website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]

Cunhada safada

Publicado em agosto 19, 2022 por Paul

Primeiramente deixe me apresentar, sou Paul,  tenho 35 anos, sou casado a 13 anos…

Tudo começou quando nos mudados de cidade, e algum tempo depois minha esposa (Daniela) me pediu permissão para que meu cunhado (Ramon) e minha concunhada (Jéssica 26 anos) ficassem  um tempo em casa, como a casa era grande, não vi problemas. Jéssica  sempre foi muito bonita, mas nunca tive nenhuma atração. mas com o passar dos dias isso foi mudando, como Daniela e Ramon trabalhavam no mesmo horário, sempre passávamos algum tempo a sós,  e sempre aparecia alguma conversas mais picantes, algumas trocas de olhares, e só.

mas com o passar dos dias a disgramada começou a abusar nos looks, sempre andando somente de camiseta e sem sutiã,  deixando seus os bicos de seus peitos bem a vista, ainda mais com silicone que ela havia colocado, shortinho bem curtos mostrando a poupa da bunda visto seu bumbum farto, é algumas tatuagens pelo corpo. e a cada dia mais, eu ficava excitado ao vê lá, e comecei a notar que estava me provocando, na hora do jantar com todos sentados a mesa, rolava uma carícia com os pés disfarçadamente, e esta sensação do proibido me deixava ainda mais louco.

chegou um dia em que estava só  Jéssica  e eu em casa, bebemos um vinho enquanto ela preparava o jantar, com aquela bunda deliciosa saindo do shorts minúsculo virado pra mim, não aguentei, disfarcei que ia pegar água e passei roçando meu pau na bunda dela, que a essa altura já estava duro que nem ferro.

me sentei novamente a mesa e continuei bebendo, assim que o jantar ficou pronto ela também se sentou, e continuamos conversando, comecei a acariciar os pés dela com os meus como ela já tinha feito,  pra minha surpresa , como estávamos sentados pertos, notei quando ela colocou a mão sobre minha perna, na mesma hora puxei a mão dela até meu cacete que já não cabia na cueca de tanta excitação, ela  puxou a mão, pedi desculpas e falei que isso não ia se repetir. Finalizamos o jantar e fui pro meu quarto com um pouco de vergonha e medo do que ela poderia falar pra minha esposa  Daniela. uns 5 minutos depois pra minha surpresa, Jéssica  abre a porta do quarto e fala que queria aquele cassete, mas não podia magoar a cunhada e nem o marido dela e tal, aquele sentimento de culpa.

enquanto eu já estava na cama, ela se arrumava olhando pro espelho, não aguentei, abracei ela por trás esfregando meu pau naquela bunda gostosa, que já  começou a rebolar, com minhas minhas  duas mãos comecei a sentir aqueles peitinhos deliciosos, e comecei a beijar seu pescoço…que mulher gostosa!

Não demorou muito ela se virou, me dei um beijo de língua que a muito tempo eu não sentia, enquanto isso ela alisava meu cacete sob shorts, o tesão era tanto que eu mesmo abaixei o shorts mostrando o cacete pra ela, na mesma hora ela se ajoelhou e começou a chupar e me punhetar, meus Deus, que sensação,  um misto de proibido,  coração acelerado com medo de chegar alguém, não aguentei, joguei ela na cama, ela tentou resistir, dizendo que não podia, falei que queria só ver  bucetinha dela, ela resistente, mesmo assim continuei acariciando, logo tirei seu micro shorts e tive a visão do paraíso,  aquela bucetinha apertadinha, rosadinha, toda depiladinha, cai de boca, beijei, chupei aquele grelinho, meti a língua dentro daquela bucetinha saborosa, que loucura… alternando entre aquela bucetinha deliciosa e aqueles peitos maravilhosos com bicos durinhos, ela já estava enxarcada de tesão… e eu já não aguentava mais, precisa penetrar aquela bucetinha, mas ela como sempre, dando uma de difícil, mas como sou brasileiro e não desisto nunca, continuei insistindo, que ia por só a cabecinha,  só pra matar minha curiosidade…kkk comecei a esfregar a cabeça do cacete na bucetinha dela, estava tão molhadinha foi umas 5 esfregadas e foi entrou até o talo, ela só deu um berro alto e deu uma encolhida, e comecei a movimentar lentamente pra frente e pra trás no papai mamãe, fui aumentando as estocadas, fazendo ela sentir cada centímetro do meu cassete, quando eu estava quase gozando dei uma parada e virei ela de 4, e comecei a estocar novamente, enquanto uma mão puxava os cabelos dela, a outra apertava aqueles seios magnificos,  não demorou muito e ela começou a gozar, mas gozar muito, eu já tinha ouvido falar de squirt, mas foi a primeira vez que vi, e ela começou a soltar jatos de gozo, enquanto isso eu dava umas bombeadas e tirava o pau, cada tirada ela gozava, e eu enfiava tudo de novo, dava umas bombeadas e tirava de novo, e ela gostava mais… meus amigos, contando não dá pra acreditar… e ela gemendo que nem uma gata no cio, não aguentei, e falei que ia gozar, com medo, não deixou gozar dentro, se virou e começou a chupar meu cacete,  rapidamente ela tomou umas esguichadas de porra na boca e no rosto, pra minha surpresa ela continuou chupando meu cacete até não restar nenhuma gota de porra, passou o dedo no rosto pegou toda porra, colocou na boca e engoliu tudo. a essa altura eu já estava no céu,  viajando nas nuvens…

nos vestimos e seguimos vida normal, pra ninguém suspeitar.

meu desejo por ela ainda continua, não vejo a hora de ver aquela bucetinha novamente…

22785 views

Contos relacionados

Enfermeira Putinha no Asilo

  Oi gatos. Me chamo Amanda e tenho 24 aninhos. Moro no interior de Santa Catarina com meus pais. Recentemente descobri como é divertido ler as aventuras sexuais dos outros na internet,...

LER CONTO

A ex do ex cunhado 02

Estavamos no segundo dia na praia, mesmo com calor, eu e Vanessa dormimos abraçadinhos de conchinha, no mesmo quarto meu primo com sua namorada, Carlos e a namorada dele dormiam tambem, eu acordei...

LER CONTO

CHRIS – UMA ESPOSA AMADA E TESUDA – CAPÍTULO Nº 05

- - - CAPÍTULO Nº 05 - - - TEMA – CHRIS – MULHER – ESPOSA AMADA E VERDADEIRA AMANTE Resumo dos Capítulos Anteriores – A Sua trajetória estudantil – O início do seu primeiro amor –...

LER CONTO

Minha amiga deliciosa

Meu nome é Valmir tenho 39 anos, cabelos castanhos sou alto e tenho o corpo ate legal! Eu tenho uma amiga casada que se chama Elaine A elaine é com certeza a mulher mais gostosa que eu comi!...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2022 - Contos adultos