, ele percebendo meu tesão, foi mais ousado e levou a mão até minha boceta, apalpando, me assustei e ele se desculpou retirando a mão, eu ri e disse pode continuar está gostoso, ele se animou e muito atrevido, desceu minha calcinha até as coxas e enfiou a cara entre minhas nádegas, nossa que coisa deliciosa, senti sua língua entrando em meu cu, quase desfaleci de tesão, estava gostoso demais, ele enfiava a língua gostosamente, o tiozinho estava taradão, me virei para ele mostrando a minha bocetinha lisinha, ele encheu a boca com minha boceta e enfiou a língua me levando a um orgasmo delicioso sentindo sua língua me explorando profundamente, depois do meu gozo, ele se levantou e procurou minha boca enfiando a língua em minha boca, eu senti o meu sabor em sua língua delicia demais, ele apertava meus seios durinhos que até doíam, ele estava louco de tesão, eu levei a mão até seu pau e pegue aquele nervo através das roupas, estavámos assim nesse delicioso enlevo, quando bateram na porta, ele se assustou e se separou imediatamente de mim, a gente se recompôs ele disfarçando a enorme ereção, abriu a porta pois tinha outro cliente para tomar injeção, se desculpou pela demora, saímos para a farmácia e ele perguntou se podia aplicar a ultima injeção a domicilio, em minha casa eu achei ótimo pois percebi que ele estava afim de meter em mim rsrs e acertamos para as 10 horas, fui para casa sentindo meu reguinho do cuzinho e a bocetinha melados da sua saliva eu estava só em casa e provavelmente ia dar o cu para o sr Nicolau rsrsr.em casa novamente me masturbei, pensando no que iria acontecer em casa amanha…

No dia seguinte, me preparei para o que viria, vesti roupas sensuais, meias pretas calcinha tipo fio dental e um vestidinho curto e as 10 horas em ponto tocou a campainha e atendi o sr Nicolau que me cumprimentou e entrou em casa, perguntou se eu estava só em casa, eu confirmei e ele imediatamente me agarrou procurando minha boca, eu recebi sua língua exigente me esfregando em seu corpo, ele estava de pau duro já e começou a tirar minhas roupas me deixando só de calcinhas e meias rsrsr pois estava sem sutiã, se afastou um pouco me olhando com os olhos brilhantes de desejo, comentou, nossa como você é linda gatinha, voltou a me abraçar me beijando enquanto tirava a própria roupa, ficando só de cuecas, me levou para o sofá e mamava meus seios loucamente me acariciando, sugou minhas tetas até começar a doer, ai foi descendo até minha bocetinha meladinha, abriu minhas coxas e ficou olhando abismado minha bocetinha lisinha com o grelinho teso, nossa que coisinha maravilhosa, que boceta linda você tem menina, e encheu a boca com as carnes macias da minha bocetinha, senti sua língua entrar dentro de mim e gemendo tive o primeiro orgasmo dos muitos que iria ter naquele dia, ele continuou a sugar meu grelinho desvairado, me levando a diversos orgasmos, tirou a língua de dentro de mim, eu estava respirando forte com a boca aberta e ele aproveitou e enfiou a cabeça do cacete em minha boquinha.

Eu instintivamente fechei a boca e comecei a mamar seu enorme cacete, como se fosse uma mamadeira, sentindo a cabeça chegar em minha garganta, eu me engasguei diversas vezes desesperada a procura de ar mas ele continuou a foder minha boca e de repente explodiu em minha boca, uma quantidade de esperma enorme, quase me afoguei e engoli o que pude para não me afogar rsrs, ele ficou metendo em minha boca até terminar o gozo ai tirou o pau da minha boca e me beijou sugando minha língua, eu senti a cabeça rombuda do seu cacete enorme e super duro ainda, se encaixar na entrada da minha boceta ai me assustei e empurrei ele dizendo ai não seu Nicolau, eu sou virgem ainda, mas ele continuou forçando, entrou a cabeça eu me esgueirei e consegui escapar da cabeça do seu pau e pedi a ele, por favor seu Nicolau, eu sou virgem na boceta, mas deixo você comer o meu cuzinho, ele fez uma cara de felicidade e rapidamente concordou, eu me virei de bruços no encosto do sofá, ele não perdeu tempo e enfiou a língua em meu cu novamente, sugou meu cuzinho deliciosamente, ai tirou a língua e se ajeitando sobre mim, pincelou meu cuzinho com o enorme cacete, eu já tinha dado o cu diversas vezes para os garotos da escola mas todos com pintos normais até 15 ctms mas nunca para um cacete tão grande como o do sr Nicolau, uns 20 ctms e grosso, ele ia me rasgar, eu estava assustada, ele segurou meus peitos e em meu ouvido disse, abre gatinha, abre o cuzinho pra mim entrar , prometo que vou por bem devagar, eu choraminguei que o pau dele era muito grande e ia me machucar, ele disse, calma delicia, vou por bem de leve, e senti a cabeça do seu cacete forçar a penetração, me abri o máximo possível para receber seu pinto, senti a cabeça escorregar para dentro do meu cu e soltei um grito, ai seu Nicolau, está doendo, para por favor, eu disse.

Ele parou sempre mordendo meu pescoço e falando manso em meu ouvido, relaxa o cuzinho linda, relaxa que entra fácil, abre a bunda pra mim abre, e continuou a entrar, nossa como doía, levou uma eternidade para todo seu imenso cacete entrar em mim, ai senti se saco grande bater em minhas coxas, o nervo grosso estava todo dentro das minhas entranhas ele mordia meu pescoço louco de prazer, dizendo , nossa que delicia de cu, quente e apertado, vou encher esse cuzinho de porra e começou um vai e vem fantástico, eu gemia de dor com as estocadas profundas do seu pau, mas o tesão era demais, ele meteu forte em meu pobre cuzinho, ai de repente se enterrou profundamente e gozou, nossa eu sentia as contrações do seu cacete dentro do meu cu despejando esperma, ai tive um novo orgasmo delicioso, me larguei no sofá quase desfalecida devido os diversos orgasmo que o sr Nicolau me proporcionou, ele deitou-se sobre mim me chamando de putinha deliciosa, adorei seu cu, ele disse, ainda não acredito que comi um cuzinho tão novinho como o seu, seu pau continuava duro dentro de mim, ele descansou sobre meu corpo até o pau começar a amolecer e escapar da minha bunda, seu esperma começou a escorrer junto com um pouco de sangue; ele se levantou e perguntou se podia ir ao banheiro, depois de 5 minutos, saiu se vestiu sob meu olhar, eu continuava nua melando o sofá com seu esperma misturado com sangue, ia dar trabalho para limpar, mandou eu me virar de bunda pra cima, preparou a ciringa e aplicou a última injeção na minha bundinha toda gozada agora rsrsr, fez uma boa massagem na nádega e me deu um beijo nos lábios dizendo menina seu cuzinho foi o melhor presente que recebi nos últimos anos, delicia demais e se despediu dizendo que sempre que eu necessitasse, era só ligar que ele vinha me dar injeção rsrsrs, dai pra frente, sempre que eu ficava doente, ligava para seu Nicolau que como bom farmaceutico, rapidamente vinha até minha casa aplicar injeção em minha bundinha, sua injeção é tão boa que assim que aplicada saro rapidinho, seu leite é um santo remédio dentro do meu bumbum ou na minha boquinha, minha mãe estranhou o fato de eu estar ficando doente tantas vezes, ela nem desconfiava que eu estava dando o cuzinho para o velhinho da farmácia rsrsrs.

9580 views

Contos Eróticos relacionados

ANAL EM OUTRA DIMENSÃO ( SETEALÉM )

Sexo anal nojento, numa dimensão paralela a nossa, chamada de Setealém. Foi o que aconteceu comigo e estou traumatizado. Não sei se vão acreditar.Mas tenho de desabafar. Sempre adorei procura na...

LER CONTO

Metamorfose – Parte 1

Filipe se lembrava muito bem do dia em que ele questionou o seu gênero pela primeira vez. Tinha apenas 12, estava folheando um álbum de fotos antigos com a sua mãe, quando percebeu que o seu quarto...

LER CONTO

Fiz as festas dos garçons

Estoria Real ,Vou para o hotel Chegando lá vou pedir um bebida me arrumar Colocar o salto alto e chamar o garcon seduzir ele Fazer ele passa a mão no meu corpo Na minha bct Me esfregar no...

LER CONTO

O dia que realizei o sonho do meu marido sem saber

O DIA QUE REALIZEI o sonho do meu marido sem saber Olá me chamo Lúcia, mas meu marido só me chama carinhosamente de lú. Vou relatar pra vocês algo real que aconteceu entre eu e meu marido. Mas...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Sonia Gomes 17/10/2022 18:29

    Menina, que conto delicioso esse seu, me deixou molhadinha e tive que me tocar! Também comecei dando a bundinha pra ficar virgem, e adorei...dava pra alguns rapazes da escola e alguns da minha rua, e um vizinho coroa casado! Era na boca e na bundinha, sempre tinha muito leitinho dentro de mim! kkkk...adorei

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 1 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos