website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos lésbicos » Domesticando Melina, a ex Domme que virou minha cadela

Domesticando Melina, a ex Domme que virou minha cadela

Publicado em setembro 9, 2023 por Roberta

Meu nome é Roberta, sou lésbica dominante, tenho 28 anos, 1,75 altura, cabelos pretos cumpridos, corpo atlético e forte, gosto de malhar, mas não perco meu lado feminino, moro na região sul de São Paulo, frequento com minhas amigas barzinhos e baladas da região, foi em uma dessas baladas que tudo aconteceu.

Estava com minhas amigas conversando até que surgiu a Melina, uma dominante que conhecia somente por vista e alguns comentários sobre ela que surgiam aleatoriamente, uma pessoa soberba e arrogante, ela tinha algumas submissas em sites eróticos e na vida real, ela é loira, coxas grossas, bunda empinada e redondinha, peitos grandes e no máximo com seus 1,55 de altura, não tinha postura de dominante, mais parecia uma submissa, usava um vestido curto e um decote bem grande que seus peitos quase pulavam para fora.

Não demorou e ela veio onde estávamos, sem saber que eu era uma dominante tentou me seduzir, minhas amigas com um sorriso no rosto só observavam, entrei no jogo e deixei ela confiante que estava conseguindo, até que ela sugeriu irmos para um motel da região, eu concordei e para mim seria a hora que eu estava esperando para mostrar o lugar dela, saímos e fomos para o motel, assim que chegamos Melina se despiu, uma linda e bela mulher com um corpo escultural, tirei minha roupa e ficamos totalmente nua, ela veio para cima de mim com ordens e sem esperar a joguei na cama para assumir o controle, Melina tentou se levantar e novamente a joguei na cama mostrando minha força e falando com tom firme

– ¨Olha aqui Melina, hoje você vai aprender seu devido lugar, vai ser minha submissa, vai virar minha cadelinha de estimação¨

Melina com cara de assustada e seus olhos arregalados respondeu

– ¨Calma Roberta, vamos conversar¨

Peguei minha bolsa e tirei minha cinta peniana de 21 cm, coloquei e fui para cima dela, Melina ainda tentou escapar, mas mostrei minha força superior a dela, abri suas pernas e enfiei meus dedos passando em seu clitóris, logo estava toda molhada mostrando sua excitação no momento

Coloquei meu consolo na sua boceta, era apertadinha, seus pelinhos brilhavam porque estava toda molhada, comecei a foder a Melina, estava domesticando e a fazendo da minha mais nova submissa, aquela dominante arrogante estava sendo adestrada e domesticada, seus peitos enormes pulavam em cada socada do meu consolo, enquanto socava forte comecei a chupar seus peitos e sugar seus bicos, Melina gozou duas vezes com fortes gemidos.

 

Mas ainda não estava totalmente domesticada, tinha que finalizar para te-la em definitivo, tirei meu consolo da sua boceta, virei ela de bruços e vi aquela bunda redonda e gostosa, sem deixar ela pensar, posicionei na entrada do seu cuzinho e empurrei bem forte, Melina se batia e esperneava para escapar, mas quanto mais ela se batia mais fácil entrava o consolo, seu cuzinho estava engolindo o consolo que ia sumindo dentro dela, foi entrando cm por cm até que os 21 cm estavam todo dentro dela, Melina sabia que não tinha mais saída, sabia que agora seria minha submissa, minha mais nova cadelinha de estimação.

Segurei firme seus cabelos, puxei para traz e forcei ate o ultimo do consolo em seu rabo, Melina gemia alto, com voz firme de comando mandei ela repetir várias vezes

– ¨Você é uma cadelinha, entendeu, agora você é a cadelinha Melina, repete cadela

Melina repetia varias vezes

– ¨Eu sou uma cadela, eu sou a sua cadelinha

Depois de horas fodendo forte seu rabo, Melina já não esboçava reação, estava entregue e seus gemidos baixos mostravam que estava sem forças e totalmente domesticada, era o fim dela como dominante, se tornara a mais nova cadelinha, uma submissa que assumiu seu lugar.

Tirei o consolo do seu rabo e fui para o banheiro, quando sai, vi minha cadelinha Melina na mesma posição, toda mole e acabada, de bruços com sua linda e gostosa bunda para cima, então virei ela, peguei minha necessaire e tirei alguns acessórios, fui ate a sua bocetinha e raspei seus pelinhos deixando Melina lisinha, sem nenhum pelo como uma cadelinha deve ser, peguei seus pelinhos e coloquei em um pequeno frasco de vidro onde depois mostrei para todas as minhas amigas os pelinhos da minha cadelinha Melina

Ela se levantou toda acabada, segurando nas paredes foi para o banheiro, nos trocamos e depois fomos embora, aquela mulher arrogante e prepotente não existia mais, estava domesticada, logo a noticia se espalhou e suas submissas já não a via mais como dominante, algumas delas fizeram Melina de submissa e cadelinha, nos sites e na vida real Melina era uma cadelinha assumida, totalmente domesticada.

Leia outros Contos lésbicos bem excitantes abaixo:

Filha adotiva com a mamãe carente

Victória, a predadora

13754 views

Contos Eróticos relacionados

A minha querida e amada Susana

Boa tarde ás leitoras este conto é real mas é só para as lindas e boas mulheres . Depois do belo fim de semana que passei na Serra da Estrela com o cabrão do meu marido e que fudi com muito...

LER CONTO

SOU A SUBMISSA DA MINHA DONA

Esse é meu primeiro conto no site, deixa eu me descrever...tenho 22 anos e 1,55m de altura, cabelos castanhos claros longos, sou baixinha e magrinha, mas muito gostosa (é o que os rapazes dizem), o...

LER CONTO

Acordando De Pauzão Duro

Acordando De Pauzão Duro

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Gozando Dentro da Madrasta

Gozando Dentro da Madrasta

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

O Rabão da MamãeZONA

O Rabão da MamãeZONA

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

O Pecado Mora Ao Lado

Parte 1: A Nova Vizinha Assim que deixei meu marido no aeroporto, fui direto para casa. Éramos casados há menos de um ano, estávamos vivendo o ofurô dessa relação. Tinhamos uma vida sexual...

LER CONTO

Descobrindo meu lado lésbico com minha priminha – Parte I

Olá gente, eu me chamo Raquel, e hoje vou contar de quando eu comecei a ter relações com outras garotas logo cedo, graças a influência da minha priminha querida. Eu tinha 15 anos na época,...

LER CONTO

O Carnaval de 93

Muitas pessoas não curtem o carnaval. Principalmente nas metrópoles. As ruas ficam cheias, as festas ocorrem por todo dia e a noite, com muito barulho e sujeira. Por isso, muitas pessoas "fogem"...

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • Luisa 10/09/2023 09:08

    Um conto muito excitante, gosto desse tema, foi uma leitura que me deixou excitada e molhada. Esse paragrafo resume tudo, a entrega e a submissão da agora cadela Melina : ¨Depois de horas fodendo forte seu rabo, Melina já não esboçava reação, estava entregue e seus gemidos baixos mostravam que estava sem forças e totalmente domesticada, era o fim dela como dominante, se tornara a mais nova cadelinha, uma submissa que assumiu seu lugar¨

  • Liz 09/09/2023 22:59

    Uma bela dominação, mostrou quem é mais poderosa, vai abusar gostoso da sua Pet melina, gostei.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 3 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos