Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Descobrindo Uma Nova Mulher

Descobrindo Uma Nova Mulher

Publicado em junho 24, 2021 por Hosana

Lembrando que essa é uma história verídica. Tenho 45 anos, sou baixinha, loira, magra, seios médios e dona de uma bunda um tanto grande rsrs… Eu era casada e a 23 anos sempre na minha vidinha de boa esposa, cuidadosa e exemplar eu adorava chamar atenção dos homens na rua, eu confesso que sempre gostei de me sentir desejada. Mas jamais passava pela minha cabeça me envolver com alguém, isso enquanto eu ainda tinha sentimentos pelo meu marido. Mas a essa altura, 23 anos no mesmo relacionamento pacato de sempre, eu tentava, mas sem chance de apimentar aquele casamento, sem sentimentos e sem aquele sexo gostoso, eu me sentia carente e com muita vontade de ter outras experiências…

Eu resolvi que estava na hora de conhecer algo novo de sair daquela situação. Tomei a decisão de me separar, mas porem ficaríamos no mesmo apartamento por um tempo. A partir daí eu comecei a pensar como seria conhecer outra pessoa… Foi ai que entrei nesses sites de relacionamentos apenas para fazer amizade, mas com a possibilidade de um envolvimento maior, afinal eu ficaria totalmente livre… Em apenas um final de semana nesse site eu falei com vários caras, mas ninguém havia me chamado atenção, a conversa não fluía, por mais que encontrei pessoas bacanas de princípios lá, mas eu não me sentia atraída por nenhum.

Continua depois da publicidade

A semana começou entrei de novo no site, um cara me chamou atenção pelo sorriso e um olhar marcante, trocamos match, começamos a conversar , de inicio aquela conversa chata: fala de onde? Estado civil e bla bla bla rsrs… Mas logo ele foi me chamando atenção com assuntos mais interessantes, e foi me envolvendo na conversa, pediu meu contato dizendo que era mais dinâmico a conversa pelo whatsApp , eu não sei como, mas acabei dando meu número pra ele, eu não havia passado meu contato pra ninguém até o momento. E começamos a conversar pelo app, agora com mais frequência, e com mais tempo, assuntos é o que não faltava… Isso se deu por apenas três dias até que resolvemos nos conhecer, pois como eu disse só pessoalmente para por tantos assuntos em dia.

Marcamos em um shopping próximo de onde eu morava, eu confesso que fiquei um pouco apreensiva, um pouco de adrenalina, sair de casa para conhecer um estranho apesar de ter conversado muito antes… Tudo era novo pra mim. Quando cheguei no local marcado, ele já estava lá esperando, quando eu o vi pela primeira vez aquele homem claro, olhos castanhos claros de estatura média, uns braços forte e uma frente…um físico … Imaginei que gostoso!!!

Cumprimentei com um beijinho no rosto, me chamou pra eu ir até sua casa, eu aceitei e assim fomos. Chegando lá me apresentou tudo, pedi uma água conversamos um pouco e antes de sair ele me pediu um abraço e é claro que neguei rsrsr, eu jamais iria correr esse risco, afinal eu queria só amizade…Decidimos voltar, me pediu um beijo ao se despedir, mas de novo eu neguei rsrs…Foi bom aquele pequeno encontro, continuamos a conversar com mais frequência todos os dias, fui me envolvendo cada vez mais. As conversas foram ganhando uma certa picancia e ao mesmo tempo amigável.

Continua depois da publicidade

Até que marcamos um novo encontro, mas agora com um objetivo fazer aquilo que estávamos desejando. No dia do encontro me arrumei, coloquei uma lingerie preta de renda, me preparei para conhecer de verdade outro homem. Fomos pra casa dele, por ser um lugar onde ficaríamos mais a vontade. Colocamos uma musica pra tocar, abrimos um vinho começamos a conversar… Nesse dia eu resolvi que não iria atender ou ver as mensagens do meu marido, eu queria me sentir livre para experimentar o sexo proibido com outro homem, coisa que eu não me permitia sentir a anos. Eu queria me sentir mulher e puta de outro homem. Pois com meu marido eu era apenas mãe e dona de casa.

De repente ele sentou do meu lado e começou a me beijar, abraçamos e continuamos beijar muito. Sua mão passeava pelo meu corpo, sua boca beijava meu pescoço me fazendo perder as forças pra negar qualquer coisa… Devagar foi desabotoando minha blusa e começou a chupar meus seios, confesso que nessa hora eu fiquei molhadinha, tenho muita sensibilidade nos meus seios, fiquei com muito tesão e ele vendo que eu estava ali entregue doida pra dar gostoso pois a muito tempo não sabia o que era isso.
Nesse momento não tinha mais como voltar a trás, me pegou no colo me levou para o quarto me colocando na beira da cama eu estava com um shortinho curto ele foi com uma mão puxando para o lado daí eu perguntei: o que vc quer fazer? É apertado… Ele olhou pra mim com muito tesão dizendo: eu sei que da pra entrar…

Nessa hora senti seu pau entrar devagarinho, me senti uma adolescente fazendo sexo pela primeira vez ,sentir seu pau entrar em minha bucetinha molhada e pegando fogo uma mistura de tesão, traição e muita adrenalina, aquela rola de outro homem me invadindo, fiquei louca, deu muito tesão . Depois ele me colocou de quatro me deu tapas na bunda isso me deu mais tesão ainda , meus cabelos longos e loiros caídos pelas minhas costas me permitia olhar pra cara dele enquanto eu rebolava gostoso no seu pau, pedindo pra ele me foder gostoso, enquanto me chamava de minha puta safada, minha cadela e falava pra pedir porra, eu com cara de puta pedia quero porra… Ele gozou como louco, senti o jato de porra enchendo e invadindo meu útero, encheu minha bucetinha de porra do jeito que eu pedi, coisa que eu não sentia com meu marido. Senti sua porra escorrendo pela minha bucetinha, caímos na cama relaxados pelo orgasmo, não me deixou limpar as porras que escorria pela minha buceta pois novamente iria me foder gostoso com a buceta encharcada.

12140 views

Contos relacionados

Paciente novinho me levou na Lábia

Oi genteee, voltei! Não ia nem escrever esses dias, tinha uma história boa pra contar pra vcs lá do asilo, mas aconteceu uma coisa que tenho que compartilhar com Vcs. Bom, não vou me descrever...

LER CONTO

Tudo sobre minha mãe

Ola leitores sou Tarcio, setenta e dois anos .Resolvi compartilhar com vocês  minhas recordações  algumas vagas outras nítidas  nas minhas lembranças.. MINHA MAE. ela era a parteira do...

LER CONTO

PRIMEIRO ANAL COM UM DOTADO: MEU ALUNO DE REFORÇO

A casa de Ismael ficava numa rua atrás da minha. Menos de cinco minutos à pé e pronto. Não dava nem para suar mesmo que eu saísse correndo desesperada, porém... em passos tão vagarosos quanto...

LER CONTO

Novamente no presidio querendo mais pica do zé droguinha

A semana passava devagar e eu contava cada minuto pra encontrar meu zé droguinha Darlan,batia varias siririca ouvindo aquela voz rouca cheia de malandragem,salivava desejando chupar aqueles 2 palmos...

LER CONTO

O porteiro do meu predio me deu leitinho

Eu sempre fui um safado sem limites,gosto de fazer as pessoas gozarem não importa ser homem,mulher,velho,novo,rico ou pobre o importante é faze-los gozar como ninguem fez.Eu estava chegando da...

LER CONTO

Perdendo a virgindade parte I

Quando eu tinha meus 14, 15 anos estava sempre na chácara dos meus avós, lugar onde sempre nos reuníamos para almoços de família aos domingos. Íamos todos os sobrinhos, tios, além de meus...

LER CONTO

Fudendo a novinha cabaço

Tudo aconteceu em 2015,  ficava sendo admirado por essa novinha  que vou chamar de kkkk, ela toda vez que eu saia na porta  vinha e ficava me olhando  até um dia que  consegui o número...

LER CONTO

um final de ano inesquecivel

O casarão da nossa família, era todo ostentação, naquela época, um sobrado imponente todo de madeira pintado de azul .   Se destacava, numa das principais ruas da cidade, que crescia...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 4 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos