website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de putaria » EU LAURA ( 06 ) fatos reais – nomes trocados

EU LAURA ( 06 ) fatos reais – nomes trocados

Publicado em janeiro 28, 2024 por Laura

…….. ainda com 22 anos, eu já estava trabalhando como supervisora de promotoras de vendas de uma multinacional de cosméticos, viajava bastante.

Muita movimentação sempre viagens a mais viagens. Aceite convite de um cliente para participar da inauguração de uma nova loja, mais uma filial. Fui, festa lindíssima no principal clube social da cidade. Homens e mulheres lindas, todas super bem arrumadas, eu estava meia deslocada, sem conhecer quase ninguém. Estava numa mesa, nenhum conhecido nela, mas estava me integrando, nas conversas.

Na mesa com quase todos desconhecidos, fiquei conversando com um dos nossos clientes ( Mauricio ), já de certa idade, mas sujeito educado, sozinho, era separado, e logo senti o interesse dele em mim. Conversamos muito, passou a me contar a vida particular dele, da ex esposa que era muito certinha, muito religiosa, havia entrado para a religião evangélica e dai as coisa pioraram muito mais na relação deles,  das tentativas de arrumar uma nova esposa, era nítida a intenção dele comigo. Começou fazer elogios, que tinha vontade de me conhecer melhor, etc,etc,etc.  Quando a festa estava chegando ao final, avisei que ia voltar para o hotel, então ele se ofereceu para me levar, acabei aceitando, foi uma oferta bem colocada, muito gentil. Em direção ao hotel, ele sem nada falar, estacionou na avenida e foi direto, “vc vem comigo na minha casa, moro sozinho, só meu caseiro mora comigo lá, mas acho que ele não esta. O ambiente lá do clube, da festa e também da bebida, me fez demorara a responder, ele logo entendeu que sim, e saiu direto para a casa dele. Um casarão bem retirado do centro, uma espécie de chácara ou sítio. Entramos direto pela garagem, e subimos para a sala da casa. Ele foi direto no bar e começou servir bebida, o que eu não deveria ter aceito. Conversa vai, conversa vem, logo começou a me apalpar, abraçar, quando me dei conta eu estava no quarto dele, deixando ele me despir, eu já me sentia diferente, aqueles sinais que fazia tempo que não tinha sentido mais. Ele me fez deitar na cama e rapidamente começou a tirar a roupa, e veio com tudo, direto, demostrava estar nervoso, respirando pesado e rápido, ofegante, eu tentando me controlar, mas cada vez mais comecei a sentir vontade de pedir mais forte, forte, e comecei falar, empurrei ele, e fui pra cima, rápida acertei o pau dele na minha bucetinha , duro,duro, cabeçudo, e comecei cavalgar, devagar, bem devagar e me perdi, comecei a cavalgar forte, cheguei a pular, queria mais e mais, gozei, continuei cavalgando, ele firme aguentando tudo, quando parei de mexer pra descansar, foi que levei o maior susto da minha vida, senti que alguém colocava uma mão no meu ombro, rápida, tentei sair da posição mas fui segura pelo próprio Mauricio, que me abraço me segurando, senti então que alguém toava minhas nádegas, acariciando e apertando devagar, Mauricio falou no meu ouvido, me abraçando forte pra não levantar, “fica calma, fica calma, é o Théo, deixa ele”, e eu já sentia ele com dedos procurando meu cuzinho, incrivelmente o Mauricio todo dentro de mim e muito duro.

Théo era o caseiro, eu tentava olhar para trás pra ver que era o Théo, mas estava super segura, não conseguia me virar, então senti algo sendo passado no meu cuzinho, era algum gel lubrificante, e logo engo forçando meu cuzinho, tremi com receio da dor, mas logo outra vez meio que perdi o sentido, esperei o que estava pra acontecer, a dor começou, que eu conhecia bem, começou a acontecer, e senti que meu cuzinho estava sendo alargado, quando Mauricio me soltou do abraço que me prendia, Théo estava todo dentro de mim, socando devagar e Mauricio imóvel, em segundos, comecei a sentir uma sensação louca, gozei, Théo deve ter sentido minhas contrações e ficou parado com tudo dentro de mim, logo voltou a se mexer outra vez, “vou gozar” Mauricio falou, e senti que socava o que podia, e o Théo imóvel, me segurando pela cintura, tudo dentro de mim, pelos movimentos do Mauricio, gozei outra vez, e quando ele gozou o Théo voltou a se mexer, vai e vem, que estava muito bom. Logo começou a respirar fundo, acelerou e gozou, me puxando forte pela cintura , puxou o que pode e me segurou, gozando.

Mauricio me deixou cair pro lado na cama, vi o vulto do Théo saindo do quarto, logo Mauricio também saiu, tive tempo de adormecer, até que ouvi a porta abrindo, era o Mauricio, que veio sentou na cama, perguntou se eu queria dormir , ou que ele me levasse pro hotel. E sentia meu cuzinho ainda meio ardido. Aceitei ele me lavar pro hotel. Quase sem falar nada até o hotel, ele conseguiu me dizer, que tinha adorado, que sempre queira que eu voltasse, bla,bla,bla………

Me deixou na portaria do hotel, era madrugada já. Não vi quem era o Théo, nunca soube como ele era.

No outro dia soltei a minha cidade………, e a vida seguiu em frente..

…segue no ( 07 ) ………

 

Leia outros Contos de putaria bem excitantes abaixo:

Dei gostoso a buceta um velho negro catador de recicláveis

Dei como louca em morro de São Paulo parte 2

30208 views

Contos Eróticos relacionados

Fudendo no cinema

Cinema da tarde. Certa noite em meio ao tédio e sou honesta a falar: a muito tempo sem uma boa transa, me vi buscando companhia no bate papo. Nunca havia saído com ninguém deste tipo de site,...

LER CONTO

SELMABRASIL E AMIGAS, DANDO A BUNDA A 5 MACHOS.

Vejam nessas fotos e filmes as 14 camisinhas usadas por amigos nossos nesses dias. E veja as fotos dessa minha bunda e de minhas amigas, aqui em minha casa, na praia de Porto de Galinhas. E adoro...

LER CONTO

Tia da creche

Meu nome é Fernando, sou moreno, olhos castanhos, lábios carnudos, tenho 1,83alt e 95kls, digamos “gordinho”. O relato que contarei aqui, já digo desde início, não é de uma criança com a...

LER CONTO

Cavalgando Na Chibata Do Filhão

Cavalgando Na Chibata Do Filhão

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Meu sogro me pediu Nudes

Meu sogro me pediu Nudes

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Trepando No Vestiário da escola

Trepando No Vestiário da escola

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Avançando o sinal com a equipa da obra

Sou Ana, tenho 40 anos, casada há dez anos e dois filhos. Há três anos eu e meu marido começamos a experimentar o mundo liberal. Já estivemos em casa de swing, mas apenas como observadores, e por...

LER CONTO

Fui doar alimentos para um mendigo morador de rua e gozei sentada no pau dele (Segunda parte).

Conforme eu disse no conto anterior depois do dia que eu havia dado aquele homem em situações de ruas , continuei levando cesta de alimentos para ele juntamente com minha mãe , ele sempre muito...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos