website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de putaria » EU LAURA ( 10 ) vida fácil ? Fatos reais – Nomes fictícios

EU LAURA ( 10 ) vida fácil ? Fatos reais – Nomes fictícios

Publicado em março 7, 2024 por Laura

…….. segue do cap. ( 09 )…… vida fácil, tá de brincadeira ??

Eu entrei nesta vida de GP, somente pelo dinheiro para pagar minha extravagâncias e meu curso que eu fazia, mas tinha colegas lá, que estavam alí por pura necessidade mesmo, uma ou outra com filhos e marido desempregado, a necessidade era tanta que uma delas pouquíssima instrução, o marido era que deixava ela na agência todos os dias. Vida difícil isso sim. Aceitar de tudo, não podíamos nos negar a nada, a remuneração era muito boa, em nenhum lugar se ganharia tanto como fazendo programas alí.

Bem meu primeiro dia foi pra mim, bem agitada, mas financeiramente foi bom. Então decidi continuar a ser a Luana. O primeiro fim de semana foi muito ruim, aprendi que era o dia de maior movimento, homens vinham loucos, de turma, em casa diziam que iam jogar futebol, já chegavam meio que embriagados, alguns usavam drogas, queriam fazer farra, pagavam bem pra isso. Os que chegaram lá naquela sábado , já era conhecidos, pra eles eu era uma novidade, então claro que fui escolhida, a Duda quando eu já estava no quarto entrou e me falou que vinham dois caras pro quarto, levei um susto, não era assim que eu esperava, mas foi, logo atrás dela dois entraram. Duda saiu, eles já entraram e foram tirando a roupa. Acompanhei, fiquei nua, os dois logo também. Os dois musculosos, bonitos, jovens, paus normais, sempre esta era minha preocupação por ser pequena em tudo. Um deles me fez deitar e subiu, caindo de boca, o outro sentado ao lado, e então notei que pegava o pau do amigo, masturbava, o cara me lambendo, chupando legal até, logo ele parou, levantou, deitou atravessado na cama, com as pernas pra fora, ” vem por cima amor”, falou.. , fui estava todo melada, entrou direto, mas dai senti que o outro, aquele que apertava o pau do amigo, veio por trás de mim, primeiro a mão dele nas minhas nádegas, abriu elas, senti o dedo dele examinando meu cuzinho, “legal, bem fechadinho”, falou.

Senti uma coisa gelada no meu cuzinho era um gel, que ele tinha trazido, logo um dedo escorregou, entrou, parei de cavalgar, e então já forçando foram dois dedos, senti dor, reclamei, ele ficou imóvel mas com os dedos dentro sem se mexer, começou tirar devagarinho, senti alívio quando saíram, mas logo senti a cabeça do pau dele encostando e começando a forçar, ele empurrava e claro que não entrava, o cara que estava na minha bucetinha, “relaxa, relaxa, não fica contraída”, foi só afrouxar um pouco e logo senti a cabeça entrando, e dor, muita dor, tentei sair, me mexendo, mas os dois me seguraram e ao mesmo tempo o de trás, enfiando o que ainda sobrava de fora, a dor misturada com a sensação de ser invadida por dois paus ao mesmo tempo, era uma coisa indescritível, só quem se mexia era o de trás, depois de alguns segundo, comecei a sentir que estava ficando legal, sentia o cara atrás  e o outro latejando na minha ppk. O de trás no meu cuzinho, “vou gozar, vou gozar” senti a dor aumentar no meu cuzinho e ele logo quase que gritando, gemendo super alto, socou, algumas vezes rápido e forte e gozou, me segurou puxada pra ele com tudo dentro e gozou mesmo. Quando tirou pra fora alívio total. O que estava na minha bucetinha , ” agora eu quero gozar no teu cuzinho”, segurei ele não deixando levantar, ” não, não, fica assim, goza na minha bucetinha, faz, faz “, e comecei cavalgar forte, contrariando minha bucetinha apertando o pau dele, em segundo, começou respirara forte, logo começou se contrair, e veio o gozo, eu cheguei a pular em cima do pau dele, pra ele gozar de vez, de descontraiu, se amoleceu todo, sai de cima dele, peguei minhas roupas e fui pra banheiro, missão cumprida…….

Meu cuzinho estava dolorido e ardido, mas ganhei dois cachês por aquilo……..

Leia outros Contos de putaria bem excitantes abaixo:

Viagem gostosa da Fernanda

A bela moça e o coroa baixinho

11101 views

Contos Eróticos relacionados

O dia que eu tirei a virgindade do amigo do meu primo – Parte 1

Oiie é minha primeira vez contando um relato, então por favor tenham paciência pelo meu péssimo jeito de contar... Bom vou começar me apresentando acabei de completar 18 anos tenho a pele...

LER CONTO

Um homem negro desconhecido me comeu dentro de um posto de gasolina abandonado.

Oi meus amores! Vou contar prá vocês o que aconteceu comigo recentemente ,eu fui passear na casa de parentes no sul de Minas e quando fazia o percurso na Rodovia MG_290 na região de Pouso Alegre...

LER CONTO

EU LAURA ( 14 ) VIDA FÁCIL ?? fatos reais. nomes fictícios

..... segui naquela vidinha, já não me importava mais com algumas grosseiras que aconteciam, sempre, sempre pensando no dinheiro que estava juntando pra me libertar. Voltei a estudar, fui fazer um...

LER CONTO

Enrabando A Sobrinha

Enrabando A Sobrinha

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Lambendo CU da Mamusca

Lambendo CU da Mamusca

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Empregada Peituda Na Siririca

Empregada Peituda Na Siririca

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Fim de semana em Ilhabela

Minha esposa fará 41 anos, Negra, 1,80m, pernas longas e torneadas, seios médios, bunda redondinha, apesar do tamanho dela ela tem uma bucetinha apertadinha... Anteriormente tínhamos participado...

LER CONTO

Minha mãe e os universitários – Parte 1

Enviado por: HugoMansinho Antes de qualquer coisa vocês tem que saber que minha mãe É UMA DELÍCIA! Ela tem 33 anos, um rabo grande de dar inveja em qualquer novinha, sem contar que parece ser...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 5 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos